Responsive Ad Slot

Como criar atalhos personalizados no Unity (Ubuntu 11 +)

Nenhum comentário

sábado, 31 de dezembro de 2011


O Unity já vem com vários atalhos no teclado, mas é possível personalizar esses atalhos ou mesmo criar novos pela própria interface gráfica do Ubuntu.
O procedimento é simples:

Atalhos do teclado do Ubuntu 11.10

Nenhum comentário
Atalhos do Teclado no Ubuntu ( Seja mais produtivo)
Usando o painel e o lançador
Pressione meta: Abre a Barra. Toque de novo para fechar.
  *O painel se abre com foco na caixa de busca, utilizada para encontrar aplicativos e arquivos. Utilize as setas do teclado    para navegar pelos resultados. Pressione Enter para lançar.
Segurar meta: Exibir o lançador.
Meta+1: Inicia o primeiro item do lançador ou troca para ele se já estiver rodando. Se o Shift também for pressionado, será aberta uma nova janela.
Meta+2: Inicia o segundo item do lançador ou troca para ele se já estiver rodando. Esse padrão continua até Meta+0, que abre o décimo item.
Alt+F1: Abra o lançador. Use as teclas de setas para navegar e Enter para iniciar ou alterne para uma aplicação.
Alt+F2: Abre o painel em um modo especial para rodar comandos que você digita. Pressione Enter para executar o comando atual. Você também pode usar as setas do teclado para escolher um comando diferente e pressionar Enter para executá-lo.
Meta+A: Abrindo as lentes dos aplicativos.
Meta+F: Abre a lente de arquivos e pastas.
Meta+T: Abrir a Lixeira.
Ctrl+Alt+T: Abra o Terminal.
Alt: Exibir o menu aplicativo. Alt+F abre o menu arquivo.
F10: Abrir o menu. Usar as teclas de setas para navegar. Você também pode acessar os menus indicadores.

Conhecendo o ambiente de trabalho
Alt+F4: Fechar a janela atual.
Alt+F10: Maximizar a janela atual. Se a janela já estiver maximizada, desfazer a maximização dela.
Alt+Tab: Alterna rapidamente entre janelas. Segure Shift para ir na ordem contrária.
Meta+D: Esconde todas as janelas e mostra a área de trabalho. Pressione novamente para restaurar suas janelas.
Meta+S: Ativa o comutador de janelas. Reduz o tamanho de todos os espaços de trabalho.
Meta+W: Ativa o modo "Expo". Mostra todas as janelas de todos os espaços de trabalho.
Shift+Alt+↑: Ativa o modo "Expo". Mostra todas as janelas deste espaço de trabalho.
Ctrl+Alt+Teclas de seta: Alternar entre os espaços de trabalho.
Ctrl+Alt+Shift+Teclas de seta: Mover a janela atual para outro espaço de trabalho
Ctrl+Alt+L: Bloquear tela.

Atalhos de edição comuns
Ctrl+A: Selecionar todo o texto ou itens em uma lista.
Ctrl+X: Cortar (remover) texto ou itens selecionados e colocá-los na área de transferência.
Ctrl+C: Copiar texto selecionado ou itens para a área de transferência.
Ctrl+V: Cola o conteúdo da área de transferência.
Ctrl+Z: Desfaz a última ação.

Capturando da tela
Print Screen: Tirar uma captura de tela.
Alt+Print Screen: Capturar a tela da janela ativa.

  *Meta(Super) é a tecla com símbolo do Windows.
Fonte

Como colocar um Subnick no Pidgin [Dica]

Nenhum comentário

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011


O Pidgin é um excelente Messenger (disso não há qualquer dúvida), mas algumas das suas funcionalidades apresentam-se um pouco mais complicadas de usar do que seria desejável. A colocação de mensagens pessoais é um desses casos, o que tem levado muita gente ao desespero para tentar perceber o seu funcionamento. Para ultrapassar essa dificuldade, deixo-vos aqui este pequeno guia.
imagem_msgnopidgin.jpeg

Extenções para Gnome-shell

Nenhum comentário

Esta dica é para você que gostou mais da cara do gnome 3 do que a do Unity ( se for usuário Ubuntu pelo menos), mas acredita que faltam alguns detalhes para deixar o G3 perfeito.
Como todo novo projeto em desenvolvimento, coisa que é bem típica do mundo Open Source, a tendência é que facilidades por assim dizer sejam implementadas com o tempo.
Agora vou mostrar como deixar o Gnome 3 mais ágil instalando extenções do Shell, como atalhos de locais e até uma dock, então "demo via let's go!":



Como remover o Menu Global do Ubuntu

Nenhum comentário

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Uma das mudanças que vieram com o Unity no Ubuntu foi o menu Global, que faz com que os menus dos aplicativos fiquem fixos no painel em harmonia com barra do sistema.
É uma função a lá MacOS, mais uma das funções que temos que nos acostumar com as novas versões do sistema saindo. Mas se para você assim com eu isso atrapalha por que mexe com a maneira orgânica que temos de trabalhar com o computador existe uma maneira de remover esses menus do painel e mandá-los de volta ao seu programa correspondente.

Deixando como na figura acima. O procedimento é o seguinte:

Como Instalar Google Chrome no Ubuntu pelo repositório.

6 comentários

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011


Vou mostrar uma maneira simples de instalar a última versão estável do navegador do google direto do repositório.

1. Abra o terminal e digite:


sudo gedit /etc/apt/sources.list
Adicione o seguinte e salve:
deb http://dl.google.com/linux/deb/ stable main
2.Em seguida atualize os repositórios
sudo apt-get update

3.E finalmente instalamos o Chrome
sudo apt-get install google-chrome-stable

Um criador de atalhos para Linux no Ubuntu

Nenhum comentário

sábado, 17 de dezembro de 2011





Bom como eu já tinha relatado em outro post uma maneira simples de criar atalhos no Ubuntu.
Porém podemos transformar esta tarefa em um script simples para você ter no seu desktop, uma espécie de
"criador de atalhos"


1. Abra seu editor de texto favorito ( gedit para Ubuntu)
2. cole dentro do arquivo as seguintes linhas:


#! /bin/bash
gnome-desktop-item-edit --create-new /home/seu_usuário/Área\ de\ trabalho/




 3. Salve o arquivo na 
área de trabalho com o nome que preferir, adicionando a extenção .sh no nome do arquivo 
deve ficar algo como   "criador de atalhos.sh"


4.Clique com o botão direito do mouse em cima do arquivo que você acabou de criar.
5.Clique em propriedades, e na guia permições, marque a caixa que da permição de execução como programa.
6. Pronto, agora teste seu script dando dois cliques em cima dele, e clicando em 'executar no terminal' quando por solicitado.

interface gráfica para Modem VIVO no Linux.

4 comentários

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011



Atualmente, é complicado conviver sem um acesso à internet via 3G, ou para estar conectado em qualquer lugar ou apenas para as horas de emergência. E a Vivo tem diversos pacotes, tanto pré-pagos como pós-pagos. E no Windows existe um discador bonitinho, cheio de recursos. Poxa, que bom. Mas, e para Linux?
Confira:
Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo