Home » steam

Ex-funcionário da Valve afirma que Steam para Linux forçou a Microsoft a melhorar o Windows

Neste semana eu li uma notícia que saiu no ZDNet que falava sobre a presença da Steam Linux e como isso influenciou a Microsoft a melhorar o Windows 10 para games, mostrando o quanto a concorrência só faz com que todo o público consumidor ganhe.

Steam no Windows 10




Quando a Valve resolveu apoiar o Linux como plataforma de jogos, criando até o seu SteamOS, um sistema operacional baseado no Debian com foco nos jogos, o principal motivo apontado era a insatisfação com as atuais versões no Windows. Isso se agravou quando a Valve descobriu que alguns de seus games, mesmo sem otimizações, rodavam com OpenGL melhor no Linux do que no Windows.

Com isso a Valve começou a chamar seus parceiros, como a Alienware, para trazer as Steam Machines para o mercado, ainda que tenha sido investido muito em marketing até o momento. Essa manobra chamou a atenção da Microsoft, segundo o ex-funcionário da Valve, a "gigante de Redmond" focou muito de seus esforços no Windows 10 para melhorar o sistema para os gamers, e se comparado com o Windows 8.1, parece ter realmente conseguido.

Essa é uma prova de que incentivar o crescimento no Linux como plataforma de games para computador ajuda a todos, até mesmo quem não utiliza "o sistema do pinguim" no dia a dia.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Intel usa o seu Clear Linux para melhorar o desempenho de seus chips para jogos da Steam

Para aqueles que planejam desenvolver jogos para Linux utilizando hardware Intel HD graphics, poderá em breve ter uma nova escolha para distribuição orientada a desempenho (e poe desempenho nisso), o Clear Linux, um projeto do centro tecnologia Open Source da Intel.

Linux Clear Intel

Os desenvolvedores do Clear Linux estão atualmente trabalhando para trazer suporte para Steam no sistema, algo que requer adaptação, pois é o Clear Linux é completamente focado em 64 bits e a Steam ainda depende de alguns pacotes de 32. Mesmo assim, o desenvolvedor da Intel, Arjan van de Ven, compartilhou uma foto no Twitter mostrando Steam já rodando, ao menos de forma básica no Clear Linux.

Clear Linux

Vai ser muito interessante observar como a Steam se comporta no Clear Linux uma vez que tudo estiver funcionando corretamente. O Clear Linux já vem com a ultima versão do Mesa stack, incluindo os drivers Vulkan. O que torna o Steam no Clear Linux particularmente interessante é o foco ativo da distribuição no desempenho a partir as otimizações no tempo de compilação, multi versões em funções diferentes, a distro embarca vários patches out-of-tree em nome do desempenho, e outros performance tuning pelo centro de tecnologia Open Source da Intel.

Enquanto o Clear Linux está mais focado em desempenho de workstations/servidores/data-centers, ele tem se mostrado poderoso também para entregar desempenho gráfico com os chips da Intel.

Esse trabalho da Intel deverá criar um reflexo claro na potência dos drivers para Linux de modo geral e para os gamers que tem hardware HD Graphics e usam Linux para jogar. Vamos aguardar as novidades.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Dos 100 games mais vendidos em 2016 na Steam, 40 rodam no Linux

Ainda estamos longe do cenário ideal para os gamers de Linux, mas já existe uma boa quantidade de games para a plataforma sendo lançados, somente no ano passado foram mais de 1000 títulos, muitos games indie e alguns triplo A, mas chama a atenção que 40% dos games mais vendidos da Steam em 2016 já estão disponíveis na plataforma.

Os games mais vendidos da Steam em 2016




Dependendo do seu estilo de jogo, o Linux já pode ser considerado uma plataforma para você jogar sem precisar piratear o sistema operacional, ou pagar uma licença por ele. De fato, quase metade dos 100 games mais vendidos na Steam em 2016 já rodam no "sistema do pinguim", para ser mais exato, 40.

É verdade também que muitos títulos importantes e consagrados ainda não possuem versão para o sistema, caso de The Witcher 3, GTA V e  Fallout 4, que pesam contra com muita força, mas outros títulos importantes também saíra para a plataforma, como Deus Ex: Mankind Divided, Dying Light e o popular CS:GO, além de vários outros títulos importantes, mas menos expressivos  com relação ao nome, como Rocket League, Dota 2, XCOM2, Ark: Survival Evolved, Pay Day 2, Life is Strange, etc. que também já rodam no Linux.



- Nós fizemos uma lista com os 14 principais lançamentos de 2016 para Linux, você pode conferir aqui.

O Windows é a plataforma que recebe praticamente todos os lançamentos de games para computador, mas é bom ver o Linux crescendo aos poucos, o macOS não teve tantos produtos a mais na lista de mais vendidos, enquanto o Linux teve 41 itens, o sistema da Apple teve 46 (isso inclui o Steam controller), sendo que a Steam está a mais tempo no macOS do que no Linux,  ainda que não tanto tempo, talvez essa comparação seja mais justa.

Quanto mais games  multiplataforma saírem, melhor para nós, gamers. Não vamos ficar presos a uma plataforma específica e vamos poder ter, além de um bom sistema para jogar gratuitamente e legalmente, um sistema operacional mais seguro e personalizável, e ainda incentivar a concorrência entre plataformas para que existam diferenciais, ou seja, todos tem a ganhar.

Você pode conferir a lista completa dos 100 games e comprá-los também neste endereço da Steam.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

7 games incríveis que você pode jogar gratuitamente no Linux

A Steam para Linux já tem quase 2 mil games, porém, a maior parte deles são pagos, mas isso não quer dizer que você não possa se divertir com os vários títulos grátis que existem. Temos aqui uma lista com 7 ótimo jogos para Linux que você pode jogar sem gastar nenhum centavo.

Steam Linux Free




Se você está procurando um pouco de diversão com games bacanas para o seu final de semana, sem gastar nada com eles e nem com o sistema operacional, esta é a combinação perfeita. Temos aqui 7 sugestões para você e dado o feedback dos inscritos do canal e leitores do blog, em breve teremos uma segunda lista, aproveite o show:



A lista de games com os links para a Steam você encontra na descrição deste vídeo no YouTube, basta clicar aqui.

Qual game você gostou mais? Tem algum que você já joga e recomenda? Compartilhe a sua opinião através dos comentários e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Mad Max ganha versão para Linux!

Mais um game "triplo A" acaba de ser lançado para Linux. Graças a mais um porte da Feral Interactive, temos o game Mad Max para o sistema do Pinguim. 

Mad Max Linux




Para os Linux gamers de plantão, nós temos essa grande novidade. Mad Max está finalmente disponível para Linux e Mac através do porte da Feral Interactive, a principal empresa no ramo de porte de grandes games para usuários da Apple e do Pinguim.

Trailer do game na versão PS4

Em breve você verá gameplays dele no canal Diolinux no YouTube, se você quiser comprá-lo, ele está disponível na Steam.

Fonte
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Valve anuncia novo óculos VR com suporte para Linux

Os games estão começando a embarcar na onda da realidade virtual, quem já viu algum vídeo, ou mesmo teve a oportunidade de testar um destes equipamentos, sabe o quando a experiência nos games é diferenciada através deles. A Valve, como grande apoiadora dos games para Linux, está lançando uma plataforma chamada SteamVR que terá compatibilidade com o sistema do Pinguim.

SteamVR Linux




De tempos em tempos a Valve realiza em Seatle o "Steam Dev Days", um destes eventos que grandes companhias da área de tecnologia costumam fazer para mostrar ao público as novidades.  No caso da Valve, é basicamente um evento para quem desenvolve games, e (quem diria) o Linux teve muito espaço deste vez.

Com Steam Machines, os consoles da Valve que rodam o SteamOS (Linux), foram feitas algumas demonstrações de realidade virtual com o SteamVR, um óculos de realidade virtual construído através de uma parceria entre a Valve e a HTC.

SteamVR Demo


Um fato curioso e importante é que as demonstrações estão otimizadas para utilizar a API gráfica Vulkan e não o OpenGL, utilizado atualmente pela maior parte dos games que rodam no Linux, o que de certa forma pode indicar um amadurecimento do software, ainda que seja em uma tecnologia nova como o VR.

A Valve comentou que o futuro dos games, na visão deles, realmente pertence ao VR, então eles estão tratando de compatibilizar a sua plataforma para tal.

Eu tenho uma "Steam Machine" em casa; bom, na verdade é só um computador com SteamOS (isso é um Steam Machine, certo?) e o SteamOS ainda está em fase Beta e não costuma receber atualizações muito grandes nos últimos tempos. 

Isso indica que ainda temos muito para percorrer até termos um produto final que a Valve poderá realmente fazer uma campanha de marketing para vender, atualmente alguns produtos podem ser comprados fora do Brasil, como Steam Controller, alguns modelos de Steam Machines e o Steam Link, além do SteamOS que pode ser baixado gratuitamente - temos aqui um tutorial ensinando você a instalar ele no seu computador - mas claramente eles são voltados aos entusiastas como nós, que vão querer testar esses produtos antes do resultado final.

Mais uma posso do Linux no mundos dos games. :)

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Feral Interactive anuncia porte do game Deus Ex: Mankind Divided para Linux e Mac

A principal empresa de porte de games para Linux e Mac, Feral Interactive, anunciou que mais um game triplo A estará chegando em breve para as plataformas da Apple e do Pinguim.

Deux Ex Mankind Divided




Os gamers de Linux e Mac receberam uma grande notícia hoje, o game Deux Ex: Mankind Divided está sendo portado e deverá ser lançado até o final do ano.

O anúncio foi feito no Twitter e na página oficial da Feral Interactive dizendo que o porte está sendo trabalhado oficialmente e deverá ser lançado antes do final do ano na Steam, tanto para Linux, quanto para Mac.

Deus Ex para Linux


Deus Ex: Mankind Divided é um jogo eletrônico RPG de ação – combinando elementos de tiro em primeira pessoa e stealth – desenvolvido pela Eidos Montreale publicado pela Square Enix. Ele foi lançado mundialmente em 23 de agosto de 2016 para Microsoft Windows, PlayStation 4 e Xbox One. É o quarto título da série Deus Ex, sendo uma sequência direta dos eventos de Deus Ex: Human Revolution lançado em 2011.


Bacana, não é? Mais um grande game desembarcando para o Linux (e Mac).

Até a próxima!

Fonte
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Rocket League no modo Online no Fedora

Recentemente o game Rocket League foi lançado para Linux/Steam OS, mas os jogadores que não usam derivados do Debian (como Ubuntu e SteamOS) não estavam conseguindo acessar o modo online do game, veja agora como corrigir o problema no Fedora.

Rocket League no Fedora




Os nossos amigos do canal Oficina do Tux deram um jeito nisso e mostraram como fazer o game rodar no Fedora, basicamente tudo o que você precisa fazer é rodar este comando no terminal:
sudo ln -s /etc/ssl/certs/ca-bundle.crt /etc/ssl/certs/ca-certificates.crt
Só com isso o game deverá rodar normalmente, mas para ter certeza de como fazer, confira o vídeo tutorial logo abaixo:



Bom jogo e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




terça-feira, 13 de setembro de 2016

Rocket League será lançado para Linux amanhã!

Os gamers de Linux vão ganhar uma nova opção, Rocket League deve finalmente chegar à plataforma amanhã, dia 8 de Setembro, confira:

Rocket League Linux




A promessa do lançamento do game Rocket League não é recente, na verdade há vários meses atrás os desenvolvedores já havia declarado que o game seria lançado para a plataforma do pinguim, porém, depois de muitos atrasos, algumas pessoas já estavam sem esperança do lançamento.

Eu mesmo havia comprado o game ainda em Julho, onde havia acontecido uma certa divulgação do lançamento, que depois acabou não acontecendo, apesar dos problemas com o lançamento da versão para Linux, os gamers de Linux puderam rodar Rocket League através do Wine durante todo este tempo, mas agora ele será nativo, ou seja, muito melhor.

Certamente você verá vídeos de Rocket League no canal assim que ele for lançado.

Rocket League


Para quem não conhece, Rocket League é um jogo de futebol com carros, por mais estranho que isso possa parecer, ele tem ótimos níveis de aprovação na Steam e até mesmo conseguiu atrair interessados para criar equipes profissionais e prover campeonatos de eSports. Certamente é uma opção muito divertida para jogar com os amigos.



Aparentemente o game irá suportar oficialmente apenas o SteamOS, mas deve funcionar sem maiores problemas em outras distribuições também.


Até a próxima!


_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Super Button Soccer - Um novo game brasileiro que entra pra Steam

Eu procuro sempre apoiar os desenvolvedores brasileiros, essa galera que está batalhando num país que ainda não valoriza tanto a produção nacional de softwares e games. Depois de mostrar para vocês em um vídeo o Ballistic Overkill e fazer um super DioCast com a galera da Aquiris, empresa que desenvolve o jogo, chegou a vez de Super Button Soccer, mais uma produção nacional que vai dar as caras aqui no blog.

Super Button Soccer Game Brasileiro




Misture a nostalgia da sua infância com a paixão nacional pelo futebol e alguns memes da internet e BUM! Você tem esse jogo bacaninha de futebol de botão. Super Button Soccer, apesar de ter um nome em inglês, é brasileiro, e desenvolvido por uma empresa chamada Smyowl, eu já andei falando com o pessoal de lá e em breve eles vão participar de um DioCast também pra gente falar um pouco mais sobre o cenário de desenvolvimento de games no Brasil, vai ser muito legal, então fica ligado aí pra não perder!

Para ajudar a testar esse jogo bacanudo eu chamei o meu brother Bruno Madrugueds, nós jogamos uma melhor de 3 e separamos os vídeos entre o canal dele e o do Diolinux, você pode ver todas as partidas logo abaixo:



Se você ficou interessado e quer conferir o game na Steam e bater uma bolinha no futebol de botão também basta clicar aqui para acessar a loja, atualmente o game está custando cerca de 20 reais e como era de se esperar, está todo em português, inclusive a dublagem.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Como instalar o Steam OS facilmente no seu PC

O SteamOS é o sistema operacional baseado em Debian da Valve que deu início a nova era de games para Linux, hoje você vai aprender a instalar o Steam OS no seu computador e criar a sua própria Steam Machine.

Como instalar o Steam OS no seu computador





Atendendo a pedidos, vamos conhecer o método de instalação do SteamOS, desde o download do sistema, preparação do pen drive bootável, configuração de boot na UEFI/BIOS e instalação propriamente dita, com um tour pelo sistema instalado, para você conhecer os detalhes do sistema da Valve.

Confira o vídeo abaixo com o tutorial completo:


Inscreva-se no nosso canal, temos vídeos todos os dias

Onde baixar o SteamOS?


O SteamOS tem uma página só para ele no Steam, basta clicar aqui para acessar a página, é a mesma que foi mostrada no vídeo. Nela você encontra os links para download e as informações (em inglês) de instalação, passo a passo.

Minha experiência com o SteamOS


Eu continuei utilizando o SteamOS depois de ter finalizado as gravações e realmente, só uma razão para você ter uma Steam Machine hoje em dia, e essa razão é você ser um entusiasta do sistema.

Não há nada no SteamOS que criei um diferencial para que você reserve um computador somente para ele, a experiência que se tem hoje em dia com o SteamOS é basicamente a mesma que qualquer usuário tem ativando o modo Big Picture dentro do Steam no Desktop de qualquer sistema operacional, sendo ele Linux o não.

Talvez a única coisa que eu realmente tenha dado valor foi a detecção do hardware gráfico e a instalação automática dos drivers, isso realmente funcionou muito bem, mas somente isso não seria o suficiente para tornar o SteamOS a sua opção para o computador.

Usar o sistema como Desktop convencional também não é a melhor ideia, visto que existem algumas limitações quanto a isso, é muito melhor utilizar o Debian direto neste caso, Ubuntu ou Linux Mint, a experiência será substancialmente maior.

Quanto ao desempenho, não senti muita diferença dele para qualquer outra distro que eu tenha testado, em breve vocês verão testes comparativos entre o SteamOS e o Ubuntu entre outros sistemas.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 11 de agosto de 2016

Como instalar o Steam no Ubuntu e no Linux Mint

Jogar em distribuições Linux atualmente é algo muito simples graças ao Steam, a plataforma de distribuição de jogos da Valve. Aprenda agora a instalar o Steam no seu Ubuntu ou no Linux Mint para aproveitar os principais games para Linux.

Como instalar o Steam Ubuntu Linux Mint




Segundo as pesquisas da Valve, as duas distribuições Linux que mais são utilizadas na plataforma para jogar são o Ubuntu e o Linux Mint, tanto que o único formato de pacote que a Valve distribui no site da Steam para instalação é em .deb, o formato do Debian, de modo que grosseiramente este tutorial também serve para o nosso querido Debian, base do Steam OS.

Valve recomenda o Ubuntu


Como instalar a Steam no Ubuntu?


Tanto para Ubuntu, quanto para Linux Mint, o processo pode ser feito pelo terminal desta forma:
sudo apt-get install steam
Será necessário digitar a sua senha e confirmar posteriormente a instalação, preste atenção nas informações que o terminal te apresentar.

Porém, é possível instalar também sem utilizar o terminal em alguns poucos passos:

1 - Acesse o site da Steam e baixa o pacote .deb para o seu sistema. 

Download do Steam Linux


2 - Dê dois cliques no arquivo baixo e ele vai abrir com o instalador correspondente, no Ubuntu o padrão é a Central de Programas, no Linux Mint atualmente é o Gdebi.

3 - Clique em "Instalar".

4 - Digite a sua senha de administrador.

5 - Aguarde a instalação, posteriormente você vai encontrar o Steam no menu do seu computador.

Depois da instalação, ao abrir o cliente Steam pela primeira vez, será necessário baixar uma série de arquivos complementares, o download irá acontecer automaticamente, porém, dependendo da velocidade da sua internet esta parte do processo poderá demorar mais ou menos.

Depois do download dos arquivos complementares, chegou a hora de você logar-se com a sua conta Steam, ou de criar a sua conta.

Login Steam


Depois de instalado e logado, basta começar a baixar os games grátis ou comprar alguns para você jogar.

O Steam também funciona em outras distribuições Linux, se você usa uma distro diferente de Ubuntu ou Linux Mint (ou Debian) vale a pena consultar a documentação da sua distro para averiguar qual o método de instalação recomendado.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Fundador da Epic Games diz que Microsoft quer acabar com a Steam

O fundador da Epic Games, desenvolvedora de games famosos como Gears of War e Unreal Tournament, afirmou em uma entrevista à "PC Gamer" que a Microsoft estaria "silenciosamente" sabotando a Steam no Windows 10.

Microsoft quer abocanhar a Steam em 5 anos




Tim Sweeney, co-fundador da Epic Games, afirmou em uma entrevista algo polêmico. Ele acredita que dentro dos próximos 5 anos a Microsoft vai passar a aplicar Patches para fazer com que o Steam seja instável no Windows, que ele quebre com facilidade e que não funcione corretamente; o motivo, segundo ele, seria para que a loja de aplicações da Microsoft que pretende crescer no ramo de games pareça uma opção melhor para os jogadores que atualmente são usuários fiéis da plataforma da Valve.

Segundo ele, não seria a primeira vez que a empresa faz algo do tipo, Sweeney acredita que este tipo de medida faz com que o desenvolvimento de jogos de computador acabe ficando muito prezo aos desmandos da Microsoft, algo que ele não considera bom.

Não posso dizer se ele está certo ou não, mas parece que quando a Valve decidiu começar a trabalhar o Linux para que ele seja uma alternativa interessante ao Windows, era justamente para evitar coisas deste tipo.

O que você acha do assunto?

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




terça-feira, 26 de julho de 2016

Triple Screen: Veja o GRID Autosport rodando em 3 monitores no Linux

Conforme os games começam a dar mais atenção para o Linux, é natural que mais material seja produzido na internet demonstrando as possibilidades com o sistema. Hoje vamos ver o "GRID Autosport" rodando no Linux usando três monitores, confira.

Linux 3 Screen



A produção deste conteúdo fica no encargo do canal Jakejw93 - Linux Gaming, que rodou o game "GRID Autosport" em sua versão para Linux em um setup muito bacana, 3 monitores que ao todo proporcionam uma resolução de  5760x1080.


Além disso, podemos ver também um Joystick de volante sendo usado sem problemas, a distribuição que ele utilizou foi o Ubuntu 15.10, é uma pena que não possamos ter certeza do modelo.

Confira também o gameplay "festivo" de GRID que nós fizemos junto com um galera que tem canal sobre Linux no YouTube:


Interessante, não?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 18 de julho de 2016

Spriter PRO - Programa de animação modular para Linux

Para a galera que gosta de fazer animações este post será especial. Hoje você vai conhecer um Spriter PRO, uma ferramenta para fazer animações no Linux facilmente, confira.

Spriter PRO Linux




Com a chegada da Steam para Linux em 2012, não só games chegaram à plataforma, mas diversos programas começaram a serem vendidos para o sistema do pinguim através da dela, o Spriter PRO é um deles.


A proposta do Spriter PRO é, principalmente, ser utilizado no desenvolvimento de games, com ele você consegue fazer animações facilmente de maneira modular, ou seja, ao invés de animar frame a frame, você consegue animar sprites pré-modelados, além da animação da tradicional.

Requisitos para rodar o Spriter PRO no Linux




MÍNIMOS


Processador: Intel® Pentium® 4 2.0 GHz ou superior

Memória: 100 MB de RAM 

Armazenamento: 50 MB de espaço disponível 


RECOMENDADOS:


Processador: Intel® Pentium® 4 2.0 GHz ou superior.

Memória: 1 GB de RAM 

Armazenamento: 150 MB de espaço disponível

Leia também: Conheça o Houndini, software de animação e pós-produção para Linux
Você encontra mais informações sobre o Spriter PRO na página dele na Steam.



_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 13 de julho de 2016

Dell lançará duas novas Steam Machines com memória DDR4 e GPU Nvidia

Para quem achava que as Steam Machines já tinham morrido, eis mais uma amostra que na verdade o mercado delas nem começou ainda, uma vez que o SteamOS ainda está em Beta, a Dell lançará novos modelos através da Alienware com um hardware parrudo e um visual muito atraente.

Steam Machines Dell




A Dell vem preparando novos modelos de Steam Machines para o mercado. Parece que viabilidade para mercado das máquinas da Valve ainda não é a ideal, entretanto, parece ser algo que os desenvolvedores querem muito, trocando em miúdos, a ideia é não depender só da Microsoft neste segmento.

O anúncio foi feito na E3, um dos eventos de games mais importantes do mundo, onde ontem a Microsoft anunciou o novo Xbox One S,  a Dell comentou que espera que o catálogo de games para Linux aumente até o final deste ano, acrescentando novos títulos AAA à plataforma; a Dell acredita que o emprego do Vulkan no desenvolvimento dos games no futuro em detrimento ao DirectX12 fará com que essa transição seja suave e simples.

São dois modelos de Steam Machines que estarão disponíveis para o o público consumidor com as seguintes configurações:

- Core i5 Skylake
- GTX 960
- 8GB RAM DDR4
- 500 GB HD

Por US$ 749,00.

- Core i7 Skylake
- GTX 960
- 8GB RAM DDR4
- 1 TB HD

Por US$ 899,00.

A Dell também disse que pretende usar GPUs AMD nas Steam Machines até o final do ano, dependendo da evolução da plataforma no Linux. Ainda haverão outras Steam Machines da empresa que custarão 499 Dólares, sem maiores detalhes. Também não sabemos especificações técnicas mais detalhadas dos componentes das Steam Machines, como frequências, Clocks e modelos específicos.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




terça-feira, 14 de junho de 2016

Dota 2 será o próximo game a utilizar API gráfica Vulkan

Aos poucos novos games vão se adaptando a "nova geração do OpenGL", o Vulkan, e o próximo grande título que irá utilizar o recurso é o popular Dota 2 da Valve.

Dota 2 Vulkan





Apesar do Vulkan ter dado as caras há algum tempo, é natural que, como toda nova API, ela demore um pouco para ser utilizado nos games, dentre todas as empresas que tem trabalhado com ela, acho que a Valve é uma das maiores interessadas em querer vê-lo funcionando bem, muito em parte por conta das Steam Machines que rodam Linux e terão o Vulkan como principal API no futuro.
Leia também: Saiba tudo sobre o Vulkan
Antes mesmo na Valve implementar o Vulkan em algum de seus games, nós vimos o novo Doom rodando na GTX 1080 da Nvidia usando a nova API, esse novo Doom também roda usando o OpenGL, o que mostra o potencial do open source mais uma vez, sobretudo quando o mesmo é bem explorado.

Dota 2, um título muito importante para os gamers e para a indústria de e-sports está implementando agora o Vulkan, provavelmente uma atualização na próxima semana trará o suporte para a API no game, temos que ficar de olho nas atualizações.

O Dota 2 deverá rodar com o Vulkan também no Windows.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




domingo, 22 de maio de 2016

Reveladas as especificações de Tomb Raider para Linux

O Feral Interactive, a principal empresa no ramo de compatibilização de games já lançados para a plataforma Linux, anunciou os requisitos mínimos para rodar o Tomb Raider 2013 no sistema.

Tomb Raider pra Linux - Requisitos




O game Tomb Raider foi lançado ainda em 2013 e chega somente agora com um porte para o Linux, ele faz parte daquela categoria de jogos "triplo A" que não são lançamentos mas chegam para inflar um pouco mais a biblioteca Steam dos jogadores Linux.

Os requisitos para rodar o jogo adequadamente no Linux segundo a Feral Interactive são:

Mínimo

- Sistema Operacional Ubuntu 14.04 ou SteamOS 2.0 (64-bit)
- Processador Intel i3 ou AMD FX-6300 
- 4GB de memória RAM
- Placa de vídeo de 1GB NVIDIA GeForce 640 (driver 364.12) ou 2GB AMD 5770 (driver MESA 11.2)


Recomendado


- Sistema Operacional Ubuntu 14.04 ou SteamOS 2.0 (64-bit)
- Processador Intel i5 (não adicionaram aqui processador da AMD, mas algum equivalente deve funcionar da mesma forma)
- 8GB de memória RAM
- Placa Nvidia GeForce 760 2GB (No anúncio oficial diz 3GB de vídeo, porém, não conheço uma 760 com 3GB de vídeo, se você conhecer, por favor comente logo abaixo para complementar o artigo)
- Driver recomendado: 364.12

De qualquer forma, pelos requisitos podemos ver que requer muito mais máquina do que rodar o mesmo jogo no Windows, eu já ouvi várias teses sobre o assunto, mas vou tentar entrar em contato com o pessoal da Feral, como ele já fizeram vários portes poderão esclarecer melhor a questão, para saber o porque dos games para Linux até o momento, em sua maioria exigirem mais hardware. Pode ser que tenha a ver com o OpenGL, mas como não quero simplesmente chutar os culpados vou deixar a questão em aberto por hora.

Outro fator interessante é que ainda que a AMD esteja presente como hardware mínimo para jogar a dupla Intel e Nvidia ainda se mostra a preferência dos desenvolvedores.

Eu tenho esse game há muito tempo na minha Steam, já cheguei a jogá-lo pelo Wine, mas nativo é sempre melhor. O game não tem uma data específica para ser lançado, mas a Feral Interactive diz que será "muito em breve". Obviamente eu trarei gameplays dele para o canal do Diolinux assim que o jogo sair.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 18 de abril de 2016

Lançamento: "Saints Row 2" e "Saints Row:The Third" chegam ao Linux/SteamOS

Boas novas para quem curte jogar no Linux, mais dois games da franquia "Saints Row" acabam de ser portados para o Linux/SteamOS, até o momento tínhamos somente o último título da franquia disponível para o sistema, agora outros dois títulos poderão ser jogados também e é bom aproveitar porque eles já chegaram com promoção na Steam.

Saints Row 2 e 3 para Linux




Para quem não conhece, Saints Row é um semelhante ao super popular GTA, só que muito mais zueira (e aloprado), como eu havia comentado, o "Saints Row IV" já estava disponível para Linux há algum tempo, agora a segunda e a terceira edição também estão.

Saints Row 2 por exemplo é um game de 2009, que pode ser uma boa opção para quem quer um jogo divertido para jogar de vez em quando e não tem um hardware muito bom, ele é bem mais leve que os títulos mais atuais.


Para você ter uma ideia da pega do Saints Row confira o nosso gameplay da "Saints Row IV":


No momento em que eu estou escrevendo este artigo os games estão em promoção na Steam, então aproveite:






Quero agradecer ao nosso leitor Alisson Monteiro que nos alertou do lançamento, mais informações você encontra na página de anúncio da Steam.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 14 de abril de 2016

Veja como funciona o incrível Steam VR [Vídeo]

Muitas empresas estão investindo em realidade virtual nos últimos anos e com a poderosa Valve, uma das principais empresas do mundo do entretenimento  quando se fala de games não seria diferente.

Steam VR




Em parceria com a HTC, a Valve está desenvolvendo o Steam VR que permitira uma integração com as Steam Machines, Steam Controller e muitos games vendidos da plataforma da Valve como o simulador de mergulho World Diving possam ser jogados  de uma maneira muito mais imersiva.

Hoje existem iniciativas como a da Samsung de distribuir óculos VR juntamente com o Smartphones, semelhante a este que eu fiz uma review, porém estamos falando de um padrão de imersão mais detalhado e aprimorado com o Steam VR.

O canal Brad Lynch fez uma demonstração de como funciona o equipamento, e é no mínimo, muito divertido.


E aí o que você achou? Ficou querendo um também? Infelizmente o Steam VR ainda não está disponível para o mercado brasileiro, então se você tiver a oportunidade de importá-lo está será uma das únicas formas de poder colocar as mãos no equipamento atualmente por aqui.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




terça-feira, 5 de abril de 2016