Canonical define alguns objetivos para o projeto Unity 8 do Ubuntu - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Canonical define alguns objetivos para o projeto Unity 8 do Ubuntu

Apesar de nós já termos uma noção de como a convergência com o Ubuntu e o Unity 8 funcionam só agora a Canonical se pronunciou deixando extremamente claro o objetivo do projeto, e ele é mais ambicioso do que parece.

terça-feira, 20 de outubro de 2015

/ por Dionatan Simioni
Apesar de nós já termos uma noção de como a convergência com o Ubuntu e o Unity 8 funcionam só agora a Canonical se pronunciou deixando extremamente claro o objetivo do projeto, e ele é mais ambicioso do que parece.

Ubuntu Desktop Convergence

"Absolutamente tudo deverá ser o mesmo em qualquer lugar"


Essa frase pode resumir bem o objetivo da convergência com o Unity 8. Nós já tivemos diversas oportunidades para presenciar do que o novo Unity é capaz, mas agora fica claro que até mesmo o projeto Continuum da Microsoft representa apenas "uma parte do plano".

Richard Colins, da Canonical, explica no blog Insights do Ubuntu  os pilares do projeto de convergência do Unity e do Ubuntu.

A ideia essencial é uma convergência completa (mesmo) entre as plataforma, e não algo "no meio do caminho", como é atualmente a solução da Microsoft, onde alguns aplicativos não podem ser rodados no Smartphone e alguns tem suas funções reduzidas, assim como o código fonte não ser exatamente igual. A ideia por traz do Unity 8 é trazer exatamente o mesmo sistema para celulares, tablets e computadores, com uma mesma interface que adapte-se ao dispositivo em que está rodando.

Dentre os pontos que foram destacados temos:

- Multitarefa sem esforço e gerenciamento de janelas, tanto em mobile, quanto no desktop.

- Uma gama completa de aplicações desktop e suporte para a mobilidade e produtividade

- Serviços integrados com as notificações de desktop

- Capacidade de gerenciar aplicativos e organizar facilmente os favoritos para acesso rápido

- Navegação por arquivos de maneira simplificada, assim como criar arquivos e pastas.

- Aplicações responsivas que possam ser usadas tanto em interfaces sensíveis ao toque quando em computadores usando o mouse.

- Controle completo do sistema unificado em um ponto só.

- Uma única loja de aplicativos para todos os dispositivos com softwares de terceiros compatíveis.

- Comunicação entre aplicações do Smartphone no Desktop, como poder fazer chamadas e ver os contatos.

São metas audaciosas e nada simples, eles não comentaram sobre uma data de lançamento oficial, até porque, mesmo que o Unity 8 seja lançado em breve, no Ubuntu 16.10 talvez como padrão, a tendência da interface é ir evoluindo e sendo aprimorada como qualquer outro software, de qualquer forma, é muito importe saber onde se quer chegar.

O que você acha dos planos da Canonical para o Unity?
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo