Qualcomm vai fabricar chips 700 MHz no Brasil - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Qualcomm vai fabricar chips 700 MHz no Brasil

Fabricante norte-americana comprometeu-se a produzir chips para as diferentes tecnologias da quarta geração adotadas em solo nacional.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

/ por Dionatan Simioni

A empresa norte-americana Qualcomm vai produzir chips para as diferentes tecnologias da quarta geração de celular (4G) que forem adotadas no Brasil. O compromisso foi assumido pelo diretor-executivo da Qualcomm, Paul Jacobs, durante audiência com a presidente Dilma Rousseff e o ministro das Comunicações Paulo Bernardo.
Qualcomm Sede

Em junho, foram leiloadas as faixas de 2,5 GHz e 450 MHz. O governo também tem intenção de licitar a faixa de 700 MHz no ano que vem, mas o espectro é utilizado pelas emissoras de televisão aberta. O ministro Bernardo disse que os estudos sobre a utilização da faixa de 700 MHz serão concluídos pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ainda neste semestre.
O governo federal quer ainda utilizar tablets e smartphones para monitorar a qualidade do serviço público, especialmente nas áreas de saúde, educação e Previdência Social. “Discutimos com a Casa Civil a possibilidade de incrementar essa rede de monitoramento, de controle, baseado em dispositivos móveis. O pessoal da Qualcomm se dispôs a nos ajudar nisso”, disse o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que também participou da reunião.
Telemedicina
No encontro, Jacobs destacou a parceria da Qualcomm com o Comitê Olímpico Brasileiro em Londres, quando foi testado o uso intensivo de telemedicina para verificar o desempenho dos atletas brasileiros nas Olimpíadas, experiência que, ressaltou, espera ver repetida nas Olimpíadas do Rio em 2016.
Segundo Jacobs, a Qualcomm está promovendo um concurso mundial com prêmio de 10 milhões de dólares que será concedido a quem apresentar o melhor projeto de dispositivo móvel para o diagnóstico de doenças, ampliando o uso da telemedicina.
Em abril, o Ministério das Comunicações e a Qualcomm assinaram um memorando de entendimentos que prevê a instalação de um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento focado para tablets e a criação de um laboratório para apoiar desenvolvedores brasileiros de aplicativos para smartphones e tablets, ambos no Estado de São Paulo.
A Qualcomm está construindo o centro de pesquisa que deve começar a funcionar no primeiro trimestre do próximo ano. Segundo o presidente da empresa, o centro terá cerca de cem funcionários e a previsão de investimento inicial de aproximadamente 1 milhão de dólares.
A empresa americana também planeja cooperar com a indústria nacional de eletroeletrônicos e com os centros de educação e tecnologia brasileiros no campo de comunicação sem fio, bem como está prevista a alocação de parcela do fundo de investimento da empresa com o objetivo de fomentarstartups de várias tecnologias no país.
A contrapartida do governo brasileiro na parceria é a criação de incentivos para a produção local de smartphones, com a inclusão do aparelho na Lei do Bem, por meio da medida provisória nº 563, que aguarda sanção presidencial. “A medida deverá reduzir significativamente o preço final dos aparelhos, aumentando a presença dos telefones inteligentes para quatro em cada cinco telefones celulares vendidos; atualmente, a cada 5 celulares comercializados, apenas um é smartphone”, afirma o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.
Banda Larga 0800
O primeiro projeto realizado em parceria entre o MiniCom e a Qualcomm foi o da tarifação inversa de conexão, a chamada Banda Larga 0800. A ideia foi proposta pela empresa norte-americana e consiste na adaptação do serviço telefônico 0800 para conexões a determinados serviços, a partir de dispositivos móveis (celulares, tablets ou modems 3G).
O projeto-piloto foi realizado na cidade de São Sebastião, a 25 quilômetros de Brasília. Oitenta moradores da cidade foram selecionados para receberem smartphones e usarem, durante algumas semanas, um site preparado para não cobrar pela conexão.
A Qualcomm está entrevistando os participantes do projeto-piloto e vai preparar um relatório sobre a utilização do sistema e os serviços mais procurados pelos participantes.
(*) Com informações da Agência Brasil e do Ministério das Comunicações


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo