Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador ASUS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ASUS. Mostrar todas as postagens

Deepin - Distros Linux da China e como elas podem se dar bem no ocidente

Nenhum comentário

quinta-feira, 16 de março de 2017

O mercado chinês é diferente, não há contestação. Ele é diferente para os consumidores, ele é diferente para os empreendedores, para empresas que queiram disponibilizar os seus serviços por lá, é, a China é diferente! Vamos conversar um pouco sobre a "forma chinesa" para criar soluções na tecnologia, especialmente desktop, especialmente baseados em Linux.

Tecnologia Chinesa




Não há como negar que a rigidez política para produtos e empresas estrangeiras, especialmente dos Estados Unidos, acaba por gerar um mercado diferente dentro da China. Empresas como Apple, Microsoft, Google, Facebook e tantos outros gigantes da tecnologia não são impedidos de operar no país, mas uma série de leis e burocracias faz com que a sua operação seja muito mais complicada e sumariamente desestimulada e limitada.

Isso em parte vem da vontade do Governo Chinês de ser independente tecnologicamente, não posso culpa-los por isso, acho até que há um aspecto positivo no meio dos abusos cometidos para que isso ocorra, o grande problema é realmente o motivo pelo qual a China quer deter a sua tecnologia. Mas com a minha intenção não é falar de política e de como o Governo chinês age por lá, então, deixamos isso para outra oportunidade.

O engraçado é que apesar de "não ir com a cara" das empresas do ocidente, fica muito claro ao observar os produtos de fabricação chinesa o quanto eles são inspirados em soluções da Apple, da Microsoft e da Google, claro, com a sua própria pegada.

Apesar da China não ter tanto interesse em importar tecnologia, o contrário não é verdadeiro, muitas empresas gigantes de tecnologia produzem seus componentes lá, especialmente pelo baixo custo que isso gera e também por conta dos grandes centros de tecnologia, além disso, empresas Chinesas como a Xiaomi, Alibaba, Baidu, Huawai, Lenovo, Asus, Acer, etc, marcaram o seu nome do mercado ocidental (para o bem ou para mal) de forma irreversível, tornando-se multinacionais de sucesso. Influenciando também as produtoras de tecnologia do ocidente a ponto de ficar difícil de dizer "quem copia quem" hoje em dia.

Ainda assim, mesmo para as empresas chinesas, apresentar soluções para o público chinês e para o público ocidental é diferente, os produtos tem características, especialmente visuais eu diria, diferentes, e principalmente me parece valer uma regra: "Não precisa revolucionar se for bom, o objetivo não é reinventar a roda, é polir ela e dar aos consumidores o que eles querem."

Aí que entram as distros Linux da China


O próprio governo chinês possui uma distribuição oficial com leves inspirações nas versões mais antigas do macOS da Apple, isso falando visualmente, contudo, ainda que ela seja a "distro oficial do país", estatísticas mostram que tirando órgãos que são controlados diretamente pelo governo, são poucos os usuários que aderiram a ele.

Sabemos que o governo chinês tem um forma muita abrupta de dizer para as pessoas o que elas podem ou não acessar e há vários relatos de que há um monitoramento constante, por isso, sistemas de código aberto, onde é possível observar à partir do código fonte se existem backdoors deixados propositalmente fazem sucesso, especialmente do público especializado ainda que boa parte dos usuários chineses continuem utilizando Windows XP. O rastreamento pode ocorrer de diversas formas diferentes e não precisa estar atrelado ao sistema operacional, mas digamos que seja uma preocupação a menos, caso você possa ver o código.

Além do Linux ser um atrativo, outra característica que as distros chinesas tem são as suas interfaces que agregaram valores de vários sistemas diferentes, sendo eles proprietários ou não, dois ótimos exemplos que podemos comentar são o Ubuntu Kylin com a sua UKUI, lembrando a usabilidade do Windows, e o Deepin, que tem uma interface "que morfa" (igual os Power Rangers), e pode lembrar tanto o macOS, quanto o Windows.



O interessante das distribuições da China, é que você pode até dizer que falta originalidade em algumas coisas, mas se tem uma coisa que elas fazem bem é solucionar problemas. Querendo ou não, a "falta de medo" de criar ou reimaginar algo que já existe acaba lapidando os conceitos à cerca da experiência de usuário.

O Deepin é um ótimo exemplo: 

"- Será que os usuários preferem um visual Windows ou macOS, ou algo completamente diferente?" 
" - Não sei, coloca os dois!"

Você pode observar o comportamento de resolução de problemas sem medo de mudar do Deepin em vários aspectos ao longo da vida da distro, ela já teve várias interfaces diferentes até decidir criar uma própria, já foi baseada no Ubuntu, hoje é no Debian, já teve lançamentos periódicos, hoje é Rolling Release, já usou ícones extremamente coloridos (muito populares na China), hoje dá a opção de ícones flat também, seguindo um design mais "tradicional" dos dias atuais.

Os usuários querem programas de forma fácil?

Que tal pegar todos os pacotes e colocar tudo em um repositório só? Feito. O Repositório do Deepin é tão rico de aplicações úteis como o AUR do Arch e os PPAs do Ubuntu juntos e ainda é compatível com pacotes .deb, tudo isso em uma interface onde você simplesmente tem que clicar, nada mais.

Realmente, eles não tem vergonha de repetir e reimaginar o que já deu certo, o resultado disso é uma empresa crescente na China e um sistema que começa a chamar atenção fora dela.

Longe do Deepin ser perfeito ou o ideal para você, ou mesmo o Ubuntu Kylin, mas o que chama a atenção é que a produção de tecnologia chinesa já está a sua volta e talvez você ainda não tenha percebido, computadores e componentes da Asus, Acer, Lenovo? Todos chineses.

A postura das distribuições da China de atender ao público sem se preocupar com o "olha, eles estão copiando isso ou aquilo", acaba por trazer (talvez) exatamente o que o público (ou a maior parte dele) deseja, facilidade e beleza. O que dizer do WPS Office?

Acho cedo ainda pra dizer que o Deepin é A DISTRO para desktop, mas eles estão no caminho e vale a pena ficar de olho.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Asus lança Notebook da linha Z no Brasil com Linux embarcado

Nenhum comentário

quinta-feira, 30 de junho de 2016

Mais uma opção interessante para o mercado consumidor brasileiro. A popular fabricante de computadores, Asus, está trazendo para o Brasil mais uma boa opção de Notebook, da linha Z, com Linux de fábrica, e não, não é o Ubuntu.

Endles OS




O sistema operacional que o Notebook carrega é  o Endless OS, uma distribuição voltada para fins educacionais ainda não muito popular no Brasil. A distro é de uma empresa de mesmo nome e vem investindo muito em publicidade brasileira, talvez você tenha visto algo no Facebook sobre ela recentemente.

Ainda não fizemos uma review completa desta distro, mas ela deve sair em breve. Tenho certeza que alguém iria perguntar! :D

Bom, falando um pouco do Notebook da Asus, ele também é oferecido com Windows 10, além do Endless OS, e ele não é nenhum primor de potência e tem até um preço acessível, considerando a nossa economia.

Ele pesa 2,14 Kg, tem uma tela de 15,6 polegadas com resolução HD, o processador é um Celeron N2940 Quad Core com frequência de 2,25 Ghz, chip gráfico Intel HD Graphics 3000, 4 GB de RAM, 500 GB de HD, WebCam VGA, Wifi, Bluetooth 4.0, uma porta USB 3.0 e duas 2.0, leitor de cartão SD e leitor de CD e DVD.

Ele sai pelo valor de R$ 1.999,00 atualmente, você pode saber mais sobre o produto no site da Asus.

Apesar do Endless OS ser uma opção, o site da Asus faz questão de recomendar o Windows 10 como sistema operacional, possivelmente você terá de informar na hora da compra que você não deseja o sistema da Microsoft para efetuar a compra com o diferencial.

Você pode saber mais sobre o Endless OS no site oficial do sistema.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Veja o Ubuntu rodando em um Asus Touch Screen

Nenhum comentário

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Veja o Ubuntu 15.04 rodando em um Notebook da Asus Touch Screen através de um live-pendrive, confira o vídeo.

Ubuntu Touch Screen

Ubuntu funcionando perfeitamente em Notebook Touch Screen


Olá, hoje quero compartilhar com você uma experiência bem interessante que tive há poucas semanas, na oportunidade fiz este vídeo que você vai ver.

Recebi um Notebook para formatar, da Asus, infelizmente não me recordo o modelo exato, e instalar o Ubuntu como sistema operacional, depois que expliquei as diferenças entre a versão 14.04 e 15.04 o cliente optou pela versão mais recente.

O computador vem originalmente de fábrica com o Windows 8.1 com suporte a Touch Screen, sinceramente acreditei que este mecanismos não fosse funcionar corretamente no Linux, pelo menos não sem instalar algum driver adicional, mas felizmente me enganei.

Coloquei o Ubuntu no pendrive, exatamente como ensinei neste tutorial, dei boot por ele no Notebook e para minha surpresa o Touch funcionou perfeitamente sem mesmo precisar instalar o sistema no computador.

Confira a experiência:


Esta é mais uma demonstração da potência do Kernel Linux que consegue abranger uma quantidade incrível de hardware sem precisar instalar um driver sequer.

Bacana né? Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




O melhor sistema para Smartphones não é o Windows 10 segundo presidente da Asus

Nenhum comentário

quinta-feira, 21 de maio de 2015

A Microsoft vem trabalhando arduamente para tenta fazer com que o Windows figure também entre os melhores sistemas operacionais para Smartphones, mas segundo a opinião do presidente da Asus ele ainda não é a melhor opção.

o melhor sistema para Smartphones

Qual seria o melhor sistema para Smartphones?


Segundo informações do site Mashable que fez uma entrevista com Johnny Shih, presidente da Asus, o mesmo acredito que o Windows não é a plataforma ideal para o Smartphones, pelo menos por enquanto.

Segundo Shih, a maior vantagem do Windows no Desktop é a produtividade e o entretenimento ao mesmo, enquanto que nos Mobiles sistemas como o Android e o iOS provém essas funcionalidades mais facilmente que o Smartphone com Windows, mesmo o Windows 10.

Ao mesmo tempo que fez esta leve crítica ao Windows no Smartphones, Johnny Shih comentou que achava muito interessante o projeto Continuum da Microsoft - falamos dele aqui - onde as pessoas podem repousar o Smartphone em uma Dock e transformá-lo em um computador de mesa.

Presidente da Asus
Johnny Shih


O Ubuntu também possuirá um recurso como este, veja as informações aqui.

A Asus é uma empresa muito popular no mercado de hardware mas ganhou reconhecimento do mercado de dispositivos móveis com o seu ZenFone, venderam mais de 10 milhões de aparelhos, todos com Android e um interface customizada chamada ZenUI.

O Fato do Windows não ser o que o dono da Asus espera para o Smartphone reflete muito ainda na baixa quantidade de Apps disponíveis para a plataforma, se comparado com o Android e o iOS, problema este que é enfrentado por qualquer plataforma nova.

O Firefox OS que chamou atenção em seu lançamento com o ZTE Open da Alcatel, acabou perdendo popularidade e precisou diversificar o ramo de negócio, nesta semana mesmo publicamos a notícias de que o Firefox OS agora vai rodar em uma SmartTV da Panasonic.

O Ubuntu Touch como plataforma iniciante também deve ter este problema de ausência de Apps, mas especulações sugerem uma solução muito interessante, fazer o Ubuntu Touch rodar Apps do Android nativamente, veja aqui.

E você o que acha, será que o CEO da Asus está certo? O Windows ainda não é o sistema ideal para o seu Smartphone?

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Nexus na pagina inicial do Google

Nenhum comentário

sexta-feira, 31 de agosto de 2012



google nexus 7 Google promove Nexus 7 na página inicial

Para quem não sabe o Nexus 7 é um tablet do Google fabricado pela Asus que foi anunciado no dia 27 de junho desse ano e custando US$ 199. 

No dia 28 desse mês, Google voltou hoje a usar sua página inicial para promover uma publicidade ao tablet Nexus 7. O buscador já havia utilizado o espaço para divulgar, anteriormente, o lançamento do G1 e Nexus One há alguns anos.

Lançado durante a conferência para desenvolvedoores do Google I/O 2012, o tablet Nexus 7, que vem equipado com uma tela de 7 polegadas, foi desenvolvido em parceria com a Asus e traz o Android 4.1 Jelly Bean em sua experiência mais pura.

Há poucos dias, o Google expandiu a venda do dispositivo de US$ 199 para mais países, incluindo 
a França, Alemanha e Itália. Aparentemente, o problema de “falta de estoque” foi solucionado.




Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Novo Ultrabook da Intel com Windows 8 e placa Asus

Nenhum comentário

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

~Ultrabook com tela dupla sensível ao toque da Asus, apresentado pela Intel nesta quinta-feira (30), na IFA, uma das maiores feiras de eletrônicos da Europa. O aparelho, equipado com Windows 8, funciona com uma tela em cada superfície de sua parte superior. O modelo foi batizado de Asus Taichi e ainda não tem previsão de chegada ao Brasil. (Foto: Divulgação)

com tela dupla sensível ao toque da Asus foi apresentado pela Intel nesta quinta-feira (30), na IFA, uma das maiores feiras de eletrônicos da Europa. O aparelho, equipado com o sistema operacional Windows 8, da Microsoft, funciona com uma tela em cada superfície de sua parte superior. O modelo foi batizado de Asus Taichi e ainda não tem previsão de chegar ao Brasil. 

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Vazam informações do novo Tablet da ASUS

Nenhum comentário

sábado, 18 de agosto de 2012


ASUS

Ele ainda não foi anunciado pela fabricante, mas uma busca feita no site da FCC, órgão regulador das telecomunicações e radiofrequência nos Estados Unidos, acusa a existência do TF500T, supostamente o novo tablet da ASUS — que já foi registrado na instituição, algo semelhante ao que ocorre no Brasil, com a Anatel.
As informações, entretanto, são bem tímidas e revelam pouco sobre como deve ser o aparelho e também sobre suas especificações. O que se sabe até agora é que o aparelho se conecta à internet apenas via Wi-Fi (sem 3G), e conta com entradas para HDMI e microfone. A aposta do Engadget, que trouxe a informação à público, é de que o aparelho vai fazer parte da linha de tablets de médio desempenho da fabricante taiwanesa.

Fonte:Techmundo


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Confira:
Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo