Publicidade

Ubuntu Phone: ZTE diz que consumidores não querem comprar aparelhos que não sejam Android Dionatan Simioni quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Más notícias vindas da ZTE, a empresa declarou em nota que não está aberta a desenvolver aparelhos com Ubuntu Phone por conta do público que dificilmente quer aparelhos que não venham com Android.

Ubuntu Phone




A pauta do Ubuntu Phone volta ao foco aqui no blog, não com boas notícias, mas na verdade para conversar sobre a incerteza sobre o projeto Ubuntu Phone, que neste momento tem aumentado. 

Apesar do Unity 8, que roda nos Smartphones e em breve nos PCs também estar chamando muito a nossa atenção, o mercado é muito mais complicado de dobrar, infelizmente ter um produto de qualidade e ter sucesso são coisas distintas, especialmente no segmento de Smartphones.

Segundo o pessoal do OMG Ubuntu,  o fabricante de Smartphones, ZTE, disse que não pretende lançar aparelhos não-Android porque os consumidores não tem interesse neste tipo de coisa, segundo as informações a ZTE já teria tentando em outros tempos abraçar vários sistemas operacionais diferentes para dar opções aos seus clientes, porém, os consumidores sempre preferiram os Androids.

Foi apontado, no caso, a falta de aplicativos que os "sistemas alternativos" sobrem, podemos incluir até mesmo o Windows Phone aqui, caso de Pokémon GO por exemplo, que não roda em outros sistemas (que eles possam usar) que não seja o Android.

Ao que parece, a BQ, desenvolvedora espanhola que deu vida ao primeiro Ubuntu Phone, está um pouco desanimada em fazer novas versões de aparelhos com o sistema operacional por conta vendas serem baixas.

Na minha opinião, dado o tamanho do mercado de Smartphones e da predominância de Android e iOS, a única forma do Ubuntu Phone decolar é ser compatível com Apps Android para já ter uma base grande aplicativos disponíveis para aí então trabalhar o marketing dos aparelhos e depois com muitos usuários, ou uma gama considerável pelo menos, tentar atrair desenvolvedores para criarem Apps para o seu próprio ecossistema, caso contrário, a menos que algo muito extraordinário aconteça, dificilmente o Ubuntu Phone vai deixar de ser uma aparelho para nichos pequenos de entusiastas em Linux e no Ubuntu, ainda que o projeto venha a ter qualidade técnica superior à concorrência.

Este não seria o "caminho dos sonhos" e nem o ideal, disso eu não discordo, mas as vezes é necessário adaptar o produto para o consumidor para depois dar vida aos sonhos outrora pensados.

O que você acha de tudo isso? Deixe a sua opinião nos comentários e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Dionatan Simioni
por Dionatan Simioni

Blogueiro, Youtuber, Escritor e Professor, usuário de Ubuntu e Android, apaixonado por games e tecnologia.

Siga-me @ Twitter | Facebook | Google Plus

comments powered by Disqus