Nova versão do Vivaldi mostra detalhadamente os seus hábitos na internet

O Vivaldi é um navegador que eu admiro muito, eles vão na contramão dos demais e conseguiram seu próprio público desta forma. Enquanto browsers como Chrome, Firefox, Edge e Safari estão a cada dia apostando em um visual mais clean e com recursos diminutos que podem ser expandidos apenas na base de complementos e plugins, o Vivaldi está tentando trazer recursos avançados de forma nativa.

Vivaldi Browser




Eu acho muito interessante a forma quase que "agressiva" que o Vivaldi tem de implementar funções, o mais interessante para mim é que são coisas que dificilmente você pensaria que fariam falta, mas uma vez que você se pegue utilizando, começa a perceber o quanto a ausência delas é enfática em outros navegadores.

Confira a entrevista do blog Diolinux com o criador do Vivaldi Browser, Jon Von Tetzchner.



Para cada lado que você olhar do navegador existem opções, isso pode ser bom para quem gosta da sensação de "painel avião" enquanto navega pela internet, entretanto, os amantes de interfaces limpas poderão se desagradar à primeira vista, sim, à primeira vista, porque o Vivaldi permite que você esconda todas essas opções dando a ele uma aparência semelhante a qualquer outro navegador conhecido.

VivaldI Clean
Vivaldi Browser no modo "Clean"
Para conseguir remover as várias barras, basta ir até o ícone "V" que fica no topo esquerdo do browser por padrão, ir até o menu "Exibir" e marcar ou desmarcar tudo o que você quiser que apareça ou não.

Além de otimizações para segurança, correções de bugs em geral, a nova versão do Vivaldi trás uma nova tela para o histórico de navegação. O novo histórico consegue trazer informações detalhadas sobre a forma com que você navega na internet.

Vivaldi Browser - Novo histórico
Novo histórico do Vivaldi Browser
Navegue um pouco na internet com o Vivaldi e depois pressione as populares teclas de atalho "Ctrl+H" para abrir o histórico do navegador e se surpreenda com gráficos detalhados da forma com que você acessa os sites, links que você clicou, sites acessados, datas, horários, frequência de navegação entre outras coisas.

O mais engraçado disso é que podem haver algumas pessoas que vão pensar que o Vivaldi está obtendo dados "demais" do usuário, mas na verdade, todo navegador de internet popular tem essa capacidade, acho que a grande diferença aqui é que o Vivaldi de mostra detalhadamente toda a informação, então vejo como positivo.

Você consegue também acessar o seu histórico facilmente direto de uma nova aba qualquer, basta clicar na opção indicada.

Vivaldi Browser

Para baixar a versão nova do Vivaldi Browser basta acessar o site e baixar o instalador correspondente para o seus sistema, existem versões para Linux, Windows e macOS.

Apesar de várias coisas bacanas, não posso deixar de comentar que ele ainda não está suportando a Netflix nativamente, coisa que agora o Firefox está fazendo, além do Chrome, isso acaba tornando difícil que os usuários tenham ele como único navegador.

Vivaldi Netflix

O Vivaldi é baseado do projeto Chromium, assim como o Chrome, então, tecnicamente falando uma implementação para o funcionamento da Netflix não deve ser uma passo tão grande, posso estar falando bobagens, mas esta me parece ser uma peça importante para que o navegador fique mais popular.

Pesquisando eu acabei encontrando alguns "workarounds" que permitem que você veja Netflix por ele, mas convenhamos que uma solução mais simples seria muito bem-vinda.

E olha que ele foi bem no teste de HTML5 do site html5test.com fazendo 517 de 555 pontos possíveis.

Vivaldi HTML5 Test

Claro que um teste assim, simples e único não serve para dizer se uma navegador é melhor que outro, porque além dos detalhes técnicos, temos também o gosto do usuário e outros quesitos que não são avaliados em testes assim, mas para você ter uma noção de comparação, nos testes que eu fiz, os concorrentes principais se saíram assim.

Firefox 52: 461 pontos de 555

Google Chrome 55: 507 de 555

Opera 44: 515 de 555

Midori 0.5.11: 315 de 555

Yandex 16 Beta: 487 de 555

Maxthon 1.0.5.3: 386 de 555

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 30 de março de 2017

Como instalar a última versão do Mesa Driver no Ubuntu e derivados

O Mesa Driver é um driver de vídeo de código aberto que é utilizado em praticamente todas as distribuições Linux, o projeto Mesa libera drivers de código aberto para placas Nvidia, Intel e AMD, e hoje você vai aprender a atualizar os drivers do Ubuntu sem precisar alterar a versão do Kernel.

Mesa Driver



Essa dica pode ajudar muito você que usa Ubuntu ou algum sistema derivado e quer ter os drivers abertos mais recentes para melhorar os FPS dos games, quem sabe até melhorar autonomia da bateria do seu Notebook devido as otimizações.

Este tutorial é compatível com o Ubuntu 16.04 LTS e 16.10 atualmente, assim como os derivados dos sistemas.

Este PPA de Mesa Driver é recomendado especialmente para quem usa drivers open source, especialmente quem usa chip Intel ou AMD, quem usa Nvidia pode muito bem usar os proprietários seguindo este outro tutorial e desempenho será melhor.

Alterar componentes gráficos pode ser algo sensível no sistema, então prossiga sabendo que caso algo dê errado, você terá que reverter o processo.

Se você prefere fazer as coisas sem utilizar o terminal, acesse este tutorial.

Recomendo instalar o PPA Purge para remover os pacotes caso haja algum problema.
sudo apt install ppa-purge
Você pode verificar a sua versão do Mesa Driver instalado usando o seguinte comando:
glxinfo | grep "OpenGL version"
Agora vamos adicionar o PPA do Mesa Driver, rode no terminal:
sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-x-swat/updates
Este comando acima adiciona o repositório dos drivers, agora podemos atualizá-lo e depois atualizar o sistema para receber os novos pacotes:
sudo apt update && sudo apt dist-upgrade
Depois de atualizado, você precisa reiniciar o computador, você pode rodar novamente o comando para verificar a versão do Mesa Driver e ver em qual versão você está. No momento deste post a versão mais recente é a 17.

Caso algo saia errado ou por qualquer outro motivo você queria remover os drivers e voltar ao normal use:
sudo ppa-purge ppa:ubuntu-x-swat/updates
Depois da remoção você deve reiniciar o computador e você estará de volta com os drivers originais do sistema.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




terça-feira, 28 de março de 2017

De onde vem o sucesso do Linux?

O Kernel Linux é um dos maiores, se não o maior, projeto de código aberto da história, sendo o Kernel o centro de sistemas operacionais que acompanham diversas tecnologias, não só computadores comuns e servidores. Mas de onde vem o sucesso do Linux?

Por que Linux é um sucesso?




Os fatores que envolvem a evolução e o sucesso do Linux são diversos, o nosso editor Gabriel da Costa elaborou um vídeo para te explicar um pouco deste assunto.


A que você atribui o sucesso do Linux?

Aproveitando, quero incluir outra reflexão aqui pra você:


Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Corrigindo a aparência do LibreOffice no Deepin

Eu estou usando o Deepin com uma certa regularidade nos últimos dias, o sistema vem com o WPS Office por padrão, o que é ótimo, mas o WPS tem uma falha, ele não consegue abrir arquivos em formatos livres como o LibreOffice faz, além disso, eu gosto de trabalhar com o LibreOffice para algumas coisas, por isso eu acabei instalando ele no sistema.

Aparência do LibreOffice no Deepin




Instalar o LibreOffice no Deepin não é um problema, você encontra ele facilmente na central de aplicativos da distro, porém, aparência fica parecendo o Windows 98, nada legal para que se importa com design. Isso acontece por conta de um pacote que a central de apps do Deepin não instala junto com o pacote do LibreOffice. Então basta instalarmos este pacote de aparências para evitar que os programas fiquem assim:

LibreOffice Writer no Deepin

LibreOffice Calc no Deepin

LibreOffice Impress no Deepin

Os pacotes responsáveis pela aparência são dois, o libreoffice-style-breeze, que te traz os ícones Breeze, como no Ubuntu.

Você pode instalar via Synaptic facilmente (Você também encontra o Synaptic na Central de Apps), ou usar o comando:
sudo apt install libreoffice-style-breeze
Synaptic Theme LibreOffice

 O outro pacote é o que vai mudar a aparência das "texturas" em si, o que na verdade é o tema GTK do LibreOffice, você pode instalar o pacote libreoffice-dde para isso, ou até mesmo o libreoffice-gtk.

LibreOffice GTK Theme

Você também pode instalar os pacotes através do Synaptic, ou usar os comandos:
sudo apt install libreoffice-dde
Ao abrir o LibreOffice novamente você verá a diferença logo de cara:

LibreOffice Deepin

Caso você queira, para mudar os ícones do LibreOffice basta ir até o menu Ferramentas>>Opções>>Exibir e mudar os ícones para o Breeze.

Agora vai ficar mais confortável de você utilizar a suíte Office, até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Stacer - Software para otimização do sistema recebe atualização que adiciona novos recursos

Lembro que quando eu falei pela primeira vez sobre o Stacer aqui no blog ele fez muito sucesso, as pessoas realmente gostaram da aparência e da funcionalidade dele e por acima de tudo, ele fazer o que promete. O programa recebeu alguns upgrades que implementaram novas funções.

Stacer - Otimizador do sistema para Ubuntu, Debian e Mint




A nova versão do Stacer agora está mais estável e adicionou um novo monitor do sistema que você pode usar para acompanhar o consumo de recursos do seu computador.

Stacer Monitor

Os recursos de limpeza de pacotes em cache e arquivos desnecessários foi aprimorado e agora consegue limpar a lixeira do sistema também. O novo Stacer é compatível com Ubuntu, Mint, Debian e seus derivados.

Para baixar, basta clicar aqui, na página você encontra versões de 32 e 64 bits empacotados no formato .deb, ou seja, basta baixar e dar dois cliques pra instalar.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Não seja uma vítima do Facebook

Quero compartilhar com você um texto meu que foi publicado no jornal local da minha cidade. Eu escrevi ele para tentar alterar as pessoas sobre brechas de segurança que podem existir no Facebook que independem de alguém conseguir hackear a sua conta.




Antes de ver o texto, você pode conferir o meu vídeo sobre o assunto, acho especialmente importante compartilhar essas informações com quem não tem muito conhecimento técnico, não sei, quem sabe sua mãe, seu pai, tia, etc, qualquer ente querido que você não quer ver passando apuros por conta de algo como o Facebook.



Agora fique com o texto na íntegra:

A rede social de Mark Zuckerberg, o Facebook, é algo comum na vida de bilhões (literalmente) de pessoas ao redor do mundo, mas como tudo que se torna muito popular, sobretudo no aspecto tecnológico, ele também pode ser utilizado para fins ilícitos e criminosos.
Eu quero te dar algumas dicas que podem parecer simples, talvez por ser algo simples é que seja fácil constatar algumas coisas que as pessoas simplesmente negligenciam em suas redes sociais, e que quando aplicadas, fazem da sua vida social digital muito mais tranquila. Vamos lá?

Use senhas difíceis: Colocar a sua data de aniversário, do seu filho, o nome do seu animal de estimação ou palavras encontradas em um dicionário é algo que você deve evitar, alguém que quer acessar os seus dados vai testar essas coisas em primeiro lugar, evite usar senhas fáceis nos Smartphones também, as senhas de bloqueio devem ter um certo nível de complexidade para fuja da obviedade, afinal, tirando a tela de bloqueio, não há nada que impeça que uma pessoa qualquer abra o seu App do Facebook com apenas um toque e “faça a festa”.

A sua vida pessoal é um livro aberto na internet? Você adora fazer check-in onde quer que você vá? Adora dizer o quanto você está feliz por ter ido viajar para o lugar dos seus sonhos? Bom, você deveria tomar mais cuidado com isso, pois ao mesmo tempo que você está contando para os seus amigos as coisas boas que acontecem na sua vida, você pode também estar contando as mesmas coisas para pessoas não tão bem-intencionadas. Em época de férias, dizer que você vai viajar por muitos dias ou postar fotos longe de casa ou fazer check-in, além de indicar que você vai se divertir muito, também indica que a sua residência está vazia, o que pode ser um prato cheio para criminosos.

Evite identificar os hábitos da sua família das redes sociais e preste atenção para não passar informações de forma involuntária, você pode acabar contanto através de fotos, check-ins e posts onde os seus filhos estudam ou fazem alguma atividade extracurricular; onde você trabalha e quais os horários que vocês estão ou não em casa.

Outro detalhe muito importante que você deve prestar atenção na hora de usar o Facebook (o Facebook aqui é o exemplo, mas serve para qualquer site) são os vírus de computador. Duvide de promoções miraculosas, ninguém sorteia um iPhone simplesmente por você ser o visitante número 10 mil de algum site, não cadastre seu cartão de crédito em qualquer lugar para ganhar uma recompensa, não acesse sites de conteúdo duvidoso e acima de tudo, informe as pessoas que compartilham o computador com você para que elas não caiam nestas armadilhas, pois uma vez que o computador esteja infectado, a próxima pessoa que utilizá-lo estará suscetível a estes problemas.

Se você utilizar o computador para tarefas simples, como usar a internet, editar documentos e planilhas, ouvir músicas, jogar e coisas do tipo, algo que você pode fazer para aumentar a sua segurança e a da sua família e substituir o sistema operacional Windows pelo Linux, um sistema mais robusto e resistente a vírus, da próxima vez que você for formatar o seu computador, peça para o técnico instalar Linux na sua máquina, assim você poderá acessar a sua conta bancária sem medo, além de não precisar se preocupar com vírus de computador.

Para fins gerais, você deveria gastar um tempo analisando as configurações de privacidade do seu perfil no Facebook para saber quem são as pessoas que podem acessar as suas informações. 

Que tal deixar para postar as fotos da viagem depois que você voltar? Você vai se divertir da mesma forma e não vai abrir margem para problemas. Aproveite o que a internet tem de melhor sem correr riscos!

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.





segunda-feira, 27 de março de 2017