Quais as melhores distribuições Linux para usuários iniciantes? - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Quais as melhores distribuições Linux para usuários iniciantes?

Quem está começando no Linux deve usar qual distro?

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

/ por Dionatan Simioni

Seria o Ubuntu a melhor escolha?

Em agosto de 2011, logo no início no blog eu escrevia este artigo no intuito de abordar um dos assuntos que nunca obtiveram uma solução definitiva, e é esta uma das perguntas mais antigas de quem usa Linux e uma pergunta muito recorrente para quem pensa em usar...

Qual a melhor distro para iniciantes?

Hoje com um pouco de conhecimento acumulado posso fazer maiores ponderações para este assunto e posso afirmar até que a lista que eu fiz à dois anos atrás não mudou tanto assim.

O que é preciso levar em conta na hora de escolher a distro

Uma coisa que não é muito abordada quando de trata deste assunto é qual tipo de usuário iniciante você é, sim, existem mais de um tipo e sim isso faz total diferença.

Existem pessoas que são iniciantes do Linux mas que entendem de computador e saber usar muito bem sistemas operacionais como Windows e o Mac OS e existem pessoas que não tem conhecimento básico nem nos sistemas mais populares.

Não vou ficar em cima do muro e afirmar que "depende do usuário", "vai testando ai meu amigo até você achar uma que goste", esse tipo de coisa quem está procurando uma resposta para essa pergunta não quer ouvir, a pessoa quer uma caminho, quer uma solução e é isso que vamos tentar fazer aqui.

O que deve ter um sistema Linux para ser indicado para qualquer tipo de usuário iniciante

Depois de avaliar um pouco e falar com os meus alunos de curso básico de informática ( quase todos usam Windows ) posso afirmar com mais clareza alguns pontos que um sistema Linux amigável deve ter.



Interface Intuitiva e semelhante

É mais do que óbvio que interface intuitiva é algo realmente muito importante para qualquer sistema, mas o sistema tem que ensinar o usuário a usar o computador ao mesmo tempo que ele está usando o mesmo, por isso menus que não mostram a descrição do programa, ou seja, o que ele faz não são muito adequados para iniciantes.

Outro ponto crítico em relação à interface gráfica é a "posição das coisas", para evitar um pouco o "choque" ao trocar de sistema seria interessante que a aparência fosse semelhante ao Mac OS e principalmente ao Windows que é de onde a maioria das pessoas  inicia a sua vida no computador.

Ícones bonitos e descritivos que tragam uma ideia do que o programa faz também são úteis, mas não mais importantes do que serem semelhantes aos ícones de sistemas pagos.

E outra coisa importante é o comportamento da interface, atalhos no teclado tem que ser os mesmos de sistema proprietários e a as funções do ambiente tem que ser iguais, por exemplo, trocar wallpaper com o botão direito na área de trabalho e as coisas funcionarem dando "dois cliques".

A tradução do sistema para o idioma preferido do usuário deve ser completa e nos mínimos detalhes, sei que isso é difícil devido a segmentação de produção de software para Linux, muitos deles não tem equipes de tradução, até aí tudo bem, mas a tradução do sistema operacional e suas opções deve estar completa e correta.

Não pode existir "tela preta"

Apesar de estamos acostumados a usar o terminal, para um usuário iniciante ele deve ser totalmente dispensável, ou seja, é preciso conseguir fazer absolutamente tudo sem recorrer ao terminal; com o passar do tempo o usuário vai ganhando experiência e se tiver interesse vai perceber que as coisas se resolvem de uma maneira mais fácil e simples usando o Terminal Linux e que ele pode ser um grande aliado mas ele não pode depender do terminal para fazer as coisas.



Logo, aplicações como a Central de Programas do Ubuntu, Yast, EasyLife são indispensáveis.


Ainda dentro do tema programas, eles tem que estar acessíveis a poucos cliques, sem complicação nenhuma, sem maiores problemas para que qualquer um consiga instalar o que quiser.

Acho que tudo se resume à estes dois tópicos, demais coisas se encaixam dentro disso, de modo que sou capaz de afirmar alguns distros que considero ideais para quem está começando no Linux.


Distros Linux para quem está iniciando

A primeira coisa à lamentar é que não existe nenhum distro que supra todas essas necessidades com louvor, mas algumas chegam bem perto.

Ubuntu


Não teria como deixar a mais popular distro do mundo de fora, certamente ela é uma das mais indicadas o maior problema do Ubuntu é o Unity, e não é que ele seja ruim não até porque eu uso ele todo o dia, mas é a sua diferença dos outros sistemas ( Windows e Mac ) sendo que ele tem uma aparência própria e única, que mescla um pouco das características do Windows com as características do Mac OS.

Ubuntu com Unity


Além das boas características a disto bem bom acesso a jogos e é a principal na lista da Valve com o Steam, que apesar de ser possível instalar em outras distros não é tão fácil quanto no Ubuntu.

Linux Mint

Baseado no Ubuntu a distro trás as mesmas qualidades do seu irmão mais velho com a diferença de trazer uma interface mais familiar, especialmente para quem vem do Windows, a maneira de organizar as janelas abertas lembra o Windows XP e o menu lembra o Windows 7, possui muitos temas, sendo que é possível instalar novos recursos visuais com poucos cliques e sem apelar para o terminal.

É mais indicado para iniciantes que o Ubuntu pois já vem pronto para o uso com todos os plugins e codecs necessários para uma boa experiência de uso.

Linux Mint com Cinnamon


O único problema, no caso de nós brasileiros, é que a tradução do Cinnamon, ambiente gráfico do Linux Mint, não está completa para o nosso idioma e alguns opções de configuração ainda ficam em inglês.

Ele também possui uma Central de Programas que não é tão bonita e com cara de loja como a do Ubuntu, aliás esse é um dos pontos a se melhorar no Mint, mas que funciona perfeitamente.

Metamorphose Linux

Este é um projeto brasileiro e é uma das distros mais completas que você vai usar na vida, vai te deixar muito feliz se você gosta do ambiente KDE, o Meta, como o chamam seus usuários, é indicado tanto para iniciantes como avançados, o sistema tem absolutamente TUDO, também puder com uma ISO de mais de 2GB e quem estiver iniciando vai encontrar opções para fazer tudo de maneira gráfica, ele é baseado no Debian e é muito estável.

Metamorphose Linux Puma com KDE


O seu calcanhar de aquiles é a aparência, e o problema não é nem da distro e sim do KDE que é "meio estranho" outro detalhe é que os seus programas próprios são muito úteis mas não são bem desenhados o que faz parecer que ele não tem uma boa integração com o KDE.

Outra grande vantagem é que o Meta traz todos os drivers Nvidia e AMD por padrão, logo você não precisará instalar nada.

Conclusão

Se você leu o meu artigo de dois anos atrás deve ter percebido que a lista não mudou muito, gostaria ainda de ressaltar duas coisas, esse é um artigo de minha opinião baseado em testes que fiz com alunos, experiência e observação, se você descorda de algo por favor manisfeste a sua opinião nos comentários e vamos debater o assunto.

Outra coisa que você deve ter notado é que não inclui o Elementary OS, nem o Zorin OS e também não incluí nenhuma distro que use pacotes RPM, eis a explicação:

Em relação ao Elementary manifestei a minha opinião sobre ele neste artigo e acho ele inadequado para usuário realmente novos, afinal a distro crua deixa a desejar, no caso do Zorin OS, leia também este artigo sobre ele, acho ele inadequado por ser um pouco instável e usar o AWN como interface não ajuda muito, mesmo assim pode ser uma boa porta de entrada, eu mesmo comecei a usar Linux por conta dele e do Linux Mint.

E para finalizar, sei que existem boas distro para leigos como o Mageia que usam pacotes RPM, mas programas e dicas sobre eles na internet são menos fáceis de achar de modo que o usuário depende um pouco do que está no repositório, sem falar que não existem PPA's para tal fim, claro, é possível converter pacotes deb em rpm usando o Alien mas um usuário comum vai fazer isso? É claro que não, ele vai chorar " eu quero meu .exe!"

Para se ter uma ideia você já deve conhecer este site que mostra como escolher a distro ideal para você, se configurar todas as opções para "noobisse total" o resultado é:

Linux Mint

Qual a sua opinião?

Compartilhe para mostrar aos seus amigos



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo