Unity 8: Veja o GIMP em ação em um Tablet com Ubuntu

A convergência é algo muito interessante, sem sombra de dúvida, mas mesmo com a ótima proposta, ainda não temos a experiência ideal, especialmente por que não há otimização de todas as aplicações que tradicionalmente usamos no desktop para uma interface sensível ao toque, mesmo assim, o que é possível fazer no GIMP rodando sobre o servidor Mir no Unity 8 do tablet M10 da BQ é realmente interessante, confira:

GIMP NO Ubuntu Tablet





O vídeo abaixo foi postado pelo usuário Ronnie Tucker e demonstra como o GIMP  funciona rodando numa tela sensível ao toque no Tablet BQ M10 Ubuntu utilizando uma caneta para fazer um desenho.

Podemos ver que algumas funções não são tão precisas quanto utilizar a versão desktop, outro ponto interessante que eu reparei é o tema do GIMP, que está todo "quadrado", pois não possui o design que o GTK proporciona no desktop, talvez seja este uma das coisas a se aprimorar. Confira o vídeo completo:


Bacana né? Tem ainda muita evolução por vir, mas pelo menos já podemos ver que funciona, não é não? Com a aproximação do Unity 8 para o desktop também, a tendência é que essas coisas melhorem. 
Quer ver mais da potência do GIMP? Veja este vídeo que o nosso amigo Elias de Carvalho fez desenhando o Deadpool com uma Wacom Tablet.
No Ubuntu 16.10, que sairá em Outubro deste  ano, teremos uma sessão Unity para podermos ter uma noção de como tudo vai funcionar.

O que você achou do GIMP rodando no modo convergente?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 27 de junho de 2016

Menos de 15 Reais: O Smartphone mais barato do mundo é Indiano

Agora que os Smartphones estão consolidados como uma das principais formas de acesso a internet, certamente eles podem ser considerados como fatores de inclusão digital, pensando nisso é que uma empresa indiana chamada Ringing Bells vai produzir Smartphones de baixíssimo custo para serem vendido a pessoas com poder aquisitivo reduzido.

Freedom 251 Smartphone
Imagem comparando o Freedom 251 com o iPhone




A Ringing Bells anunciou ainda no início deste ano o que seria o "Smartphone mais barato do mundo", depois de um tempo de desenvolvimento, finalmente os aparelhos que custam 251 rúpias, moeda indiana, algo em torno de R$ 12,50 atualmente, estarão disponíveis para o público.

O aparelho é o "Freedom 251", que claramente tem um inspiração em seu design com base no Smartphone da Apple, o iPhone. 

Segundo o CEO da empresa, Mohit Goel, a Ringing Bells já tem 200 mil unidades prontas para distribuição, sendo que a mesma começará no dia 30 deste mês.

Por um valor tão baixo, você pode se perguntar qual seria o hardware do Freedom 251, não é verdade? Veja só:
  • Processador single core de 1,3 Ghz
  • 1 GB de RAM
  • 8 GB armazenamento interno (extensível até 32 GB via cartão SD)
  • Câmera traseira de 8MP
  • Câmera frontal de 3.2 MP
  • Bateria de 1800 mAh
  • Android 5.1 Lollipop

Viu só? Tudo isso por menos de 15 reais! É claro que é um ótimo hardware; com o maior custo benefício da história sem dúvidas. Mas temos uma curiosidade à respeito do assunto que não pode ser ignorada.

Os especialistas dizem que não é possível produzir um Smartphone tão barato (na verdade não precisa ser muito especialista pra constatar isso...) e de fato, a Ringing Bells admitiu que ao cobrar 251 rúpias por aparelho, a empresa estará tirando do próprio bolso cerca de 140 rúpias para pagar a produção do mesmo, ou seja, o aparelho dá prejuízo.

Pra mim as contas não fecham muito bem, mas a ideia da Ringing Bells é ganhar dinheiro com enormes quantidades de vendas, eles parecem estar tão otimistas com o modelo de negócio que estão pensando em lançar em breve um TV com tela de LED de 32 polegadas e que custaria em torno de R$ 496,00 ou aproximadamente 10 mil rúpias.

Certamente isso trará a possibilidade de várias pessoas terem acesso a um Smartphone, a questão é, por quanto tempo essa brincadeira vai durar? Será que empresa vai conseguir se manter? Vamos torcer para que sim, isso seria só mais uma forma de mostrar que um iPhone ou um Galaxy S.x não vale tudo o que custa, especialmente no Brasil.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




IBM e UC Davis criam o processador com mais núcleos do mundo

Quem achava que a quantidade de núcleos por chip não poderia passar da casa das dezenas se enganou, a Universidade da Califórnia "Davis" fez, em parceria com a IBM, um processador que tem nada mais, nada menos, do que 1000 núcleos.

Processador com mil núcleos




Com 621 milhões de transistores,este é o primeiro chip de 1000 núcleos do mundo, o CPU Kilo-core possui um poder computacional de 1,78 trilhões de instruções por segundo.

Com tantos núcleos à disposição, ele é capaz de trabalhar facilmente com encriptação, tratamento de grandes quantidades de dados científicos, codificação de vídeos, entre muitas outras coisas, aliás, qualquer coisa, que precisa de muito processamento simultâneo.

Apesar da imensa quantidade de cores a litografia dele não é das mais modernas, 32 nanômetros, e os núcleos operam em 1.78 GHz.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




sexta-feira, 24 de junho de 2016

Lançado gNewSense Linux 4, uma distro que segue as diretrizes da FSF

Existe algumas distribuições Linux que tem o objetivo de utilizar somente software livre, nós vamos falamos sobre algumas delas por aqui, como por exemplo a Trisquel e a Uruk, hoje vamos falar da gNewSense.

gNewSense Linux 4 Download




O gNewSense Linux é uma distribuição baseada no Debian Stable que busca remover tudo o que for proprietário do Kernel e dos repositórios do sistema. Ele é um dos poucos sistemas reconhecidos pela Free Software Foundation (FSF) como um sistema realmente e completamente livre.

A interface gráfica é o Gnome Shell e não existem muitas implementações próprias além da modificação dos repositórios de software. A versão 4 dos sistema recebeu o nome de "Ucclia" e tem suporte para 3 arquiteturas: i386, amd64 e mipsel.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Supercomputador brasileiro deixa de operar pela falta de dinheiro para a conta de luz

Mais um golpe na ciência brasileira. O supercomputador "Santos Dumont" , no Rio de Janeiro (Petrópolis), deixou de operar neste mês por conta da falta de verba para o pagamento da fatura de energia elétrica que o mesmo gerava.

Supercomputador Santos Dumont




A notícia entristece todos os amantes de ciência, o "Santos Dumont" era o supercomputador mais poderoso da América Latina, com processamento de 1,1 petaflops, ele foi desligado porque a conta de luz é cara demais.

Segundo as informações, o custo para manter o equipamento funcionando era de 500 mil reais por mês, o que representava cerca de 80% do valor disponibilizado para toda a pesquisa realizada no local onde o mesmo estava instalado.
Leia também: 99% dos supercomputadores do mundo rodam Linux
O supercomputador começou a funcionar no último ano no Laboratório Nacional de Computação Científica, à partir de então, este laboratório tem sido capaz de receber e processar pesquisas que exijam um grande poder computacional, o que inclui pesquisas sobre o vírus zika, mal de Alzheimer e camada pré-sal.

Há algum tempo atrás nós fizemos uma entrevista com um pesquisador brasileiro para falar sobre ciência e tecnologia e como o Linux e o open source é utilizado neste segmento, neste mesmo vídeo o nosso convidado, Hugo Araújo, já relatava o descaso do governo com a aplicação de verba na ciência.





Augusto Gadelha, diretor do LNCC, comentou: “No mês de maio, vimos que não havia a possibilidade de manter o computador ligado e tivemos a decisão de desligá-lo, diante da imprevisibilidade de chegada dos recursos para a energia elétrica”.

Por conta desta parada, mais de 70 pesquisas estão impossibilitadas de continuar ou na lista de espera para iniciar.

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) teve seu orçamento reduzido em quase 25% para R$ 3,3 bilhões, o menor valor dos últimos 12 anos se corrigirmos os valores pela inflação.

Apesar desta perda, o MCTI está tentando conseguir mais verba para não deixar o supercomputador parado.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 23 de junho de 2016

Como instalar o Spotify no Fedora

O Spotify é uma das aplicações de maior sucesso nos últimos tempos e como o Fedora 24 foi lançado recentemente, você pode querer utilizá-lo, vamos aprender a instalar?

Como instalar o Spotify no Fedora



Hoje você vai aprender com o nosso amigo Greyson, do canal Acre Linux, como instalar o Spotify no Fedora num tutorial em vídeo.


_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Screenkey - Programa para exibir as teclas pressionadas

Qualquer um que tenha dado aula ou gravado um tutorial para a internet vai achar essa ferramenta fantástica como uma auxiliar para o ensino. 

O Screenkey permite que toda tecla que você pressione apareça na tela do seu computador para que quem esteja assistindo possa compreender facilmente que tecla de atalho você está usando.

Screekey para Linux




Olhando para a imagem acima você pode ter uma ideia de como o programa funciona, quando você pressionar alguma tecla, uma barra na cor preta semi-transparente irá se sobrepor mostrando quais as teclas você pressionou, isso vale para teclas de atalho também.

Este tipo de recurso é útil em meio educacional principalmente, onde você está ensinando um programa complexo, que tenha uma série de teclas de atalho, ou para fazer alguns tipos de vídeo aulas.

Como instalar e usar


O Screenkey pode ser obtido no repositórios de todas as distribuições Linux praticamente, por conta disso, vale a pena consultar o repositório da sua distro, como o enfoque do blog repousa sobre o Ubuntu e derivados do sistema o tutorial seguirá à partir de agora mostrando como fazer a instalação no sistema da Canonical.

Como o Screekey está no repositório da distro, basta clicar no botão abaixo para instalar:

Para quem prefere fazer instalações pelo terminal, basta rodar o seguinte comando:
sudo apt-get install screenkey
Para rodar a aplicação é muito simples; depois de instalado você encontra o ícone do Screenkey no menu do sistema, outra forma de rodá-lo é pressionar "Alt+F2" e digitar "screenkey". 

Pela minha experiência, após clicar no ícone do programa, ele demora até uns 7 segundos para iniciar, depois disso ao digitar qualquer tecla, elas já serão mostradas.

Para fechar o programa é necessário finalizá-lo através do "Monitor do sistema":

Finalizando o programa

E aí, curtiu a dica? Aproveite para ajudar mais pessoas compartilhando este artigo com seus amigos.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Ubuntu com um visual moderno com o tema Numix GTK

Muitas pessoas pediram para que eu mostrasse o tema que eu costumo usar no Ubuntu com o Unity, então hoje eu vou mostrar a modificação visual que eu costumo fazer no sistema com o tema Numix GTK.

Numix GTK Ubuntu




Eu venho utilizando o Ubuntu 16.04 LTS desde antes do seu lançamento final, em Abril passado, e se tem uma coisa que merece atenção no Ubuntu é o seu tema, ele precisa de uma renovação, e aparentemente terá com o Unity 8, vamos ter que esperar a versão 16.10 para ver.

Apesar de eu gostar do jogo de cores, especialmente do laranja, o Ubuntu tem, de fato, uma aparência antiquada, todas as interfaces atuais costumam ter menos curvas e mais suavidade em seu design, com contrastes em botões, algo que o Unity original não possui atualmente.

Por conta disso eu decidi usar o tema Numix. 

Eu não sou mais o tipo de usuário que gosta de ficar personalizando o sistema por completo, da mesma forma que um dia eu já fui, produtividade é mais importante do que aparência para mim; mesmo assim não descarto por completo esta parte, afinal, pessoas como eu passam os dias na frente do computador e olhar para algo "bonito" é um "luxo" a mais, sem sombra de dúvidas.

O tema Numix é conhecido de muitos, especialmente o tema de ícones, muitas pessoas o utilizam e você pode aprender a instalá-lo no seu Ubuntu clicando aqui, porém, eu não utilizo os ícones Numix, eu continuo utilizando os originais do Ubuntu, ainda que eles não tenham um design tão moderno, pois acho importante manter a identidade visual de cada aplicação, especialmente para quando eu for mostrar o sistema para alguém, trocando em miúdos, eu quero que "o ícone do Firefox seja o mesmo que a pessoa já conhece do Windows", o mesmo vale para os demais programas.

O tema Numix que eu utilizo é o GTK, esse tema muda a aparência da "textura" do sistema, nas pastas e janelas e também altera a aparência da barra do Unity, retirando as películas que ficam por padrão atrás do ícones dos programas, dando uma aparência mais clean e, do meu ponto de vista, bela.

A barra de título das janelas também fica com um visual flat e com ícones de controle diferentes, como você pode reparar nas imagens abaixo.

O mais interessante para mim é que além de deixar o visual elegante e moderno, ele não tira o padrão de cores do Ubuntu tradicional, algo que para mim é essencial.

Confira algumas imagens:

Ubuntu Numix GTK Theme

Ubuntu Numix GTK Theme

Ubuntu Numix GTK Theme

Ubuntu Numix GTK Theme

Gostou do tema e quer testar? É muito simples! Este tema está no repositório do Ubuntu e você pode instalar através da Central de Programas, basta clicar no botão abaixo:

Pra quem prefere usar o terminal:
sudo apt install numix-gtk-theme
Para mudar o tema padrão para o Numix GTK você pode usar uma ferramenta como o Unity Tweak.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 22 de junho de 2016

WPS Office para Linux removido do site, veja como baixar e instalar mesmo assim

Algumas pessoas me relataram que o WPS Office para Linux foi removido do site oficial, aquele que indicamos no artigo onde falamos sobre o WPS Office como alternativa para o Microsoft Office, juntamente com o LibreOffice para Linux e até mesmo Windows, mesmo com a remoção você vai poder baixar e instalar se quiser para utilizar no sistema e eu vou dar a minha breve opinião sobre o que aconteceu com ele.

WPS Office para Linux - Download




Algumas pessoas acabaram usando a suíte WPS para o trabalho nos últimos tempos, como eu por exemplo, se surpreenderam ao ver que ele "sumiu" do site oficial, porém, o que muitos não leram e que estava escrito lá no local de download mesmo, é que eles vão fazer upload de uma nova versão "em breve"(não deram um tempo exato), o WPS Office para Linux ainda era um alpha, e funcionava muito bem, então poderemos ver em algum tempo uma versão Beta ou até mesmo a versão final para Linux. O motivo deles terem tirado a aplicação do site não foi explicado.

De qualquer forma, muita gente que formatou o computador ou que instalou o Linux para outras pessoas e estava com a intenção utilizar o WPS Office no sistema ficou sem os pacotes .deb para Ubuntu e derivados, mas eu tenho uma boa nova para você: Eu fiz backup deles! :)



Como as traduções e dicionários em português do WPS eram baixados do próprio servidor deles e os pacotes foram removidos, a função nativa dele de tradução da interface está desabilitada, mas não se preocupe, eu fiz backup dos pacotes de idioma também, tanto na versão de 32, quanto de 64 bits.
São aproximadamente 170 MB de download. Dentro do arquivo zip você encontra 4 pacotes, mas você vai utilizar apenas 3 deles. Existe a versão de 32 e 64 bits do WPS Office, escolha apenas o que for  para a arquitetura do seu computador, os outros dois são arquivos de tradução e dicionários, que independente da arquitetura do seu sistema devem ser instalados.

Se você quiser baixar os arquivos separadamente:





Vamos aguardar as novidades do WPS Office, uma suíte que apesar de não ser perfeita e de não ter tantos recursos quanto o LibreOffice, tem uma excelente compatibilidade com o formato do Microsoft Office e uma design interessante também, assim que tivermos notícias sobre o projeto você verá algum post aqui no Diolinux sobre o assunto. :)

Curtiu a dica? Então compartilhe e ajude mais pessoas! 

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Firefox ganha ferramenta que permite múltiplas identidades

Uma nova e interessante ferramenta está disponível na versão Nightly no Mozilla Firefox, esta é a versão de testes do navegador, e se tudo ocorrer bem, a nova funcionalidade de "múltiplas identidades" deverá chegar à versão final.

Mozilla Firefox terá abas em containers



O novo recursos do navegador permitirá que os usuários usem vários perfis de usuário, com várias contas de e-mails conectadas, vários Facebook diferentes, etc. É como se fossem vários navegadores dentro de um só.

Mozilla Firefox Nightly


A ideia surgiu da necessidade de um único usuário que precisava ter perfis diferentes para cada tipo de trabalho que estava executando.

Essas abas "Container" possuem atualmente quatro tipo de identidades (como você pode ver na imagem acima), pessoal, trabalho, compras e internet banking. Cada um dos modos registra cookies e caches independentemente, permitindo que o usuário tenha várias contas do mesmo serviço conectadas ao mesmo tempo. Para diferenciar a identidade que o usuário está utilizando, o nome do perfil utilizado será mostrado na URL, e as cores das abas também serão alteradas para facilitar a identificação.

Por enquanto o recurso está apenas em testes e pode ou não entrar no Firefox em sua versão final, se você quiser testar será necessário instalar o Firefox Nightly, veja como fazer a instalação desta versão no Ubuntu clicando aqui.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.