Google vai descontinuar Apps para o Google Chrome, entenda como isso pode te afetar Dionatan Simioni terça-feira, 23 de agosto de 2016

O blog do Chromium anunciou que mudanças importantes estão por vir no navegador mais utilizado do mundo, e elas vão alterar diretamente o modo como o navegador funciona para muitas pessoas. O novo objetivo é remover o suporte para os Apps do Chrome em dois anos, entenda os motivos e como isso vai acontecer:

Chrome Apps




Segundo o blog do Chromium, a ideia é descontinuar os aplicativos do Google Chrome ao longo do tempo, nada de imediato, mas é bom ir se acostumando com a ideia. Ao final deste ano já não será mais possível adicionar novos Apps na Chrome Web Store, a justificativa para isso é que atualmente existem vários serviços online que tem APIs boas o suficiente para interagir com o hardware do nosso computador e com o sistema operacional, promovendo notificações na área de trabalho e uma boa interatividade e utilização componentes como WebCam, microfone e até placa de vídeo, e segundo os desenvolvedores do Chrome, os aplicativos para o navegador surgiram há alguns anos atrás justamente para tapar essa lacuna, sendo que atualmente a necessidade de um aplicativo com arquivos locais já não é algo extremamente necessário.

Existem dois tipos de aplicativos para o Google Chrome; os que são independentes da Web e funcionam muitas vezes até de maneira offline, são pacotes "embalados" para o Chrome e funcionam como um App genérico de Smartphone, o outro tipo é basicamente um atalho para um site onde o aplicativo, serviço ou produto é apresentado.

Como é possível criar atalhos de sites e serviços para transforma-los e aplicativos sem a necessidade da Web Store do Chrome atualmente, parecido com o que nós ensinamos você a fazer para assistir Netflix no Linux, a necessidade de aplicativos assim se torna muito menor. Segundo os desenvolvedores apenas 1% dos usuários do Chrome utilizam tais aplicativos, o que faz que eles sejam um "fardo" a mais para ser mantido para um fatia pequena de usuários.

O Plano de abandono


Chromebooks
Chromebooks Imagem: apptuts.com.br

A ideia é que no final de 2016 já não seja possível aos desenvolvedores a inserção de novos aplicativos para o Google Chrome na Web Store, porém, os desenvolvedores poderão continuar a atualizar os aplicativos que já estão lá, assim como o usuários ainda terão acesso aos mesmos. Na segunda metade de 2017 o suporte será reduzido e os aplicativos removidos, o único lugar onde os aplicativos ainda serão suportados será nos Chromebooks, justamente por eles serem uma peça fundamental dos equipamentos.

Eu tinha ficado preocupado em primeira instância, pois adoro esses aplicativos e uso muito eles, mas de fato, todos eles praticamente podem ser utilizados acessando o site do serviço em questão, então talvez não seja um grande problema, talvez até deixe o Chrome mais leve.

Uma outra coisa que vale a pena comentar, é que temas e extensões continuarão disponíveis para instalação, mesmo após a remoção dos Apps, o que já vai deixar muitos usuários mais tranquilos.

E aí, qual é a sua opinião sobre o assunto? Os aplicativos do Google Chrome vão fazer falta para você?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Dionatan Simioni
por Dionatan Simioni

Blogueiro, Youtuber, Escritor e Professor, usuário de Ubuntu e Android, apaixonado por games e tecnologia.

Siga-me @ Twitter | Facebook | Google Plus

comments powered by Disqus