Diolinux - Open Source, Ubuntu, Android e tecnologia

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador Nuvem. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Nuvem. Mostrar todas as postagens

Solu o Mini-PC orgânico que roda Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Uma startup finlandesa está quase conseguindo arrecadar a quantidade de recursos financeiros o suficiente, através do Kickstarter, para concluírem o  projeto deste novo modelo de mini-PC orgânico. Vejam a ideia deste novo projeto.
Solu-o-Mini-pc-organico-que-roda-linux

Solu o Mini-PC orgânico que roda Linux

A empresa tem a ideia de trabalhar em um mini-PC como um smartphone, com um sistema baseado em Linux, orientado a nuvem e com uma interface Novel stack. A empresa espera se unir a pequena lista de mini-PCs que utilizam Linux pré-instalado. Mas não é só essa a ideia da Solu, a Solu afirma:
Visamos ajudar os usuários a compartilhar documente, aplicações e trabalhos cooperativamente.

solu-mini-pc

É um dispositivo touchscreen, com bateria, possui display 4K e uma base de madeira. Detalhando melhor a configuração do Solu:
-Vem com o SoluOS pré-instalado
-Chip “4-Plus-1” da Nvidia, que aparentaria ser o Tegra K1.
-O chip SoC Cortex-A15 quad-core de 2.3GHz de Nvidia com o Kepler graphics 192 CUDA cores.
-Dispositivo exterior feito de revesitimeto de madeira de 102x102x13mm (exceto o quadrado), 
-Display touchscreen de 1440x1440-pixel, 450ppi, edge-to-edge
-Aparenta utilizar uma porta USB tipo C em um monitor e drive de display de 4K.
-Uma bateria de 1200mAh 
-4GB de RAM LPDDR3 RAM e 32GB de storage local
-Fornece também dual-band WiFi (802.11a/b/g/n) e Bluetooth 4.0.

Assista ao vídeo sobre o Solu

Faltam alguns dias para finalizar a arrecadação de duzentos mil Euros, que no momento, a Solu já conseguiu arrecadar 182.363 Euros e pode ser conferido no Keckstarter da empresa.

Site da Solu
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como instalar o sistema de armazenamento em nuvem Copy no Ubuntu

Nenhum comentário

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Aprenda a instalar o Copy no Ubuntu para armazenar os seus arquivos online gratuitamente, confira:

Copy

Como instalar o Copy no Linux


Depois do problema de segurança com o MEGA eu procurei uma alternativa para que eu pudesse fazer backup online, eu já tinha ouvido falar do Copy e tinha utilizado ele por poucos dias, posteriormente acabei o substituindo pelo MEGA, e agora chegou a hora de voltar a ele.

Entenda o problema com o MEGA:


Procedimento para instalar o Copy em qualquer distro Linux


Ao contrário de outros serviços o Copy criou um sistema de instalação baseado em um executável binário, sem pacotes .deb e sem pacotes .rpm, pode parecer estranho mas é muito fácil de usar.

1 - O primeiro passo é criar uma conta no Copy, acesse o site e faça a sua conta.

2 - Depois de criar a sua conta o próximo passo é baixar o cliente desktop do Copy, no mesmo site clique no link "install desktop app".

Baixando o Copy

Baixando o Copy

3 - Extraia o arquivo que você baixou, dentro ele há uma pasta chamada de "copy" e aqui temos uma recomendação para melhorar a organização.

Entendendo "o problema"

Dentro desta pasta "copy" com letras minusculas existe um binário que serve para colocar o Copy Client em execução, todo o programa se concentra nesta pasta, porém, quando você abre o programa pela primeira vez ele cria mais duas pastas, uma chamada "Copy" com o "C" maiúsculo que fica dentro da sua home e servirá para você colocar os arquivos que você deseja sincronizar com a nuvem e outra pasta ".copy" com um ponto e com letras minúsculas que fica oculta dentro da sua home (por conta do ponto antes do nome da pasta), desta forma você terá duas pastas "copy" visíveis dentro da sua home.

Sugestão para contornar o "problema"

Para deixar as coisas organizadas eu renomeei a pasta com o programa para ".COPY", uma pasta que ficará oculta dentro da minha home, com isso você só terá visível dentro da sua home a pasta "Copy", onde seus arquivos serão sincronizados.

Este passo é opcional.

4 - Dentro da pasta ".COPY", ou simplesmente "copy" se você não fez o passo anterior, você encontrará 3 pastas que correspondem a arquitetura do seu sistema, plataforma ARM, 32 bits (x86) e 64 bits (x86_64), escolha a arquitetura que você desejar.

Instalando o Copy

5 - Dentro da pasta você encontrará o CopyAgent, basta dar dois cliques nele e entrar com a sua conta.

Instalando o Copy

A partir de então os arquivos que você colocar dentro da pasta 'Copy" dentro da sua home (não é essa mesma pasta que criamos) serão sincronizados com a sua conta, haverá também um indicador na área de notificação do sistema.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




IBM libera 50 projetos open source

Nenhum comentário

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Com o aumento exponencial do uso da internet tanto em meios empresariais quanto em uso domestico , as empresas estão trabalhando para o avanço da  tecnologia. Confira a iniciativa tomada pela IBM.


A empresa pioneira em tecnologia, IBM tornou 50 ferramentas e apps como open source e ainda libera ferramentas de desenvolvimento. Essas ferramentas cobrem uma grande variedade de interesses como nuvem, analíticas, plataforma IoT, móveis, Segurança, Sociais, Watson entre outras.
Alguns dos projetos open source são: Activity Streams, Agentless System Crawler, Node Application Metrics, i18n4go, Clampify, IBM Design Language Web Animation Components, Object Storage for Bluemix, Mule, Gaian Database, IBM Design Language Mobile Animation Components, Node-RED, IBM Bluemix Mobile Services SDKs, libsecurity, Cognitive Catalyst for Watson etc.
A intenção é fazer com que as ferramentas cresçam cada vez mais desde que a intenção de tornar a web um lugar mais aberto se torna mas forte.
Diferentes empresas como Google, Microsoft vem contribuindo cada vez mais com as tecnologias open source para alcançarem esse objetivo.

Essas ferramentas cobrem uma variedade de serviços como nuvem, analíticas, IoT, dispositivos móveis, segurança, Watson e muito mais. Elas são todas construídas na plataforma de nuvem Bluemix–IBM que os usuários tem acesso livre a desenvolvedores e também para escolas, faculdades e universidades.
A IBM contribui com mais 150 projetos open source como o OpenStack e o próprio Linux. Confira aqui mesmo no Diolinux o caso de investir 1 bilhão de dolares no Linux (o que já não é a primeira vez que a IBM faz isso). 

Fonte
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




iCloud exclui seus arquivos sem lhe avisar

Nenhum comentário

sábado, 18 de julho de 2015

Um dos serviços mais utilizados da Apple, o iCloud, apresentou um problema esta semana.

Sem rasão óbvia o iCloud exclui seus arquivos

O iCloud, que como é descrito pela Apple como uma solução segura para armazenamento de dados na nuvem mantendo o seu Mac, iPad, iPhone, iPod Touch, ou PC sincronizados.
Em Fevereiro deste ano, foi publicado aqui no Diolinux o artigo "Apple abre o iCloud e o iWork para todos os usuários independente da plataforma"
No dia 14 deste mês o iCloud apresentou uma falha onde sem rasão alguma, seus arquivos são excluídos.A falha foi descoberta pelo desenvolvedor Mark Jaquith que explica que com uma simples situação em que somente ao mover um arquivo de lugar para o outro, seus arquivos são excluídos para sempre sem aviso e sem haver chance de restituí-los.

Quando se compra um novo Mac, é esperado que o iCloud traga os seus arquivos salvos depois de um rápido sign in (o que na verdade, não é o que acontece instantaneamente, pois o iCloud Drive possui somente arquivos do tipo ".icloud").

Trabalhando na ideia de mover os arquivos do seu iCloud Drive para outro drive na nuvem como o Dropbox, ou para o seu HD ao arrasta-los, a Apple exibe um pop-up informando que os arquivos serão movidos para um novo Mac, só que não é isso o que acontece na verdade. Seus arquivos são perdidos nesse processo (até mesmo para recuperá-los).
No lugar dos arquivos ficam outros no estilo file_name.file_extension_icloud que tem o tamanho de alguns KBs. Os arquivos do iCloud Drive não estão no seu Hard Drive lecal, nem no iCloud Drive e nem em algum servidor... se perderam... para sempre... e sempre D-:

Mark informou que não existe nenhum aviso por parte da Apple informando que os arquivos contidos no iCloud não foram sincronizados ou exibindo que eles foram perdidos. Mark também explica o que você não deve fazer: Não mova ou exclua esses arquivos do iCloud que não foram sincronizados, pois a Apple não lhe informará que você perderá esses arquivos (esse mesmo tipo de problema já ocorreu no passado com os metadados do iBook ou o do iTune que desaparecia com os álbuns salvos e etc).

O estranho é que a informação publicada por Mark está fora do ar... Fazer o que né? A vida é dura.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Apple abre o iCloud e o iWork para todos os usuários independente da plataforma

Nenhum comentário

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

A Apple resolveu abrir para inscrições do público geral as inscrições para usar o iCloud e o iWork mesmo que os clientes não sejam usuários da "maça".

iCloud para todos


Apple abre iCloud para usuários


A Apple é conhecida no mundo da tecnologia por ser uma das empresas que mais trata o seu cliente com serviços que são exclusivos para que tem algum iDevice.

iWork


Ao contrário de Microsoft e Google a Apple até então não tinha aberto seu sistema de armazenamento em nuvem para outros usuários, assim como sua suíte de escritório online, a iWork, essa versão aberta para o público ainda está em beta e é acessível de qualquer sistema operacional, ainda não possui clientes desktop para qualquer outro sistema que não seja o MacOSX.

iWork


O serviço do iCloud oferece apenas 1 GB de espaço, porém, esse pode ser um tamanho de armazenamento variável pois o serviço ainda está em beta.

Se você deseja conhecer o serviço da Apple agora você pode se cadastrar com qualquer e-mail através deste link.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

MEO Cloud lança cliente desktop para Linux e se torna melhor opção ao Ubuntu One

Nenhum comentário

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Finalmente encontrei a melhor opção ao Ubuntu One


Eu sou um usuário órfão do Ubuntu One, e logo quando foi anunciando que ele seria descontinuado eu tratei de pesquisar alternativas, isso até gerou um artigo aqui no blog, você pode lê-lo aqui.

MEO Cloud - Dropbox and Copy Alternative

No artigo em que apresentei as melhores opções ao Ubuntu One, dei a entender que a melhor alternativa ainda seria o Dropbox, e no mesmo artigo comentei que precisava de uma alternativa ao Dropbox por sempre usei dois programas deste tipo ( Dropbox e Ubuntu One), então a minha sugestão foi o Copy, um excelente serviço que possui um cliente desktop que pelo menos pra mim ficou meio bugado.

Por que da escolha do MEO Cloud


A partir de hoje estou trocando oficialmente o Copy pelo MEO Cloud , um serviço que já havíamos comentado neste artigo aqui, que substitui o Ubuntu One com tudo o que ele tinha e mais, nós dá 16 GB de armazenamento totalmente gratuito.

O que faz ele ser tão bom?


 Além dos já comentados 16 GB grátis o programa tem as mesmas funcionalidades do Dropbox e do "falecido" Ubuntu One.

Integração com o Painel superior através de um indicador


MEO Cloud Cliente para Ubuntu

Outro recurso muito útil é mostrar os arquivos sincronizados através de um marcador sobre eles:

MEO Cloud no Ubuntu

Dentre as opções do programa ainda estão:

  • - Mostrar e ocultar notificações na área de trabalho
  • - Temas de ícone para barras claras e escuras
  • - Iniciar automaticamente ao logar no sistema
  • - Configuração de proxy
  • - Configurar limite de download e upload
  • - Sincronização seletiva de arquivos
  • - Escolher uma pasta específica para sincronizar

Além disso o programa ainda conta com uma versão Web muito fácil e completa de se utilizar, você pode acessar o site do MEO Cloud neste link.

Instalação do Cliente no Linux


Para instalar a versão Desktop do MEO Cloud você deve baixar o pacote correspondente a sua distribuição através deste link, existem versões de 32 e 64 bits para Ubuntu e Fedora ( Deb e RPM), no caso do Ubuntu baixe a versão que se enquadra no seu sistema e instale usando a Central de programas do Ubuntu.

Até a próxima pessoal!

Instale a versão 2.0 do Nuvola no Ubuntu

Nenhum comentário

terça-feira, 25 de setembro de 2012

Música e Cloud Computing

O Nuvola é um webplayer que suporta várias contas de audio streaming como o Google Music e o Grooveshark entre outros, tudo isso diretamente de uma aplicação no seu desktop.

nuvolaplayer

Instalação

Para instalar o Nuvola no Ubuntu no Linux Mint, podemos usar um PPA:

sudo add-apt-repository ppa:nuvola-player-builders/stable
sudo apt-get update
sudo apt-get install nuvolaplayer
Você pode ler as notas da versão e as novas implementações neste link.

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo