Cinnamon 2.0 deverá abandonar o Gnome Dionatan Simioni quarta-feira, 5 de junho de 2013

Clement Lefevbre pretende não usar mais Gnome em futuras versões do Linux Mint

Hoje em dia o Cinnamon é um dos ambientes desktops mais usados pelos LinUsers, superando muitas vezes os já tradicionais Gnome, que agora busca uma nova identidade com mais programas próprios, e o KDE.

Linux-Mint-site

A decisão de não usar mais Gnome 

A notícias surgiu em uma entrevista de Clem à LinuxUsers & Developer, onde ele foi questionado sobre o Cinnamon na próxima versão do Linux Mint, a 16, ele afirmou que haveriam algumas novidades, dentre elas seria a independência do Cinnamon do Gnome, ou quase independência, em palavras do próprio Clement:

"Você estará usando o Cinnamon sobre 'quase' nada do Gnome"
Declaração que obviamente deixa uma lacuna de o que seria feito para o Cinnamon rodar  "quase" sem o Gnome, seria um Fork? Ou os desenvolvedores do Linux Mint iriam criar bibliotecas próprias para rodar o Cinnamon?
Particularmente acredito que estamos frente a ideia de se criar um fork no Gnome back-end, ou seja, a parte que roda por trás do Shell, que é o Cinnamon ou o Unity.


O Pessoal do Linux Mint sempre fez um bom trabalho, o Mint foi a primeira distro que usei de verdade ainda na versão 9 e 10, e agora só nos resta esperar para ver o que vai acontecer, mas segundo o Clem, as novidades já virão na próxima versão.

O que você acha dessa decisão do Linux Mint?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Dionatan Simioni
por Dionatan Simioni

Blogueiro, Youtuber, Escritor e Professor, usuário de Ubuntu e Android, apaixonado por games e tecnologia.

Siga-me @ Twitter | Facebook | Google Plus

comments powered by Disqus