Home » imagens

PhotoGIMP 2017.1 está disponível para download!

O blog Diolinux orgulhosamente apresenta a versão 2017.1 do projeto PhotoGIMP, o projeto que procura aproximar usuários do Adobe Photoshop ao GIMP, facilitando a transição entre as duas ferramentas.

PhotoGIMP 2017.1 Diolinux




A migração entre softwares é sempre trabalhosa, especialmente quando este programa é um dos pilares do seu trabalho, como é o caso de muitos profissionais com o Adobe Photoshop.

Eu admito que há casos em que o Photoshop será insubstituível para o usuário, mas francamente, isso depende mais do usuário do que do programa e de seus recursos, visto que existem vários profissionais que trabalham somente com o GIMP há muitos anos, você pode escolher as suas desculpas, mas em "90% dos casos" o motivo está simplesmente no dito workflow e na produtividade.

O costume com atalhos, aparência e localização das ferramentas são fatores eventualmente decisivos para quem não quer usar o GIMP.

O PhotoGIMP é um projeto criado especialmente para quem gostaria de utilizar a ferramenta mas é especialmente acostumado com o Adobe Photoshop, ou pessoas que precisam ou querem transitar entre ambos, sem precisar decorar teclas de atalho muito diferentes entre os dois softwares.

PhotoGIMP 2017.1


O PhotoGIMP não é um novo programa, nem sequer é um "concorrente" do GIMP, muito menos do Photoshop, ele é puramente "o GIMP", mas usando toda a liberdade que o software livre nos proporciona, ele foi modificado intencionalmente para ter um workflow mais parecido com o Photoshop, muitas coisas contidas na versão do ano passado se mantiveram, mas o projeto foi ajustado e simplificado.

PhotoGIMP 2017
PhotoGIMP no Linux Mint Cinnamon

No PhotoGIMP 2017.1 você encontra um novo tema GTK que é capaz de ignorar os outros temas, então, independente de qual tema você use, ao ativar o tema do PhotoGIMP ele se manterá o mesmo, isso garante a compatibilidade perfeita com outras distribuições que não sejam o Ubuntu com o tema Ambiance, como acontecia na versão passada. Esta versão do PhotoGIMP é compatível com todas as distros, independente da interface.

Usuários de Linux Mint comentaram que a versão passada simplesmente não se encaixava no tema do sistema e acabava ficando... bom... muito tosco, para dizer o mínimo, acredito que isso tenha se resolvido, como mostra a imagem acima.

PhotoGIMP 2017.1
PhotoGIMP no Windows 10

A versão para Windows também foi atualizada juntamente e agora suporta o mesmo tema, permitindo exatamente a mesma aparência no Linux e no Windows, o que facilita a migração entre plataformas também. Na verdade, agora não existe mais um PhotoGIMP para Linux e outro para Windows, como era antes, é apenas um que funciona nos dois, ou seja, o projeto foi simplificado.

Os ícones das ferramentas estão maiores também, os principais atalhos do Photoshop fazem parte do PhotoGIMP, assim você não precisa decorar tudo de novo, o tema escurecido garante que você não canse os olhos editando imagens o dia todo e a organização espacial das ferramentas também vai te ajudar a encontrar o que você quiser com maior facilidade. Por exemplo, ferramentas comuns organizadas na barra de ferramentas da esquerda como no Photoshop, camadas na direita em baixo, etc.

PhotoGIMP no Deepin 15.4
O projeto também conta com uma série de brushes novos pré-instalados, ideal para quem gosta de fazer desenho digital também.

Outra correção que foi feita é relacionada a adaptação do tema à resoluções diferentes. Este bug acabava fazendo com que o botão de maximizar "sumisse" do GIMP, agora ele deverá funcionar perfeitamente, independente do tamanho da sua tela e da resolução.


Créditos


Para construir o patch PhotoGIMP nós unimos vários projetos abertos em torno do GIMP condensando em um "produto" final, por isso temos que dar créditos a quem realmente merece, que são os desenvolvedores do GIMP (gimp.org), aos desenvolvedores do tema, este tema (ainda que tenha sido modificado por mim), partiu do tema que será liberado com a futura versão do GIMP (O PhotoGIMP é feito em cima do GIMP 2.8.x), agradecimentos também aos desenvolvedores dos brushes. E por último, mas não menos importante, agradeço a todos que me ajudaram testar a nova versão, especial o Ricardo Venturini Bugim que me ajudou a testar várias etapas do projeto passo a passo.

Como instalar o PhotoGIMP no seu sistema


Vamos aos preparativos: Como eu tinha comentado anteriormente, o PhotoGIMP é um patch, logo, ele necessita do GIMP original instalado previamente, por isso instale no seu sistema da maneira que preferir.

Windows: Faça o download do .exe à partir do site e instale normalmente usando o utilitário de instalação, basicamente você pode avançar nele, não há nenhuma propaganda ou "recurso" extra que será instalado indevidamente.

Linux: Dependendo da distribuição haverão formas diferentes de fazer a instalação, porém, o GIMP está nomeadamente no repositório de todas, basta procurar o pacote "gimp" sem aspas no seu gerenciador de softwares ou central de aplicativos.

GIMP na Central de Apps no Linux Mint


Quem prefere fazer pelo terminal pode usar estes comandos:

Ubuntu/Mint/Debian/Deepin/elementaryOS e derivados:
sudo apt install gimp
Fedora e derivados:
sudo dnf install gimp
Arch/Manjaro/Antergos e derivados:
sudo pacman -S gimp
openSUSE e derivados:
sudo zypper install gimp

Uma vez que o GIMP esteja instalado, agora você só precisa baixar o patch e extrair ele para o local indicado. Os arquivos são os mesmos, tanto para Linux, quanto para Windows.


Com o Patch baixado, você verá que tem "em mãos" um arquivo .zip, dentro dele existem instruções para instalação semelhante ao que você encontra aqui em um arquivo de texto, você pode consultar ele.

O que você deve fazer é substituir a pasta de configurações do GIMP pelo nosso patch PhotoGIMP, no Linux e no Windows ela fica dentro da sua pasta de usuários comuns.

Instalação PhotoGIMP no Linux (distros em geral)


Extraia a pasta .gimp-2.8 contida dentro do arquivo ZIP para a pasta do seu usuário, ela deverá manter o ponto antes do nome para ficar oculta. (atenção para o ponto!)

Exemplo de local para extrair:

/home/diolinux(nome do usuário)/EXTRAIA AQUI!

Instalação do PhotoGIMP no Windows 7/8/10


Para o Windows o processo é semelhante ao do Linux, basta extrair a pasta .gimp-2.8 contida dentro do arquivo ZIP para a pasta do seu usuário que fica dentro do disco C.

Por exemplo

C:\Usuários\Diolinux(nome do usuário)\EXTRAIA AQUI!

Depois de extrair, basta abrir o GIMP normalmente.

Caso a modificação não apareça logo de cara, ou ao menos o tema, com o GIMP aberto, verifique se o tema está selecionado e habilitado.

Vá no menu editar>>preferências>>tema e na lista de temas disponíveis procure pelo "PhotoGIMPDiolinux", selecione e clique no botão "OK" e a mudança deverá ser instantânea.

PhotoGIMP Diolinux

Aproveite o PhotoGIMP e divirta-se! Lembre, este projeto não tem qualquer custo, é disponibilizado para você completamente grátis, então compartilhe a matéria como pagamento, indique para amigos que poderão se interessar! :)

Caso você encontre problemas ou tenha sugestões para edições futuras, por favor deixe nos comentários ou nos envie um e-mail contando as suas ideias, quem sabe elas ajudam a forma uma versão futura do projeto.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 26 de abril de 2017

Procurando uma alternativa mais simples para o Photoshop e o GIMP? Conheça o Pixeluvo!

Como eu sempre procuro resolver os problemas dos leitores, ao menos na medida do possível, hoje eu vou apresentar para vocês um editor de imagens que pode ser exatamente o que você estava procurando para realizar os seus trabalhos.

Pixeluvo editor de imagens




Há algum tempo atrás no nosso grupo no Facebook, alguns leitores estavam debatendo sobre a procura por um software que fosse capaz de realizar edições de imagens com um certo nível de complexidade (não tão alto), porém que foi mais simples de utilizar que o GIMP e o Photoshop que tem vários recursos que muitas vezes acabam tornando o uso mais complexo.

Pesquisando por alguma solução que se encaixasse com com este tipo de usuário que prefere não utilizar o GIMP, ainda que ele seja grátis, e também não vê sentido e comprar ou assinar o Photoshop, é que eu acabei encontra o Pixeluvo, comprei uma cópia para mim, sim ele é pago, mas tem um valor relativamente acessível, se compararmos com o produto da Adobe.

Fiz um vídeo bacana para você entender como ele funciona e conhecer as principais ferramentas.



Como você viu no vídeo, eu entrei em contato com os desenvolvedores do Pixeluvo e consegui 5 chaves de ativação para sortear para vocês, para participar do sorteio basta enviar um Tweet pra gente dizendo porque você merece receber a key com a #pixeluvo.

Como essa galera que já está participando:

Pixeluvo Diolinux Twitter

Os vencedores da promoção serão anunciados no canal do Diolinux no Domingo que vem, dia 26 de Março de 2017, então fica ligado! Na Segunda-feira eu faço um post aqui no blog também comentando os vencedores.

Se você quiser comprar o Pixeluvo por sua conta, você pode fazer acessando o site oficial ou através da Steam.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 20 de março de 2017

Steghide - Usando esteganografia para esconder informações em imagens no Ubuntu

Assuntos mais avançados como este não são abordados aqui no blog normalmente, mas por conta de alguns pedidos eu resolvi mostrar uma ferramenta muito interessante que permite que você troque informações com o seu amigo ou amiga de uma forma sigilosa e praticamente indetectável por leigos.

Steghide no Ubuntu




Bom, acho que antes de mais nada vai aqui uma definição do que é esteganografia:
Esteganografia  é uma palavra que vem do grego e quer dizer algo como "escrita escondida", desta é forma é basicamente o estudo de formas ou técnicas para ocultar informações dentro de outras mensagens.
Basicamente o que vamos ver aqui é uma das versões digitais da esteganografia, ou seja, vamos esconder um arquivo de texto dentro de uma imagem , se você quiser ler algo mais abrangente sobre o assunto um lugar legal é a própria Wikipédia e as fontes do artigo da mesma, vai de dar uma noção mais ampla do que é esteganografia.

Este tutorial usará o Ubuntu como base, de modo que o único passo realmente diferente para outras distros que não sejam derivadas será o de instalar o Steghide, para isso consulte a documentação do seu sistema.

Como instalar o Steghide no Ubuntu


Já que a gente vai brincar de "hacker de padaria" vamos usar o terminal para instalar o programa:
sudo apt-get install steghide
O Steghide está no repositório do sistema então é só isso mesmo, depois de instalado, ainda no terminal, você pode verificar todos os parâmetros e principais recursos do programa digitando:
steghide --help
Como neste exemplo:

Steghide no Ubuntu

Só isso já te dará a ideia dos parâmetros e como você pode utilizá-lo, mas vamos dar um exemplo.

Usando o Steghide para esconder um arquivo de texto dentro de uma imagem


Muito bem, antes de fazermos o procedimento precisamos de alguns arquivos, uma imagem no formato jpg, um arquivo de texto .txt com uma "mensagem secreta" dentro com ambos dentro do mesmo diretório, só para facilitar um pouco as coisas.

Steghide

Como você pode observar, eu tenho os seguintes itens:

- Uma imagem chamada "everest.jpg", que nada mais é do que um wallpaper para Smartphone.

- Um arquivo de texto chamado "diolinux.txt" que contém a mensagem "youtube.com/Diolinux".

O que vamos fazer é inserir este arquivo "diolinux.txt" dentro da imagem "everest.jpg"

Steghide no terminal


O primeiro passo é navegar até a pasta que você colocou seu arquivos, se você colocou eles na home como eu, basicamente você precisa abrir o terminal, a localização padrão dele é na própria home. Dê um comando ls para garantir que os arquivos estejam mesmo na pasta. Caso contrário navegue até a pasta desejada usando o comando cd.

comando ls

Agora vamos esconder a mensagem usando o seguinte modelo:
steghide embed -ef mensagem.txt -cf imagemoriginal.jpg -sf novaimagemcomtextoescondido.jpg
Veja o exemplo:

Exemplo

Note que depois de digitar o comando será necessário informar uma "passphrase", ou seja, uma senha para o arquivo, esta não necessariamente precisa ser a sua senha de administrador do sistema, pode ser qualquer outra coisa, ela vai ajudar a deixar o arquivo ainda mais seguro, pois mesmo que alguma pessoa identifique a imagem esteganografada, sem esta senha ela não terá acesso direto ao conteúdo da mensagem. É necessário digitar duas vezes a mesma senha.

Note também que o terminal indicou a criação de um arquivo "novaimagem.jpg", ela só tem este nome porque eu defini isso no comando anterior, você pode colocar o que bem entender. A imagem esta no mesmo diretório dos arquivos originais e ela é idêntica à imagem original também, exceto pelo espaço que ocupa em disco.


Dica: Ao enviar a imagem que contém a mensagem escondida para alguém, evite enviar diretamente pelo Facebook ou outro serviço que comprima a imagem, isso vai fazer com que ela perca as propriedades do arquivo que adicionamos a ela, ao invés disso, envie através de um arquivo compactado, assim você garante a integridade.

Como extrair as informações de uma imagem esteganografada


De nada adianta esconder os dados se você não conseguir revelá-los depois, não é? Bom, o procedimento para revelar as informações de uma imagem esteganografada é semelhante ao de esconder, vamos ao exemplo:
steghide extract -sf imagemsteganografada.jpg -xf arquivoextraido.txt
Seguindo o exemplo que eu dei seria:
steghide extract -sf novaimagemcomtextoescondido.jpg  -xf arquivoextraido.txt
Sendo que "arquivoextraido.txt" é o nome do arquivo com a mensagem oculta que você revelou, você pode dar o nome que quiser pra ele, este foi apenas um exemplo. Será necessário também digitar a senha que você inseriu na hora da criação da imagem, caso contrário o conteúdo não será extraído, logo, certifique-se da dar acesso à senha para a pessoa que você quer que seja capaz de ler a mensagem escondida.

Sobre os parâmetros do Steghide


Como eu comentei anteriormente, você pode consultar a opção "--help" do Steghide para ver todas as opções, mas vou descrever aqui as opções utilizadas nos exemplos anteriores:

-ef : Indica o arquivo de imagem onde a mensagem será imbutida

-cf : Indica o arquivo que será camuflado

-sf  : Indica o nome do novo arquivo criado como uma imagem esteganografada, caso você não especifique um novo arquivo com este parâmetro, o Steghide vai ocultar os dados na própria imagem original.

-xf : Este parâmetro indica a criação de um novo arquivo onde os dados extraídos serão jogados, usamos ele no comando de extração.

Interessante não é? Agora que você aprendeu um truque novo, que tal compartilhar para mostrar para mais pessoas? Faça um bom uso e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 12 de setembro de 2016

PhotoGIMP - O GIMP para quem vem do Photoshop

O GIMP é um programa muito poderoso, muito mais do que as pessoas imaginam, porém, por se tratar de um programa diferente é natural que a maneira de trabalhar com ele seja diferente do popular Adobe Photoshop e isto afasta alguns usuários que não podem "perder tempo aprendendo" uma nova ferramenta.

ATENÇÃO: EXISTE UMA VERSÃO ATUALIZADA DO PHOTOGIMP, CLIQUE AQUI PARA CONFERIR.

O PhotoGIMP é um projeto do Diolinux que visa deixar o GIMP o mais parecido possível com o Photoshop e torná-lo uma opção viável para iniciantes e para avançados.

PhotoGIMP




O PhotoGIMP é um patch que você pode aplicar no GIMP 2.8, tanto para Linux, quanto para Windows. Este Patch adiciona as seguintes características.

Veja também: Na mão de quem sabe o GIMP é uma ferramenta incrível, veja este vídeo.

- Visual semelhante ao do Photoshop: Tema escuro com disposição espacial das ferramentas e painéis de configuração semelhantes aos do Photoshop. Os atalhos do teclado para as ferramentas também são iguais aos do Photoshop.

PhotoGIMP versão Windows
PhotoGIMP versão Windows

PhotoGIMP versão Ubuntu
PhotoGIMP versão Linux

- Recursos adicionais: Foram adicionados vários novos Brushes ao GIMP e também foram adicionados alguns filtros do Instagram para você utilizar de maneira prática:

PhotoGIMP

Brushes

Para turbinar o seu GIMP mais ainda ainda consulte: 17 dicas para deixar o GIMP mais completo.

Como instalar o PhotoGIMP no seu computador?


Como o PhotoGIMP é um patch, será necessário que você tenha o GIMP instalado previamente para poder aplicá-lo, caso você use Linux ele estará disponível na Central de aplicativos da sua distribuição, no caso do Ubuntu basta procurar pela aplicação na Ubuntu Software como na imagem abaixo:

GIMP Ubuntu

Se você usa Windows é possível fazer o download do GIMP no site oficial, basta baixar e instalar normalmente, o instalador é um arquivo .exe tradicional do Windows.

Agora que você já tem o GIMP instalado, independente do sistema, basta aplicar o Patch. Para fazer isso você deve baixar um dos arquivos abaixo:
Versão Linux 14 MB
Versão Windows 14 MB
Você encontra instruções para instalação em um arquivo "Install.txt" dentro do arquivo que você baixar. Basicamente o que precisa ser feito é:

1 - Baixe o arquivo .zip.

2 - Dê dois clique no arquivo baixado.

3 - Clique uma vez sobre a pasta .gimp-2.8

4 - Extraia esta pasta:
   4.1 - No Linux (Ubuntu) para /home/SEUUSUÁRIO
   4.2 -  No Windows para C:\Users\SEU_USUÁRIO

Basicamente é isso, para ativar o tema escuro no Windows pode ser necessário configurá-lo dentro do GIMP acessando o menu editar>>preferências e na sessão "Tema" selecione PHOTOGIMP-DIOLINUX, fechar o programa e abri-lo novamente.

Gostaria de agradecer ao meu amigo Charly por ter feito a nova arte da tela de Splash no PhotoGIMP.

Aproveite e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 27 de abril de 2016

194 GigaBytes: Este é tamanho da maior imagem da Via Láctea já feita

Se você costuma tirar fotos em alta definição no seu Smartphone deve ter percebido  que algumas dezenas delas conseguem lotar um cartão de memória sem muito esforço, porém, astrônomos alemães criaram uma imagem "um pouquinho" maior da nossa galáxia.

Via Lactea Full HD

Poucas coisas despertam-me tanto fascínio do que a Astronomia, é algo realmente incrível para mim, e como eu tenho o hábito de acompanhar as notícias do mundo científico, as vezes mais até do que do mundo Linux, tenho uma coisa interessante para compartilhar com vocês aqui.

Astrônomos alemães em uma universidade do vale do Ruhr em Bochum, mais especificamente, na Alemanha, criaram o que é atualmente a maior foto em alta definição da Via Láctea, que é a galáxia da qual o nesso pequeno e aconchegante Sistema Solar faz parte, a imagem tem nada mais, nada menos do que 46 bilhões de pixels e pesa cerca de 194 GB; muita coisa hein? Já pensou em baixar uma foto assim?

A imagem é na verdade uma junção de várias outras "menores", os cientistas juntaram todas para termos uma noção do visual completo, você pode reparar que existe uma coloração predominante, isso é porque foram usados alguns filtros, não iguais aos do Instagram, mas filtros que deixam apenas alguns tipos de ondas de luz passarem, o objetivo era deixar as estrelas, sobretudo as do centro da galáxia que são mais difíceis de ver, mais nítidas.

As imagens foram juntadas à partir do observatório chileno que fica no deserto do Atacama, o trabalho demorou cerca de 5 anos para ser feito. 

Como nem todo mundo tem um conexão boa o suficiente para baixar a imagem (ainda neste ano) ou até mesmo espaço no HD para comportar apenas uma imagem, foi criada uma página que permite que você visualize o projeto diretamente pelo seu navegador, com um certa interatividade, você pode dar zoom (muito zoom!) assim como mudar os filtros de luz, clique aqui para acessar.

E aí, já imaginou ter a Via Láctea de Wallpaper?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 26 de outubro de 2015

GThumb um programa simples para editar a suas fotos no Ubuntu

Se você não é profissional e se atrapalha com programas avançados como o GIMP e quer um programa mais simples que se aproxime mais ao PhotoScape, o GThumb pode ser uma ótima alternativa.

GThumb
GThumb

Um programa simples para "dar um trato" nas suas fotos


Muitas pessoas já me pediram se eu conhecia um bom programa para editar fotos de maneira mais simples e básica, já que o GIMP é um editor tão avançado quanto o Photoshop, acredito que as pessoas gostariam de algo semelhante ao PhotoScape mesmo, então preparei até um artigo ensinando a instalar o PhotoScape no Ubuntu, você pode clicar neste link para vê-lo.

Mas talvez não seja necessário usar o PhotoScape, o novo GThumb possui uma série de melhoria, dentre elas novos filtros de imagens e opções para fazer pequenas correções de cores e posições, como você pode ver na imagem acima.

Como instalar o Gthumb no Ubuntu

Para instalar o Gthumb é simples, basta copiar todo o conteúdo abaixo e colar no terminal, pressionar a tecla "enter", digitar a sua senha e pressionar a tecla "enter" novamente.

sudo add-apt-repository ppa:webupd8team/gthumb -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install gthumb
Uma outra boa opção para quem busca um editor fácil para o Ubuntu e talvez até com mais recursos é o Pixlr Touch Up, confira neste artigo.

Até a próxima!

Fonte
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.
sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Nathive - Uma alternativa simples ao Photoshop e ao GIMP

Você quer fazer pequenas edições e montagens com recursos dos principais programas do gênero de manipulação de imagem não deixe de conhecer o Nathive Image Editor.

Nathive Image Editor


Uma ferramenta para você brincar um pouco com design


Como toda a certeza o Nathive está mais para um software parecido com o MS Paint ou o My Paint do que com o Adobe Photoshop ou GIMP, mas ele tem ferramentas dos dois tipos de softwares, por exemplo; você pode trabalhar com camadas com ele, cortar imagens, fazer pequenas montagens, e usar o pincel para desenhar, mas não consegue aplicar filtros e outras correções de imagem mais avançadas.

Sei que tem muitas pessoas que sentem falta de um programa simples como este, nem que seja para fazer pequenas montagens em fotos como faziam no Paint do Windows.


Download do Software


Ele ainda está em fase Beta, devem haver bugs que precisam ser corrigidos e também é possível que com o tempo novos recursos sejam implementados, para instalar ele no seu Ubuntu basta ir até a página de download e baixar o pacote .deb apropriado e instalar pela Central de Programas dando dois cliques.

O programa é muito leve e o download, pasmem, tem apenas 136 KB de tamanho. pelo tamanho que tem ele faz muita coisa mesmo, ideal para usar em computador mais modestos.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.
quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Pixlr Touch Up, uma ótima alternativa ao PhotoScape

Quer colocar alguns efeitos, filtros e correções nas suas fotografias com um programa extremamente leve e fácil de utilizar? Então confira o nossa matéria sobre o Pixrl Touch Up.

Pixrl Touch Up


Edite imagens facilmente com poucos cliques com o Pixlr Touch Up


Editar imagens deixou de ser uma coisa exclusiva de profissionais a muito tempo, e programas como o PhotoScape que ensinamos a você a instalar no Ubuntu recentemente, são responsáveis pela quebra deste paradigma.

Para usuários que querem um programa com mais recursos o GIMP é sem dúvida a melhor opção, mas e se você quiser apenas colocar alguns filtros como os que existem no aplicativo do Instagram ou do popular App "Retrica"?

Conheça o Pixlr Touch Up


Pixlr Touch Up - Função cortar imagem
Imagem: Chrome Web Store


O Pixlr Touch Up é uma aplicação desenvolvida para os Chromebooks, mas que roda em qualquer Google Chrome, pela Autodesk, a mesma empresa que desenvolve o popular AutoCad.

Com ele é muito simples de editar as suas imagens para deixá-las com uma aparência melhor, tudo o que você precisa é ter o Google Chrome instalado no seu sistema e adicionar este aplicativo.

Adicione o Pixrl Touch Up ao seu Chrome

Como diferencial do App podemos apontar o fato dele funcionar independente de conexão com a internet, ao contrário da maioria dos Apps da Chrome Web Store, ele também pode importar e salvar arquivos diretamente do seu Google Drive e possui diversas ferramentas fáceis para cortar uma imagem, mudar o seu ângulo, escrever sobre ela e fazer colagens.
Experimente e depois diga-nos o que você achou do Pixrl Touch Up.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.
sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Como instalar o editor de imagens PhotoScape no Ubuntu

O PhotoScape é um editor de imagens extremamente simples, eficaz e popular disponível para Windows, ele possui diversos usuários pelo mundo todo e tem um público específico, que são as pessoas que querem fazer um tratamento de imagem semi-profissional sem mexer em programas mais avançados como o Adobe Photoshop ou GIMP, hoje vamos aprender a instá-lo no Linux.

photoscape-rodando-no-linux

Veja como instalar o popular editor de imagens PhotoScape no Linux


No Linux temos ótimas opções quando se fala em edição de imagem, não tem como falar disso sem tocar no nome do excelente GIMP, mas cá entre nós, eu reconheço o valor de um editor como o PhotoScape, ele é ideal para pessoas com nenhuma experiência em edição de imagem, com ele você consegue aplicar alguns filtros e fazer pequenos ajustes para deixar as suas fotos com uma aparência mais bacana.

O lado bom é que ele é grátis, o ruim é que ele só tem versão para Windows, entretanto, o software funciona extremamente bem através do Play On Linux, um utilitário para o Wine (Programa para rodar aplicativos de Windows no Linux), então para dar-lhe mais uma opção e mostrar a maleabilidade do Linux mais uma vez é que preparamos um tutorial para que você possa instalar o PhotoScape em qualquer distro Linux.

Como instalar o PhotoScape no Linux


Primeiramente vamos precisar instalar o Play On Linux, este programa está presente nos repositórios da maioria das distribuições, no caso do Ubuntu (que é o sistema que vou utilizar neste tutorial) podemos instalá-lo através da Central de Programas com poucos cliques.

Clique para instalar o Play On Linux no Ubuntu
O próximo passo será baixar o PhotoScape, baixe diretamente do site para evitar que sejam oferecidos programas de terceiros (vide Baidu e adjacentes), para fazer o download clique aqui.

Agora abra o Play On Linux pelo menu do seu sistema:

1 - Clique em "Instalar" e na parte inferior clique em "Instalar um programa não listado"

PhotoScape no Linux

2 - Na tela seguinte, clique em "Avançar"

PhotoScape no Linux

3 - Na próxima etapa seleciona a opção "Instalar um programa em uma unidade virtual nova" e posteriormente clique em "Avançar"

PhotoScape no Linux

4 - Na etapa seguinte você pode dar o nome que quiser a instalação, por questão de organização eu sempre coloco o nome do programa que estou instalando então minha sugestão é colocar "photoscape", feito isso clique em "Avançar" novamente.

PhotoScape no Linux

5 - Na próxima tela não é necessário configurar nada apenas clique em "Avançar" mais uma vez.

PhotoScape no Linux

6 - Na próxima tela selecione a instalação de 32 bits e clique uma vez mais em "Avançar"

PhotoScape no Linux

7 - Aguarde enquanto o Wine é configurado

PhotoScape no Linux

8 - Clique no botão "Navegar" e selecione o instalador do PhotoScape, depois disso clique em "Avançar".

PhotoScape no Linux

9 - Nesta etapa o instalador do PhotoScape vai se abrir e você deve proceder a instalação exatamente como faria no Windows, dando Next e selecionando as opções que você considera convenientes.

PhotoScape no Linux

10 - Assim que a instalação for concluída o Play On Linux irá sugerir que você crie atalhos para o aplicativo na área de trabalho e no próprio Play On Linux, você pode escolher as opções que desejar.

PhotoScape no Linux

E aí está o aplicativo rodando com todas as suas ferramentas no Ubuntu 14.04 LTS.

PhotoScape no Linux

A partir de agora sempre que você quiser usar o PhotoScape basta abrir o Play On Linux, selecionar o aplicativo e clicar em "Play" ou "Executar".

Caso você tenha alguma dúvida preparamos um vídeo explicando todos os detalhes de uso do PlayOnLinux, clique aqui para acessar o vídeo em nosso canal.

Pelos testes que realizei, apesar da aparência "Windows XP" o software funciona perfeitamente, todos os efeitos e ajustes rápidos que são suas melhores características estão todos funcionando sem apresentar bugs.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.
segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Corel AfterShot Pro com versão para Linux

Tratamento de imagens com AfterShot pode ser feito no Linux também

E mais uma vez o mercado vai se abrindo, desta vez temos como exemplo a Corel que disponibiliza o seu famoso AfterShot Pro também para o sistema do Pinguim.

corel-aftershot-pro-linux


É uma ótima ferramenta para fazer pequenos tratamentos de imagens e trabalhar com arquivos do tipo RAW, ele é um software profissional e de código fechado, possui uma versão trial para que você teste e se gostar você pode adquirir uma licença por volta de R$ 215,00.

Para baixar a versão trial para Linux acesse esta página, uma outra boa opção para isso que é gratuita é o RawTherapee que está na central de programas do Ubuntu.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

segunda-feira, 31 de março de 2014

Foto: Novo Visualizador de Imagens para Ubuntu

Um programa muito elegante para que você possa ver as suas fotografias

O Visualizador de imagens é um programa essencial para qualquer sistema operacional, e a maioria dos usuários não se importa muito com ele desde que o mesmo funcione de maneira adequada.

foto-image-viewer


Apesar de ser um aplicativo ainda em construção, como a maioria das coisas no mundo Linux, o "Foto" se mostra uma opção muito interessante, especialmente pelo Design bem acabado, especialmente se você usa o Elementary OS, a aparência dele se encaixa muito bem com o sistema, apesar disso ele pode ser instalado no Ubuntu e no Linux Mint.

Instalação de Visualizador de Images "Foto"

Para instalar este programa vamos usar um código PPA, se você é um usuário novato recomendamos que leia este artigo com as principais dicas para se dominar os PPAs. Prosseguimos, abra o seu terminal e cole os seguintes comandos:
sudo add-apt-repository ppa:erasmo-marin/foto-daily-builds
sudo apt-get update
sudo apt-get install foto

Aproveite seu novo software!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

SmartShine - Faça pequenas edições de imagens no Ubuntu

Uma boa opção para fazer ajustes fotograficos

Smart Shine é um novo aplicativo disponível na Central de Programas do Ubuntu que permite pequenos ajustes em fotografias.

SmartShine Ubuntu


Prós e Contras

Assim que você abre uma foto do SmartShine ele ajusta automaticamente o brilho, a cor e o contraste da imagem, e este talvez seja umas das boas coisas que ele traz, porém, ao mesmo tempo é um contra também, pois não permite ao usuário que ajuste essas configurações da maneira que ele entender.
Existem mais alguns recursos disponíveis, como modificar a orientação, espelhar a imagem e escolher em qual formato ela deverá ser salva.
Logo que você abrir uma foto no SmartShine você conseguirá visualizar o "antes e o depois" da sua imagem.

Instalação

Para instalar no Ubuntu é muito simples, basta procurá-lo na Central de programas ou usar o comando abaixo:

sudo apt-get install smartshine

Bom proveito, agora fazer pequenas modificações nas imagens não será mais problema. =)

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

quarta-feira, 5 de junho de 2013

DIOLINUX PACK WALLPAPERS - FEVEREIRO / 13

download-wallpapers

Fevereiro está ai, e o nosso pack mensal acaba de sair do forno. Desta vez mudei um pouco o foco e fiz uma seleção de imagens um tanto quanto psicodélicas, certamente irão agradar aos fans de PinkFloyd.

A pacote conta com 18 wallpapers em alta resolução e exatamente 17 MB para baixar, download abaixo.

download

Gostou? Comente e deixe sua dica para o próximo mês. (;


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Novo Twitter para Android adiciona opção de filtros na imagens e é novo concorrente do Instagram

O Twitter agora é uma rede social de fotos também

Pelo menos se você tiver um Smartphone, o Twitter, uma das redes sociais mas usadas do mundo tinha anteriormente uma parceria com o Instagram, rede social que antes de ser comprada pelo Facebook tinha a pretensão de ser tão exclusiva quanto possível.
Depois do rompimento da parceria o Twitter resolveu entrar neste segmento também e agora o app do Twitter para Smartphones recebeu uma atualização que permite aplicar filtros nas fotos tal qual o Instagram faz.

Twitter per Android 3.6.0

Para usar a nova versão configura o programa na Google Play, se seu Android estiver devidamente configurado ele deve mostrar que há uma nova atualização.
Se o recurso vai fazer sucesso só o tempo dirá, mas a margem de usuários que o Twitter pode atingir devido a sua popularidade é muito maior do que o Instagram já sonhou em ter. 
E aí, o que achou da novidade?

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Como vetorizar imagens usando o Inkscape

Aprenda a transformar imagens em png/jpg/etc... em imagens vetoriais

Esta é uma grande dica para quem trabalha na área de Design Gráfico ou é um "hobbista" neste segmento.
Existem bons softwares livres para executarmos tarefas gráficas, GIMP e Inkscape são dois bons exemplos.
As vezes precisamos transformar uma imagem de pixel em um vetor para que possamos manuseá-las com maior facilidade sem que elas percam a qualidade.

Como fazer

Primeiramente instale o inkscape na sua distro, se usar o Ubuntu ou Linux Mint basta digitar o seguinte comando no terminal

  • sudo apt-get install inkscape
Ou procure na central de programas.
Instalado, tenha em mãos a imagem que você quer vetorizar, abra o Inkscape e importe a imagem pelo menu arquivo:


Depois selecione a imagem e com ela selecionada clique no menu caminho e depois em vetorizar bitmap 


Neste momento a janela abaixo vai se abrir, nela você pode configurar o tipo de vetorização que você deseja fazer, no caso de imagens em preto e branco a melhor opção de configuração é normalmente esta abaixo, marcando a opção tons de cinza e desmarcando a opção suavizar.


Depois que você configurar a seu gosto dê OK e feche a janela, agora é só arrastar a imagem para o lado e você terá a sua original em bitmap e a sua nova imagem vetorial.


Segue um vídeo tutorial para melhor ilustrar o que foi descrito.


É isso ai galera, até a próxima.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


terça-feira, 4 de dezembro de 2012