5 dicas para não cair em furadas seguindo tutoriais na internet. - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

5 dicas para não cair em furadas seguindo tutoriais na internet.

A quantidade de pessoas que são prejudicadas por terceiros com más intenções na internet é muito grande, porém, eventualmente até quando não há má intenção é necessário tomar alguns cuidados, vamos falar sobre tutoriais na internet.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

/ por Dionatan Simioni
A quantidade de pessoas que são prejudicadas por terceiros com más intenções na internet é muito grande, porém, eventualmente até quando não há má intenção é necessário tomar alguns cuidados, vamos falar sobre tutoriais na internet.

Dicas para não cair em furadas com tutoriais na internet

E aí, você já seguiu um tutorial furado na internet?


Olá, tudo bem com você? Vamos falar de algo realmente importante para todas as pessoas que acessam a internet de maneira insaciável atrás da solução milagrosa de um problema. Todos nós já usamos a internet para pesquisar qualquer coisa, de receita de macarrão instantâneo até como produzir uma bomba atômica com ingredientes que você pode encontrar na sua própria cozinha.

Como o nosso blog é voltado à tecnologia, vamos falar então sobre os tutoriais de internet, e como tem algumas pérolas neste segmento não é? Então aqui vão: 5 dicas para você não cair em furadas com tutoriais da internet.

1 - Não fale com estranhos


Não fale com estranhos

Sabe o conselho que a sua mãe te dava quando você era criança? Bom, ele vale para tutoriais na internet também. Infelizmente para sites que estão começando, ter uma boa história de publicações e algum tempo de vida na internet é um diferencial, sites que são sérios costumam durar vários anos e tem publicações regulares. Vale a pena também você conversar com outras pessoas que você conheça à respeito do site, se mais alguém conhece ou já usou, isso pode ser um diferencial.

2 - A data do tutorial é importante

Data do artigo

A maior parte dos blogs e sites exibe a data junto a publicação, isso é muito importante, afinal, poucas coisas mudam tanto quanto a tecnologia. Especialmente nos tutoriais para Linux, existem muitos aqui no site, pode acontecer de alguns não funcionarem mais por questão de atualização dos repositórios.

Aqui nós promovemos uma verdadeira "caça as bruxas" em tutoriais desatualizados, tentando corrigi-los com um link para a versão atual, mas nem todos os sites fazem o mesmo, e nem mesmo aqui nós conseguimos fazer isso com todos os artigos. Nós por exemplo, procuramos deixar claro para qual versão do Linux o tutorial é destinado, mas se você ainda tiver dúvidas vale a pena entrar em contato para pedir se o tutorial ainda está valendo.

3 - Tutoriais amadores


Tutoriais amadores

Quando a gambiarra é muita o santo desconfia. Tutorial de pessoas comunicando-se com você através do bloco de notas demonstram que a pessoa não domina nenhuma ferramenta para a produção de um vídeo melhor elaborado.  A maior parte das pessoas que faz tutoriais desta forma as vezes até sabe "como fazer" mas não faz a menor ideia do que "por que está fazendo isso", e isso pode ser perigoso.

Para blogs vale o menos, um texto bem dividido, deixando claro quais são as partes e passos do tutorial é algo muito relevante, sites que tem comprometimento com o seu entendimento e querem lhe ajudar costumam fazer isso, assim como colocar imagens para ilustrar o tutorial.

4 - Tutoriais para hacks e trapaças


Hacked

Aquela mania de querer tirar vantagem até em vídeo game pode abrir muitas portas para que você tenha problemas. Sites e tutoriais que ensinam você a "hackear" qualquer coisa, sejam jogos, sejam sites (já perdi a quanta de quantas vezes me pediram para hackear um Facebook), esses lugares são pontos excelentes para distribuir trojans e malwares em geral, portanto, cuidado! Se você usa Linux a probabilidade de você infectar é muito menor mas o Linux não é a prova de "hackers movidos a todinho".

5 - Diga-me quem tu és que eu te direi se te dou ouvidos

Oi, eu sou o Goku

Quando um autor tem confiança em suas palavras ele não se esconde atrás de um "Nick" ou do anonimato normalmente. Acompanhar os autores dos seus sites e vídeos favoritos nas redes sociais faz com que você conheça melhor quem é a pessoa que está tentando te ensinar algo através de tutoriais na internet.

A técnica de verificar os perfis sociais das pessoas já é utilizada por empresas antes de contratar os funcionários, por que você não faz o mesmo com os autores?

Gostou das dicas? Você conhece mais alguma que possa ser útil para as pessoas? Então compartilhe ela conosco através dos comentários do site. Alias, esta é uma boa dica adicional, verifique os comentários da postagem, se houverem, e qual a reação do público que o usou o tutorial, se o tutorial lhe foi útil, deixe um comentário positivo, assim você gerará um feedback para pessoas que futuramente acessem o mesmo conteúdo que você.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo