Home » tecnologia

Deepin - Distros Linux da China e como elas podem se dar bem no ocidente

O mercado chinês é diferente, não há contestação. Ele é diferente para os consumidores, ele é diferente para os empreendedores, para empresas que queiram disponibilizar os seus serviços por lá, é, a China é diferente! Vamos conversar um pouco sobre a "forma chinesa" para criar soluções na tecnologia, especialmente desktop, especialmente baseados em Linux.

Tecnologia Chinesa




Não há como negar que a rigidez política para produtos e empresas estrangeiras, especialmente dos Estados Unidos, acaba por gerar um mercado diferente dentro da China. Empresas como Apple, Microsoft, Google, Facebook e tantos outros gigantes da tecnologia não são impedidos de operar no país, mas uma série de leis e burocracias faz com que a sua operação seja muito mais complicada e sumariamente desestimulada e limitada.

Isso em parte vem da vontade do Governo Chinês de ser independente tecnologicamente, não posso culpa-los por isso, acho até que há um aspecto positivo no meio dos abusos cometidos para que isso ocorra, o grande problema é realmente o motivo pelo qual a China quer deter a sua tecnologia. Mas com a minha intenção não é falar de política e de como o Governo chinês age por lá, então, deixamos isso para outra oportunidade.

O engraçado é que apesar de "não ir com a cara" das empresas do ocidente, fica muito claro ao observar os produtos de fabricação chinesa o quanto eles são inspirados em soluções da Apple, da Microsoft e da Google, claro, com a sua própria pegada.

Apesar da China não ter tanto interesse em importar tecnologia, o contrário não é verdadeiro, muitas empresas gigantes de tecnologia produzem seus componentes lá, especialmente pelo baixo custo que isso gera e também por conta dos grandes centros de tecnologia, além disso, empresas Chinesas como a Xiaomi, Alibaba, Baidu, Huawai, Lenovo, Asus, Acer, etc, marcaram o seu nome do mercado ocidental (para o bem ou para mal) de forma irreversível, tornando-se multinacionais de sucesso. Influenciando também as produtoras de tecnologia do ocidente a ponto de ficar difícil de dizer "quem copia quem" hoje em dia.

Ainda assim, mesmo para as empresas chinesas, apresentar soluções para o público chinês e para o público ocidental é diferente, os produtos tem características, especialmente visuais eu diria, diferentes, e principalmente me parece valer uma regra: "Não precisa revolucionar se for bom, o objetivo não é reinventar a roda, é polir ela e dar aos consumidores o que eles querem."

Aí que entram as distros Linux da China


O próprio governo chinês possui uma distribuição oficial com leves inspirações nas versões mais antigas do macOS da Apple, isso falando visualmente, contudo, ainda que ela seja a "distro oficial do país", estatísticas mostram que tirando órgãos que são controlados diretamente pelo governo, são poucos os usuários que aderiram a ele.

Sabemos que o governo chinês tem um forma muita abrupta de dizer para as pessoas o que elas podem ou não acessar e há vários relatos de que há um monitoramento constante, por isso, sistemas de código aberto, onde é possível observar à partir do código fonte se existem backdoors deixados propositalmente fazem sucesso, especialmente do público especializado ainda que boa parte dos usuários chineses continuem utilizando Windows XP. O rastreamento pode ocorrer de diversas formas diferentes e não precisa estar atrelado ao sistema operacional, mas digamos que seja uma preocupação a menos, caso você possa ver o código.

Além do Linux ser um atrativo, outra característica que as distros chinesas tem são as suas interfaces que agregaram valores de vários sistemas diferentes, sendo eles proprietários ou não, dois ótimos exemplos que podemos comentar são o Ubuntu Kylin com a sua UKUI, lembrando a usabilidade do Windows, e o Deepin, que tem uma interface "que morfa" (igual os Power Rangers), e pode lembrar tanto o macOS, quanto o Windows.



O interessante das distribuições da China, é que você pode até dizer que falta originalidade em algumas coisas, mas se tem uma coisa que elas fazem bem é solucionar problemas. Querendo ou não, a "falta de medo" de criar ou reimaginar algo que já existe acaba lapidando os conceitos à cerca da experiência de usuário.

O Deepin é um ótimo exemplo: 

"- Será que os usuários preferem um visual Windows ou macOS, ou algo completamente diferente?" 
" - Não sei, coloca os dois!"

Você pode observar o comportamento de resolução de problemas sem medo de mudar do Deepin em vários aspectos ao longo da vida da distro, ela já teve várias interfaces diferentes até decidir criar uma própria, já foi baseada no Ubuntu, hoje é no Debian, já teve lançamentos periódicos, hoje é Rolling Release, já usou ícones extremamente coloridos (muito populares na China), hoje dá a opção de ícones flat também, seguindo um design mais "tradicional" dos dias atuais.

Os usuários querem programas de forma fácil?

Que tal pegar todos os pacotes e colocar tudo em um repositório só? Feito. O Repositório do Deepin é tão rico de aplicações úteis como o AUR do Arch e os PPAs do Ubuntu juntos e ainda é compatível com pacotes .deb, tudo isso em uma interface onde você simplesmente tem que clicar, nada mais.

Realmente, eles não tem vergonha de repetir e reimaginar o que já deu certo, o resultado disso é uma empresa crescente na China e um sistema que começa a chamar atenção fora dela.

Longe do Deepin ser perfeito ou o ideal para você, ou mesmo o Ubuntu Kylin, mas o que chama a atenção é que a produção de tecnologia chinesa já está a sua volta e talvez você ainda não tenha percebido, computadores e componentes da Asus, Acer, Lenovo? Todos chineses.

A postura das distribuições da China de atender ao público sem se preocupar com o "olha, eles estão copiando isso ou aquilo", acaba por trazer (talvez) exatamente o que o público (ou a maior parte dele) deseja, facilidade e beleza. O que dizer do WPS Office?

Acho cedo ainda pra dizer que o Deepin é A DISTRO para desktop, mas eles estão no caminho e vale a pena ficar de olho.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 16 de março de 2017

Qual a diferença entre os principais cursos superiores de T.I.? Veja qual é o adequado para você

Todas as pessoas que estão finalizando o ensino médio e procurando um curso superior (ou não) para futuramente trabalhar na área de tecnologia costumam ficar com dúvidas sobre qual curso escolher e que tipo de formação procurar, vamos esclarecer aqui as suas dúvidas e mostrar as diferenças entre cada um dos principais cursos relacionados a T.I. que são comumente oferecidos no Brasil.

Sabendo quais os principais assuntos abordados neles, você poderá tomar uma decisão consciente sobre o assunto e definir se é "isso" mesmo que você quer fazer.

As diferenças entre os cursos de T.I.




Existem várias formas de você iniciar a sua carreira acadêmica no segmento de T.I, existem várias especialidades diferentes que você pode procurar para melhorar os seus conhecimentos. Vamos listar os principais aqui e mostrar o que cada um deles costuma estudar.

Tecnologia em Sistemas para Internet


Duração do Curso: de 2 a 3 anos. 
Tipo: Tecnólogo.

Um estudante desta área será capacitado para desenvolver e fazer manutenção em sites empresariais de todos os portes. Este curso costuma ter um tempo de duração um pouco menor que as outras opções comuns, isso pode ser bom, afinal você terá saído do curso mais cedo, podendo concorrer à vaga desejada no mercado de trabalho.

O curso de "Sistemas para a Internet" se aproxima muito do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, mas tem como principal diferença a atuação profissional, que focará as atividades no ambiente da Internet e não na programação de software. Entre as funções que o aluno aprenderá a desempenhar, estão o desenvolvimento de sistemas, de páginas da web, de interface de sites, o esquema de cores, tratamento de imagens, criação de banners, posicionamento de links, programação em HTML 5, marketing digital, entre outros. 

Análise e Desenvolvimento de Sistemas


Duração média do curso: de 2 a 3 anos.
Tipo: Tecnólogo.

Quem optar por "ADS", um curso muito comum nos últimos tempos e almejado por várias pessoas, encontrará um ramo onde o profissional será responsável pela análise, projeto e implementação de sistemas e softwares, normalmente voltados para serviços e produtividade.

Quem estuda "ADS" também costuma aprender algumas linguagens de programação. Muita gente procura este curso por conta dos adicionais que ele pode oferecer, como gerenciamento e administração, o que pode ser muito útil caso você deseje abrir a sua própria empresa. Muitos donos de Startups fizeram este curso.

Tecnologia em Banco de Dados


Duração média do curso: de 2 a 3 anos.
Tipo: Tecnólogo.

Este é um setor interessante para se atuar também. Hoje em dia, empresas de médio e grande (algumas pequenas também) porte costumam manter uma base de dados de clientes e outras informações, ter um profissional para manter um banco saudável e perfeitamente funcional, certamente é algo essencial.

Um profissional desta área poderá trabalhar com dados de clientes, estoques, matéria-prima, pagamentos e até mesmo relatórios de produtividade. O conhecimento adquirido neste curso pode ser aplicado também para criar um banco de dados completamente novo para uma empresa, ou dar manutenção em um existente, calculando a expansão necessária do ambiente empresarial para garantir que o volume de dados crescente seja organizado sem problemas.

Redes de computadores


Duração média do curso: de 2 a 3 anos.
Tipo: Tecnólogo.

O curso de "Redes", como é chamado por muitos, também é uma opção famosa.

Muita gente diz que este é um dos cursos mais complicados da área de T.I.; quem trabalha com "Redes de computadores" é responsável pela criação de redes de internet, dimensionamento de equipamento, manutenção, gerenciamento, segurança e infra-estrutura de redes internas, externas, locais ou de longas distâncias de uma empresa.

Este profissional costuma ser responsável por garantir a qualidade e funcionamento de uma rede de uma empresa, saber de Linux é especialmente útil neste curso.

Segurança da Informação


Duração média do curso: de 2 a 3 anos.
Tipo: Tecnólogo.

Um profissional desta área irá trabalhar diretamente com a segurança das empresas onde atuar. O curso trabalha com assuntos como: Análise de riscos, projetos e implementações de redes seguras, proteção de sistemas e redes contra ataques de crackers, objetivando questões como encontrar as vulnerabilidades que um sistema eventualmente possua, recuperação de informações perdidas e fazer a gestão das informações disponíveis em rede de acordo com a política da empresa onde estiver empregado.

Engenharia da Computação


Duração média do curso: 5 anos.
Tipo: Bacharel.

Este é um dos cursos mais tradicionais da área de T.I., e um dos mais longos também, então, se esta for a sua vocação, prepare-se, pois serão muitas horas de aula.

Todas as engenharias tendem a ter em suas grandes assuntos complexos de serem estudados, existirão várias horas de aula dedicadas à matemática, física e engenharia básica. A grade curricular é extensa e vai passar por várias áreas diferentes, incluindo desenvolvimento e manutenção de softwares, processos, automação, montagem e configuração de hardware, componentes de hardware, robótica e até a integração de todos estes elementos.

Hardware é um dos assuntos principais, mas mesmo assim haverão nuances de outras áreas como, engenharia de softwares, redes de computadores e banco de dados.

Um engenheiro pode ser responsável por desenvolvimento de novos hardwares e implementações de ferramentas envolvendo manutenção de computadores e sistemas físicos dentro de uma empresa. Ao mesmo tempo, um profissional deste calibre pode também almejar vagas em outras áreas que não vão envolver hardware diretamente, como elétrica/eletrônica e telecomunicação, entre outras, trabalhando com os componentes de forma indireta.

Sistemas de informação


Duração média do curso: 4 anos.
Tipo: Bacharel.

Este curso é conhecido por ser um apanhado de vários outros cursos, aqui um estudante de "Sistemas de informação" vai estudar informática "em geral" e aprender relacionar as várias áreas de tecnologia, de certa forma, um profissional desta área vai reunir competências de outros cursos, como "Redes de computadores", "Banco de Dados", "ADS" e "Sistemas para Internet".

Quem se graduar em "Sistemas de informação" estará apto para desenvolver, planejar e escrever novos softwares; criar, organizar, administrar e garantir a segurança em redes de computadores; desenvolver e administrar websites e ainda trabalhar na manutenção de banco de dados.

Como o conhecimento adquirido aqui é amplo, este profissional não precisa necessariamente trabalhar com hardware ou software, podendo seguir carreira como gestor de TI em empresas, gestor de projetos, trabalhar na área logística; existem muitas possibilidades.

Ciência da Computação


Duração média do curso: 4 anos.
Tipo: Bacharel.

O perfil do profissional formado é o de um cientista de computação, com base interdisciplinar e tecnologicamente generalista, mas com possibilidade de especialização em alguma área de sua escolha, o que permite grande flexibilidade de atuação em várias áreas do conhecimento que requerem o domínio de técnicas computacionais. 

Para se dar bem neste curso é interessante possuir capacidade de raciocínio lógico e abstrato, compreender e aplicar conceitos, princípios e práticas essenciais no contexto de cenários bem definidos, mostrando discernimento na seleção e aplicação de técnicas e ferramentas. Dentre outras coisas, este profissional é capaz de projetar, implementar, manter e operar ambientes computacionais para solucionar problemas nas diversas áreas de aplicação, com sólido embasamento científico-tecnológico. A continuidade da formação profissional e científica, através do ingresso em cursos de pós-graduação, é fortemente incentivada pelo embasamento teórico e pela possibilidade de participar de projetos de iniciação científica, capacitando-o para a vida acadêmica.

Áreas de atuações vastas


Informática é uma área tão imensa que é difícil até mesmo listar todas as profissões possíveis, eu por exemplo, apesar de ter me formado em hardware, acabei "enveredando" para outros lados e hoje em dia trabalho com conteúdo, como fonte de renda primária. As coisas mudam e você acaba adaptando-se.

Por isso é interessante que você saiba que existem vários ramos diferentes para se atuar, quero compartilhar algumas experiências que eu pude colher com profissionais de áreas diferentes através do DioCast, o nosso podcast no YouTube.





Espero que eu tenha conseguindo clarear algumas das dúvidas mais comuns de quem está pensando em entrar na área, e aí, qual ramo você vai seguir?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 7 de julho de 2016

BlitzWolf BW-MP1 Mini - Unboxing de projetor de baixo custo

Recentemente eu recebi como presente da empresa BlitWolf um projetor "nanico", que é pensado no público que deseja utilizar o recurso de projeção em casa, para fins domésticos, como assistir filmes e quem sabe até jogar. Quer dar uma olhada comigo?

BlitzWolf BW-MP1 Mini




O BlitzWolf BW-MP1 Mini foi mandado para mim pela empresa de mesmo nome para que eu pudesse fazer uma análise do produto, resenhando desta forma as minhas opiniões sobre dele; bom, eu já escrevi o roteiro da análise e ela será postada em vídeo no canal do Diolinux assim que eu tiver um tempinho pra gravar, pelas mensagens que os inscritos mandaram, percebi que muitos ficaram interessados nas possibilidades do equipamento.

BlitzWolf BW-MP1 Mini

Posso dizer que estou gostando do "bichinho", tenho usado ele quase que diariamente para assistir filmes e séries ligando-o ao meu Notebook via cabo HDMI. Ele é pequeno, ocupa pouco espaço, é fácil de configurar... mas faz um pouco de barulho... disso não gostei muito, mas vocês verão maiores detalhes na review em vídeo.

BlitzWolf BW-MP1 Mini

Eu ganhei ele, mas o preço é bem acessível, seria algo que estaria dentro do meu orçamento se eu fosse comprá-lo, ele custa cerca de 90 Dólares e é vendido nesta loja. Um valor bem abaixo dos que são praticados por marcas famosas, onde os valores podem passar facilmente dos 2 mil Reais,  neste caso, o valor gira em torno de uns 350 Reais, sem custo para entrega pelo que eles me falaram.

A BlitzWolf  tem muitos produtos no site Banggood, até então eu nunca tinha recebido nenhum produto de lá. Como você pode ver no unboxing abaixo, a caixa  chegou um pouco amassada, não sei por culpa de quem... mas chegou. Ele também demorou muito para chegar até às minhas mãos, o produto chegou ao Brasil de Hong Kong em mais ou menos uma semana, mas demorou inacreditáveis 2 meses para sair da unidade de importação em Curitiba para chegar ao destino final, eu. Ele foi taxado em 45 Reais, dos quais eu mesmo tive que pagar para retirar o produto, o valor dele em si foi coberto pela BlitzWolf.

Para mim, em termos de custo/benefício, obviamente que pagar apenas 45 Reais em um projetor é vantajoso, ainda que ele não fosse muito bom, afinal, o valor gasto foi irrisório para um equipamento do tipo, porém, na análise que ainda está por vir, obviamente eu vou levar em consideração o preço da compra original que você vai pagar caso compre por lá. Posso adiantar que mesmo pagando o valor original dele me parece valer a pena, se você ficou curioso, aguarde a review em vídeo para saber mais detalhes dos recursos e funcionamento do equipamento, reitero. 

Algumas pessoas me pediram o que eu acho do site Banggood (onde a BlitzWolf vende  o projetor), porém, infelizmente eu não posso dar uma opinião consistente, pois nunca fui um cliente direto deles, a primeira vez que "compro" algo do site foi esta, e ainda foi uma compra indireta, vinda diretamente ṕor do fabricante (BlitzWolf) e não do site (Banggood), então minha resposta é um sincero "não sei". 

Pesquisando um pouco eu não encontrei indícios muito relevantes, na minha opinião, de problemas. Algumas reclamações com entregas, mas foram do tipo que toda grande rede tem, então, vou deixar nas suas mãos avaliar e pesquisar por si só.

Se você ainda não viu o vídeo do Unxboxing do BlitzWolf BW-MP1 Mini, retirando o produto da caixa, ele está logo abaixo, assim você pode ter uma ideia melhor de como é a aparência dele e quais componentes vem com ele também.


Não conhecia o nosso canal? Inscreva-se para receber mais vídeos como este:
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




terça-feira, 31 de maio de 2016

ROSS: Conheça o primeiro robô advogado do mundo

A inteligência artificial é uma realidade que se aproxima conforme o tempo passa, sonhamos com ela há muitos anos e a verdade é que a cada ano que passa estamos muito mais próximos de conseguir algo semelhante ao que se tem nos filmes. Claro, ainda não chegamos na Skynet mas já temos aproximações com relação a robôs que são inteligentes para realizar tarefas específicas, este é o caso do ROSS.

ROSS o robô advogado




Um escritório de advocacia dos Estados Unidos anunciou uma parceria com a empresa ROSS Intelligence para utilizar a inteligência artificial desenvolvida por eles para ajudar as pessoas a resolver dúvidas jurídicas com maior velocidade.
Leia também: Conheça o TensorFlow, a inteligência artificial da Google que você pode baixar para testar.
A inteligência artificial, também chamada de ROSS (não tem como não lembrar de Friends!), será utilizada como um produto de pesquisa, consulta e interpretação de textos jurídicos. 

O ROSS utiliza a plataforma de computação cognitiva da IBM chamada de "Watson" para interpretar as solicitações dos usuários, as pessoas poderão fazer perguntas ao ROSS usando a sua própria linguagem simples (inglês, no caso) e o robô fará uma pesquisa na legislação e jurisprudência de diversos casos já acontecidos ou baseado nas leis existentes para trazer respostas que sejam relevantes para os usuários.

O ROSS também consegue monitorar sites jurídicos e notificar as pessoas sobre novas decisões legais e modificações que eventualmente ocorram e que influenciem de alguma forma os casos em andamento, isso vai agilizar o trabalho e poupar o tempo dos clientes e dos advogados.

É o futuro chegando!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 19 de maio de 2016

Robô humanoide "assunta" por ser real demais!

A robótica é um dos horizontes da tecnologia, é nela e através dela que vemos consolidarem-se e construírem-se as mais impressionantes tecnologias. Hoje você conhecerá "Han", um robô humano ultra realista.

Robô impressiona

Estamos chegando à Era dos Exterminadores?


Talvez o Arnold Schwarzenegger ainda não esteja batendo na sua porta mas a realidade de um robô chamado "Han" impressiona. O robô humanoide foi desenvolvido pela Hanson Robotics e foi exibido em uma feira de tecnologia e eletrônica em Hong Kong.

Apesar com um Smartphone Android é possível controlar as expressões faciais dele de maneira completamente surpreendente.

De acordo com os criadores, a pele do robô, incrivelmente realista também, é feita de uma material chamado de Frubber, um polímero elástico que imita a pele humana, para que ele pudesse ter expressões faciais tão "vivas" foram instalados cerca de 40 motores em sua face para representar os músculos que ali ficariam em uma pessoa, isso ajuda o robô a criar várias expressões, além disso, "Han" consegue responder algumas perguntas simples, a empresa idealiza o uso do humanoide em áreas de atendimento ao cliente. Confira o vídeo, é realmente impressionante.




_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

194 GigaBytes: Este é tamanho da maior imagem da Via Láctea já feita

Se você costuma tirar fotos em alta definição no seu Smartphone deve ter percebido  que algumas dezenas delas conseguem lotar um cartão de memória sem muito esforço, porém, astrônomos alemães criaram uma imagem "um pouquinho" maior da nossa galáxia.

Via Lactea Full HD

Poucas coisas despertam-me tanto fascínio do que a Astronomia, é algo realmente incrível para mim, e como eu tenho o hábito de acompanhar as notícias do mundo científico, as vezes mais até do que do mundo Linux, tenho uma coisa interessante para compartilhar com vocês aqui.

Astrônomos alemães em uma universidade do vale do Ruhr em Bochum, mais especificamente, na Alemanha, criaram o que é atualmente a maior foto em alta definição da Via Láctea, que é a galáxia da qual o nesso pequeno e aconchegante Sistema Solar faz parte, a imagem tem nada mais, nada menos do que 46 bilhões de pixels e pesa cerca de 194 GB; muita coisa hein? Já pensou em baixar uma foto assim?

A imagem é na verdade uma junção de várias outras "menores", os cientistas juntaram todas para termos uma noção do visual completo, você pode reparar que existe uma coloração predominante, isso é porque foram usados alguns filtros, não iguais aos do Instagram, mas filtros que deixam apenas alguns tipos de ondas de luz passarem, o objetivo era deixar as estrelas, sobretudo as do centro da galáxia que são mais difíceis de ver, mais nítidas.

As imagens foram juntadas à partir do observatório chileno que fica no deserto do Atacama, o trabalho demorou cerca de 5 anos para ser feito. 

Como nem todo mundo tem um conexão boa o suficiente para baixar a imagem (ainda neste ano) ou até mesmo espaço no HD para comportar apenas uma imagem, foi criada uma página que permite que você visualize o projeto diretamente pelo seu navegador, com um certa interatividade, você pode dar zoom (muito zoom!) assim como mudar os filtros de luz, clique aqui para acessar.

E aí, já imaginou ter a Via Láctea de Wallpaper?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




segunda-feira, 26 de outubro de 2015

"Se as máquinas tiverem um interesse diferente do nosso, teremos um problema", Stephen Hawking

Stephen Hawking é uma das mentes mais brilhantes da nossa história e sempre que ele resolve dar a sua opinião sobre algum assunto as pessoas costumam prestar atenção. Hawking participou recentemente de uma discussão do Reddit onde explicou a sua preocupação com a evolução da A.I.

Stephen Hawking

O problema para a humanidade da Inteligência Artificial segundo Stephen Hawking


Quem gosta de física vê em Stephen Hawking um grande exemplos a ser seguido, ele ficou tão famoso por suas realizações e lições de superação que até mesmo que não está muito interessado em buracos negros reconhece a sua figura.

Hawking respondeu algumas perguntas feitas no Reddit onde compartilhou com as pessoas algumas de suas análises sobre o uso e evolução da inteligência artificial.

Quem acompanha o blog sabe o quanto nós falamos hoje em dia sobre "a internet das coisas", uma vez que a empresa por traz do Linux Ubuntu, a Canonical, está se saindo muito bem neste segmento, porém a inteligência artificial plena, quando for alcançada, levará sem dúvidas a humanidade a um próximo estágio.

Stephen Hawking foi questionado sobre os riscos de uma IA "do mal" existir, segundo ele a questão de maldade é má interpretada pela mídia, ou interpretada desta forma por motivos de marketing, a questão não deveria ser "maldade" e sim "competência", ele explica. 

“Uma IA superinteligente será extremamente boa em atingir suas metas, e se essas metas não estiverem alinhadas com as nossas, estamos com problemas. Você provavelmente não é um odiador de formigas que pisa nelas por maldade. No entanto, se você estiver no comando de um projeto de uma hidrelétrica e há um formigueiro na região que será inundada, azar das formigas. Não podemos deixar a humanidade ficar na posição destas formigas”, afirmou.

Outra pergunta que foi feita ao físico questiona também o desemprego que pode ser causado pelo uso das máquinas, quanto a isso ele foi enfático:

“Se as máquinas produzirem tudo de que precisamos, o resultado dependerá de como as coisas são distribuídas. Todo mundo poderá aproveitar uma vida de lazer luxuoso se a riqueza produzida pela máquina for compartilhada, ou a maior parte das pessoas pode se tornar miserável se os donos das máquinas conseguirem se posicionar contra a redistribuição da riqueza. Até agora, a tendência tem sido para a segunda opção, com a tecnologia aumentando a desigualdade”.

Ele comentou também que não espera problemas futuros pela dominação pelas máquinas mas se a inteligência artificial conseguir montar novas máquinas de uma maneira melhor que a nossa a ciência irá avançar muito rapidamente.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Após ser preso, garoto de 14 anos é convidado por Obama, Google e Facebook


Noticias de um garoto de 14 anos de idade, preso por alegarem que ele trouxe uma bomba para a escola tem sido tendência por algum tempo (obs.: era somente um relógio caseiro).


Garoto de 14 anos convidado por Obama, Google e Facebook depois de ser preso

E o que poderia ter levado as autoridades confundir tal placa com fios com uma bomba? Confiram o relógio no vídeo a seguir:



Ahmed Mohamed, a propósito, está bastante orgulhoso de sua realização engenhosa e a policia  decidiu não colocar nenhum encargo ao garoto.

Depois de todo o ocorrido, o presidente Barack Obama convidou o garoto a trazer o relógio a casa branca e inspirar mais mais crianças como ela a agostar da ciência, informado que isso é o que torna a América ótima.

Não bastando o presidente, até mesmo Mark Zuckerberg fez o mesmo:
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Iron Maiden escolhe locais de shows pela pirataria de suas músicas

Todo o tipo de indústria é afetada pela revolução cultural que a internet e os meios de comunicação trouxeram, a indústria musical é sem dúvidas é belo exemplo, muitos estúdios vivem um guerra com a pirataria desde a época do nascimento Napster, por outro lado algumas pessoas encontraram um meio de tirar vantagens disso, um exemplo é a banda britânica Iron Maiden.

Iron Maiden usa pirataria para escolher os locais de shows

Pirataria como aliada


Para os músicos tornar a pirataria uma aliada tem isso algo desafiador e antes de tudo necessário, as pessoas já não estão acostumadas a pagar por álbuns, prévias, DVDs ou materiais do tipo, este tipo de venda só acontece com quem realmente é fã de algum artista e gosta de ter as coisas da banda, quem simplesmente gosta de ouvir faz isso pelo Spotify ou outro similar, pelo YouTube ou através de downloads ilegais por torrent ou qualquer outro meio.

O Iron Maiden é uma das bandas de maior representatividade na história da música, sobretudo no gênero Metal, com um público fiel e na iminência da turnê de lançamento de seu novo álbum "The Book of Souls" a banda contratou uma empresa chamada MusicMetric para avaliar os países e cidades onde houve maior número de downloads de suas músicas e assim escolher onde existem mais fãs para definir as cidades onde a banda fará a sua turnê.

O relatório mostrou que o tráfego maior foi na América do Sul, incluindo Brasil, Venezuela, México, Colômbia e Chile, que ficaram entre os 10 países com mais downloads ilegais da banda. E a estratégia tem dado certo. O último show em São Paulo arrecadou US$ 2,58 milhões (cerca de R$ 6 milhões). A seção da pirataria, que mostra a quantidade de torrents baixados, é liderada pelo Brasil. São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba estão entre as cinco cidades que mais fazem downloads ilegais.

Adaptando-se


Parece-me que os artísticas que já tomaram consciência de que lugar contra a internet é uma batalha perdida estão aprendendo a como usá-la a favor, por conta disso não é mais tão incomum encontrar bandas que lideram seus discos completos através de um canal no YouTube, muitas vezes tirando um certo valor com o AdSense mas principalmente tornando a música popular para posteriormente vender shows, afinal, música ao vivo não tem como piratear. Me parece ser uma estratégia inteligente.

E essa pirataria hein?


Se tem um assunto que nunca é sumariamente conclusivo este assunto é a pirataria, tirando os que são radicalmente contra ou radicalmente a favor existe um degradê imenso de "se nãos" no meio do caminho, pessoas que acham isso certo se for feito de uma certa forma, é um assunto polêmico e hoje em dia pouco discutido até, acredito que já tenho sido mais, hoje em dia muitos já se conformaram com o fato, os artísticas e bandas são um exemplo disso.


O que você achou da atitude do Iron Maiden?

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Duas tecnologias inovadoras que você vai querer no seu Smartphone

Essa semana foram publicadas duas notícias sobre tecnologia de Smartphones que se tornarão a ambição de todos os usuários.


Duas tecnologias que você vai querer no seu bolso

Hoje vivemos inseridos na tecnologia, muito mais do que podemos imaginar, mas se deixarmos a nossa imaginação voar sem precisar respeitar a "realidade" podemos pensar em tecnologias tão avançadas que seriam dignas de um filme de ficção.

Nem sempre a nossa imaginação acompanha a tecnologia e ela acaba nos surpreendendo.

Carregamento de bateria via Wi-Fi


A primeira novidade se trata de roteadores que recarregarão as baterias de nossos Smartphones através do Wi-Fi.

Essa tecnologia já é esperada e me lembro que já ouvia rumores dela em 2007. Agora a ideia começa a concretizar-se.

Muitas empresas estão trabalhando para poderem ter dispositivos com tal tecnologia, como a Energous, ele utiliza energia das ondas de rádio frequência que são enviadas e recebidas pelos Smartphones.

A Nikola Labs criou um case que armazena energia não aproveitada quando os Smartphones buscam por sinal de uma rede sem fio, convertendo esse sinal diretamente em energia, desta forma carregando a bateria do aparelho.

A Nikola Lab prevê que seus "SmartCases" estejam disponíveis no final de 2015, já os da Energous ainda estão em fase de testes e provavelmente estarão no mercado em breve.

Dicas sobre como aproveitar melhor bateria do Smartphone já foram dadas também aqui no Diolinux

Smartphones que consertam-se sozinhos


A segunda tecnologia trata-se de telas para Smartphones auto-reparáveis. Quem ganha com o serviço de substituir telas de Smartphone pode ficar surpreso com uma possível falta de clientes, pois os cientistas e pesquisadores da universidade de Bristol, sob a liderança do professor Duncan Wass , desenvolveram uma tela que será (digamos) inquebrável. Afirmam que essa tecnologia será notória nos próximos cinco anos.

Logicamente a tecnologia será aproveitada em outros equipamentos do nosso cotidiano, como: Para-brisa de veículos, capacete de ciclistas, janelas de casas, espelhos, vidros de aviões entre outras coisas.

Esse vidro é composto por vários materiais químicos carbônicos que contem minúsculas micro-esferas. Quando o vidro se quebra, uma substância liquida é liberada e assim ocorre a reação química que preenche o local danificado (é visível ao relatar que essa tecnologia de auto-reparo foi inspirada no corpo humano).

Desta forma você não precisará preocupar-se muito com as possíveis quedas do seu Smartphone fujão que insiste em cair do seu bolso. 

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




terça-feira, 7 de julho de 2015

Novo Drone espião é movido à Linux

Empresa Norte Americana cria Drone que pode funcionar como um verdadeiro satélite, o aparelho consegue voar sobre as nuvens e pode ser controlado pela internet, através de um simples Smartphone ou um JoyStick especial.

Drone-movido-a-Linux

Linux está sendo utilizado para controlar um Drone capaz de voar por todo o território norte americano


Não é novidade o uso de Linux em drones; conheci drone com Linux em Novembro 2.010 na 7ª edição da Conferência Hacker a Hacker (H2HC, acrônimo de Hackers to Hackers Conference) quando um dos palestrantes apresentara o Ar.Drone controlando-o pelo Ipad via bluetooth (o produto ainda não havia chegado no Brasil e o palestrante conseguiu passar pela alfandega sem problemas).

No mesmo ano (em Dezembro de 2.010, para ser mais específico), publiquei em um antigo blog que eu tinha em que o Alessandro de Oliveira Faria, mais conhecido como “cabelo” apresenta a matéria sobre o quadricóptero.

Leia também:
Primeiro Drone do mundo que roda aplicativos é baseado no Ubuntu Snappy

Já apresentamos também em um Diocast mencionando as forças armadas americanas migrando seus drones de SunOS para Linux. Agora foi publicado no website “Virgin” a empresa 3DR com seus Smart Drones. Três anos atrás, seu proprietário era na verdade editor em uma revista sem experiência em espaço aéreo e mesmo sem habilidades, e hoje lidera o mercado americano de drones.

E como ele conseguiu isso? Simples! Com um bom radar para o que está acontecendo e crescendo, observando as tecnologias sendo adotadas que o levaram até aquele ponto.

Mesmo não sabendo sobre tecnologia, ele criou uma comunidade chamada DIY Drones para oferecer uma experiência ao público e se uniu a um jovem gênio que conheceu online na comunidade (que já crescia e os membros da comunidade já colaboravam) e principiaram a empresa para tornar esses projetos da comunidade em produtos. Surgiu assim a 3DR (3D Robotics).

Drone movido a Linux

Um junção de tecnologias


A combinação de impressora 3D e outras tecnologias de desktop, projetos open source como o Arduino e Raspberry Pi, sensores e processadores que estão fazendo as industrias de Smart Phones girar tornando o hardware mais interessante e acessível permitiu 3DR produzir o Solo Smart Drone.

Drone Linux

Esse não é simplesmente mais drone no mercado, eles são chamados “smart drones” ou “smart phones com hélices” por utilizarem chips presentes presentes no Iphone e Android phones. O Solo Smart Drone vem conectado à núvem por padrão (out of the box), assim ele foi projetado para ser parte ser parte do movimento Big Data; como o Solo é conectado a rede, ele é parte da Internet of things, câmera frontal, controle similar ao joystick, pode ser controlado via smartphones e possui longo alcance.

Assista o vídeo a seguir para ter uma sensação do poder do Solo:


A 3DR afirma que drone fazem um eclipse em satélites por que drones podem ver o mundo não somente de cima, mas também de perto, a qualquer hora, de qualquer lugar e sob as nuvens que obscurecem dois terços da terra se for visto por satélites a qualquer hora.

Vale mencionar também que o software dronecode, da 3DR, é parte integrante da Linux Foundation.

Fonte.
_____________________________________________________________________________


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 1 de julho de 2015

Quem precisa de um SmartWatch?

Depois dos Smartphones e Tablets serem objeto de desejo para praticamente qualquer pessoa no planeta a nova onda são os SmartWatchs, relógios inteligentes que fazem muito mais do que mostrar as horas. Mas a questão é, será que você precisa de um?

Por que necessito de um SmartWatch?

Como um SmartWatch pode facilitar a sua vida?


Sinceramente não uso relógio há muitos anos, tantos que nem lembro mais, mas os SmartWatchs estão chamando a minha atenção para um acessório que à tempos eu não usava, um relógio de pulso.

Aliás, o erro começa aqui, não é apenas um relógio com "funções legais", eu tinha um tamagotchi quando era criança e nada supera isso, mas sim estamos olhando para o futuro, a tecnologia vestida, é isso que é um relógio inteligente.

Eles não vem para substituir o seu Smartphone, eles vem para ser um complemento a ele, e cá entre nós, depois que você se acostumar com um destes acho difícil viver sem.

De qualquer forma, muitos ainda se questionam se vale ou não à pena investir em um aparelho com esta finalidade, o mais interessante é que eles não são mais caros do que qualquer relógio de marca convencional.

Qual a utilidade de um SmartWatch?


SmartWatchs

Um SmartWatch pode ser algo muito conveniente quando você está no cinema, em uma reunião de negócios ou até mesmo dirigindo e recebe uma chamada inesperada, com eles você não precisa mais dar uma de contorcionista para tirar o seu Smartphone da sua calça Jeans, não precisa revirar mais uma bolsa ou mochila, os relógios inteligentes tem esta conexão com os Smartphones e basta um toque no seu relógio de pulso para aceitar ou recusar uma chamada.

Mais do que isso, um SmartWatch ainda pode te notificar sobre mensagens recebidas, sobre atualizações nas suas redes sociais, etc, fora que um recurso interessante é que ele pode vibrar no seu pulso para chamar a sua atenção.

Este tipo de recurso é especialmente útil para mim, eu tenho o costume de deixar o meu Smartphone em alerta vibratório o tempo todo e não é raro perder uma chamada por não ter percebido o telefone tocando, com uma SmartWatch isto não aconteceria.

Ah!! E tem aquela parte "procrastinante" de quando o Smartphone está longe de você e você não quer levantar para pegá-lo, eu sei que você pode estar achando que eu sou preguiçoso mas encaremos os fatos, o Rio Grande do Sul, meu estado, é praticamente um outro país no inverno (sério, aqui cai até neve de vez em quando!) e você pagaria para não sair do seu lugar quentinho para atender o telefone e descobrir que é a sua operadora lhe oferecendo um plano "imperdível".

Neste friozinho não da vontade de se mexer, certo?


Fora isso ainda existe uma gama ampla de aplicativos que você pode instalar neste acessórios, como previsão do tempo, GPS, e quem gosta de praticar esportes como correr e pedalar também vai achar funções bem úteis neles para regrar seus exercícios.

SmartWatchs são muito caros?


Claro que isso depende muito do seu ponto de vista do que é caro ou barato, mas não estamos falando de algo como iWatch banhado a ouro da Apple que custa 20 mil dólares (acho que nem os funcionários da Apple querem ele), mas sim de devices com preços mais acessíveis e que cabem em todos os bolsos e servem para todas as necessidades.

Se eu puder lhe dar uma dica, não compre qualquer aparelho em território nacional, eles realmente não valem o que estão custando, é muito mais vantajoso importar eles, mesmo que demore um pouco mais do que o normal. 

Uma boa opção é o site GearBest, eles tem vários produtos do tipo, incluindo os SmartWatchs que falamos, existem várias promoções por lá, pelo que pesquisei, sempre com frete grátis e desconto quando pago por boleto, o que me convém já que não tenho cartão internacional.

E falando na GearBest, eles nos deram desconto em dois modelos que vamos repassar para vocês:

- I5 Plus Smart Watch Bluetooth 4.0 IP67 Sleep Monitoring Sports Tracking Wristband
Cupom: GBI5P

U80 Rubber Band Smart Watch with Call / Message Remind Sleep Monitr Pedometer
Cupom: GBU80

Se você queria um SmartWatch por um preço acessível está aí uma boa oportunidade. :)

Você precisa de um?


Claro que a resposta final é sempre sua meu amigo, cada um sabe das suas necessidades, mas se for por um preço justo e com funções interessantes, por que não?

Pretendo adquirir um assim que possível e quem sabe até faço um Review no canal do Diolinux mostrando o dispositivo. Qual a sua opinião? Você compraria um SmartWatch?

Você pode participar desta discussão deixando o seu comentário logo abaixo.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 24 de junho de 2015

Mulheres no mundo da tecnologia? Google quer atraí-las usando um algoritmo

A presença de mulheres no mercado de T.I. tem aumentado consideravelmente nos últimos anos mas mesmo assim a presença delas ainda é baixa se comparada à masculina, até o Google percebeu isso e está disposto a mudar este quadro.

Funcionaria do Google em Toronto

Google quer atrair mais funcionárias


De acordo com o The Verge, a equipe atual do Google é composta por mais homens do que mulheres mas o buscador espera mudar o quadro ao atrair mais funcionárias no futuro.

Para achar os possíveis problemas, a empresa anunciou um algoritmo que irá determinar em que ponto as mulheres estão deixando a empresa, a fim de ajudar a descobrir a melhor forma de mantê-las à bordo.

“Houve um momento no Google quando o quadro de liderança era muito forte entre as mulheres”, disse um ex-executivo do Google ao New York Times“Isso mudou drasticamente”, comentou. 
Entre as saídas recentes está Marissa Mayer, a primeira mulher a ser uma engenheira do Google, no qual escolheu por deixar sua posição e se aventurar como CEO no Yahoo!.

Além do algoritmo, a Google também espera mudar processos internos para acolher mais mulheres na equipe, incluindo a integração delas no processo de recrutamento.

Não sei quanto a vocês, mas na minha experiência em alguns bons anos como profissional de T.I, foi realmente muito raro trabalhar com uma colega mulher, assim como existem profissões com tendencialmente são femininas (mas não necessariamente), como psicologia, também existem as que tem tendência masculinas, como mecânica por exemplo, mesmo assim, tecnologia é uma coisa que costuma agradar ambos os gêneros, por que será que as mulheres não aparecem tanto no nosso convívio?

Para confirmar as exceções convido você a ouvir o podcast com a nossa amiga Eliane Domingos onde falamos sobre tudo o que você puder imaginar a respeito do Libre Office, clique aqui.

Que tal você compartilhar conosco a sua visão desta situação, como é a presença feminina no seu trabalho? Existem muitas mulheres? Por que você acha que o público feminino não costuma ser visto com maior abundância em cursos de T.I.?

Deixe a sua opinião e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




quarta-feira, 10 de junho de 2015

Conheça o Light Phone: Um celular do tamanho de um cartão de crédito

Onde será que a tecnologia vai chegar? Hoje você vai conhecer um aparelho extremamente compacto, tão compacto que é quase inacreditável!

Light Phone

O celular que você pode guardar na sua carteira


Eu gosto muito de ver pessoas desenvolvendo tecnologias novas e por conta disso volta e meia dou uma passada pelo kickstarter para ver os projetos novos.

Encontrei o Light Phone nesta busca e bem, o que posso dizer? Ele me impressionou! Acho que antes de continuar a falar sobre ele é melhor você dar uma olhada no vídeo de apresentação dele, confira:


O telefone para quando você está sem telefone


Ao contrário do que se poderia pensar, o Light Phone não parece ter a menor intenção de concorrer com o seu Smarpthone tradicional, aliás, eles deixam bem claro isso no vídeo, Smartphones, SmartWatches e outras "Smart coisas" para um lado e o Light Phone para o outro.

Light Phone

O preço de 100 dólares é bem sugestivo e ele cabe no compartimento de cartões da sua carteira, porém ele tem uma proposta que é bem diferente de qualquer outro aparelho; enquanto todos os Smartphones do mercado querem te conectar de alguma forma a tudo e todos o Light Phone quer apenas que você "viva o momento".

A única coisa que ele faz é "ligar", muito estranho hoje em dia um telefone que faz ligações (apenas)!

Mas foi juntamente isso que achei interessante, um telefone para ligar é algo quase tão utópico quanto um celular que manda mensagens a uns 15/20 anos atrás.

O celular só para fazer ligações e desligar você do mundo um pouco, o que você acha disso?


--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.
terça-feira, 2 de junho de 2015

Conheça vantagens e desvantagens do tablet Sony Xperia S


Esse não surpreendeu tanto mas não deixa de ser um bom aparelho




Xperia S



O bom: O tablet Sony Xperia S tem um confortável, design de alta qualidade, uma tela de excelente e expansão de armazenamento.


O mal: Infelizmente o Wi-Fi se desliga quando o tablet hiberna, acordando o tablet da hibernação ele leva muito tempo, e sua tela pisca de forma intermitente. O preço é um pouco alto para o que é oferecido.

O tablet Xperia S tem um design excelente, mas há alternativas mais baratas que proporcionam um melhor aparelho. O aparelho, segundo o site da sony store, custa R$ 1399,00.


Conheça mais o design do aparelho: 







Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

sábado, 22 de setembro de 2012

Motorola e Intel para novo smartphone

Dois grandes fabricantes de tecnologia se juntam novamente




RAZR

Chipsets móveis da Intel surgiram em um punhado de dispositivos ao longo dos últimos meses, mas a Motorola, sem dúvida o maior parceiros de smartphones da Intel, tem sido conteúdo para manter o silêncio sobre os frutos de seus esforços mais longos.

Bem, a espera finalmente acabou. Motorola revelando oficialmente o processador Intel iRAZR (quase idêntico ao do recém-lançado RAZR) em um evento para a imprensa hoje em Londres. Nem mesmo a Motorola poderia identificar os dois smartphones de tão semelhantes, a única diferença física aqui é a inclusão de um botão para a câmera.

O tal smartphone tem: Processador Single-core da Intel chipset Medfieldow e um clock capaz de chega a 2GHz.

Preços ainda não foi revelado (como de costume), mas o iRAZR está programado a vir ao Reino Unido, França, Alemanha, Argentina, Brasil e México, em outubro.

Fonte


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Reino Unido agora 4G

Novo padrão de internet já está operante no Reino Unido


4G




Sinais 4GA novidade agora é no Reino unido, pois o país receberá a primeira rede 4G do mundo até o final do ano. Essa rede será operada pela Everything Everywhere que no país comanda a Orange e T-Mobile.

É esperado que até 2014 98% do Reino Unido estejam com a tecnologia de quarta geração, mas, por enquanto as prioridades são cobrir 16 cidades incluindo a capital do país.

Já alguns aparelhos como o Nokia 920, Samsung Galaxy SIII, HTC One XL e o Huawei Ascend P1 terão suporte para a tecnologia 4G.




Fonte

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

terça-feira, 11 de setembro de 2012