Kubuntu pode deixar de existir por "problemas da comunidade" - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Kubuntu pode deixar de existir por "problemas da comunidade"

A distribuição Linux Kubuntu pode ser descontinuada após o lançamento de Outubro

terça-feira, 30 de junho de 2015

/ por Dionatan Simioni
O projeto Kubuntu corre o risco de ser descontinuado por falta de entendimento entre seus criadores, saiba mais.

Kubuntu

O Kubuntu como o conhecemos pode acabar


Um acontecimento importante pode estar prestes à acontecer, a comunidade Kubuntu "ficou de orelha em pé" por conta da saída de Jonathan Riddell do projeto recentemente, ele era um dos líderes de desenvolvimento da distro e a sua saída culminou na saída de outros membros importantes.

De acordo com a nota de lançamento da versão Alpha do Kubuntu 15.10, "o futuro do sistema é incerto".


Neste link você encontra um apanhado de informações mais detalhadas sobre o caso.

"Problemas comunitários"


É justamente neste ponto que reside um problema grave nas distros Linux para Desktop, a falta de confiabilidade na sua continuidade. Quando uma distro é desenvolvida de maneira voluntária ela está sujeita a determinadas falhas humanas que são menos prováveis de acontecer em corporações.

Comunidade


Um simples desentendimento entre membros pode acabar com um projeto que durou anos, no caso do Kubuntu, mesmo sendo patrocinado pro algumas empresas ele corre o risco de ter seus lançamentos futuros comprometidos, imagina se não fosse.

Este foi um dos principais motivos que apontei no vídeo onde comentei sobre "O porque de eu utilizar o Ubuntu", são raros os projetos comunitários neste âmbito que dificilmente teriam um fim por conta de desentendimento entre seus membros, acho que o único seria o Debian, pois ele gera interesse de muitas empresas.

Assuntos chatos


Apesar de ser um assunto difícil de se tratar, é mais do óbvio que devemos pensar na longevidade do sistema, no suporte, entre outras coisas. Existem muitas distros boas por aqui que eu não me atrevo a confiar minhas máquinas e meu trabalho justamente por este fator, elas serem desenvolvidas e mantidas por pouquíssimas pessoas.

Neste caso se "o cara" pegar uma gripe teremos problemas com o sistema e suas atualizações, isso não é uma crítica rasa, talvez sirva de alerta para as pessoas que desenvolvem sistemas baseados em Linux, é muito importante criar uma comunidade de desenvolvimento mais do que uma comunidade de usuários, se até projetos patrocinados correm este risco o que dirá os que não são.

A Apple continuou sem Jobs no comando, a Microsoft continua mesmo sem Bill Gates como CEO, será que a sua distro continuaria se os principais criadores e líderes deixassem de participar? É uma boa pergunta.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo