Responsive Ad Slot

Fedora 27 lançado! Confira as novidades e veja como atualizar da versão 26

Nenhum comentário

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Um novo lançamento do Fedora foi disponibilizado nesta semana, esta é uma das distros mais populares do mundo Linux e é financiada por uma das maiores empresas do mundo open source, a Red Hat. A nova versão do Fedora traz versões mais recentes de vários softwares e várias melhorias interessantes, confira:

Fedora 27






A nova versão do Fedora 27 Workstation vem por padrão com o GNOME 3.26 e por conta disso traz todas as novidades dessa versão.


Além do GNOME novo, a nova versão do Fedora vem também com o LibreOffice 5.4, que é a atual versão mais recente.  Outra novidade bacana é o Fedora Media Writer, uma ferramenta para criar dispositivos bootáveis do Fedora, que agora inclui suporte para as versões ARM que suportam o Raspberry Pi. 

Fedora Media Writer

Claro que juntamente com a versão Workstation nós também temos as Spins do Fedora, que são as versões com interfaces diferentes e/ou finalidade específicas, como design, multimídia, jogos, etc. Além desses, temos o Fedora Atomic e o Fedora Server também.

Você pode baixar todas essas versões e saber mais sobre elas clicando aqui.

Como atualizar na versão 26 para a 27


Para você que já utiliza o Fedora e está na versão 26 e pensando em atualizar para a versão 27, os nossos amigos e parceiros do canal Oficina do Tux produziram um vídeo para te ensinar a fazer o upgrade sem problemas:


E você, já testou a nova versão do Fedora? O que está achando?

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Conheça o novo tema de ícones do Ubuntu 18.04 LTS

Nenhum comentário
O Ubuntu 18.04 LTS, que sairá em Abril de 2018 e será chamado de Bionic Beaver (jurava que iria ser Busty Blondie 😆😅😂), acabou de receber uma novo tema de ícones. O tema Suru.

Ubuntu 18.04 LTS






Recentemente eu publiquei no canal a review do Ubuntu 17.10, a primeira versão com GNOME do Ubuntu em muitos anos.



No fim das contas o meu palpite de qual seria o novo tema do Ubuntu, quanto aos ícones, estava certo (olha só a minha bola de cristal!), porém, não exatamente o mesmo que eu mostrei no vídeo, é uma variação dele feita pela comunidade.

ícones Suru

Os ícones Suru foram projetados para o Ubuntu Phone e foram utilizados de fato nele, mas como o Unity 8 era convergente, inevitavelmente esses ícones seriam transportados para o Desktop. Como ele já tem uma certa uniformidade e possui um "look & feel" do Ubuntu, faz sentido a Canonical aproveitar este trabalho já feito e com um design muito mais moderno e compatível com os padrões atuais em seu futuro lançamento.

Ubuntu com ícones Suru

Como a quantidade de ícones para serem adaptados ainda é grande, visto que os ícones não estão completos, é bom do tema ser escolhido agora e que assim há bastante tempo até o Ubuntu de Abril do ano que vem para deixar tudo pronto.

Não pode ser qualquer tema


Existem vários temas de ícones disponíveis por aí e existe uma grande chance de você achar um outro mais belo que o Suru, no entanto, não se trata apenas de beleza (apesar de algo importante, sem dúvida). Um sistema operacional não é composto apenas de aplicações nativas (quem vem pré-instaladas), mas também de aplicações adicionais, e não falo somente das que estão na loja de aplicativos, mas sim daquelas que você pode instalar de fora do repositório oficial. É importante que ao instalar um aplicativo qualquer, a identidade do sistema se mantenha.

Isso é uma ótima lição que podemos aprender da Apple e do macOS.

O ícone de uma aplicação é parte da identidade visual de uma marca, de uma empresa, produto ou serviço e ele deve ser respeitado, isso é extremamente importante, sobretudo para parcerias comerciais, ou seja, por mais que você ache bonito, um ícone muito diferente do original descaracteriza a aplicação, como acontece em vários belos temas que temos disponíveis atualmente.

ícones Suru

Apesar do set de ícones ainda não estar completo, você já pode instalá-lo e ter uma noção de como vai ficar, basta baixar ele daqui.

Extraia a pasta Suru para dentro da pasta .icons dentro da sua home e use o GNOME Tweak Tool para modificá-lo no Ubuntu 17.10. Claro, você pode fazer isso no Ubuntu 16.04 LTS com Unity também, neste caso, use o Unity Tweak Tool para fazer a alteração.

O que você achou do novo tema (que ainda vai receber melhorias)?

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como adicionar o repositório oficial do Google Chrome no Deepin

Nenhum comentário

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

O Google Chrome é o navegador mais popular da atualidade e ele já vem pré-instalado e no repositório do Deepin Linux, uma das distros que mais tem chamado a atenção nos últimos meses. O Deepin é baseado no Debian mas possui um repositório próprio de onde todos os seus softwares preveem, por isso, alguns softwares podem demorar um pouco mais para atualizar.

Google Chrome oficial no Deepin



Quando nós entrevistamos os desenvolvedores do Deepin, eles explicaram como funciona o repositório e o ciclo de atualizações da distro. Como o Chrome faz parte do repositório deles, o mesmo vale para ele.

O Chrome do Deepin não é desatualizado demais, mas mesmo assim, como se trata de um navegador de internet, mantê-lo sempre na última versão pode ser importante. Se você não quiser aguardar até que os desenvolvedores do Deepin façam a atualização do software, a forma de contornar isso e ter sempre a última versão instalada é adicionando o repositório oficial da Google no Deepin.

Como adicionar o repositório oficial do Google Chrome no Deepin


O Deepin é baseado no Debian, como já mencionado, logo, não vamos usar PPAs, como no Ubuntu, vamos usar os repositórios do Debian, você pode ler mais sobre isso na própria Wiki do "sistema universal".

Você poderia ir até o site da Google e baixar o Chrome, instalando com dois cliques, isso também funcionaria, porém, isso não adiciona o repositório ao Deepin, fazendo com que você tenha que instalar o browser a cada lançamento manualmente, podemos automatizar essa tarefa fazendo uma pequena configuração.

Geralmente os arquivos de repositórios ficam em /etc/apt/sources.list, este arquivo de texto contém os repositórios padrões da distro, são eles que modificamos neste tutorial, onde você aprendeu a deixar o download de pacotes do Deepin mais rápido, no entanto, não é este arquivo que temos que alterar para modificar os repositórios adicionais, como o do Skype, Spotify e do Google Chrome.

Os repositórios adicionais ficam no diretório /etc/apt/sources.list.d. Use o gerenciador de arquivos do sistema para navegar até esta pasta:

Configuração de listas de repositório no Deepin

Nesta pasta, clique com o botão direito do mouse e vá na opção de "Abrir em nova janela como administrador".

Configuração de listas de repositório no Deepin

Na janela em modo Root, crie um novo arquivo de texto e coloque o nome de google-chrome-stable.list

Configuração de listas de repositório no Deepin

Abra o arquivo que você criou com o editor de texto de sua preferência e cole a seguinte linha dentro dele, depois salve o arquivo:
deb [arch=amd64] http://dl.google.com/linux/chrome/deb/ stable main

Google Chrome repository

Depois de salvar, pode fechar o editor de texto e agora você terá um arquivo google-chrome-stable.list dentro daquele diretório.

Google Chrome repository

Depois disso, basta mandar atualizar o sistema, você pode fazer isso pelo utilitário de atualização:

Atualização do Deepin

Ou é claro, pelo terminal:
sudo apt update
Se houverem atualizações, você poderá instalá-las.

Essa dica vale para qualquer repositório extra do Debian que você queira adicionar, eu uso também o do Spotify e do Skype para mantê-los sempre nas últimas versões.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Linux agora está em 100% dos Top 500 Supercomputadores do mundo!

Nenhum comentário
Há praticamente dois anos eu postava aqui no blog sobre o índice de 99% dos TOP 500 Supercomputadores do mundo rodarem Linux. Depois desse período o sistema do pinguim avançou um pouco mais tomou conta do segmento rodando em absolutamente todas as máquinas do Top 500.

Top 500 Supercomputers Run Linux






De acordo com a lista do TOP500.org, agora todos os Supercomputadores da lista rodam Linux. Claro, uma das perguntas que podemos fazer é: Já que todos eles rodam com o Kernel Linux, quais distribuições são utilizadas nesses "monstros"?

A reposta para isso é relativamente simples e tem tudo a ver com a filosofia do código aberto e com as características do Linux. São distribuições customizadas para cada Supercomputador, como o "Sunway RaiseOS", que roda no que é atualmente o Supercomputador mais rápido do mundo, o "Sunway TaihuLight", que fica na China e tem mais de 650 mil processadores. 😵

Dentre as distros conhecidas, 5 computadores desse TOP 500 rodam Ubuntu, 20 usam Red Hat Enterprise Linux e 109 rodam Cent OS, a "versão grátis" do Red Hat EL.

A maleabilidade de código, eficiência, segurança e robustez garantem a preferência pelo Linux como plataforma para essas super máquinas que conseguem processar até 93 petaflops de dados, que é o caso do Supercomputador mais rápido, no entanto, os chineses pretendem aumentar até 33% essa capacidade, chegando em breve a pouco mais de 120 petaflops.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Samsung mostra o Galaxy Note 8 rodando Ubuntu pelo DeX

Nenhum comentário
Há algum tempo a Samsung mostrou um novo aparelho que "forma par" com os Smartphones da linha Galaxy mais potentes que permite que você ligue o dispositivo a uma Dock (o DeX) e assim ligue a dock em uma televisão ou monitor, tendo uma experiência desktop à partir do sistema que está no celular. 

Samsung DeX






O funcionamento do DeX ainda pode ser considerado limitado e até certo ponto, experimental, mas ainda assim muito funcional e perfeito para o uso básico de várias pessoas, podendo substituir um computador tradicional em muitos casos.

Essa ideia de transformar o Smartphone em um desktop não é necessariamente nova, tivemos a iniciativa de convergência da Canonical com o Ubuntu Phone e até mesmo o projeto Continuum da Microsoft, entretanto, esse modelo da Samsung parece ser o primeiro a realmente estar chamando mais atenção por fazer isso justamente com o Android, o sistema predominante no mundo dos dispositivos móveis.

Apesar de funcional, muitas aplicações ainda não funcionam perfeitamente no DeX, justamente por conta dos Apps não serem necessariamente pensados e adaptados para rodar em modo Desktop, com suporte a mouse e teclado, além disso, usuários regulares de computador geralmente usam esse tipo de dispositivo não somente pela forma de operação, mas pelas aplicações disponíveis também. Apesar de já existirem alguns Apps para a finalidade, editar vídeos em sistemas de desktop ainda é melhor em vários sentidos, por exemplo.

Linux rodando em Linux


Linux no Galaxy

Apesar do Android usar o Kernel Linuxa parte de usuário do sistema é um pouco diferente e não permite que usemos determinadas ferramentas nativas do sistemas Linux de Desktop, como o Ubuntu, para contornar este problema e deixar o DeX ainda mais apelativo, a Samsung criou uma aplicação chamada "Linux on Galaxy", que na prática é "Linux on Linux" 😂, permite que distribuições Linux de Desktop sejam instaladas no Smartphone e ao ligá-lo no DeX você tenha o mesmo ambiente que teria no Desktop. 


No vídeo a Samsung demonstra o funcionamento do DeX com a aplicação "Linux on Galaxy" rodando o Ubuntu 16.04 LTS Xenial, que é a versão de longo suporte atual, na demo, rodando o Eclipse.

O "Linux on Galaxy" é ainda experimental e a Samsung deverá melhorá-lo com o tempo, será possível instalar outras distros além do Ubuntu muito provavelmente também, ampliando as possibilidades que o DeX traz.

Se você tiver interesse (e um Galaxy S8 ou Note 8), é possível se inscrever no programa de Beta Testers para essas funcionalidades nesta página.

Eu gostaria de saber se você acha que esse tipo de tecnologia será o futuro. Será que teremos menos computadores e mais Smartphones que podem ser usados como Desktop?

Você seria um usuário dessa tecnologia? Conte pra gente nos comentários e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


O que há de novo no Kernel Linux 4.14?

Nenhum comentário

terça-feira, 14 de novembro de 2017

A mais recente versão do Kernel Linux, até o momento, foi anunciada por Linus Torvalds no último dia 12. Esta é uma versão importante por se tratar da nova LTS do Kernel, então vamos conferir as principais novidades da versão 4.14.

Kernel Linux 4.14






Vamos listar agora as novidades presentes dessa nova versão do Kernel que em breve deverá equipar as distros Linux:

- Novo driver a Wi-Fi Realtek RTL8822BE

- Suporte a compressão Zstd no sistema de arquivos Btrfs

- Suporte a HDMI CEC para o Raspberry Pi

- Introdução a suporte ao Raspberry Pi Zero W, o Banana Pi R2, M3, M2M and M64, Rockchip RK3328/Pine 64e outros

- Suporte a criptografia segura de memória para os processadores AMD EPYC processors

- Maiores limites a memória em hardware x86_64 adicionando hard limits em espaço de endereço virtual de até 128PiB e 4PiB de espaço de endereço físico, acima de 256TiB de espaço de endereço virtual e 64TiB deespaço de endereço físico.

- Suporte o Touhpad ASUS T100

- Gerenciamento de memória Heterogenio (Heterogeneous Memory Management)

- Melhoria no drive AMDGPU DRM Vega

- Melhor suporte aos processadores Ryzen da AMD

Suporte a nova versão firmware de audio-USB Amanero Combo384 ao ALSA

E mais um monte de melhorias, como sempre, a cada lançamento. Para mais informações você pode consultar o changelog do Kernel.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Estou usando o Deepin 15.5 Beta, veja o que tem de novo!

Nenhum comentário

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Eu já contei pra vocês que eu gosto de testar as coisas? Acho que sim, né? 😉 Se não contei, esta é uma dedução que você provavelmente já alcançou. Como eu gosto de fazer este tipo de teste, e gosto do Deepin Linux,  estou testando o canal instável da distro e hoje recebi a atualização para o Desktop 15.5 Beta. Tem bastante coisa interessante chegando na distro, deixa eu contar pra você! :D

Deepin Destkop 15.5






A nova atualização do Deepin (a 15.5), deverá estar disponível para todos em breve através do canal estável, ela corrige vários bugs e melhora a usabilidade, trazendo novos recursos para a interface.

Coisas novas no Deepin Desktop Enviroment 15.5


Desde que nós entrevistamos os desenvolvedores da distro, várias coisas haviam sido prometidas para esta atualização e realmente eles entregaram muito mais do que o anunciando, felizmente. Você pode ver alguns dos objetivos em aberto ainda da distro aqui.

Deepin novidades

Podemos começar com o básico. Tivemos um refinamento no tema do sistema, especialmente no tema de ícones, que mudou em vários aspectos, deixando as aplicações (em geral) mais integradas, ainda que algumas destoem dos ícones originais, como o da Steam, que você pode ver na imagem acima.

No próprio menu do Deepin, ou Dash, nós temos uma mudança visual sutil. Agora as aplicações que tem nomes longos como o GIMP (Programa de manipulação de imagens do GNU), ficam com os nomes reduzidos, quando você colocar o mouse sobre a aplicação, ela "virá para frente", ficando em destaque e exibindo o nome completo.

Novas configurações do Deepin

A barra lateral de configurações, um dos grandes diferenciais da interface, também recebeu melhorias. Quero dar dois destaques, apesar de haverem várias pequenas melhorias.

1 - Temos agora suporte melhorado para telas de altíssima definição, podendo ajustar a escala conforme quiser, como no Unity do Ubuntu, no entanto, para isso ter efeito, é necessário encerrar a sessão e logar novamente.

2 - Agora é possível criar hotspots facilmente, que era algo que eu tinha apontado como um "contra" da interface anteriormente. Algo que era simples de criar no GNOME Shell por exemplo e não era possível de fazer no Deepin nativamente. Agora não só é possível, como é extremamente simples.

Deepin File Manager
Renomeando arquivos em massa

O Deepin File Manager, o gerenciador da arquivos, também recebeu upgrades e está mais rápido para pesquisar arquivos,o mesmo ganhou a função de renomear arquivos em massa também, o que é bem bacana.

Deepin Music

O Deepin Music recebeu upgrades também, assim como as outras ferramentas nativas. Apesar de serem correções de bugs no geral, uma diferença é que temos a opção de usar o player escuro agora e controlá-lo pela barra lateral, o mesmo vale para o VLC, Deepin Movie, Spotify e qualquer outro praticamente, todos tem integração com a barra lateral. O Deepin Movie inclusive, agora suporta streaming também, da mesma forma que o VLC.

Deepin Clone
Deepin Clone

Outra ferramenta que nasceu foi o Deepin Clone, uma ferramenta de backup que permite que você crie cópias dos seus arquivos e até mesmo partições inteiras. É praticamente uma interface mais bela para o Clonezilla, só que mais simples.


Deepin Store

Outro software novo é o Deepin Picker, uma ferramenta para selecionar cores na tela, como o GNOME Picker. O interessante é que esta aplicação, juntamente com uma versão do Deepin Music (não a que vem pré-instalada no sistema), são as duas primeiras aplicações Flatpak disponíveis na Deepin Store, algo que deve ser uma tendência futura.

Juntamente a isso, temos vários novos softwares adicionados à Deepin Store, que já é bem completa, no entanto, essa não é uma GRANDE novidade, visto que os desenvolvedores adicionam e atualizam softwares toda a semana praticamente. Você pode ver todos os softwares incluídos semanalmente no site oficial e claro, na própria Deepin Store.

Deepin Dock

Na Dock tivemos uma pequena mudança também. Existem ícones que anteriormente eram fixos na barra. Agora, através da sessão "plugins", que você encontra clicando com o botão direito do mouse sobre a Dock, você pode remover/adicionar no painel os ícones de calendário, som, rede e energia.

A noção de plugin me diz que pode ser possível que tenhamos aplicações da comunidade sendo desenvolvidas como plugins para a Dock, não sei se isso vai realmente acontecer, mas é uma possibilidade. Outro detalhe legal é que o ícone de conexões com a internet agora possui o botão de "refresh" para reanalisar as redes disponíveis.

Melhorias pontuais


Não houve uma grande atualização do Kernel da Distro, porém, alguns detalhes tiveram melhorias. Muita gente reclamava de não ter um bom sinal de WiFi no Deepin, fazendo a conexão cair eventualmente (acho que isso variava de acordo com a placa de rede), de qualquer forma, percebi uma estabilidade maior e um sinal mais forte depois dessa atualização, ainda que eu não tenha tido maiores problemas anteriormente com isso.

Vale a pena você deixar o seu comentário sobre o assunto.

Outro detalhe que percebi, é que havia uma certa instabilidade com a tela sensível ao toque do meu Notebook Lenovo Yoga 12, o touch as vezes se desligava e deixava de funcionar. Até o momento não tive mais o problema e a tela sensível ao toque está funcionando perfeitamente.

Tivemos uma atualização na configuração de mesas digitalizadoras também, onde é possível configurar o método de entrada entre caneta e mouse.

Com isso eu finalizado a minha breve análise da atualização, dá gosto de ver como o Deepin caminha a passos largos para melhorar o sistema, um outro ponto que eu gostaria de ver melhorado no futuro é o suporte para drivers de vídeo mais recentes, mas do jeito que a coisa anda, acho que posso ser esperançoso, não?

Deixe a sua opinião sobre tudo isso nos comentários e se você usa o Deepin, fique ligado para receber as atualizações.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Linux, Hardware e PC Gamer, vamos debater! - Canal Peperaio Hardware

Nenhum comentário

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Recentemente eu pude fazer um vídeo colaborativo em dos canais mais respeitados sobre hardware do Brasil, o Peperaio Hardware. No vídeo em questão eu comentei sobre a situação atual do cenário de hardware envolvendo o Linux, jogos e computadores gamers.

Linux e Hardware






No bate-papo, eu conversei com o Lucas Peperaio, dono do canal, onde discutimos vários assuntos relacionados a hardware e Linux. Existem muitos mitos ainda no entorno destes assuntos, como a possibilidade de usar Linux para jogar na Steam, suporte por parte de fabricantes a hardware de ponta, entre outra coisas, é um vídeo muito interessante.

Como é uma conversa, caso você prefira, você pode também apenas "dar um play" e ficar ouvindo. O conteúdo pode ser absorvido desta forma também sem maiores problemas, aproveite o vídeo e conheça também o canal Peperario Hardware, vale muito a pena.


Como é sempre bom debater, aproveite e comente a sua experiência com Linux neste aspecto logo abaixo e lá no canal do Lucas também, até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Confira os melhores descontos para a promoção do dia 11 da Gearbest!

Nenhum comentário

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Os nossos parceiros e patrocinadores da Gearbest estão realizando uma grande promoção de vendas neste Novembro, a promoção vai somente até o dia 11 e tem descontos incríveis. Então se você estava planejando fazer compras, é hora de aproveitar os nossos cupons para comprar os produtos com um preço ainda menor!

Descontos Gearbest 11 11






Os descontos que você encontra logo abaixo somente servirão para esta venda até 11/11, se você está buscando cupons que duram até o final do ano, ou descontos para categorias inteiras, confira este artigo, nós mantemos ele atualizado com todas as novidades que os nossos parceiros nos fornecem.

Confira as ofertas:

PRODUTOLINKCUPOM
Original Xiaomi Ultra-thin 10000mAh Mobile Power Bank 2https://goo.gl/s8ZfQk11.11GB121
Men Outdoor Trendy Canvas Travel Backpackhttps://goo.gl/Gmcbhh11.11GB122
DJI Phantom 3 Standard RC Quadcopterhttps://goo.gl/gqVwHS11.11GB123
A1 Bluetooth Smart Watch Phone Single SIMhttps://goo.gl/HbGhkZ11.11GB124
Xiaomi Mi 6 4G Smartphone International Versionhttps://goo.gl/cU7Y3A11.11GB125
Christmas Tree Elks Pattern Decorative Throw Pillow Case https://goo.gl/qPGGf611.11GB126
Xiaomi MITU DIY Mobile Phone Control Robot https://goo.gl/r7VkKX11.11GB127
LEAGOO KIICAA MIX 4G Phablet https://goo.gl/Sd5gka11.11GB128
T-bao Tbook R8https://goo.gl/s9tWfd11.11GB129
Lenovo HW01 Smart Wristband https://goo.gl/MzpFrm11.11GB130
Original SJCAM SJ7 STAR WiFi Action Camera 4Khttps://goo.gl/gERHnE11.11GB131
CREE LED Pen-shape Highlight Mini Torchhttps://goo.gl/VFegWc11.11GB132
Xiaomi Redmi Note 4 5.5 inch 4G Phablethttps://goo.gl/7p9L2g11.11GB133
JJRC H67 Flying Santa Claus RC Quadcopter - RTFhttps://goo.gl/q5NbDX11.11GB134
ILIFE V7S Pro Smart Robotic Vacuum Cleanerhttps://goo.gl/neLY9811.11GB135
Xiaomi Redmi 4X 4G Smartphone - 3GB RAM 32GB ROM BLACKhttps://goo.gl/ZQDEDv11.11GB136
Huawei Honor 9 4G Smartphone International Version - BLACKhttps://goo.gl/zUt7f711.11GB137
Xiaomi Wireless Bluetooth 4.1 Music Sport Earbuds - BLACK https://goo.gl/YRzLmZ11.11GB138
Bluedio T3 Plus Bluetooth Headphones - BLACKhttps://goo.gl/Ueuuj611.11GB139
Xiaomi Ink Pen Refill 3PCS - WHITEhttps://goo.gl/CPMmgA11.11GB140


Aproveite as oportunidades!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Zorin OS, de um sonho adolescente a uma startup promissora

Nenhum comentário

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Você já deve ter lido algumas histórias por aí de como surgiram alguns sistemas operacionais (distros Linux incluídas), geralmente são histórias interessantes onde os criadores, com um bom conhecimento técnico, estavam tentando resolver um problema que enfrentavam, essa é a história do Kernel Linux em si inclusive. Hoje você vai conhecer um pouco mais sobre uma das primeiras distros que eu utilizei e que continua prosperando, o Zorin OS.

Zorin OS






Eu já contei algumas vezes nos vídeos do canal como foram as minhas primeiras experiências com o mundo Linux. Duas distribuições foram as responsáveis por eu conseguir dar os meus primeiros passos sozinho com um novo sistema operacional, são elas o Linux Mint e o Zorin OS. Ambos com propostas semelhantes e com várias diferenças entre si.

Desde a época que eu utilizava o Zorin OS lá nos meus primórdios no mundo Linux a distro utiliza o GNOME como interface, era um GNOME 2 muito modificado. Com o tempo o Zorin mudou e atualmente o usa o GNOME 3 como ambiente gráfico, porém, ao invés de usar o Shell tradicional do GNOME ele usa um diferente chamado "Zorin Shell", que dá toda a aparência e funcionalidade que o sistema tem. Abaixo você pode conferir um dos vídeos mais recentes que eu fiz sobre ele no canal para ter uma ideia de como funciona:



Recentemente os desenvolvedores anunciaram que o sistema bateu 1 milhão de downloads, é claro que nem todas estas pessoas usam o sistema em seu dia a dia, mas isso indica o quanto de curiosidade um ambiente como o do Zorin pode despertar ao público. Tendo como objetivo ser uma "porta de entrada" para usuários de Windows, os desenvolvedores viram que a maior parte dos downloads realmente vem de sistemas proprietários, com macOS e Microsoft Windows, reforçando a ideia de que o objetivo inicial da distribuição está sendo atingido.

Em uma entrevista ao site "It's FOSS", o irlandês, criador da distro, Artyom Zorin, comenta um pouco sobre a sua trajetória com o mundo Linux e os motivos e objetivos de terem criado a distribuição. As primeiras versões foram criadas ainda em sua adolescência, juntamente com seu irmão, quando ambos tinham entre 12 e 14 anos. Os testes eram primariamente feitos com o pai deles. 

Segundo o relato, Zorin (o cara, não a distro) havia testado o Ubuntu 7.10 e adorado, mas quando foi mostrar o mesmo para o pai, na intenção de fazê-lo usar Linux, a reação dele foi adversa, especialmente pelo aspecto visual estar muito longe do que o que ele estava acostumado, sendo usuário de Windows de longa data.

Zorin Brothers
Kyrill e Artyom Zorin em 2015

Por conta disso o Zorin OS nasceu com a missão de tornar a transição Windows/Linux mais simples e com a menor quantidade de atrito possível. Para conseguir fazer isso eles tiveram que aprender a programar, conforme eles aprendiam com tutoriais, livros e o que mais pudessem encontrar, eles foram construindo o Zorin OS e em 2008 lançaram a primeira versão.

Atualmente ambos vivem do Zorin OS e desenvolveram uma empresa no entorno da distribuição, que inclusive possui uma versão paga com algumas ferramentas extras de configuração e que custa apenas 19 Euros. A distro é baseada no Ubuntu e possui um Shell próprio, como já comentado, modificado a partir do GNOME Shell.

Eu acho extremamente inspiradora uma história como esta, o que mostra que ter força de vontade e fé no seu trabalho já é meio caminho andado para algo dar certo, a segunda parte consiste basicamente em "arregaçar as mangas" e fazer acontecer.

Quer saber mais sobre o Zorin OS? Acesse o site, lá você pode baixar o Zorin OS Core 12.2 (atualmente), que é a versão grátis do sistema.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Confira:
Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo