Diolinux - Open Source, Ubuntu, Android e tecnologia

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador games-for-linux. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador games-for-linux. Mostrar todas as postagens

Como instalar League of Legends no Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

League of Legends é um dos games mais jogados do mundo e hoje vamos aprender a instalar ele em distribuições Linux de Desktop, confira:

League of Legends no Linux






League of Legends não possui, infelizmente, uma versão nativa para Linux, isso significa que precisaremos utilizar o Wine como camada de abstração para rodar aplicativos do Windows no Linux, diferente do seu principal "concorrente", Dota 2, que possui uma versão nativa para o sistema através da Steam.

Neste caso em específico, vamos usar um software chamado "Lutris" para automatizar a instalação. Antes de eu te dar as dicas para a instalação, é interessante que você entenda como utilizar o Lutris e como ele funciona:


Uma vez que você tenha entendido como funciona o Lutris, basta fazer o download da aplicação diretamente do site oficial e instalar para podermos seguir para próximo passo.

Agora veja como você pode fazer para instalar o League of Legends no Linux:



Eu percebi que o game tem uma clara queda de desempenho, não o suficiente para impedir que você jogue com uma taxa de frames decente, geralmente acima de 60 FPS, no entanto, se para você isso for um grande problema, vale a pena manter o Windows para jogar, pois ele possivelmente lhe atenderá melhor neste quesito.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Game Black Mirror (Point & Click) é lançado para Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 1 de dezembro de 2017

Quem gosta de games que envolvam uma boa história, gosta do gênero Point & Click e curte jogar no Linux, acabou de ganhar um nova opção. Um novo jogo foi lançado da Steam (simultaneamente para Linux, Windows e macOS) e carrega justamente esta proposta.

Black Mirror Steam






Apesar do nome, o game nada tem a ver com o famoso seriado da Netflix, no entanto, ele é um título até mais antigo do que o próprio seriado, sendo uma trilogia (antes deste último), com o primeiro título sendo lançado no início dos anos 2000.

O game tem um estilo que lembra um pouco os contos de H.P. Lovecraft ou do Edgar Allan Poe, focando em uma atmosfera de terror/suspense interessante e uma história misteriosa. Não possui dublagem e nem legenda em Português, no entanto, a dublagem (pelos trailers) parece ser muito bem feita e os gráficos são razoavelmente bons, com uma pegada gótica.


Atualmente o game está disponível na Steam com 10% de desconto, se você curte este estilo de jogo, vale a pena dar uma olhada.

Pra quem curte games Point & Click, eu convido para dar uma olhada no game BR que eu zerei em uma das lives do canal, "A lenda do cabeça de cuia", clique aqui pra ver.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Linux, Hardware e PC Gamer, vamos debater! - Canal Peperaio Hardware

Nenhum comentário

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Recentemente eu pude fazer um vídeo colaborativo em dos canais mais respeitados sobre hardware do Brasil, o Peperaio Hardware. No vídeo em questão eu comentei sobre a situação atual do cenário de hardware envolvendo o Linux, jogos e computadores gamers.

Linux e Hardware






No bate-papo, eu conversei com o Lucas Peperaio, dono do canal, onde discutimos vários assuntos relacionados a hardware e Linux. Existem muitos mitos ainda no entorno destes assuntos, como a possibilidade de usar Linux para jogar na Steam, suporte por parte de fabricantes a hardware de ponta, entre outra coisas, é um vídeo muito interessante.

Como é uma conversa, caso você prefira, você pode também apenas "dar um play" e ficar ouvindo. O conteúdo pode ser absorvido desta forma também sem maiores problemas, aproveite o vídeo e conheça também o canal Peperario Hardware, vale muito a pena.


Como é sempre bom debater, aproveite e comente a sua experiência com Linux neste aspecto logo abaixo e lá no canal do Lucas também, até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Fórmula 1 2017 será lançado para Linux em 2 de Novembro!

Nenhum comentário

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Boas noticias para quem gosta de games de corrida e para quem gosta de jogar no Linux. A Feral Interactive, principal empresa nesse mundo de portes de jogos para Linux e macOS, anunciou que o título Formula 1 2017 está chegando para o sistema do pinguim no próximo mês.

Formula 1 2017 chega ao Linux





A Feral Interactive anunciou através de sua assessoria de imprensa hoje que F1 ™ 2017, o jogo oficial da FIA FORMULA ONE WORLD CHAMPIONSHIP ™, será lançado para Linux em 2 de Novembro. Desenvolvido e publicado pela Codemasters para Windows e consoles, F1 ™ 2017 é o jogo mais recente da franquia, sendo lançado para Windows em Agosto passado. Confira o trailer o game:


O game chega com várias  melhorias e aprimoramentos, com mais opções dentro e fora das pistas, especialmente para quem gosta de jogar o modo carreira. 

Este não é o primeiro F1 lançado para Linux, tivemos também o 2015, temos um gameplay dele no canal, confira:


Os requisitos mínimos de hardware ainda não foram publicados, segundo os desenvolvedores, essa informação virá em breve, mais perto da data de lançamento. O game está disponível para compra através da Steam e tem um valor um pouco salgado, mas quem sabe role uma promoção de lançamento, não é? Caso isso não aconteça, pode valer a pena esperar alguma das promoções da Valve onde os preços as vezes caem até pela metade ou mais.

Se você pretende comprar o game para jogar no Linux, espere até a versão de Linux sair, assim você ajudará a engordar as estatísticas que são sempre úteis para quem desenvolve.

Mais um game triplo A para Linux, para você pode se divertir :)

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Artifact - Valve lança teaser de novo Card Game de DOTA

Nenhum comentário

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Fazia muito tempo que não tínhamos lançamentos de novos jogos vindos diretamente da Valve, a dona da plataforma Steam, mas hoje os fãs da empresa (e aparentemente de DOTA 2) tiveram uma boa surpresa com o teaser de Artifact, ainda que nem todos concordem com isso...

Artifact DOTA Card Game






Depois de um grande hiato em lançamentos, parece que em 2018 a Valve vai retomar o lançamento de um título de produção própria. Os games da empresa são idolatrados por muitos e são alguns dos mais jogados do mundo atualmente, incluindo ambientes competitivos, como CS:GO e DOTA 2.

Enquanto muitos esperam ansiosamente um novo "Left 4 Dead" ou um novo "Half Life", a Valve parece estar planejando lançar um Card Game, assim como a Konami e o seu clássico "Yu-Gi-Oh!".

Podemos ver pelo vídeo que o jogo deverá seguir a temática do DOTA, o que automaticamente tende tende a nos lembrar "HearthStone", da Blizzard, ou ainda "GWENT", do universo de "The Witcher".

Não temos muitas informações sobre como exatamente será o game, tudo o que temos é um teaser que foi lançado pela empresa do que parece ser o canal oficial do jogo no YouTube.


Curiosamente o vídeo teaser de "Artifact" está sendo altamente negativado pelos usuários do YouTube, muitos reclamam que gostariam de um novo jogo dentro das franquias já existentes ao invés de "mais um jogo de cartas". De qualquer forma, o game está previsto para ser lançado em 2018, sem maiores detalhes.

Tudo indica que haverá suporte para Linux e Vulkan também, o que você achou da ideia da Valve?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Economize mais de R$ 370,00 nestes 10 jogos para Linux no Steam Summer Sale

Nenhum comentário

segunda-feira, 26 de junho de 2017

O Steam Summer Sale começou e está com descontos arrasadores em vários títulos. Na última live que fizemos no canal (jogando Outlast no Linux), algumas pessoas pediram para eu fazer uma seleção de títulos de games bons para Linux e com bons preços. Bom, eu fiz o meu TOP 10 aqui e você vai poder se divertir pra caramba economizando mais de R$ 370,00 nestes 10 títulos.

Melhores games Steam Summer Sale LInux



Eu escolhi alguns títulos clássicos, mas acima de tudo, jogos que eu gosto muito de jogar e que eu realmente acho bons. Existem muitos outros disponíveis, talvez alguns até melhores em vários aspectos, como gráficos, história, etc, tudo dependendo do seu gosto. Mas vamos para a minha seleção deste ano.

1 -  CS:GO: Acho que não precisamos de apresentações, certo? Um dos games mais clássicos da história dos vídeo games em sua versão mais recente e um dos games competitivos mais famosos do mundo atualmente.


2 - Middle-earth - Shadow of Mordor: Ótimos gráficos e uma história rica esperam todos o fãs de Tolkien que gostam de RPGs de mundo aberto, cheio de aventura e diversão, certamente é uma ótima opção, ainda mais pelo preço que neste momento que escrevo chega à 80% de desconto (outro bom que não está na lista é The Witcher 2).


3 - Left 4 Dead 2: "Left", como é chamado pelos jogadores, está longe de ser um jogo novo, mas é certamente um clássico incrivelmente divertido que vale a pena você comprar caso ainda não tenha, especialmente pelo grande desconto que temos nele nesta Sale. Até hoje milhares de jogadores lotam os servidores do game, de modo que você definitivamente não vai jogar sozinho, fazendo dele também um dos games de maior sucesso da Valve.


4 - Rocket League: Aí está um jogo que eu já me viciei, desviciei e viciei de novo em um ciclo quase sem fim. De fato, Rocket League é um dos jogos mais divertidos que eu já pude jogar, ainda mais se você puder chamar os seus amigos para jogar com você. A proposta de futebol com carros é contra intuitiva quando pensamos de forma lógica, mas o jogo é surpreendentemente bom e é mais um figura o cenário de eSports ao redor do mundo.



5 - Dying Light: Junte zumbis, sobrevivência, parkour, aventura e muita ação e você tem Dying Light, os belos gráficos também são atrativos, sem falar que o jogo está todo em português, incluindo a dublagem dos personagens. Ótimo para quem gosta de jogar o modo história em campanha Single Player e muito divertido também para jogar no modo multiplayer, esse é mais um jogão em promoção que vale a pena aproveitar.




6 - ARK: Survival Evolved: Ark é um dos games mais vendidos da Steam, existem muitas pessoas apaixonadas por ele. Francamente eu não tive todo o tempo que gostaria para jogá-lo, mas tenho muitos amigos que já passaram muitas horas jogando. Acredito que Ark seja um dos melhores jogos da atualidade com o conceito de sobrevivência.


7 - Borderlands 2: Os gráficos cartoonizados de Borderlands sempre me chamaram a atenção, a dinâmica do jogo, o universo a se explorar, e por um preço desses? Acho que é certamente um que vale a pena você conferir.



8 - Metro Redux Bundle: "Metro: Last Light" foi o primeiro jogo para Linux que eu lembro de ter zerado, a história é incrível e os gráficos também são muito bons até hoje. Estou sugerindo aqui porque temos um Bundle, isto é, um pacote com Metro 2033 e Last Light em suas versões remasterizadas. É um presentão!



9 - Outlast: Fãs de games de terror não podem deixar Outlast de fora da lista, este é um dos poucos games que podemos jogar em seu tempo de lançamento e que temos certeza de que entrará para a história como um marco no gênero. Outlast não é para todo mundo, claro, mas para os mais chegados em jogos de terror, é um dos melhores. Guardadas as proporções e épocas, acho Outlast tão marcante quanto foi Silent Hill na época de seu lançamento.



10 - Tomb Raider: Vejamos quais são os motivos para você considerar a compra desse jogo... A história é bacana, a protagonista é pra lá de carismática (estamos falando da Lara Croft, né?), bons gráficos também, aposto que o cabelo da Lara no jogo é melhor que o seu! 😂 O jogo também tem um modo multiplayer que eu achei muito legal, ainda que não seja tão explorado, e difundido, sendo assim, apesar do jogo valer só pela história mesmo, se você achar mais alguém para comprar junto com você, umas 4 ou 6 pessoas, o modo multiplayer vai ser bem divertido também. Explorar as ruínas de civilizações antigas, criar ferramentas improvisadas e viver aventuras é algo muito divertido.



E assim eu encerro a minha humilde listinha de games, como eu disse, existem muitos outros e uma coisa que você deve se atentar é que os preços podem variar de acordo com o momento em que você está vendo este post. Mas independente do preço, são todos ótimos games para se jogar.

Se você comprar todos, você vai gastar um pouco mais de 175 reais em 10 (na verdade 11) jogos excelentes, o que nos dá a média de aproximadamente 16 reais por jogo. Claro, você não precisa comprar todos, mas se você fosse comprar todos em seus preços normais, o valor passaria fácil dos R$ 500,00!

Espero que você se diverta nesta Summer Sale com a sua distro Linux e se puder gastar menos, melhor ainda!

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Teremos em breve um novo "Life is Strange"!

Nenhum comentário

quinta-feira, 18 de maio de 2017

Os desenvolvedores do game "Life is Strange" anunciaram que estão trabalhando um novo game da série, em um pequeno vídeo e um pequeno texto em seu blog oficial eles agradecem e explicam da existência do novo projeto, o que já é o suficiente para deixar os fãs esperando.

Life is Strange 2




O pessoal da DONTNOD, desenvolvedores do game "Life is Strange", anunciaram em seu blog um novo game da série, eles também agradeceram aos mais de 3 milhões de jogadores pagantes (fora os piratas) que o jogo teve, se tornando um game clássico e querido por muitos.

Eu sou suspeito para falar, acabei ficando muito fã do primeiro jogo, foi um dos poucos títulos que eu zerei por completo nos últimos anos e certamente serei um dos que ficará aguardando o lançamento de forma ansiosa.

A primeiro, e até o momento único, "Life is Strange" foi lançado para Linux, portado pela Feral Interactive e eu até fiz um vídeo para o canal dos primeiros momentos, que você pode conferir abaixo:



Expectativas para o segundo jogo


Até o momento absolutamente nada sobre ele foi revelado, não sabemos se será uma nova história ou se será a continuação do game anterior, se será como "The Walking Dead" e poderemos continuar de onde paramos dependendo do final que fizemos no primeiro game, não sabemos de nada! Aliás, sabemos de uma coisa, ele não estará na E3 em Junho pelo que os desenvolvedores comentaram, o que indica que provavelmente seu lançamento só ocorrerá lá pelo final do ano, ou até mesmo no ano que vem.

"Life is Strange" conseguiu cativar muito as pessoas, mesmo com um gráfico simples, o nível de envolvimento que você acaba tendo com a Max, personagem principal da história, a trilha sonora, a história, o modo de jogo diferenciado para a época, faz com que você realmente se sinta um amigo da dela, ou alguém próximo, envolvendo-se com a trama da mesma forma com que acontece quando você gosta muito de uma série de TV, com a diferença de que você poder interagir diretamente na história, o que torna a experiência em algo único. O game "Life is Strange" é considerado por muitos, inclusive por mim, uma obra prima.

É muito bom quando somos surpreendidos com algo do tipo, já que o primeiro jogo da série é de desenvolvimento Indie inicialmente, superando as expectativas, mas uma vez que definimos o nosso padrão de qualidade, o próximo lançamento será muito mais cobrado, ainda que inconscientemente, como aconteceu com "Outlast 2", outro jogo excelente, que conseguiu manter o nível e até melhorar em alguns aspectos, então nos resta esperar para ver se o mesmo irá acontecer com "Life is Strange", pois a cobrança será grande certamente.


Os desenvolvedores não comentaram nada sobre versões para Linux, na verdade, não comentaram nada sobre qualquer plataforma, mas provavelmente Windows, Xbox e PlayStation estarão na lista, contudo, a Feral Interactive tem uma ótima relação com a DONTNOD, isso pode ajudar na hora de fazer o porte.

E aí, o que você acha de uma continuação de "Life is Strange"?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Distros Linux poderão incluir o Codec MP3 por padrão sem complicações legais

Nenhum comentário

terça-feira, 16 de maio de 2017

Finalmente as empresas e usuários poderão distribuir softwares compatíveis nativamente com o MP3 sem precisar pagar royalties para os criadores do formato, isso aconteceu por conta da expiração da última patente que repousava sobre o MP3, um dos formatos de áudio mais populares do mundo.

MP3 agora é grátis



A empresa Fraunhofer, principal responsável pelo desenvolvimento do popular formato MP3, divulgou uma nota recentemente onde comentava que a última patente referente ao formato em questão teria expirado no último dia 23 de Abril, permitindo que agora as empresas e usuários possam distribuir recursos (softwares e hardwares) que tenham suporte ao MP3 sem precisar pagar.

A distribuição de formatos como o MP3 em distribuições Linux sempre variou de distribuição para distribuição, a maior parte delas acabou procurando criar uma forma simples de instalar o codec, muitas vezes junto a outros tantos em um pacote, de forma a não precisar embutir ele no sistema, pois isso limitaria a distribuição legal do sistema operacional em alguns países, como os EUA. Este é o caso do Ubuntu por exemplo, que criou o meta pacote "ubuntu-restricted-extras" justamente para instalar um pacote de codecs que não poderia ser incluído da ISO do sistema por padrão por conta de patentes.

Outras distros que nunca foram vendidas na América do Norte no entanto, como o Linux Mint, incluíram por muitos anos os codecs nativamente, algo que mudou recentemente, devido ao Mint ter se focado em se tornar uma distro que pudesse ser vendida em computadores de varejo também, como o Ubuntu. Neste caso em específico, a distro optou por remover os codecs, não somente por conta do MP3, claro, entretanto, agora que o MP3 está livre parar utilização, todas as distros que quiserem poderão incluir o codec no próprio sistema, sem a necessidade de que o usuário instale de outra forma e sem precisar pagar nada.

O MP3 é um formato muito popular e querido até hoje, ele costuma ser pequeno e ter uma boa qualidade de áudio, o que o torna ideal para carregar em dispositivos móveis, mesmo assim é bom que você não confunda, o formato MP3 agora ser grátis não significa que baixar músicas neste formato passou a ser legal, são patentes diferentes, a do codec MP3 e o conteúdo armazenado neste formato.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




50 ótimos games para Linux que você pode jogar através da Steam

Nenhum comentário

segunda-feira, 15 de maio de 2017

Hoje vamos te mostrar uma pequena (nem tanto, na verdade) lista dos mais de 1000 games disponíveis para Linux na Steam. Muitas pessoas tem receio de experimentar a plataforma por conta disso, então vamos lhe dar algumas sugestões.

Top 50 Linux Games Steam




O nossa grande amigo, Renato Araújo, do canal FastOS, elaborou uma lista com 50 ótimos títulos para quem gosta de jogar e utilizar Linux. Um vídeo como este que você verá serve para mostrar para as pessoas que Linux pode ser sim uma boa plataforma para quem deseja se divertir, tendo vários títulos de peso atualmente, dependendo do game que você goste de jogar, ou estilo que você mais aprecie, certamente Linux é uma boa, e grátis (vale lembrar) alternativa para quem quer uma plataforma de jogos.


Todos os games citados no vídeo podem ser instalados à partir da Steam, a maior parte deles são pagos, mas existem alguns ótimos gratuitos, como o Dota 2 e Team Fortress 2, entre outros.

Se a grana "tá curta" pro seu lado, um artigo bacana para você ler é este:


Agora, se por outro lado, a grana está sobrando e você quer dar uma ostentada, confira este outro artigo:

- Top 10: Games mais caros da Steam Linux

Não esqueça de conhecer e se inscrever no canal do nosso amigo Renato, ele posta muita coisa bacana e faz parte também do canal Oficina do Tux, que também é um grande parceiro aqui do blog.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




SuperTuxKart será lançado oficialmente na Steam

Nenhum comentário

quarta-feira, 12 de abril de 2017

Um dos games mais clássicos e icônicos do mundo Linux finalmente vai chegar ao mainstream, SuperTuxKart será disponibilizado no Steam, a plataforma da Valve com suporte para Windows, Linux e macOS.





O game SuperTuxKart recebeu o "sinal verde" no Steam para poder ser disponibilizado na plataforma, os desenvolvedores mencionaram que o game deverá permanecer grátis como sempre foi, mas estão considerando incluir conteúdos adicionais que poderiam ser pagos, um dinheiro que, além das doações que o projeto continua aceitando, tem o objetivo de servir para melhorar ainda mais o game.

SuperTuxKart é um exemplo de um game comunitário, criado com softwares de código aberto em todos os sentidos possíveis e também disponibilizado para o público da mesma forma. 


Ainda não se sabe exatamente quando o game estará disponível para instalação através do Steam, segundo as informações, os desenvolvedores estão encontrando algumas dificuldades em compatibilizar a GPL, licença na qual o jogo é disponibilizado, com alguns requisitos do Steam e da Valve, mas assim que isso for resolvido você poderá jogá-lo também pela maior plataforma de games do mundo, não só no Linux.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Vulkan aumenta até em 30 FPS Mad Max para Linux se comparado com OpenGL

Nenhum comentário

sábado, 8 de abril de 2017

Ainda é cedo para afirmarmos até onde o Vulkan pode ir, até porque ainda não existem games desenvolvidos diretamente com ele, e sinceramente, ele parece também não estar completamente pronto para o mercado, ainda assim, é bom observar o que ele já é capaz de fazer e cá entre nós, os resultados são animadores.

Vulkan API vs OpenGL Diolinux




Recentemente a Feral Interactive, a principal empresa responsável em fazer portes de games originalmente desenvolvidos para Windows para Linux e Mac, divulgou em sua página no Facebook que havia desenvolvido um patch para o Game Mad Max que permitia que ele fosse rodado com a API Vulkan no lugar no OpenGL no Linux.

Utilizando este tutorial eu pude fazer um teste comparativo entre o OpenGL e o Vulkan no Ubuntu 16.04.2 LTS com a placa GTX 1060 de 3GB.



Resumo do Hardware utilizado no teste:

- i5 3330 
- GTX 1060 3GB
- 8GB RAM 1600 DDR3
- Monitor 1080p 60Hz
- Driver Nvidia 375.39

Pelo que pude perceber, o game obteve melhor desempenho em placas da linha 1000 da Nvidia, em modelos anteriores o ganho não é tão perceptível, o que mais uma vez reafirma o ponto de que o Vulkan é uma tecnologia para o futuro. Tendo como baseada a GTX 1060 demonstrada no vídeo e o ganha obtido, podemos ter uma noção de como a API gráfica pode fazer diferença.

Se você tem o game na sua Steam e fez também o teste, compartilhe conosco os seus resultados através dos comentários do blog, informe o seu hardware e a versão do drivers utilizado, além é claro, o resultado obtido.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Novatio - Um console baseado em Linux que roda jogos de Windows!

Nenhum comentário

quarta-feira, 22 de março de 2017

Olha só, eu sei que parece até Clickbait esse título aí, mas parece que o projeto é esse mesmo, e é exatamente assim que o Novatio é e é isso que ele faz! Por mais absurdo que pareça! Bom, acho que devo apresentar ele melhor para você e tecer meus comentários à respeito.





Já pensou que bacana seria poder jogar todos os jogos de Linux, Windows e Android em apenas um console? Pois é, boa ideia né? Essa é ideia por traz do projeto Novatio.

Como o próprio site do projeto informa, ele não é uma Steam Machine, de origem italiana e usando um sistema operacional baseado em Linux (no Debian) chamado NovOS, ele pretende ser um console híbrido capaz de rodar os executáveis do Windows diretamente no Linux.

É nessa parte que você levanta a sobrancelha...

Rochelle desconfiada :D

Pelas informações, além do case modificado, as peças internas são normais, exceto a placa-mãe, pois nela há um chip FPGA, chip este que seria capaz de traduzir de alguma forma os arquivos .exe para algo que o Linux pudesse interpretar. Com isso funciona? Não faço a MENOR ideia.

Olhando por esta ótica, o grande "segredo" do projeto Novatio é a placa mãe que será utilizada, como eu não sou de acreditar em milagre assim, eu pesquisei pela internet à fora em busca de informações sobre o projeto, encontrei o repositório GitHub deles, que ainda está vazio, há também um vídeo explicado pelos seus criadores:


O pessoal do Navatio também iniciou uma campanha no IndieGOGO em busca de financiamento para o projeto no valor de 75 mil Euros, não sei se pela falta de marketing ou se foi porque a ideia não convenceu, mas até hoje eles não juntaram 200 Euros.

Apesar de que eu tenho uma tese sobre isso, pelo que eu consegui colher de informação (apesar de ser especulação) o pessoal do Novatio estaria brigando para poder patentear o seu chip milagroso, que é o grande diferencial do projeto, por isso da falta de informação de como ele funciona, talvez receio de que a ideia fosse roubada, não sei. Por outro lado, sem mostrar o projeto funcionando, nem um protótipo para demonstração vai ficar difícil alguém comprar esse milagre, até porque, tirando o fato do sistema operacional ser grátis, se você não se importa em pagar o Windows, você já tem esses recursos disponíveis, inclusive games de Android através de emuladores como o NOX e o BlueStacks e até o Genymotion.

Muita coisa é impossível até que alguém vá lá e faça, mas podemos esperar para ver o que vai acontecer, até por que, acho que não temos outra opção,

O que você achou do projeto?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Hitman será lançado para Linux ainda neste mês

Nenhum comentário

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

A Feral Interactive, principal empresa por trás dos portes de games para Linux, enviou-nos uma release de imprensa contando que o novo Hitman vai ser lançado para Linux em pouco mais de uma semana, confira os detalhes.

Hitman chega ao Linux




A Feral anunciou hoje o lançamento de "HITMAN - The Complete First Season" para Linux, com suporte oficial para o Ubuntu e para o SteamOS, o game deverá chegar no dia 16 de Fevereiro. O game que comemora 16 anos da famosa série é o primeiro a ser lançado nativamente para a plataforma do pinguim, ainda que outros títulos da série rodem pelo Wine.

Hitman para Linux
Imagem da Steam

No game você controlará o famoso Agente 47 e vai procurar se tornar um mestre em assassinatos usando todo o Stealth que você puder. A versão lançada para Windows e para os consoles é episódica, ou seja, foi lançada em episódios, mas agora que toda a primeira temporada já foi liberada, a versão para Linux virá com todos os episódios já disponíveis.


O game está disponível para compra na Steam e na loja da Feral Interactive e pode ser adquirido completo ou episódio por episódio. Este é mais um game triplo A disponível para Linux neste ano.



Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Intel usa o seu Clear Linux para melhorar o desempenho de seus chips para jogos da Steam

Nenhum comentário

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Para aqueles que planejam desenvolver jogos para Linux utilizando hardware Intel HD graphics, poderá em breve ter uma nova escolha para distribuição orientada a desempenho (e poe desempenho nisso), o Clear Linux, um projeto do centro tecnologia Open Source da Intel.

Linux Clear Intel

Os desenvolvedores do Clear Linux estão atualmente trabalhando para trazer suporte para Steam no sistema, algo que requer adaptação, pois é o Clear Linux é completamente focado em 64 bits e a Steam ainda depende de alguns pacotes de 32. Mesmo assim, o desenvolvedor da Intel, Arjan van de Ven, compartilhou uma foto no Twitter mostrando Steam já rodando, ao menos de forma básica no Clear Linux.

Clear Linux

Vai ser muito interessante observar como a Steam se comporta no Clear Linux uma vez que tudo estiver funcionando corretamente. O Clear Linux já vem com a ultima versão do Mesa stack, incluindo os drivers Vulkan. O que torna o Steam no Clear Linux particularmente interessante é o foco ativo da distribuição no desempenho a partir as otimizações no tempo de compilação, multi versões em funções diferentes, a distro embarca vários patches out-of-tree em nome do desempenho, e outros performance tuning pelo centro de tecnologia Open Source da Intel.

Enquanto o Clear Linux está mais focado em desempenho de workstations/servidores/data-centers, ele tem se mostrado poderoso também para entregar desempenho gráfico com os chips da Intel.

Esse trabalho da Intel deverá criar um reflexo claro na potência dos drivers para Linux de modo geral e para os gamers que tem hardware HD Graphics e usam Linux para jogar. Vamos aguardar as novidades.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Dos 100 games mais vendidos em 2016 na Steam, 40 rodam no Linux

Nenhum comentário

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Ainda estamos longe do cenário ideal para os gamers de Linux, mas já existe uma boa quantidade de games para a plataforma sendo lançados, somente no ano passado foram mais de 1000 títulos, muitos games indie e alguns triplo A, mas chama a atenção que 40% dos games mais vendidos da Steam em 2016 já estão disponíveis na plataforma.

Os games mais vendidos da Steam em 2016




Dependendo do seu estilo de jogo, o Linux já pode ser considerado uma plataforma para você jogar sem precisar piratear o sistema operacional, ou pagar uma licença por ele. De fato, quase metade dos 100 games mais vendidos na Steam em 2016 já rodam no "sistema do pinguim", para ser mais exato, 40.

É verdade também que muitos títulos importantes e consagrados ainda não possuem versão para o sistema, caso de The Witcher 3, GTA V e  Fallout 4, que pesam contra com muita força, mas outros títulos importantes também saíra para a plataforma, como Deus Ex: Mankind Divided, Dying Light e o popular CS:GO, além de vários outros títulos importantes, mas menos expressivos  com relação ao nome, como Rocket League, Dota 2, XCOM2, Ark: Survival Evolved, Pay Day 2, Life is Strange, etc. que também já rodam no Linux.



- Nós fizemos uma lista com os 14 principais lançamentos de 2016 para Linux, você pode conferir aqui.

O Windows é a plataforma que recebe praticamente todos os lançamentos de games para computador, mas é bom ver o Linux crescendo aos poucos, o macOS não teve tantos produtos a mais na lista de mais vendidos, enquanto o Linux teve 41 itens, o sistema da Apple teve 46 (isso inclui o Steam controller), sendo que a Steam está a mais tempo no macOS do que no Linux,  ainda que não tanto tempo, talvez essa comparação seja mais justa.

Quanto mais games  multiplataforma saírem, melhor para nós, gamers. Não vamos ficar presos a uma plataforma específica e vamos poder ter, além de um bom sistema para jogar gratuitamente e legalmente, um sistema operacional mais seguro e personalizável, e ainda incentivar a concorrência entre plataformas para que existam diferenciais, ou seja, todos tem a ganhar.

Você pode conferir a lista completa dos 100 games e comprá-los também neste endereço da Steam.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




99 Vidas - Novo game brasileiro disponível para Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Está procurando um novo game para zerar nas férias? Que tal jogar o novo lançamento brasileiro na Steam, o beat em' up, 99 Vidas.

99 Vidas Gameplay




Eu gosto muito de apoiar o mercado nacional, acredito que precisamos valorizar mais os nossos profissionais. Tem muita gente que sonha em desenvolver games e acaba automaticamente pensando em sair do país para poder trabalhar de maneira plena, graças ao cenário atual do mercado, o que é uma pena.

Vamos mostrar aqui um game que sobreviveu (ou viveu) ao/no mercado brasileiro, o 99 Vidas, o game do podcast de mesmo nome.



Vamos incentivar a indústria brasileira, então diga pra gente que outro game nacional você gostaria de ver no canal? Qual você recomenda?

Quer trabalhar com desenvolvimento no Brasil?


Nos temos um episódio completo do DioCast com um dos maiores estúdios de desenvolvimento de games do Brasil, a Aquiris de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Confira aqui.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Top 14 - Melhores games lançados para Linux em 2016

Nenhum comentário
O ano de 2017  acabou de começar e muitas coisas bacanas estão para chegar no mundo dos games para Linux. O ano de 2016 foi um bom ano para quem gosta de jogar no Linux, vamos juntar os 14 títulos que foram lançados no ano passado e que nós achamos que merecem um maior destaque.

Top 14 Linux Games




Existem muitos títulos bons para Linux disponíveis atualmente, muitos deles foram lançados no ano passado, vamos conferir agora a nossa série de dois vídeos onde mostramos os 14 melhores games lançados em 2016, pelo menos, segundo a nossa opinião e a opinião do nosso apresentador, Bruno Madrugueds.





Estes são alguns dos melhores jogos lançados no ano passado para a plataforma Linux/SteamOS, quais outros games você curte que saíram em 2016?

Está com a grana curta? Então confira o nosso Top 7 games grátis para Linux.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




7 games incríveis que você pode jogar gratuitamente no Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 18 de novembro de 2016

A Steam para Linux já tem quase 2 mil games, porém, a maior parte deles são pagos, mas isso não quer dizer que você não possa se divertir com os vários títulos grátis que existem. Temos aqui uma lista com 7 ótimo jogos para Linux que você pode jogar sem gastar nenhum centavo.

Steam Linux Free




Se você está procurando um pouco de diversão com games bacanas para o seu final de semana, sem gastar nada com eles e nem com o sistema operacional, esta é a combinação perfeita. Temos aqui 7 sugestões para você e dado o feedback dos inscritos do canal e leitores do blog, em breve teremos uma segunda lista, aproveite o show:



A lista de games com os links para a Steam você encontra na descrição deste vídeo no YouTube, basta clicar aqui.

Qual game você gostou mais? Tem algum que você já joga e recomenda? Compartilhe a sua opinião através dos comentários e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Mad Max ganha versão para Linux!

Nenhum comentário

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Mais um game "triplo A" acaba de ser lançado para Linux. Graças a mais um porte da Feral Interactive, temos o game Mad Max para o sistema do Pinguim. 

Mad Max Linux




Para os Linux gamers de plantão, nós temos essa grande novidade. Mad Max está finalmente disponível para Linux e Mac através do porte da Feral Interactive, a principal empresa no ramo de porte de grandes games para usuários da Apple e do Pinguim.

Trailer do game na versão PS4

Em breve você verá gameplays dele no canal Diolinux no YouTube, se você quiser comprá-lo, ele está disponível na Steam.

Fonte
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Valve anuncia novo óculos VR com suporte para Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Os games estão começando a embarcar na onda da realidade virtual, quem já viu algum vídeo, ou mesmo teve a oportunidade de testar um destes equipamentos, sabe o quando a experiência nos games é diferenciada através deles. A Valve, como grande apoiadora dos games para Linux, está lançando uma plataforma chamada SteamVR que terá compatibilidade com o sistema do Pinguim.

SteamVR Linux




De tempos em tempos a Valve realiza em Seatle o "Steam Dev Days", um destes eventos que grandes companhias da área de tecnologia costumam fazer para mostrar ao público as novidades.  No caso da Valve, é basicamente um evento para quem desenvolve games, e (quem diria) o Linux teve muito espaço deste vez.

Com Steam Machines, os consoles da Valve que rodam o SteamOS (Linux), foram feitas algumas demonstrações de realidade virtual com o SteamVR, um óculos de realidade virtual construído através de uma parceria entre a Valve e a HTC.

SteamVR Demo


Um fato curioso e importante é que as demonstrações estão otimizadas para utilizar a API gráfica Vulkan e não o OpenGL, utilizado atualmente pela maior parte dos games que rodam no Linux, o que de certa forma pode indicar um amadurecimento do software, ainda que seja em uma tecnologia nova como o VR.

A Valve comentou que o futuro dos games, na visão deles, realmente pertence ao VR, então eles estão tratando de compatibilizar a sua plataforma para tal.

Eu tenho uma "Steam Machine" em casa; bom, na verdade é só um computador com SteamOS (isso é um Steam Machine, certo?) e o SteamOS ainda está em fase Beta e não costuma receber atualizações muito grandes nos últimos tempos. 

Isso indica que ainda temos muito para percorrer até termos um produto final que a Valve poderá realmente fazer uma campanha de marketing para vender, atualmente alguns produtos podem ser comprados fora do Brasil, como Steam Controller, alguns modelos de Steam Machines e o Steam Link, além do SteamOS que pode ser baixado gratuitamente - temos aqui um tutorial ensinando você a instalar ele no seu computador - mas claramente eles são voltados aos entusiastas como nós, que vão querer testar esses produtos antes do resultado final.

Mais uma posso do Linux no mundos dos games. :)

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo