Steam GreenLight comemora 1 ano com jogos com até 75% de desconto!

Você quer comprar games com desconto? Corre lá na Steam!

Steam GreenLight comemora um ano com desconto nos games


A Valve comemora um ano de projeto GreenLight com mais de cinquenta jogos da categoria com desconto, alguns chegam à 75%.

Mas o que é o GreenLight

GreenLight é um projeto da Valve que visa ajudar a pequenos desenvolvedores de jogos, ou até mesmo estúdios em acensão de maneira que os mesmos tenham a possibilidade de ver seus jogos publicados na plataforma da Steam.
Funciona assim, o desenvolvedor cadastra o game para que ele faça parte do catálogo, as pessoas podem votar nos games que acharem mais interessantes e os mais bem votados ganham a possibilidade de serem publicados na loja oficial da Steam.

Existem jogos para os 3 principais sistemas operacionais do mercado sendo que 12 games tem versões para Linux.

Se você quer comprar alguns jogos e ainda economizar um pouco confira todos eles neste link e aproveite para votar nos novos games do GreenLight.

Até a próxima pessoal!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Calendário de lançamento do Ubuntu 14.04 LTS revelado

Futura LTS da Canonical já tem datas definidas

É admirável a Canonical colocar datas fixas e cumprir sempre as mesmas para liberar o Ubuntu, e como não poderia se diferente, com o  Ubuntu 13.10 chegando em alguns dias o planejamento para a futura LTS do Ubuntu já está sendo feito e até já tem datas de lançamento.

Ubuntu logo


Calendário do Ubuntu 14.04 LTS

Alpha 1 - 19 de Dezembro/13 
Alpha 2 – 23 de Janeiro/14
Beta 1 – 27 de Fevereiro/14
Beta 2 – 27 de Março/14
Release Candidate (RC) 10 de Abril

E o lançamento oficial será em 17 de Abril

Como é de se esperar nessa versão, que deve ser muito estável, o Mir já deve ter-se arredondado para que funcione plenamente com qualquer placa, e acho que este é o ponto mais crítico, no mais o Ubuntu já trás uma boa seleção de programas, bem equilibrada.
Outra coisa que ainda não foi definido, mas seguindo a lógica e ordem alfabética a nova distro devera ter dois nomes iniciando com a letra T, que nome vocês dariam a ele?


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

No caminho da Igreja - Postal 2

#partiuConfessarPecados

E aí pessoal como estão, mais um vídeo no Canal, a sequência da nossa série de Postal 2, agora estamos no caminho para a igreja em busca de redenção, confiram, aguardamos o seu Gostei, se ainda não é inscrito se inscreve no Canal e acompanhe!


Até a próxima pessoal!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

"Uma única conta pra tudo" - Novo recurso no Ubuntu 13.10

Ubuntu 13.10 agora tem um painel de login para as contas "Ubuntu"

Como já havíamos noticiado aqui o Ubuntu terá um sistema de contas unificadas, tanto para fazer login no Ubuntu One, como na Central de Programas, até mesmo no fórum oficial do Ubuntu e outros servidos que a Canonical desenvolva como o Ubuntu Phone.

Login Unico no Ubuntu

Esta tela será mostrada durante a instalação e permite a pré-configuração de todos os logins no sistema, assim como é no Android com as contas Google, obviamente se você não usa estes serviços será possível pular esta etapa.
E essa é mais uma novidade que vai desembarcar no Ubuntu Saucy, para ver tudo o que há de novo confira a nossa tag dedicada ao assunto.

Até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

WWF Westling no Ubuntu #Nostalgia

Luta Livre de Super Nintendo no Ubuntu

E aí pessoal, mais um vídeo no Canal! Dessa vez fizemos uma sessão nostalgia trazendo um game antigo, se você curte esse tipo de vídeo, com games de consoles antigos, inscreva-se no canal, clique no gostei para ajudar o canal à crescer e deixe sugestões de jogos para esta série, confiram.



Se você quiser saber  como instalar o Emulador de Super Nintendo no seu Ubuntu ou derivado verifique o link na descrição do vídeo no YouTube, até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Gone Home na Steam Linux - Resenha, Download e Requisitos

Game de mistério Gone Home está disponível para Linux na Steam

Quem não gosta de um bom mistério não é verdade? Se você procura uma história envolvendo, um game que dá vontade de jogar do início ao fim para saber o que acontece, o Indie Gone Home cai "como uma luva" para você.

Sala de "Gone Home"


No jogo você assume o papel de uma jovem que volta de viagem para casa mas não encontra ninguém, seus pais estão desaparecidos e sua irmã também não está em casa, o local está um pouco revirado e você encontra evidências de roubo, como gavetas abertas e móveis virados, ao mesmo tempo você acaba descobrindo coisas estranhas a respeito de sua família através das muitas notas espalhadas pelo jogo, passagens secretas, rituais para contactar espíritos e uma verdade que você mesmo procura não lembrar, o que será que aconteceu nessa casa? Onde está todo mundo?

Descobrir tudo isso é a sua missão em Gone Home.

Gone Home Steam

Gone Home Steam



Gone Home na Steam para Linux

Gone Home está disponível na Steam para Linux atualmente pelo preço de R$ 39,99, o jogo é muito bem feito e tem participação de desenvolvedores do Amnésia, considerado por muito como o melhor jogo de terror que existe, o Amnésia inclusive deve lançar em breve um novo título que promete ser muito mais assustador e com versão para Linux, leia mais aqui.
Apesar de ter um clima de tensão dominante, Gone Home não pode ser considerado um game de horror, por contar poucos/nenhum sustos.
Um detalhes que eu gostaria de comentar é o alto nível de detalhes do cenários, você pode interagir praticamente com todos os objetos da casa, e todos eles receberam uma textura fotográfica praticamente, o que aumenta muito a realidade, um outro bom game assim é One Late Night para Linux, esse sim de horror.

Para acessar a página no Game na Steam e comprar clique no botão abaixo:

Gone Home Steam

Requisitos Mínimos do Sistema

O jogo é leve e a maioria dos computadores comprados de 2009 em diante deve rodar.

• glibc 2.11 or newer
• 1.80GHz Processor
• 2GB Memory
• Intel HD Graphics 4000
• 2GB HDD space



Até a próxima pessoal!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

ShowMyPC: Acesso remoto multiplataforma ( Linux, Mac e Windows )

Faça um acesso remoto do Linux para qualquer sistema operacional e vice-e-versa

Ajudar as pessoas à distância pode ser a melhor solução muitas vezes, estive testando uma recurso muito interessante para o fim de fazer acesso remoto através do Ubuntu no Windows, ou qualquer outro sistemas operacional, e é essa a dica deste artigo.

ShowMyPC

ShowMyPC para Linux


ShowMyPC é um aplicativo nativamente desenvolvido para Windows, mas que possui uma versão mais simples desenvolvido em JAVA para Linux e Mac.
Ele faz uso do protocolo SSH para controlar computador e deixar-se ser manipulado por um computador remoto.

Como usar o no Linux

Para os sistemas não Windows o ShowMyPC funciona como uma webaplicação em JAVA, portanto, instale o JAVA no seu Linux, para saber como instalar o JAVA no Ubuntu e derivados acesse este artigo.
Feito isso basta acessar este link e permitir a execução do JAVA quando foi solicitado.


Mande o mesmo link para o computador que você deseja controlar, para que seu computador seja controlado clique em Show My PC Now uma senha será gerada, a mesma você deve entregar à pessoa que vai controlar o seu computador para que ela possa ter acesso à sua área de trabalho.

Caso você queira controlar um computador remoto clique em View Remote PC e digite a senha que receber do computador à ser controlado.

Obs: O programa não possui sistema de chat, logo, vocês terão que passar as senhas um para o outro através de um outro meio, como o Skype, Hangouts ou Facebook por exemplo.

E aí curtiu a dica?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Os novos recursos no Gnome 3.10

Confira mais alguns detalhes do que vem por aí no Gnome Desktop

O Desktop Gnome se aproxima do seu ápice desde que a versão 3 foi lançada debaixo de muitas críticas, inclusive de Linus Torvalds, com a versão 3.10 o Gnome Team promete trazer muitas novidades.

Vejamos as novidades

Novo seletor de wallpapers do Gnome

Um novo recurso interessante é o novo menu de seleção de wallpaper, onde é possível além de determinar qual wallpaper será usado, definir também a imagem que irá aparecer na tela de bloqueio.



Um novo menu para seleção da região e fuso horário. 


Uma nova janela para configuração de monitores.


Agora o os botões de fechar no Nautilus são integrados à janela, como nas outras aplicações, dessa forma nos ganhamos em espaço da hora de usar o ambiente, outro destaque é o conjunto de ícones que foi remodelado e está muito mais bonito do que em versões anteriores.


O novo Gnome também tratá uma nova aplicação de mapas, bem simplista, porém um recurso que não está disponível nativamente em nenhum outro ambiente Linux.


O novo SysTray está mais compacto e com mais e acumula funções em um único local, o que deixa a barra superior mais clean.

Ao que parece o Gnome está seguindo um filosofia mais simplista, voltando um pouco ao que era a algum tempo atrás.

O que você achou dessas mudanças?

Fonte

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Comando para saber quando foi instalado o seu Linux

Quando foi que você instalou a sua distro?

Nesse mundo Linux onde existem muitas distribuições existem também vários tipos de usuários, os que gostam de instalar um sistema e não reinstalar novamente em pouco tempo e optam por distros Rolling Release, outros usuários preferem ter sempre o que há de mais novo e instalam novos sistemas em seus computadores, muitas vezes para fim de testar as distribuições.

Comando no terminal


O que vamos mostrar aqui é um comando e comum a todas as distribuições Linux que permite verificar o dia e hora em que o sistema foi instalado no nosso computador.
O comando é:

ls -lct /etc | tail -1 | awk '{print $6, $7, $8}'
Cole ele no terminal e cole o resultado aqui, vamos ver quem tem o sistema instalado por mais tempo?
Como vocês podem ver na imagem acima, hoje, dia 27-08-13, ainda não faz um mês desta instalação.
E o seu faz quanto tempo leitor?


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

terça-feira, 27 de agosto de 2013

App Grid: Uma nova Central de Programas para Ubuntu

Se você está cansado da Central de Programas do Ubuntu, aqui vai uma alternativa

Se você busca uma Central de Programas mais leve para o seu Ubuntu o App Grider parece sera a aplicação ideal, com os mesmos recursos da Central de Programas tradicional mas com uma aparência "mais aberta".

App Grid


App Grid Ubuntu

Instalação do AppGrid no Ubuntu 13.04

O AppGrid funciona apenas no Ubuntu 13.04 e derivados do mesmo, você pode instalar o programa usando o PPA abaixo, abra o terminal e cole os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:appgrid/stable 

sudo apt-get update 

sudo apt-get install appgrid

Até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Alienware X51: PC Gamer com Ubuntu pré-instalado

Ubuntu Gamer vem instalado em PC de alta performance da Alienware

A Alienware empresa conhecida por vender PC's Gamers agora dispõe de modelos com Ubuntu e Steam pré-instalados de fábrica. Os computadores são da Dell e tem hardwares variados dependendo do nível de performance que o usuário queira ter.

PC Gamer com Ubuntu - Alienware


O Computador mais "básico" tem a seguinte configuração.

  • Intel Core i3-3220 3.3GHz Dual Core
  • Ubuntu operating system
  • 6GB DDR3 at 1600MHz (2 DIMMS) 
  • 1GB GDDR5 NVIDIA GeForce GTX 645*
  • Slot Load Dual Layer DVD Burner
  • Dell Wireless 1506 (802.11gn) WLAN half mini-Card
  • 1TB SATA 3Gb/s,7200RPM
Uma configuração bem arrojada e que já deve rodar qualquer game da Steam para Linux até o momento, mas quem quer se preparar para o futuro onde games de maior peso serão lançados para Linux pode optar pela linha High-End com:

  • Intel Core i7-3770 3.4GHz Quad Core
  • Ubuntu operating system
  • 8GB Dual Channel DDR3 at 1600MHz (2 DIMMS) 
  • 1.5GB Nvidia GeForce GTX 660 
  • Slot Load Dual Layer DVD Burner
  • Dell Wireless 1506 (802.11gn) WLAN half mini-Card
  • 1TB SATA 3Gb/s,7200RPM

E o preço dos computadores até que não é tão abusivo, fora do Brasil, se você importar terá mais problemas com tributos, mas a princípio o primeiro modelo sai por  $599,00  e o segundo custa $1.249,00.
Existem computadores intermediários entre os dois modelos e há ainda a possibilidade você escolher a sua própria configuração.
Para mais informações visite o site da Alienware.

Um Ubuntu PC

Lembro que à algum tempo escrevi sobre essa ideia de um PC com Ubuntu embarcado, um PC de alta compatibilidade de hardware com o Ubuntu, ou um Notebook mesmo, leia mais sobre o assunto aqui.

Algo parecido com o que a Apple faz com o Mac OS, bom, parece que o meu sonho foi realizado de certa forma, mas ainda não é bem o que eu tinha em mente, mas mostra um interesse de fabricantes pela plataforma aberta, você conseguiria imaginar um PC Gamer com Linux à 3 anos atrás?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Foto: Novo Visualizador de Imagens para Ubuntu

Um programa muito elegante para que você possa ver as suas fotografias

O Visualizador de imagens é um programa essencial para qualquer sistema operacional, e a maioria dos usuários não se importa muito com ele desde que o mesmo funcione de maneira adequada.

foto-image-viewer


Apesar de ser um aplicativo ainda em construção, como a maioria das coisas no mundo Linux, o "Foto" se mostra uma opção muito interessante, especialmente pelo Design bem acabado, especialmente se você usa o Elementary OS, a aparência dele se encaixa muito bem com o sistema, apesar disso ele pode ser instalado no Ubuntu e no Linux Mint.

Instalação de Visualizador de Images "Foto"

Para instalar este programa vamos usar um código PPA, se você é um usuário novato recomendamos que leia este artigo com as principais dicas para se dominar os PPAs. Prosseguimos, abra o seu terminal e cole os seguintes comandos:
sudo add-apt-repository ppa:erasmo-marin/foto-daily-builds
sudo apt-get update
sudo apt-get install foto

Aproveite seu novo software!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Linus Torvalds comemora os 22 anos do Linux de maneira nostálgica

Essa semana o Linux faz 22 anos de existência

À mais ou menos 22 anos atrás nascia um projeto que iria revolucionar a computação mundial à todos os níveis, desde uma batata até os supercomputadores que a NASA usa em estações espaciais.
Obviamente Linus Torvalds, criador do Kernel Linux, não acreditava que isso um dia chegaria onde chegou, com tantas pessoas apaixonadas por isso, tantas vidas dedicadas à trazer o que há de melhor em termos de software Livre para as pessoas.

Linus-Torvalds-Linux


Em sua conta no Google+ Linus fez uma brincadeira muito nostálgica relembrando o que havia escrito quando estava desenvolvendo o Linux.

Olá para todos usando minix – estou criando um sistea operacional (gratuito) (apenas um hobby, não será grande e profissional como gnu) para clones do 386 (486)”, Torvalds escreveu em 26 de agosto de 1991, pedindo para as pessoas enviarem pedidos de recursos.

E ontem, 25, Torvalds anunciou o lançamento do kernel 3.11-rc7 do Linux de maneira parecida.

“Olá para todos usando Linux – estou criando um sistema operacional (gratuito) (apenas um hobby, mesmo que seja grande e profissional) para clones do 486+ AT e praticamente qualquer máquina superior. Isso está sendo feito desde abril desde 1991, e ainda não está pronto. Gostaria do seu feedback em coisas que as pessoas gostam/não gostam no Linux 3.11-rc7”, escreveu no Google+.

Esse é uma das pessoas mais importantes da história da tecnologia e às vezes penso que ele não tem o devido mérito fora dos círculos de que trata do assunto e trabalha com Linux, mas de qualquer forma parabéns ao Linux e aos seus usuários independentemente da distribuição que usem.

Meus cumprimentos, até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Libre Office vence mais uma: Cidade de Valencia na Espanha se rende à suíte aberta

Cidade espanhola de Valencia apoia o software livre

Uma ótima notícia para os amantes do software livre, especialmente para quem defende com unhas e dentes o uso do Libre Office como suíte de escritório, essas pessoas ganharam ainda mais moral porque a cidade de Valencia, uma das mais importantes da Espanha, adotou o Libre como programa de escritório principal em mais de 120 mil computadores pessoais! 
Isso mesmo, o governo incentivando  a população a usar o Libre Office, e obviamente os  órgãos públicos, como Bibliotecas e Escolas também, com isso a cidade espera economizar cerca de 1 milhão e meio de Euros por ano em licenças proprietárias. 

Libre Office Logo


Uma notícia dessas realmente vem de encontro com tudo o que foi discutido neste artigo, se você tiver um tempinho leia e deixe a sua opinião também, e reafirma a posição da Microsoft em gerar documentação para tentar provar que o Microsoft Office é superior ao Libre Office.

E como não poderia deixar de ser, será que veremos iniciativas como essa aqui no Brasil? Mas digo softwares de qualidade, não o Linux Educacional.

Fonte.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Ubuntu 12.04.3 LTS lançado

A terceira grande atualização da versão LTS do Ubuntu está disponível

Os desenvolvedores do Ubuntu anunciaram que a terceira versão do Ubuntu 12.04 LTS está disponível, de tempos em tempos devido as muitas atualizações que o sistema sobre é liberada uma ISO com todas elas incorporadas já.

Ubuntu 12.04.3 LTS


Os programas nos repositórios foram atualizados, como o Firefox para a versão atual, a 23, dentro outros softwares.
O Ubuntu 12.04.3 LTS pode ser uma boa opção para quem não quer ficar atualizando o sistema a cada lançamento, se você tem dúvidas sobre se ainda é viável ou não usar o Ubuntu 12.04 LTS veja este artigo onde mostramos os prós e contras de se usar esta versão.

Em Janeiro do próximo ano será lançada a última atualização do Ubuntu 12.04 LTS e em Abril será lançada a nova LTS, 14.04.

Para baixar o Ubuntu 12.04.3 LTS clique no link abaixo:


Neste link você conseguirá baixar também as versões derivadas oficiais do Ubuntu.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

sábado, 24 de agosto de 2013

Elementary OS sem dó nem piedade

Uma distro não recomendada para iniciantes

Olá pessoal  hoje vamos apresentar a vocês que ainda não conhecem esta excelente distro chamada Elementary OS, na sua versão estável de codenome "Luna" que foi lançada a pouco tempo como você pode ver aqui.

Elementary OS Luna Final


O que é o Elementary

O Elementary OS é uma distro baseada no Ubuntu 12.04 LTS e por isso muito estável e com ainda muito tempo de suporte, ao que parece os desenvolvedores pretendem lançar apenas versões "ditas finais" acompanhando os lançamentos LTS da distro da Canonical.

Pontos positivos

Uma ambiente gráfico desenvolvido especialmente para a distro chamado Pantheon - veja como usar o Pantheon no Ubuntu - tudo é muito bonito e integrado, com muitos programas desenvolvidos para a distro, muito leve e simplista, simplista até demais.

O Elementary chamou muita atenção no seu lançamento, tanto que nos primeiros dias no DistroWatch ela estava como a mais visualizada, mas agora já caiu novamente.

Elementary OS


O ambiente Pantheon-Shell é muito simples de usar, é intuitivo, o menu de aplicações é muito bom, apesar de eu considerar que ele tenha um defeito, mas isso vou falar mais para a frente, e é o tipo de distro tão bonita e bem feita que dá vontade de você usar só para ficar clicando nas coisas! =D

Apesar de não ser a melhor seleção de programas que existe ele traz consigo bons programas, como o reprodutor de músicas Noise e o Totem como reprodutor de vídeos.

O Boot é muito rápido e a tela de login é um "LightDM" melhorado, muito bonito mesmo!
Acho que beleza é mesmo o ponto principal do Elementary.

Ele consome poucos recursos do computador também, e o gerenciador de arquivos é muito leve e com muitos recursos.

Pontos negativos e á melhorar

Infelizmente o Elementary OS não é indicado para iniciantes no Linux, porque até eu mesmo com já alguns anos de experiência tive algumas dificuldades, para deixar o Elementary "redondo" para o uso é necessário fazer muitas modificações.
Instalei a versão Luna Final em dual boot no meu computador e percebi alguns pontos negativos para o uso, especialmente por alguém que está vindo do Windows ou do Mac e até mesmo do Ubuntu.

Não vem com o Libre Office

Este é um aplicativo essencial e todas as distros Linux que se presem o carregam consigo, ou o Libre Office ou outros aplicativos de edição de texto mais avançados como o AbiWord por exemplo e o Gnumeric para planilhas, mas no Elementary não há nada.

Sem monitor do Sistema

É uma aplicação simples, que não ocupa espaço, não faz uma grande diferença em termos de desempenho do sistema nem nada disso, poderia vir instalado por padrão no Elementary com toda a certeza.
Percebi a sua ausência quando fui procurar o mesmo para ver o consumo de memória do sistema, visto que pelo que tinha ouvido falar ele consome poucos recursos. E realmente consome poucos recursos, mas nada que o Unity ajustado não se equipare.

Sem plugins pré-instalados

Certo, isso nem mesmo o Ubuntu tem ( o Linux Mint sim! ) e instalado o Ubuntu Restricted Extras não resolve tudo, especialmente a questão do Flash no navegador padrão, Midori.
Acho que isso poderia ser considerado a ser incluído, nada melhor do que "ligar e usar."

Linguagem incorreta

Apesar de ter selecionado o português como linguagem, não instalei a linguagem ao mesmo que tempo que instalava o sistema como sempre faço, esperei que o sistema me avisasse que o pacote de idiomas estava incompleto como acontece no Ubuntu, mas isso não aconteceu, tive que abrir o "suporte a idiomas" e lá só estava instalado o inglês, tive que procurar  e instalar manualmente o português.

Posicionamento inadequado dos botões de controle da janela

Isso é algo um pouco estranho, e talvez até meio chato da minha parte, mas sabe como é, costume é costume, mas acho que seria mais adequado colocar todos na direita ou todos na esquerda, mas no caso do Elementary, temos o botão "fechar" na esquerda e botão "Maximizar/Restaurar" na direita na janela e não existe o minimizar, algo totalmente confuso para que está iniciando.

Gerenciador de arquivos sem opções de personalizar o clique duplo

O Gerenciador de arquivos Pantheon Files é muito bom! Muitos recursos, muito organizado, mas... sempre tem um mas, ele abre as pastas com um clique único, semelhante ao Kubuntu, o grande problema reside em não poder escolher se você quer isso ou não, o que é primário em todos os outros gerenciadores. No mais, achei ele perfeito.

Midori não é a melhor escolha

Não sei exatamente o porque da escolha do Midori como navegador padrão do sistema, talvez pela leveza e por poder se integrar melhor ao resto do ambiente, mas certamente ele não é uma boa escolha, ainda mais com o Firefox e o Chromium dando sopa, ser apenas diferente não basta, tem que ser bom também.

Menu não abre com a tecla do Windows

Esse é um capricho meu talvez, mas não gosto de sistemas onde o menu não abre com a tecla Super, isso diminui a minha produtividade, essa também sempre foi uma crítica que fiz ao KickOff do KDE, mas nela há uma maneira de fazê-la funcionar dessa forma.

Área de Trabalho sem ícones

Essa parte é realmente estranha, eu não sei se algo aconteceu errado durante a instalação do Elementary, deixo aberto aos comentários do usuários mais antigos do sistema, mas ele não possui a pasta Desktop?
Não posso criar uma pasta ou colocar um arquivo na área de trabalho?
Ele até poderia trazer a área de trabalho sem ícones mas deveria haver a opção de configurar isso.

Falta de coisas úteis e presença de coisas dispensáveis

Apesar de ser muito bonito o ambiente lembra muito o Mac OS, o que pode ser positivo ou negativo dependendo da avaliação, mas não é exatamente esse o problema, existem aplicativos como o Shotweall, Calendário, Geary que são dispensáveis para um usuário comum, minha sugestão não é exatamente remover da ISO afinal eles são úteis, mas se o objetivo deles era diminuir o tamanho da ISO para caber em um CD porque não abrir mão destes e colocar uma suíte office?


Considerações Finais

Em resumo, o Elementary é muito bom, e eu usaria ele como distro padrão, mas ele deve ficar "mais fácil" para usuários novatos se quiser atrair mais público, sei que muitos dos pontos negativos que citei no artigo podem ser corrigidos com alguns ajustes, especialmente usando o aplicativo Elementary Tweak, mas volto a dizer, ele deve trazer mais opções por padrão e quem sabe repensar um pouco a questão dos programas que vem junto da distribuição, afinal acredito que ninguém se importe em baixar alguns megabytes a mais em prol de algo melhor e mais completo.

O que vocês o que acham, concordem ou discordem, comentem!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Ubuntu 13.10 recebe atualização no indicador de teclado

É nos detalhes que se faz a diferença

Mais um pequeno ajuste surgiu no Ubuntu 13.10 Saucy Salamander, agora o indicador de teclado na área de notificação ganhou um novo ícone.




Através deste indicador é possível modificar o layout do teclado e acessar o mapa de caracteres de uma maneira muito simples e fácil.

E aí, o que achou desta pequena mudança?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Como instalar o Google Chrome no Fedora via respositório

Guia de instalação do Google Chrome no Fedora

O Google Chrome é o navegador de internet oficial do Google e ele apensar de ser um consumidor voraz de memória é muito rápido, bonito, eficiente e cheio de recursos.
Você pode instalar o Google Chrome no Fedora usando o pacote RPM diretamente do site, mas existe a possibilidade de instalá-lo via repositório também você sabia?

Logo do Fedora

Instalação do Google Chrome no Fedora

Primeiro vamos criar um arquivo de repositório, abra o terminal e cole o comando:
sudo touch /etc/yum.repos.d/google-chrome.repo
Dentro deste arquivo cole as seguintes linhas:
[google-chrome] name=google-chrome baseurl=http://dl.google.com/linux/chrome/rpm/stable/$basearch enabled=1 gpgcheck=1gpgkey=https://dl-ssl.google.com/linux/linux_signing_key.pub 
Atualize o repositório:
sudo yum update
E agora instale o Google Chrome
sudo yum install google-chrome-stable
É isso aí galera, desfrutem do Google Chrome!


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook: