Games para Linux: Assault Cube - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Games para Linux: Assault Cube

Um bom FPS multi plataforma para você jogar com seus amigos

quinta-feira, 14 de março de 2013

/ por Dionatan Simioni

Assault Cube: Um FPS no estilo de Counter Strike Open Source

Olá pessoal, estou começando hoje um grande série que vai trazer os mais diversos, novos e legais games para a plataforma Linux. E apesar do grande momento gostaria de dizer que estou um pouco chateado, pois não queria começar essa série sem fazer os gameplays dos games que prometi na nossa fan page no Facebook. Em fim, estou tendo algumas dificuldades para fazer a minha vinheta de entrada do Canal no Youtube, e algumas pendências com a qualidade do audio dos vídeos, assim que este problema for solucionado postarei os gameplays, mesmo dos games que já postei. Resolvi começar logo pois já se fazem umas 3 semanas ( talvez até mais) que comecei a pesquisar e jogar muitos jogos nativos do Linux e acumulei uma bagagem de mais de 35 games que deverão ser postados quase que diariamente, então, se você curte games e curte Linux fiquei ligado pois nos dias que virão muita coisa interessante passará por aqui. Estava ansioso para começar e não posso esperar mais!

Então vamos lá!

Assault Cube




O primeiro game que escolhi, foi um que está na Central de Programas no Ubuntu e é até que relativamente conhecido dos Linuxers, trata-se do Assault Cube.

Assault Cube

Como o nome sugere, o game é feito com a Engine Cube 2, responsável pela criação de muitos games do mundo Linux, a engine é bem dinâmica e não é perfeita, mas com alguns ajustes ela torna os games muito diferentes uns dos outros. Isso você verá com o tempo, postaremos mais games feitos sobre a mesma engine.

Gráfico

O gráfico lembra muito o do CS mesmo, se todos os ítens forem colocados no máximo a qualidade fica até superior, o que não torna necessariamente o game pesado, só não indico ele a processadores mono core ou que tem pouco ou nenhum aceleração gráfica. Ele é o típico FPS onde você só vê uma das mãos do seu personagem e os seus demais companheiros e inimigos. Como é possível ver na imagem acima, "as pessoas" são meio "quadradas" assim como é no CS, mas nada que atrapalhe o jogo.

Som

A parte de audio é muito bem trabalhada e não deixa a desejar, existem também opções nos menus para configurar o audio, o único defeito que encontrei é que algumas armas tem um som muito parecido, para não dizer igual.

Jogabilidade

A cube engine tem uma característica de "acelerar as coisas" na hora do jogo se você tem um processador mais potente, mas com o tempo você se acostuma, o principal modo do game, assim como no CS, é o Team Death Match, mas existem outros modos, como o "captura de bandeira". Botões W,A,S,D controlam o personagem, o mouse é responsável pela visão é os tiros, você pode trocar de arma usando os números do teclado ou o scroll do mouse.
Existem tipos variados de armas, mas não são muitas opções, menos que o CS, mas cada uma tem uma característica diferente e são mais do que o suficiente para você se divertir.
É possível jogar online também e em rede local.

Download e instalação

Como eu havia dito anteriormente, o game está na Central de Programas do Ubuntu:


Ou use a linha de comando:

sudo apt-get install assaultcube

Você pode baixar o jogo diretamente do site oficial também, e nele você encontra versões do mesmo para Windows e Mac OS além do Linux, dessa forma você pode jogar uma partida em rede mesmo que os seus amigos usem outro sistema operacional.

http://assault.cubers.net/

O Download é pequeno, aproximadamente 50 MB.

Espero que você tenha gostado deste primeiro artigo, muitos virão por ai! Até a próxima e fiquei com mais algumas imagens!

Assault Cube

Assault Cube


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo