Diolinux - Open Source, Ubuntu, Android e tecnologia

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador games. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador games. Mostrar todas as postagens

Os melhores games da Google Play de 2017 segundo a Google

Nenhum comentário

sábado, 2 de dezembro de 2017

Estamos no início de Dezembro e agora começam as séries de "melhores do ano". Uma categoria sempre interessante são os melhores Apps para Android, especialmente os games. Neles são exploradas, não só tendências do público, mas também novos recursos de Smartphones e do Android que ajudaram a criar experiências interessantes em novos jogos.

Os melhores Apps de 2017 para Android






Os editores da Google Play anunciaram hoje os "tops" da loja de Apps do Android no ano de 2017, nesse ano tivemos várias categorias, incluindo a de games que foi sub-categorizada em 7 sessões diferentes. Será que você jogou algum dos títulos mais famosos?

Os melhores games para Android de 2017


A lista consiste nos seguintes títulos, separados em categorias:

Os mais competitivos
Os mais sociais
Os melhores games Indie
Os melhores para pegar e jogar
Os melhores para crianças
Os mais populares

E o game que ganhou o título de melhor dos melhores do ano foi "Cats: Crash Arena Turbo Stars".

De todos estes o que eu mais joguei, de longe, foi Yu-Gi-Oh! Duel Links, o game fez parte de vários momentos de relaxamento e muitas vezes eu realmente parei para jogá-lo, o que, pelo menos pra mim, é uma raridade quanto a games de Smartphone.

E você? Qual destes você mais jogou? Seus games favoritos entraram pra lista da Google? Concorda com o grande vencedor? Deixe a sua opinião nos comentários :)

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Game Black Mirror (Point & Click) é lançado para Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Quem gosta de games que envolvam uma boa história, gosta do gênero Point & Click e curte jogar no Linux, acabou de ganhar um nova opção. Um novo jogo foi lançado da Steam (simultaneamente para Linux, Windows e macOS) e carrega justamente esta proposta.

Black Mirror Steam






Apesar do nome, o game nada tem a ver com o famoso seriado da Netflix, no entanto, ele é um título até mais antigo do que o próprio seriado, sendo uma trilogia (antes deste último), com o primeiro título sendo lançado no início dos anos 2000.

O game tem um estilo que lembra um pouco os contos de H.P. Lovecraft ou do Edgar Allan Poe, focando em uma atmosfera de terror/suspense interessante e uma história misteriosa. Não possui dublagem e nem legenda em Português, no entanto, a dublagem (pelos trailers) parece ser muito bem feita e os gráficos são razoavelmente bons, com uma pegada gótica.


Atualmente o game está disponível na Steam com 10% de desconto, se você curte este estilo de jogo, vale a pena dar uma olhada.

Pra quem curte games Point & Click, eu convido para dar uma olhada no game BR que eu zerei em uma das lives do canal, "A lenda do cabeça de cuia", clique aqui pra ver.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Fórmula 1 2017 será lançado para Linux em 2 de Novembro!

Nenhum comentário

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Boas noticias para quem gosta de games de corrida e para quem gosta de jogar no Linux. A Feral Interactive, principal empresa nesse mundo de portes de jogos para Linux e macOS, anunciou que o título Formula 1 2017 está chegando para o sistema do pinguim no próximo mês.

Formula 1 2017 chega ao Linux





A Feral Interactive anunciou através de sua assessoria de imprensa hoje que F1 ™ 2017, o jogo oficial da FIA FORMULA ONE WORLD CHAMPIONSHIP ™, será lançado para Linux em 2 de Novembro. Desenvolvido e publicado pela Codemasters para Windows e consoles, F1 ™ 2017 é o jogo mais recente da franquia, sendo lançado para Windows em Agosto passado. Confira o trailer o game:


O game chega com várias  melhorias e aprimoramentos, com mais opções dentro e fora das pistas, especialmente para quem gosta de jogar o modo carreira. 

Este não é o primeiro F1 lançado para Linux, tivemos também o 2015, temos um gameplay dele no canal, confira:


Os requisitos mínimos de hardware ainda não foram publicados, segundo os desenvolvedores, essa informação virá em breve, mais perto da data de lançamento. O game está disponível para compra através da Steam e tem um valor um pouco salgado, mas quem sabe role uma promoção de lançamento, não é? Caso isso não aconteça, pode valer a pena esperar alguma das promoções da Valve onde os preços as vezes caem até pela metade ou mais.

Se você pretende comprar o game para jogar no Linux, espere até a versão de Linux sair, assim você ajudará a engordar as estatísticas que são sempre úteis para quem desenvolve.

Mais um game triplo A para Linux, para você pode se divertir :)

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Artifact - Valve lança teaser de novo Card Game de DOTA

Nenhum comentário

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Fazia muito tempo que não tínhamos lançamentos de novos jogos vindos diretamente da Valve, a dona da plataforma Steam, mas hoje os fãs da empresa (e aparentemente de DOTA 2) tiveram uma boa surpresa com o teaser de Artifact, ainda que nem todos concordem com isso...

Artifact DOTA Card Game






Depois de um grande hiato em lançamentos, parece que em 2018 a Valve vai retomar o lançamento de um título de produção própria. Os games da empresa são idolatrados por muitos e são alguns dos mais jogados do mundo atualmente, incluindo ambientes competitivos, como CS:GO e DOTA 2.

Enquanto muitos esperam ansiosamente um novo "Left 4 Dead" ou um novo "Half Life", a Valve parece estar planejando lançar um Card Game, assim como a Konami e o seu clássico "Yu-Gi-Oh!".

Podemos ver pelo vídeo que o jogo deverá seguir a temática do DOTA, o que automaticamente tende tende a nos lembrar "HearthStone", da Blizzard, ou ainda "GWENT", do universo de "The Witcher".

Não temos muitas informações sobre como exatamente será o game, tudo o que temos é um teaser que foi lançado pela empresa do que parece ser o canal oficial do jogo no YouTube.


Curiosamente o vídeo teaser de "Artifact" está sendo altamente negativado pelos usuários do YouTube, muitos reclamam que gostariam de um novo jogo dentro das franquias já existentes ao invés de "mais um jogo de cartas". De qualquer forma, o game está previsto para ser lançado em 2018, sem maiores detalhes.

Tudo indica que haverá suporte para Linux e Vulkan também, o que você achou da ideia da Valve?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Realidade ou Ficção? Unreal Engine reproduz elementos do mundo real com detalhamento incrível!

Nenhum comentário

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Um dos motivos que eu ter criado o blog Diolinux foi o meu fascínio por tecnologia, talvez até o nome "Diolinux" transmita uma ideia diferente da que eu gostaria, mas isso é outro assunto. Comentei isso porque eu adoro poder chegar aqui e te mostrar o que eu vou mostrar agora, uma recriação foto realista digital feita através de computador. 

Unreal Engine Real World




Um artista gráfico chamado Rense de Boer realizou um trabalho incrível utilizando a Unreal Engine, o motor gráfico da Epic Games, para criar uma trabalho minucioso que usou de fotometria para criar rochas, sedimentos, algumas pequenas plantas em um cenário cheio de detalhes.

Antes de você assistir ao vídeo, para deixar as coisas interessantes, veja as imagens tentando ignorar o fato de você saber que se trata de uma simulação, depois conte pra gente se você perceberia ou não que se trata de um cenário gerado por computador nos comentários.

👉 Lembrando que se for possível, você pode ver em 4K para melhorar ainda mais a experiência.


Particularmente eu não seria capaz de distinguir um cenário verdadeiro de um falso, a qualidade das luzes, sombras e texturas é assombrosa!

Isso é certamente algo que nos espera no futuro dos games e ate mesmo no cinema. Claro que (sem desmerecer o trabalho do rapaz) renderizar "apenas uma rochas" é diferente de fazer esse cenário interagir com figuras humanas ou animais, ou ainda qualquer avatar móvel, mas mesmo assim, esse tipo de trabalho me faz pensar em diversas coisas que podemos esperar da indústria.

Sabe o que é interessante? Não foi preciso um "computador da NASA" para criar uma simulação dessas, claro, não foi um computador qualquer também, mas Rense de Boer utilizou "apenas" um computador com Core i7 5960X, duas GTX 1080 Ti em SLI e 64 GB de RAM DDR4 com 2400 MHz, o que está longe de ser uma máquina fraca, ou até mesmo mediana, mas só pelo fato de ser algo que hoje muitas pessoas podem ter em suas casas, nos faz pensar no potencial desse tipo de coisa em computadores realmente poderosos.

Para quem gosta dos devaneios do Stephen Hawking, será que o universo é uma simulação? Baseando-se pela qualidade gráfica, não podemos descartar.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Teremos em breve um novo "Life is Strange"!

Nenhum comentário

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Os desenvolvedores do game "Life is Strange" anunciaram que estão trabalhando um novo game da série, em um pequeno vídeo e um pequeno texto em seu blog oficial eles agradecem e explicam da existência do novo projeto, o que já é o suficiente para deixar os fãs esperando.

Life is Strange 2




O pessoal da DONTNOD, desenvolvedores do game "Life is Strange", anunciaram em seu blog um novo game da série, eles também agradeceram aos mais de 3 milhões de jogadores pagantes (fora os piratas) que o jogo teve, se tornando um game clássico e querido por muitos.

Eu sou suspeito para falar, acabei ficando muito fã do primeiro jogo, foi um dos poucos títulos que eu zerei por completo nos últimos anos e certamente serei um dos que ficará aguardando o lançamento de forma ansiosa.

A primeiro, e até o momento único, "Life is Strange" foi lançado para Linux, portado pela Feral Interactive e eu até fiz um vídeo para o canal dos primeiros momentos, que você pode conferir abaixo:



Expectativas para o segundo jogo


Até o momento absolutamente nada sobre ele foi revelado, não sabemos se será uma nova história ou se será a continuação do game anterior, se será como "The Walking Dead" e poderemos continuar de onde paramos dependendo do final que fizemos no primeiro game, não sabemos de nada! Aliás, sabemos de uma coisa, ele não estará na E3 em Junho pelo que os desenvolvedores comentaram, o que indica que provavelmente seu lançamento só ocorrerá lá pelo final do ano, ou até mesmo no ano que vem.

"Life is Strange" conseguiu cativar muito as pessoas, mesmo com um gráfico simples, o nível de envolvimento que você acaba tendo com a Max, personagem principal da história, a trilha sonora, a história, o modo de jogo diferenciado para a época, faz com que você realmente se sinta um amigo da dela, ou alguém próximo, envolvendo-se com a trama da mesma forma com que acontece quando você gosta muito de uma série de TV, com a diferença de que você poder interagir diretamente na história, o que torna a experiência em algo único. O game "Life is Strange" é considerado por muitos, inclusive por mim, uma obra prima.

É muito bom quando somos surpreendidos com algo do tipo, já que o primeiro jogo da série é de desenvolvimento Indie inicialmente, superando as expectativas, mas uma vez que definimos o nosso padrão de qualidade, o próximo lançamento será muito mais cobrado, ainda que inconscientemente, como aconteceu com "Outlast 2", outro jogo excelente, que conseguiu manter o nível e até melhorar em alguns aspectos, então nos resta esperar para ver se o mesmo irá acontecer com "Life is Strange", pois a cobrança será grande certamente.


Os desenvolvedores não comentaram nada sobre versões para Linux, na verdade, não comentaram nada sobre qualquer plataforma, mas provavelmente Windows, Xbox e PlayStation estarão na lista, contudo, a Feral Interactive tem uma ótima relação com a DONTNOD, isso pode ajudar na hora de fazer o porte.

E aí, o que você acha de uma continuação de "Life is Strange"?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




50 ótimos games para Linux que você pode jogar através da Steam

Nenhum comentário

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Hoje vamos te mostrar uma pequena (nem tanto, na verdade) lista dos mais de 1000 games disponíveis para Linux na Steam. Muitas pessoas tem receio de experimentar a plataforma por conta disso, então vamos lhe dar algumas sugestões.

Top 50 Linux Games Steam




O nossa grande amigo, Renato Araújo, do canal FastOS, elaborou uma lista com 50 ótimos títulos para quem gosta de jogar e utilizar Linux. Um vídeo como este que você verá serve para mostrar para as pessoas que Linux pode ser sim uma boa plataforma para quem deseja se divertir, tendo vários títulos de peso atualmente, dependendo do game que você goste de jogar, ou estilo que você mais aprecie, certamente Linux é uma boa, e grátis (vale lembrar) alternativa para quem quer uma plataforma de jogos.


Todos os games citados no vídeo podem ser instalados à partir da Steam, a maior parte deles são pagos, mas existem alguns ótimos gratuitos, como o Dota 2 e Team Fortress 2, entre outros.

Se a grana "tá curta" pro seu lado, um artigo bacana para você ler é este:


Agora, se por outro lado, a grana está sobrando e você quer dar uma ostentada, confira este outro artigo:

- Top 10: Games mais caros da Steam Linux

Não esqueça de conhecer e se inscrever no canal do nosso amigo Renato, ele posta muita coisa bacana e faz parte também do canal Oficina do Tux, que também é um grande parceiro aqui do blog.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Adeus consoles? - A evolução dos games no Android

Nenhum comentário

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Vislumbrar o futuro é uma brincadeira que eu gosto de fazer, mas quanto se trata de "até onde os Smartphones irão chegar" é complicado até imaginar. Há alguns anos atrás você estava jogando o Snake no seu Nokia, hoje você está pegando Pokémons em realidade aumentada, o salto foi grande!

Android Gaming




Quando os primeiros celulares com Android chegaram a indústria de desenvolvimento de games concentrou seus esforços em pequenos jogos, eu ainda lembro do meu bom e velho Samsung Galaxy Ace Plus, meu primeiro Smartphone, onde eu joguei o primeiro Temple Run que saiu, um verdadeiro clássico dessa plataforma. Mesmo que eu não percebesse, nesta época já tínhamos uma amostra de como os games para a plataforma mobile seriam.

Temple Run Android

O Temple Run mesmo utilizava algo "irreverente" para a época, que são os sensores do Smartphone para você pode controlar o personagem, algo realmente muito bacana e que se tornou comum e muito mais aprimorado nos games atuais, muito da capacidade dos games de Android, ou de dispositivos móveis em geral, se limitava ao próprio hardware dos aparelhos, que não permitiam que os desenvolvedores fossem muito longe.

Com o lançamento de novos aparelhos com melhores hardwares os games começaram a ficar mais complexos e com gráficos melhorados, ainda que muitos deles sejam "simples", como Flappy Bird, mas capazes de te prender por horas.

Pokémon GO


Os desenvolvedores começaram a aprender como o mercado de games para Android funciona e em pouco tempo tivemos grandes sucessos como Fruit Ninja, Candy Crush, Angry Birds e muitos outros, talvez o exemplo mais recente ainda seja o Pokémon GO, que foi baixado mais de 500 milhões de vezes. 

Apesar de ser uma comparação injusta, o popularíssimo GTA 5 vendeu "apenas" 75 milhões de cópias, o que dá para se ter uma ideia da popularidade, mais uma vez, esta é uma comparação injusta, mas que ajuda a ter uma noção da popularidade.

Eu mesmo tenho jogado muito o novo Yu-Gi-Oh!  Duel Links, game que foi baixado mais de 50 milhões de vezes também, apenas na Play Store.

Os games novos começam a explorar os novos recursos tecnológicos que os Smartphones possuem, como uma boa conexão com a internet para trabalhar com arquivos remotos, assim, vários games rodam em servidores e não diretamente no celular, câmeras com boa resolução e outros sensores mais, como o giroscópio, que permitem utilizar o aparelho com óculos de realidade virtual como este.

Muitos dos jogos disponíveis para Android deixam você se conectar com seus amigos através da Google Play Games ou através do Facebook de forma a poder, quase que instantaneamente, desafiar os seus amigos nesses jogos não importando a distância através da "mágica" da internet, criando assim uma experiência de jogo bem diversificada e de forma simples para o consumidor final.

Clash of Clans
Clash of Clans
Com o crescimento do mercado, uma variedade que se tornou muito popular durante os últimos anos, são, por exemplo, os jogos de guerra medieval e aqueles games onde você é dono de um hospital, de um restaurante ou de uma cidade, basicamente, jogos em que você manda nesse mundo todo e desenvolveram sistemas de micro transações dentro deles mesmo para manter o jogo funcionando e pagar o seu desenvolvimento, e ainda, quando a estratégia é bem feita, gerar lucro.

Pense que se Pokémon foi baixado 500 milhões de vezes, coloque, digamos, 1 real para cada usuário e você já tem um ótimo  montante inicial, pelos dados que se tem, a Niantic faturou 200 milhões de dólares só no primeiro mês de lançamento.

Concorrência: Android no lugar de PlayStation e XBox?


Consoles Android
Reprodução: Android Authority
Você pode pensar que eu estou meio louco em sugerir isso. Mas "paremos e reflitemos". Será que você não seria um consumidor deste tipo de produto?

Se você tivesse um celular que faz tudo o que você faz hoje com o seu Smartphone e ainda rodasse GTA 5 com ótimos gráficos, só pra citar um título, com a mesma qualidade que o PS4 de hoje tem e pelo mesmo valor dos Smartphones top de linha da atualidade, você ainda compraria um console?

Talvez você possa pensar na jogabilidade comprometida por conta da tela sensível ao toque. E neste aspecto eu concordo com você, mas imagine que o Smartphone seja projetado para jogar e você possa ligar joysticks nele como você já pode fazer hoje com vários modelos, como por exemplo o GameSir G4S que nós mostramos no canal, a coisa fica mais interessante, não é?

Se o problema é a tela pequena, ainda que você tenha um Galaxy Note (que não exploda de preferência), que tal usar o conceito do Nintendo Switch, o novo console da Nintendo, e utilizar ele tanto como portátil, como "de mesa", utilizando um dock para isso? Ligando o Smartphone na sua TV  e com um controle na mão você teria a mesma experiência que um console comum, certo?

E vamos além! Talvez você tenha visto o novo recurso do Galaxy S8 com uma dock que transforma o Smartphone em um computador Android com interface convergente, isso nos faz supor que esse tipo de coisa é possível!

- Ah, mas nunca que os celulares terão a mesma potência de um console ou PC!

Smartphones, consoles e computadores de mesa vão uma variação da "mesma coisa", computadores. Quando o assunto é desktop, realmente acho que não há possibilidade de competição em potência, pois o espaço e o propósito, assim como a arquitetura dos chips, tem essa questão de escalabilidade levada a um extremo ainda impossível para os Smartphones, mas para os consoles a distância não é tão grande ao que parece, veja os chips Tegra da Nvidia por exemplo.

Claro, a grande questão seriam os games, e você pode observar que hoje, que ainda não existe um mercado formado em torno deste conceito, já existem versões mobile de clássicos de PC/Console como FIFA, PES, Borderlands, The Walking Dead, Batman, entre outros. Imagine em um mercado desenvolvido!

Lembre que há 20 anos atrás você estava jogando Snake no seu Nokia usando apenas duas cores e botões, o que será que teremos daqui há 20 anos? Se APIs multiplataforma como o Vulkan realmente decolarem, o que impede que tenhamos lançamentos cross plataform também? Depende muito da evolução dos chips gráficos para dispositivos móveis, mas eu não sou louco de duvidar.

O que você acha?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.





Lançado RPG Maker MV para Linux na Steam

Nenhum comentário

terça-feira, 21 de março de 2017

Conforme o interesse por games em plataformas diversas aumenta, incluindo o Linux, mais e mais ferramentas para os desenvolvedores são liberadas, o software da vez é o popular RPG Maker, uma engine muito famosa para a criação de games do gênero "Rolling-playing Game" de forma fácil, confira mais detalhes:

RPG Maker Linux


Quem está procurando uma forma mais simples de produzir um game RPG que seja compatível com Windows, Linux, macOS, Android e iOS, agora pode usar o RPG Maker MV para isso, o softwares disponível na Steam por R$ 135.99, porém, no momento deste post está rolando uma promoção de 60% de desconto, então se você tem interesse, vale a pena conferir.


O que torna o RPG Maker tão especial é a sua facilidade de uso, tornando a criação de um game algo menos complexo do que originalmente ele seria, fazendo com que até quem não manja muito de programação possa realizar alguns trabalhos, inclusive, existe na Steam uma classificação para games feitos com o softwares, a lista é grande e tem diversos títulos interessantes.

A recomendação é o Ubuntu 14.04 LTS ou o SteamOS 2.0 em modo desktop para usar a aplicação, ambos na versão de 64 bits, contudo, ela deverá funcionar em outras distribuições também, porém, sem suporte oficial.

E aí? Pronto para fazer os seus games!?

Até a próxima! 😄
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




A vida de quem desenvolve games fora do Brasil - DioCast #23

Nenhum comentário

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Eu gosto muito de acompanhar o cenário de games, especialmente o lado do desenvolvedor, mesmo sem ser um, acho a profissão muito interessante. No episódio de hoje do DioCast, vamos conversar com alguns desenvolvedores brasileiros residentes no Canadá que nos contaram um pouco da vida de que trabalha diretamente com a produção de games e tira seu sustento disso.

Vida de desenvolvedor




Neste episódio do DioCast nós conversamos com o pessoal da empresa Bitten Toast Games Inc. Uma empresa formada por brasileiro que moram atualmente no Canadá e que desenvolve games para a plataforma PC e estão trabalhando com jogos de realidade virtual.

Site: http://bittentoast.com

Games da empresa:

Rocket Fist: https://goo.gl/l5zt8i

What the Box?: https://goo.gl/7tTx7v

Spacecats with Lasers (VR): https://goo.gl/t1KhT4



Se você está acompanhando os DioCasts pelo blog, deve ter reparado que nós pulamos um episódio, isso é porque o episódio 22 do DioCast é uma episódio especial, mais longo, de retrospectiva com vários convidados especiais, você pode conferir aqui.

E aí, já pensou em sair do país também para trabalhar? Conte pra gente nos comentários e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




99 Vidas - Novo game brasileiro disponível para Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Está procurando um novo game para zerar nas férias? Que tal jogar o novo lançamento brasileiro na Steam, o beat em' up, 99 Vidas.

99 Vidas Gameplay




Eu gosto muito de apoiar o mercado nacional, acredito que precisamos valorizar mais os nossos profissionais. Tem muita gente que sonha em desenvolver games e acaba automaticamente pensando em sair do país para poder trabalhar de maneira plena, graças ao cenário atual do mercado, o que é uma pena.

Vamos mostrar aqui um game que sobreviveu (ou viveu) ao/no mercado brasileiro, o 99 Vidas, o game do podcast de mesmo nome.



Vamos incentivar a indústria brasileira, então diga pra gente que outro game nacional você gostaria de ver no canal? Qual você recomenda?

Quer trabalhar com desenvolvimento no Brasil?


Nos temos um episódio completo do DioCast com um dos maiores estúdios de desenvolvimento de games do Brasil, a Aquiris de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Confira aqui.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Top 14 - Melhores games lançados para Linux em 2016

Nenhum comentário
O ano de 2017  acabou de começar e muitas coisas bacanas estão para chegar no mundo dos games para Linux. O ano de 2016 foi um bom ano para quem gosta de jogar no Linux, vamos juntar os 14 títulos que foram lançados no ano passado e que nós achamos que merecem um maior destaque.

Top 14 Linux Games




Existem muitos títulos bons para Linux disponíveis atualmente, muitos deles foram lançados no ano passado, vamos conferir agora a nossa série de dois vídeos onde mostramos os 14 melhores games lançados em 2016, pelo menos, segundo a nossa opinião e a opinião do nosso apresentador, Bruno Madrugueds.





Estes são alguns dos melhores jogos lançados no ano passado para a plataforma Linux/SteamOS, quais outros games você curte que saíram em 2016?

Está com a grana curta? Então confira o nosso Top 7 games grátis para Linux.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mad Max ganha versão para Linux!

Nenhum comentário

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Mais um game "triplo A" acaba de ser lançado para Linux. Graças a mais um porte da Feral Interactive, temos o game Mad Max para o sistema do Pinguim. 

Mad Max Linux




Para os Linux gamers de plantão, nós temos essa grande novidade. Mad Max está finalmente disponível para Linux e Mac através do porte da Feral Interactive, a principal empresa no ramo de porte de grandes games para usuários da Apple e do Pinguim.

Trailer do game na versão PS4

Em breve você verá gameplays dele no canal Diolinux no YouTube, se você quiser comprá-lo, ele está disponível na Steam.

Fonte
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Patch PES 2017 com Uniformes, escudos e nomes dos times corrigidos

Nenhum comentário

sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Agora que a Konami lançou o PES 2017 os primeiros Patchs com as correções dos times começam a ser lançados e hoje você vai poder baixar um que corrige basicamente todos os "erros" do game e de quebra, ainda descobrir como rodar o game no Linux.

Patch PES 2017 com Uniformes, escudos e nomes dos times corrigidos




Eu adoro jogos de futebol e PES é um título que eu sempre consegui jogar no Linux pelo Wine e felizmente a versão 2017, recém lançada, é possível também. Mas como eu disse, instalar ele no Linux já não é um desafio, mas aplicar os patches para corrigir os times, uniformes e nomes pode ser, então eu fiz m vídeo para te mostrar como fazer isso, confira:



- Download do Patch

- PES na Steam: https://goo.gl/K3055U

- Tutorial de instalação do PES: https://goo.gl/CgJXTA

- Aprenda a usar o PlayOnLinux aqui: https://goo.gl/y7wT7U

Overrides do PlayOnlinux:

directx9
dotnet40
dxfullsetup
msvc100
vbrun6
vcrun2010
vcrun6

Em breve vou trazer gameplays com o novo PES para o canal, então clique aqui para conhecer e se inscrever, assim você não perde os próximos vídeos.

Bom jogo e até a próxima_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




GOG chega ao Brasil e a todo vapor

Nenhum comentário

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

GOG-chega-ao-brasil-e-a-todo-vapor

Pois é galera; parece que a GOG está descobrindo o mercado brasileiro. Para quem curte games (e isso é uma coisa que a maioria curte muito), a empresa de jogos clássicos, GOG, anunciou que está chegando ao Brasil e partindo para o arrebento com tudo.

Ontem um inscrito do canal me enviou essa informação sobre a sua chegada ao Brasil com suporte em Português. O que mais me chamou a atenção foi que a GOG está com desconto que chegam a até 80% :D

A GOG ainda deixou a seguinte mensagem cordial ao publico brasileiro:
OLÁ, BRASIL!Temos preços melhores, suporte para Reais e Boleto, e também Suporte em Português do Brasil
Me lembro até hoje quando compramos o jogo Flat Out e teve o vídeo sobre games de carro no Linux. Então, que venham as industrias dos games ao Brasil:


_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Ubuntu vs Linux Mint, qual o melhor para jogos?

Nenhum comentário

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

O Ubuntu e o Linux Mint são as distribuições preferidas dos Linux Gamers da Steam segundo a Valve, além disso, são também dois dos sistemas baseados em Linux mais populares entre os usuários Desktop, mas será que um leva vantagem sobre o outro na hora de rodar os seus games favoritos? Vamos nos aprofundar no assunto.

Ubuntu vs Linux Mint testes de benchmark




Qual o melhor? Eis a questão! Gostos à parte, Ubuntu e Mint são muito parecidos em seu funcionamento, também pudera, o Linux Mint é baseada no Ubuntu e compartilha com o mesmo diversas características. Tirando a questão de gosto, levando para o lado técnico de extração de desempenho da máquina, será que algum se sobressai ao outro?

É claro que nós também ficamos curiosos com esta pergunta e para sanar as nossas dúvidas, vamos elaborar uma série de Benchmarks para sabermos quem é o mais eficiente, para começar vamos testar os dois sistemas game Dirt Showdown em seu Benchmark Fixo e Presets gráficos diferentes e fazer uma comparação. Confira o vídeo na íntegra:


Temos vídeos todos os dias, assine para não perder nada! :)

Não tire conclusões precipitadas


Apesar de podermos ter uma ideia do desempenho das distribuições, é bom salientar que este teste, apesar de refletir a realidade, precisa ser aprofundado, pois os games podem responder de maneira diferente às distribuições, por isso vamos fazer mais testes em breve com outros títulos para termos uma maior segurança para afirmar qualquer coisa.

Para ver os próximos testes basta acompanhar o nosso canal, o botão de se inscrever está aí em cima, basta clicar e você terá acesso ao nosso canal com centenas de vídeos sobre Linux e outros assuntos interessantes.

Deixe a sua opinião e sugestão para os próximos Benchmarks nos comentários logo abaixo e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Os 7 melhores games para Linux do semestre by Madrugueds

Nenhum comentário

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Jogar no Linux já é algo muito simples de se fazer, existem vários games disponíveis para Linux na Steam, de fato, mais de 1/3 dos games da Steam já estão disponíveis para Linux, e o nosso amigo Bruno Madrugueds fez uma lista dos 7 games que ele considera os melhores lançados no primeiro semestre de 2016.

Os melhores games para Linux




A lista conta com alguns títulos muito legais e baratos que você pode comprar na Steam para rodar no seu Linux, confira o vídeo na íntegra:


Inscreva-se no canal Madrugueds
É claro que existem muitos outros títulos excelentes para Linux, esta é a lista do Bruno, eu adoraria saber quais são os games para Linux que você mais gosta de jogar! :)

Qual game você mais gostou? Conte pra gente nos comentários!

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Steam: Os melhores lançamentos da semana para Linux - 1ª semana de Agosto

Nenhum comentário

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Estamos iniciando mais uma série semanal com conteúdo de primeira aqui no Diolinux, agora toda a semana você vai conhecer os principais lançamentos que ocorrerão naquelas dias para todos os gamers de Linux na Steam. Confira:

Games da semana para Linux




O Bruno do canal Madrugueds é novo contratado/parceiro do Diolinux e vai produzir conteúdos especiais aqui para o blog, um dos mais legais é esse quadro onde vamos mostrar para você os destaques de lançamentos semana a semana na Steam Linux, então, bora conferir os games que vão desembarcar nesta semana?


Inscreva-se no canal para receber essas atualizações (tem vídeos diários lá também!)

Vamos admitir que nesta semana não temos nenhum lançamento de muito peso, mas algumas games são muito interessantes, especialmente "SELMA AND THE WISP", achei muito interessante, você pode comprar todos logo abaixo, ou visitar as suas páginas na Steam.


E aí, qual você mais gostou? E fica ligado porque semana que vem tem muito mais!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Tudo o que você precisa saber para ser desenvolvedor de games no Brasil

Nenhum comentário
Praticamente todas as pessoas que já jogaram algum game, em algum momento da vida pensaram em desenvolver o seu próprio. Criar um jogo por si só, hoje em dia é um sonho muito mais próximo e "fácil" de alcançar do que outrora, vide os games Indie que se multiplicam na Steam.

Tudo sobre desenvolvimento de games




Para tirar as dúvidas de quem pretende entrar neste mercado de trabalho e conhecer o dia a dia de profissionais que já estão inseridos na área é que nós fizemos este episódio do DioCast.

Quem participou conosco deste episódio para falar sobre o mundo de desenvolvimento de jogos no Brasil foi o pessoal da Aquiris Game Studio, com sede em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, um dos maiores estúdios de desenvolvimento de games do Brasil, representada no episódio pelo Game Designer, Lucas Zanenga, e o Programador John Rosa.

Obs: O conteúdo tem o formato podcast, ou seja, você pode "dar play" e deixar o vídeo rolando em uma aba do seu navegador, ou usar algum programa para baixar o áudio e ouvir no seu carro, celular, ou qualquer outro.

Informe-se e divirta-se com este novo episódio!



Gostou do conteúdo? Então clique no botão acima para se inscrever no canal e não perder mais nenhum vídeo, temos conteúdo novo todos os dias!

Oportunidade: A Aquiris está contratando, quem sabe esta é a sua chance de trabalhar na área de desenvolvimento de jogos, clique aqui e confira.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Fundador da Epic Games diz que Microsoft quer acabar com a Steam

Nenhum comentário

terça-feira, 26 de julho de 2016

O fundador da Epic Games, desenvolvedora de games famosos como Gears of War e Unreal Tournament, afirmou em uma entrevista à "PC Gamer" que a Microsoft estaria "silenciosamente" sabotando a Steam no Windows 10.

Microsoft quer abocanhar a Steam em 5 anos




Tim Sweeney, co-fundador da Epic Games, afirmou em uma entrevista algo polêmico. Ele acredita que dentro dos próximos 5 anos a Microsoft vai passar a aplicar Patches para fazer com que o Steam seja instável no Windows, que ele quebre com facilidade e que não funcione corretamente; o motivo, segundo ele, seria para que a loja de aplicações da Microsoft que pretende crescer no ramo de games pareça uma opção melhor para os jogadores que atualmente são usuários fiéis da plataforma da Valve.

Segundo ele, não seria a primeira vez que a empresa faz algo do tipo, Sweeney acredita que este tipo de medida faz com que o desenvolvimento de jogos de computador acabe ficando muito prezo aos desmandos da Microsoft, algo que ele não considera bom.

Não posso dizer se ele está certo ou não, mas parece que quando a Valve decidiu começar a trabalhar o Linux para que ele seja uma alternativa interessante ao Windows, era justamente para evitar coisas deste tipo.

O que você acha do assunto?

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo