Intel cria mecanismo para bloquear ultrabooks roubados - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Intel cria mecanismo para bloquear ultrabooks roubados

Uma espécie de pílula mágica bloqueadora de ultrabooks

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

/ por Dionatan Simioni

Quem tiver seu ultrabook equipado com tecnologia da Intel roubado poderá enviar uma “pílula venenosa” ao aparelho, remotamente, e travar o produto completamente. A nova tecnologia, batizada de Antiroubo, foi apresentada pela fabricante de chips nesta quinta-feira (30), em Berlim, durante a feira de eletrônicos IFA. O ultrabook é uma nova categoria de notebooks criada pela Intel.
“Se roubarem ou você perder o aparelho, você acessa um site e lança a pílula. Na próxima vez que a pessoa que o está usando o notebook se conectar à internet, o aparelho será completamente fechado e os dados serão bloqueados”, explicou Hans-Jürgen Werner, diretor de marketing da Intel.
Ultrabooks da Intel têm 'pílula venenosa' que permite apagar dados remotamente em caso de roubo (Foto: Amanda Demetrio/G1)Ultrabooks da Intel têm 'pílula venenosa' que permite apagar dados remotamente em caso de roubo
Questionado, o executivo disse que não sabia a previsão de chegada do serviço ao Brasil. Na Europa, a companhia já conta com quatro parceiros para colocar a tecnologia em prática.
Outra novidade de tecnologia que chegará aos ultrabooks será a Proteção de Identidade, que colocará uma camada extra de segurança na comunicação que o notebook faz com os provedores de serviço (o PayPal e o eBay, por exemplo). Assim, haverá uma nova autenticação entre os dados enviados aos serviços favoritos do usuário.
Werner explica que é uma “nova chave” colocada na comunicação, mas o usuário não terá que fazer nenhum ajuste. “Ninguém vê acontecendo, o usuário não precisa se preocupar”, contou o executivo.
Também na Europa, a Intel já tem parceria com PayPal, eBay e MasterCard para fornecer o serviço nos sites das empresas.
Em sua apresentação, Wener falou sobre o que um notebook precisa ter para se encaixar na categoria “ultrabook”. “As pessoas querem ter tudo: precisa ser barato, estiloso, seguro. Elas querem tudo e eu também quero tudo como consumidor”, disse.
Segundo ele, um aparelho não pode demorar mais de sete segundos para ligar. “Ele precisa ficar dormindo profundamente para economizar bateria, mas tem que ligar rápido e já ter as informações atualizadas do usuário”, conta. Em termos de bateria, o modelo tem que durar pelo menos cinco horas longe de seu carregador, diz Werner.
O executivo contou que a Intel já criou, com seus parceiros, mais de 110 ultrabooks e agora pretende adicionar as telas sensíveis ao toque a esse cenário. “Teremos outros 20 novos designs com tela sensível ao toque até o Natal”, disse.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo