Unity 3D está chegando ao Linux - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Unity 3D está chegando ao Linux

Unity 3D e seu editor rodarão nativamente no Linux

sexta-feira, 10 de julho de 2015

/ por Dionatan Simioni
O Unity 3D, engine responsável por uma infinidade de games nos últimos anos está recebendo um porte para o Linux, agora você poderá desenvolver jogos para Linux do Linux.

Unity 3D Editor no Linux

Unity 3D Editor rodará no Linux


O Unity 3D tornou-se um programa referencia para a construção de games multiplataforma, muitos games de Smartphone e generalizando, principalmente games Indie, só passaram a existir por conta desta Engine.

Ela consegue juntar exatamente o que um desenvolvedor Indie normalmente necessita, facilidade de uso e potência.

O Unity 3D já consegue exportar games para Linux há pelo menos dois anos mas até então não era possível usar o editor na plataforma, algo que é de interesse de muitos desenvolvedores.

Unity Ubuntu


Segundo o blog do Unity 3D, o programa começou pequeno com uma versão para o Mac OS e em 2009 recebeu seu porte para Windows, o que segundo eles já deu muito trabalho; em 2015 o Unity 3D está ainda maior e mais poderoso de modo que um novo porte está dando ainda mais trabalho, porém, logo deveremos ter novidades à respeito.

A única distribuição com suporte oficial é o Ubuntu, o pessoal da Unity Engine está desenvolvendo o editor para Linux sob a versão 12.04 LTS do sistema da Canonical, porém, eles afirmaram que o mesmo poderá ser instalado (sem suporte) em qualquer outro sistema Linux que cumpra alguns requisitos, os quais não foram comentados.

A dificuldade


Eles enxergam a vinda das Steam Machines como algo revolucionário e sabem que muitos dos games Indies disponíveis na Steam para Linux hoje em dia são feitos com o Unity 3D, então nada mais justo do que dar aos desenvolvedores mais poder para criar os jogos para a nova plataforma.

Entre as dificuldades relatadas estão, por incrível que parece, adaptar o editor ao "Case sensitive" que existe no Linux e não existe no Mac e no Windows, caso você não tenha entendido isso refere-se ao modo com que o sistema interpreta diretórios e arquivos:

ArquiVOS e ARQUIvos  no Windows e no Mac são interpretados como algo igual, no Linux eles podem ser diretórios ou nomes de arquivos completamente diferentes.

Fora isso, como foi comentado, a quantidade de código é enorme então fora os imprevisto apenas o trabalho em si já é bem grande, outro detalhe que deve mudar na versão de Linux é que certos recursos que são importados de programas que atualmente não rodam no Linux deverão ser modificados ou substituídos, como modelos importados diretamente do 3D Studio Max.

Não existe data de lançamento mas pelo menos sabemos que o trabalho está sendo feito.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo