Diolinux - Open Source, Ubuntu, Android e tecnologia

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador ipad. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ipad. Mostrar todas as postagens

Como transferir músicas e vídeos para o iPhone usando Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

No tutorial de hoje vamos lhe mostrar uma maneira de adicionar mídias do seu computador com Linux para o seu iPhone ou iPad sem maiores problemas, vamos lá?

Como transferir arquivos do Linux para iOS

Como transferir arquivos do Linux para iOS


Este tutorial foi escrito em parceria com o nosso leitor Frater Alpha para auxiliar usuários de dispositivos da Apple e que preferem no Linux em seus computadores. 

Infelizmente a "empresa da maça" não criou uma versão do iTunes para Linux e apesar dos players Banshee, Clementine e Rhythmbox conseguirem ler os dados dos iDevices eles não conseguem sincronizar as bibliotecas. No meio tempo em que eu tentava encontrar uma solução eficaz para transferir os dados do Linux para o iPhone eu recebi várias mensagens e e-mails de pessoas que tinha aparelhos da Apple comentando que o meu tutorial de instalação do iTunes pelo Wine não estava mais funcionando, parece que a Apple mudou bastante o iTunes e agora ele ficou incompatível.

Então graças a um pouco de pesquisa e principalmente da ajuda do nosso leitor encontramos uma maneira de pelo menos contornar o problema, segue o texto.

Usando o VLC para transferir áudio e vídeos para seu iPhone e iPad sem precisar usar iTunes ou Cabos

Que a Apple têm excelentes equipamentos todos sabemos, mas infelizmente sabemos que mais que todas as outras empresas nos força a usar só seus gadget e softwares e no nosso caso que usamos Linux vinhamos tendo muita dificuldade em transferir áudios e vídeos do no pc para nosso iPhone ou iPad, pois já faz um tempo que o iTunes parou de sincronizar via PlayonLinux ou Wine e nem instalando o Windows numa máquina virtual e rodando o iTunes não esta funcionando mais, até o player Banshee que estava conseguindo transferir alguns áudios deixou de funcionar com o novo IOS 9, e ai o que fazer instalar o Windows só para sincronizar?, depois de muito “quebrar a cabeça” consegui transferir áudios e vídeos do meu pc com Linux Ubuntu para meu iPhone de forma muito simples mas deixa de enrolação e vamos ao que interessa.

OBS.: É necessario ter uma rede wifi e seu pc e Iphone ou iPad estarem conectados na mesma rede.

1 -  Entre na App Store usando seu iPhone ou iPad e baixe o Player VLC for iOS; É além de tudo um excelente player pois abre praticamente todos os formatos de áudio, vídeos e vai nos ajudar na transferência dos nossos arquivos.

2 - Depois de baixar e instalar VLC em seu aparelho, abra ele, e de um toque no ícone que se encontra no canto superior esquerdo, em seguida ative a opção Sharing via wifi; note que irá aparecer um número ip e em baixo um nome no caso que foi dado ao seu aparelho.

VLC para iOS

3Abra seu navegador no seu PC e digite na barra de endereços o número ip que apareceu em seu aparelho e pressione a tecla "enter".

4 - Em seu PC irá aparecer uma tela parecida com essa abaixo:

Como passar músicas do Linux para o iOS

Em alguns casos pode aparecer no lugar do botão Upload files simplesmente um botão com o simbolo de mais + ; Agora é só clicar nesse botão Upload file ou no sinal de + se for seu caso que irá abril a opção para selecionar os arquivos que irão ser carregados ou simplesmente arraste e solte os arquivos para essa área e pronto como vemos abaixo:

Como passar músicas do Linux para o iOS

- Aguarde até que tudo seja copiado para o aplicativo no iOS. Dependendo do tamanho dos arquivos, esse passo pode demorar vários minutos. Não desconecte o computador ou o gadget da rede até que tudo seja concluído.

Como passar músicas do Linux para o iOS

Quando a transferência terminar, o vídeo ou áudio deve estar disponível na biblioteca do VLC em seu gadget. 

Pronto agora é só curtir seus vídeos ou áudio em seu aparelho, bom divertimento.

Acessando arquivos do iOS pelo Linux


Se você desejar passar arquivos do iPhone para o Linux o caminho é mais simples, do Ubuntu 14.04 em diante há suporte nativo para os aparelhos da Apple, porém, como a mesma costuma modificar com uma certa frequência pequenos parâmetros de comunicação dos aparelhos com hardwares não Apple poder ser necessário instalar dois pacotes, ambos você encontrar na Central de Programas do Ubuntu ou no repositório de qualquer distribuição Linux, são eles:

- ifuse

sudo apt-get install ifuse
- libimobiledevice4

sudo apt-get install libimobiledevice4
Desta forma você conseguira passar as fotos que você tirar no seu iPhone ou iPad, ou até mesmo os vídeos para o seu computador, basta conectá-los via cabo USB e ele vai aparecer no seu gerenciador de arquivos como qualquer aparelho Android.

Pense bem antes de adquirir um aparelho da Apple, pelo menos por enquanto 

 
Tudo bem, os aparelhos da Apple são ótimos, mas eles também são muito fechados e "individualistas", se é que posso usar este adjetivo, se você comprou o seu iDevice antes de começar usar Linux o negócio é usar o nosso tutorial, por enquanto não tem muito o que fazer, quem sabe no futuro a Apple faça o iTunes para Linux mas é melhor não ficar esperando por isso, afinal você pode cansar...


Se por outro lado, você já usa Linux e pretende continuar utilizando, tenha em mente que o iDevice que você almeja não tem uma compatibilidade perfeita com o sistema e você não vai poder usar ele da mesma forma que os outros usuários de Mac OSX e o Windows, então esteja ciente disto antes de comprar.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




iCloud exclui seus arquivos sem lhe avisar

Nenhum comentário

sábado, 18 de julho de 2015

Um dos serviços mais utilizados da Apple, o iCloud, apresentou um problema esta semana.

Sem rasão óbvia o iCloud exclui seus arquivos

O iCloud, que como é descrito pela Apple como uma solução segura para armazenamento de dados na nuvem mantendo o seu Mac, iPad, iPhone, iPod Touch, ou PC sincronizados.
Em Fevereiro deste ano, foi publicado aqui no Diolinux o artigo "Apple abre o iCloud e o iWork para todos os usuários independente da plataforma"
No dia 14 deste mês o iCloud apresentou uma falha onde sem rasão alguma, seus arquivos são excluídos.A falha foi descoberta pelo desenvolvedor Mark Jaquith que explica que com uma simples situação em que somente ao mover um arquivo de lugar para o outro, seus arquivos são excluídos para sempre sem aviso e sem haver chance de restituí-los.

Quando se compra um novo Mac, é esperado que o iCloud traga os seus arquivos salvos depois de um rápido sign in (o que na verdade, não é o que acontece instantaneamente, pois o iCloud Drive possui somente arquivos do tipo ".icloud").

Trabalhando na ideia de mover os arquivos do seu iCloud Drive para outro drive na nuvem como o Dropbox, ou para o seu HD ao arrasta-los, a Apple exibe um pop-up informando que os arquivos serão movidos para um novo Mac, só que não é isso o que acontece na verdade. Seus arquivos são perdidos nesse processo (até mesmo para recuperá-los).
No lugar dos arquivos ficam outros no estilo file_name.file_extension_icloud que tem o tamanho de alguns KBs. Os arquivos do iCloud Drive não estão no seu Hard Drive lecal, nem no iCloud Drive e nem em algum servidor... se perderam... para sempre... e sempre D-:

Mark informou que não existe nenhum aviso por parte da Apple informando que os arquivos contidos no iCloud não foram sincronizados ou exibindo que eles foram perdidos. Mark também explica o que você não deve fazer: Não mova ou exclua esses arquivos do iCloud que não foram sincronizados, pois a Apple não lhe informará que você perderá esses arquivos (esse mesmo tipo de problema já ocorreu no passado com os metadados do iBook ou o do iTune que desaparecia com os álbuns salvos e etc).

O estranho é que a informação publicada por Mark está fora do ar... Fazer o que né? A vida é dura.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




iOS pretende ser mais aberto no futuro, diz Tim Cook CEO da Apple

Nenhum comentário

quarta-feira, 29 de maio de 2013

O sistemas dos iPhones e iPads corre atrás do Android?

Que o Android já é sucesso absoluto de mercado todo mundo já sabe, ainda mais depois do incrível número de ativações anunciado pelo Google recentemente, e seu principal concorrente ainda é o iOS, sistema que controla os aparelhos da Apple.
Uma das coisas que os usuários Android e Linux gostam ( e exaltam ) nesse tipo de sistema é a grande possibilidade de personalização e maleabilidade que o sistema tem, pensando nisso, segundo a notícia do TheAllThingsD, Tim Cook, CEO da Apple, afirma que no futuro a Apple poderá ser mais aberta, no sentido de abrir o sistema operacional para desenvolvedores assim como fez a Google com o Android.

Tim Cook - CEO Apple


Mas ao que parece, nada de mudanças drásticas, como usar o Facebook Home será possível, segundo diz: "Os usuários nos pagam para tomarmos decisões por eles"
Não é por nada não, mas  esse tipo de iniciativa não vai abalar e nada o Android, acho legal para usuários de iPhone, quem sabe o produto melhor ainda mais, sim eu considero o iOS um bom sistema, mas nada me deixa mais frustrado que uma declaração como essa.

Como assim eu pago para vocês tomarem decisões por mim?!?!

Na prática é isso que acontece, o que eu não entendo como alguém pode realmente gostar disso. Sei que existem usuários de todos os tipos, mas sinceramente não entendo.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Evasion: Jailbreak no iOS6 no Ubuntu

Um comentário

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

Desbloqueando o seu iDevice

Com este software multiplataforma você poderá desbloquear o seu iPhone, iPad ou iPod.

O processo é muito simples, mas antes de começarmos precisamos fazer algumas coisas pra garantir a segurança do seu aparelho.

iOS 6


- Faça Backup do seu iPhone pelo iTunes  - Veja como instalar o iTunes no Ubuntu aqui - ou pelo iCloud.

- Desabilite o código de bloqueio do seu iOS, ele pode prejudicar na hora do Jailbreak.

- Evite mexer no seu aparelho ou no iTunes enquanto o Evasion estiver em ação.

- Se por acaso o processo travar em algum momento e não andar mais, desligue o aparelho e  comece de novo.

Evasion - Jailbreak iOS 6 no Ubuntu

Depois de tudo pronto, basta conectar o seu aparelho, aguardar ele ser reconhecido e clicar em Jailbreak para começar o processo de desbloqueio.


As versões de iOS suportadas são:

  • iOS 6.0;
  • iOS 6.0.1;
  • iOS 6.0.2;
  • iOS 6.1.
O Evasion  não pode desbloquear todos os iDevices do mercado, mas segue a lista dos aparelho compatíveis:


  • iPhone 3GS;
  • iPhone 4 GSM;
  • iPhone 4S;
  • iPod Touch 4G;
  • iPod Touch 5G;
  • iPad 2 Wi-Fi;
  • iPad 2 3G;
  • iPad 2 2012;
  • iPad 3 Wi-Fi
  • iPad 3 Wi-Fi + 4G;
  • iPad 4 Wi-Fi;
  • iPad 4 Wi-Fi + 4G;
  • iPad Mini Wi-Fi;
  • iPad Mini 3G.

Instalação o Evasion no Ubuntu ou no Linux Mint via PPA

Abra seu terminal e digite os seguintes comandos:


sudo add-apt-repository ppa:noobslab/evasion
sudo apt-get update
sudo apt-get install evasion-linux

Depois basta abrir o programa pela Dash:

Jailbreak de iOS 6 no Ubuntu

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Apple processa Google e Android | FanBoys e Coorporativismo

5 comentários

terça-feira, 13 de novembro de 2012


Pela primeira vez Apple inclui o Android nas suas acusações de violações de patentes

Hoje li esta notícia no IDGNow relatando mais uma vez que a Apple está processando a Samsung incluindo mais alguns modelos, incluindo o novo Galaxy Note 2.
Até aí nada de novo, a diferença é que agora o Google e o Android ( Jelly Bean) foram inclusos no processo por violar patentes. A acusação no caso do Android é por ele usar uma interface parecida com a do iPhone, e ter funcionalidades semelhantes.

Apple Samsung e Google

Minha opinião - Fanboys e copy/paste

Uma coisa é clara, o medo que a Apple tem de ser passada pra trás ( e já foi em alguns segmentos ), lembre-se da história, antigamente a briga principal era com a Microsoft, onde o Windows suplantou o Mac OS, os Macs não são usados em servidores onde o Linux domina amplamente, o único segmento que a Apple reinou segura ( até pouco tempo ) era o de Tablets e Smartphones, foi então que surgiu uma empresa Sul Coreana chamada Samsung em parceria com a empresa mais onipresente do mundo, a Google ( com seu Android ), e criou uma plataforma boa a suficiente para ser concorrente.
As acusações são sempre em cima de roubo de propriedade intelectual na sua maioria, certo a Apple tem que se conformar que como pioneira que foi acabou ditando alguns padrões, como os Smartphones com a tela sensível ao toque, e é natural que outras empresas do mesmo segmento baseiem seus modelos em moldes de sucesso.

FanBoys da Apple

Mas uma coisa que acho estranho, como será que a Google iria copiar o iOS? 
Ele é mais fechado do que o Windows ( mas é melhor!), ter um iPhone na mão, acredito eu, não é o suficiente para copiar o sistema certo? OK, você poderia observar o comportamento do OS, e então fazer com que o seu tenha as mesmas funções, logicamente seria muito mais fácil a Apple copiar o Jelly Bean do que o contrário, o Android, sistema livre baseado em Linux que é, certamente é mais "estudável" do que qualquer iOS, e antes de mais nada ainda em 2008 já existiam protótipos do Jelly segundo o site Gizmodo.
Uma coisa é certa, pra Apple se manter ativa ela precisa de mais FÃS do que USUÁRIOS, conheço alguns donos de iPhones que venderiam a alma para o Tim Cook caso a Apple precisasse de ingredientes raros para o iPhone 6.
Claro, quero dizer que nem todo usuário de produtos da Maça é deste tipo, boa parte são realmente só usuários, e não ligam tanto para a marca, afinal os iPhones e os iPads são produtos de excelente tecnologia e qualidade, o que me admira é o Fanboy da Apple que compra seus dispositivos só por que tem uma Maça de Cupertino estampada "na lataria".

Do ponto de vista coorporativo

Apple depende da Samsung para peças do iPhone

Um coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa, já diz o ditado, é meio retórico até, a Samsung obviamente lucra mais com a Apple do que o contrário, inclusive a Apple é muito dependente da Samsung, o tão poderoso chip de processamento A6 do iPhone e as memórias RAM do mesmo são produzidos pela Samsung. Imagina se a empresa resolvesse boicotar o iPhone o que aconteceria?



Comparação de produtos

Quer vender seu rim para comprar um iPhone, ou que tal comprar o Galaxy S3 e vender o outro rim?

E ainda tem gente que diz que comprar iPhone é coisa de rico, mas vai lá e compra um S3 com o mesmo valor praticamente, irônico no mínimo, porém pelo menos ao comprar um S3 você estará pagando por um Hardware superior com um processador mais potente, mais memória e capacidade de alterar o aparelho, adicionando cartões de SD, com uma tela maior e que não é preso ao Mac Mundo.

É interessante analizar o custo benefício sem olhar a marca


Sinceramente, qual a vantagem do iPhone? Ele é um aparelho execelente, mas se você for comparar valores do último lançamento e comprar outros Smartphones, como o HTC One X Plus chega a ser covardia, o HTC deixa o S3 para trás e faz o iPhone 5 parecer uma calculadora ( científica ).
Até que ponto vale a pena pagar pela marca?
Pense no que é melhor para você, o que vai suprir suas necessidades.

Você deve escolher pelo que te beneficia

Em vez de perder tanto tempo atrás de patentes ( que nunca são comprovadas ) e investir para criar um iPhone novo com mais recursos do que um tamanho maior e um sistema de mapas que não funciona! Tirar um tempinho pra ensinar a Siri a falar português direito também não seria mau negócio, portar a internet 4G no Brasil também não. Foco né?


A Apple também é processada!

Enquanto as luzes dos holofotes ficam sobre o processo contra a Samsung, do lado escuro do palco a Apple também leva seus processos.
A própria Samsung afirma que o iPhone 5 violou 8 patentes do Galaxy S 3, na Coreia, 27 Mil usuários de iPhone pretendem processar a Apple por invasão de privacidade, não podemos também esquecer que este ano a Apple deixou vazar a informação de mais 12 Milhões de usuários de iPhone como noticiamos nesta matéria. 
Ou seja, nem tudo são flores, esse tipo de disputa só serve para atravacar a desenvolvimento da tecnologia móvel no mundo.

Qual sua opinião a respeito?

E para acabar com a tensão artigo, vou deixar uma imagem muito legal que descreve a anatomia de um FanBoy qualquer:

anatomia de um fanboy


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Dados da Apple são divulgados por hackers

Nenhum comentário

terça-feira, 4 de setembro de 2012

iPhoneHackers publicaram no site Pastebin uma lista contendo 1.000.001 números de identificação (UDIDs) de iPhones e iPads, que teriam sido roubados do notebook de um agente do FBI. Na página, os responsáveis pelo vazamento afirmaram possuir ainda um arquivo com mais de 12 milhões de UDIDs, contendo informações pessoais de usuários como nomes, telefones, endereços e códigos postais.


De acordo com a publicação, os dados foram obtidos do notebook Dell Vostro do agente especial de supervisão do FBI Christopher K. Stangl, e divulgados sob a bandeira da operação AntiSec, associada a grupos de ciber-ativistas como o Anonymouse o LulzSec.
Os hackers teriam aproveitado uma vulnerabilidade em uma aplicação Java no computador para ter acesso ao equipamento e ao suposto arquivo. Como os registros divulgados no Pastebin não apresentam informações completas dos usuários dos produtos da Apple, acredita-se que eles tenham sido obtidos pelo FBI junto a desenvolvedores, e não com a própria fabricante.
O FBI, porém, divulgou um informativo que nega a existência de evidências que confirmem que os dados tenham sido roubados do computador de um agente. Além disso, o departamento de investigação afirma que não há motivo para acreditar que a agência tivesse as informações em questão.

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Após o lançamento do novo iPhone, Apple deve anunciar novo iPad

Nenhum comentário

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

iPad

A Apple pode estar preparando um evento em outubro para apresentar um modelo de iPad menor, de acordo com fontes do blog All Things Digital, vinculado o jornal The Wall Street Journal. Com isso, o segundo modelo de tablet da linha chegaria depois da próxima geração do iPhone, que deve ser lançada em um evento programado para 12 de setembro .
Rumores sobre um tablet chamado "iPad mini" estão circulando há algum tempo, mas aumentaram após o lançamento do Kindle Fire , tablet da Apple, e do Nexus 7 , tablet do Google, ambos com telas de 7 polegadas. De acordo com o site ArsTechnica , o novo tablet pode ter tamanho de 7,85 polegadas e preço em torno de US$ 199, faixa alcançada pelos concorrentes.
Até o momento, fontes acreditavam que o iPad menor seria lançado no mesmo dia que o novo iPhone. Os dois produtos chegariam juntos às lojas, provavelmente em 21 de setembro. Além dos dois produtos, a Apple deve renovar sua linha de iPods (iPod Touch e Nano) junto com o anúncio do novo iPhone
Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Apple vence primeiro round em disputa com Samsung

Nenhum comentário

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Samsung vs Apple

E foi quase um nockout, se você acompanha o Diolinux com um certa frequencia deve ter percibido que relatamos seguidamente as reviravoltas e ações da disputa por patentes entre Samsung e Apple.
Pois bem, hoje o caso teve um desfecho, ou o começo de um pelo menos...


O júri ouvido em um tribunal na cidade San Jose, na Califórnia, deu ganho de causa para a maioria das propriedades intelectuais que a companhia liderada por Tim Cook vinha questionando no demorado litígio judicial. Portanto, a Samsung deve pagar mais US$ 1 bilhão de indenização.

Não precisa ser vidente para imaginar que a coreana vai recorrer da decisão. Ela pode e certamente vai, ainda que a cifra bilionária não inviabilize a operação da Samsung. Nem de longe – como maior fabricante de celulares no mundo, eles podem pagar o valor brincando. Mesmo.

Para ser mais exato, o júri decidiu que a Samsung deve pagar US$ 1.051.855.000.

O júri decidiu como procedente as reclamações da Apple de que produtos da Samsung infringiam a identidade visual da Home Screen do iPhone e a traseira preta do iPhone. O Galaxy Tab, por outro lado, não infringe patentes do iPad, de acordo com a mesma decisão.

Árvore de Dinheiro

Além de decidir majoritariamente a favor da Apple, o fim deste litígio assegura a validade das patentes do gigante fundado por Steve Jobs. A Samsung vinha questionando a legalidade de uma série de patentes para itens óbvios ou que existiam antes de serem “registrados” no escritório de patentes americanos. Agora a Apple tem a certeza de que poderá disputar com as mesmas patentes em mãos noutros casos.

Para recapitular: a Apple foi à briga com a Samsung por conta de diversas similaridades entre produtos vendidos pelas duas empresas. Após ambas apresentarem uma série de provas, laudos técnicos e testemunhas, o júri formado decidiu em favor da Apple na maioria das questões. A dinâmica do júri inclui responder “sim” ou “não” para uma série de perguntas determinadas pela juíza Lucy Koh e assistentes.

A disputa judicial que termina nessa sexta-feira tem como origem a plataforma Android. Steve Jobs em pessoa disse a seu biógrafo que estariam preparados para ir a uma “guerra termonuclear” com quem ameaçasse a inovação do iPhone. Foi o que fizerem. Primeira grande vitória da maçã.

Com informações: Engadget e Tecnoblog


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Samsung processa Apple

Nenhum comentário
ipad

Um processo que a Samsung abriu contra a Apple na sua terra natal, Coreia do Sul, teve uma resolução um tanto incomum essa semana. A corte julgando o caso decidiu que ambas as empresas devem pagar uma indenização uma para a outra. Especificamente, por infringir patentes envolvendo a implementação de WiFi, a Apple deve pagar cerca de 35 mil dólares à Samsung. E por infringir patentes de design, a Samsung deve pegar cerca de 22 mil dólares à Apple.


Além disso a corte também decidiu proibir as vendas de produtos de ambas as empresas. No caso da Apple, estão proibidos o iPhone 3GS, iPhone 4, iPad e iPad 2. Já para a Samsung, a venda dos seus Galaxy S, Galaxy S II, Galaxy Tab e Galaxy Tab 10.1 estão proibidas. Os dois carros-chefe das fabricantes, o iPhone 4S e O Galaxy S III, podem continuar no mercado sul-coreano sem problema.

Enquanto um é resolvido, o maior processo envolvendo as duas empresas (acontecendo em solo americano) está nas fases finais de julgamento. Essa semana os advogados da Apple e Samsung apresentaram seus argumentos finais para o juri e desde quarta eles estão deliberando sobre o caso, para tentar decidir qual das duas infringiu qual patente e quanto deve ser a indenização.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Disputa da Apple com a Samsung pode causar estragos no mercado de smartphones e tablets

Nenhum comentário

quinta-feira, 23 de agosto de 2012


 O mercado norte-americano de smartphones e tablets pode sofrer mudanças profundas após a decisão da ação judicial que envolve a Samsung e a Apple, prevista para sair nos próximos dias. As duas empresas trocam acusações mútuas de infração de patentes, pedem indenização e um possível embargo de venda de aparelhos. Também complica o quadro o fato de a Samsung ser uma grande fornecedora de componentes para os aparelhos da Apple.
A ação inicial foi tomada pela Apple, em abril deste ano, que processou a empresa sul-coreana por infração de patentes relacionadas ao funcionamento e ao design do iPhone e do iPad. Em seguida, a Samsung processou a Apple, pela infração de patentes relacionadas a operações de comunicação móvel.

Quebra de braço das gigantes

Para André Ferreira de Oliveira, advogado especializado em patentes e sócio do Daniel Advogados, o impacto da decisão irá muito além dos valores financeiros. “Se for dada a vitória à Apple, haverá uma constatação judicial de que houve um tipo de concorrência desleal. Já a vitória da Samsung será como uma chancela para que outras empresas possam seguir uma linha parecida, abrindo um pouco mais o mercado”, afirmou o advogado.
Durante o julgamento, que começou no dia 31 de julho, as duas empresas tiveram que revelar alguns de seus segredos e foram chamados ao banco de testemunhas Scott Forstall (executivo da Apple responsável pelo sistema iOS), Phil Schiller (executivo da Apple responsável pela área de marketing), Christopher Stringer (designer da Apple há 17 anos) e Jeeyuen Wang (designer da Samsung).




As patentes envolvidas
Nos Estados Unidos, existem dois tipos de patente: a “patente de serviço” (que protege o funcionamento ou a forma como um item é usado, além dos métodos de fabricação de algo) e a “patente de design” (que protege a aparência dada a um item). O caso envolve nove patentes de serviço e quatro de design, segundo a juíza Lucy Koh, revelou em um documento enviado aos jurados.
A Apple acusa a Samsung de infringir sete patentes, veja:
Número e tipo da patente
Descrição
7.469.381 (de serviço)
Relacionada à maneira com a qual a interface sensível ao toque do iPhone ou do iPad detecta os gestos do usuário e os interpreta para aumentar uma imagem, girar algo na tela ou passar o dedo pela lista de contatos, por exemplo.
7.844.915 (de serviço)
Relacionada a uma tecnologia que permite que o usuário navegue entre documentos em uma interface sensível ao toque.
7.864.163 (de serviço)
Relacionada a funções da tela sensível ao toque, como o toque para dar zoom e outras funções de navegação pela tela.
D618.677 (de design), D593.087 (de design) e D504.889 (de design)
Relacionadas ao design “decorativo” de um dispositivo eletrônico que parece ser um modelo antigo do iPhone.
D604.305 (design)
Relacionada à interface gráfica exibida na tela.
Já a Samsung acusa a Apple de infringir as seguintes patentes:
Número e tipo de patente
Descrição
7.675.941 (de serviço) e 7.447.516 (de serviço)
Cobrem tecnologias relacionadas à conexão à rede 3G.
7.698.711 (de serviço)
Cobre tecnologia relacionada à execução de músicas em MP3 em dispositivos móveis.
7.577.460 (de serviço)
Tecnologia que descreve um “terminal de comunicação” que funciona como um telefone portátil e uma câmera, que pode enviar, receber e exibir imagens.
7.456.893 (de serviço)
Relacionada a um método de controle de um aparato que faz o processamento de imagens digitais e armazena a foto num meio de gravação. A patente também faz referência a uma tecnologia que reproduz arquivos guardados em um meio de gravação.
Ocaso também envolve outros dois fatores: a infração de ”trade dress” e a infração de acordos de antitruste.
O "trade dress" é um detalhe ou design de um produto que não tem função, mas o diferencia da concorrência e indica sua origem, segundo explicou a juíza Lucy Koh. A Apple diz que a Samsung não respeitou seu trade dress 3.470.983 (relacionada ao design geral do iPhone), além de outros três trade dresses não registradas do iPhone e do iPad.
Segundo publicações especializadas, quase 80 advogados foram registrados para ir ao tribunal, sendo que a maioria deles representa Samsung ou Apple. Também estão presentes advogados de empresas que mantêm contrato com as duas fabricantes –eles tentam impedir que detalhes de contratos sigilosos sejam tornados públicos.
A Apple já divulgou que quer, ao menos, US$ 2,5 bilhões em danos da Samsung – além da proibição da venda dos produtos que infringem as patentes envolvidas, o que envolve smartphones e tablets. A Samsung também pede dinheiro (US$ 421,8 milhões em direitos autorais, segundo testemunhas da própria Samsung).
Depois do anúncio da decisão, é esperado que os dois lados entrem com recursos.

E você de que lado está?



Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Novas ferramentas para os touchs

Nenhum comentário

quarta-feira, 22 de agosto de 2012



touch

Poder usar as consagradas e úteis ferramentas dos aplicativos do Office em aparelhos com a tecnologia touch é algo realmente sensacional, mas nem sempre a transposição dos controles são feitas de melhor maneira. Pensando nisso, o sistema baseado em toques parece estar no centro do desenvolvimento da próxima versão do aplicativo.

Em prévias do Office Web Apps e do Office 365, usando um tablet iPad ou um com Windows 8, é possível perceber a presença de botões e controles mais adequados ao modo de usar com toques na tela.

Há a presença da ferramenta de “pinça” para dar zoom, além de comandos melhor adaptados para a seleção de texto, acessar menus de contexto e demais recursos. Os donos de tablets com Windows 8 poderão voltar para o modo tradicional de controle caso não gostem das novidades que foram inseridas. O serviço web oferecido hoje ainda é experimental e não há uma data fixa para a conclusão dos aplicativos.

Fonte


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Nova versão do iOS virá sem o aplicativo do YouTube

Nenhum comentário

segunda-feira, 6 de agosto de 2012




iOS6Donos de dispositivos móveis da Apple podem sentir falta do Google na próxima versão do sistema operacional de iPhones, iPads e iPods. A companhia liberou uma versão beta do iOS 6, que, além de vir sem o Google Maps, também veio sem o YouTube.

O fim da parceria entre as duas gigantes em relação ao serviço de mapas já havia sido anunciado, mas ninguém esperava que o aplicativo do site de vídeos mais famoso do mundo também fosse tirado de cena.

The Verge, ao notar a falta, falou com a Apple sobre o assunto, então a empresa respondeu que a licença para usar o aplicativo expirou.

Ainda será possível acessar os vídeos pelo navegador Safari e a própria Apple confirmou que o Google trabalha em um novo app, que estará disponível para download na App Store.


Fonte


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo