Deixe a sua internet mais rápida: Escolha o melhor servidor DNS para você - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Deixe a sua internet mais rápida: Escolha o melhor servidor DNS para você

Hoje você vai aprender uma dica valiosa, especialmente se você tiver uma internet muito lenta na hora de fazer o carregamento do sites, dependendo da situação, configurar um bom DNS pode fazer toda a diferença na velocidade com que você acessa os conteúdos na Internet.

terça-feira, 24 de novembro de 2015

/ por Dionatan Simioni
Hoje você vai aprender uma dica valiosa, especialmente se você tiver uma internet muito lenta na hora de fazer o carregamento do sites, dependendo da situação, configurar um bom DNS pode fazer toda a diferença na velocidade com que você acessa os conteúdos na Internet.

Melhor DNS

Escolhe o melhor DNS para a sua conexão no Ubuntu e derivados


Não sei você meu amigo(a), mas poucas coisas me deixam tão irritado quanto internet lenta e páginas que não carregam, acho que até a ausência total de internet é algo menos degradante do que internet lenta, então vou te ensinar uma coisa que costumo fazer quando isso acontece comigo, felizmente este problemas vem acontecendo a cada dia menos, porém, mesmo que você tenha uma internet "boa", por assim dizer, isso não quer dizer que ela não pode ficar ainda melhor.

"Claro" que a técnica utilizada aqui não vai fazer milagres, mas vai deixar o seu instinto de esperança de uma boa conexão ainda "Vivo", eu "Tim"tendo, você queria um milagre, mas "oi"? Essas coisas não são tão simples. #Bazinga

Entendendo o problema. O que são DNS?


Servidores DNS (Domain Name System, ou sistema de nomes de domínios) são os responsáveis por localizar e traduzir para números IP os endereços dos sites que digitamos nos navegadores. Algumas vezes encontramos os servidores DNS do nosso provedor de internet congestionados ou com problemas de segurança. Usar um bom servidor DNS significa que sua navegação pode ficar mais rápida e segura. 

Se quiser fazer um teste para entender como funciona, uma maneira simples de fazer isso é por exemplo dar o comando:
ping www.facebook.com
Como resultado você terá o IP: 31.13.73.36, se você pegar este número e colocar no seu navegador o site do Facebook tem que se abrir, a função do DNS é transformar o "www.facebook.com" que você digita no seu browser neste endereço de IP, e alguns DNS são mais rápidos do que outros, variando de acordo com a sua localização e qualidade dos mesmos.

Como escolher o servidor DNS que responde mais rápido para mim?


É importante dizer que existem vários famosos servidores de DNS que são quase que hegemonia na internet, temos os do Google, o OpenDNS, o GigaDNS entre muitíssimos outros. Então, como encontrar o melhor pra mim?

NameBench

NameBench Ubuntu

É aí que entra o muito útil NameBench, ele é um programa que tem como objetivo descobrir qual é o servidor DNS ao seu alcance com a melhor resposta, para facilitar ainda mais a nossa vida, ele está na Central de Programas do Ubuntu.
Clique para baixar
Mas claro, ele também está disponível no repositório de qualquer distro Linux, se você usa Windows procure pelo programa "DNS Benchmark", ele tem a mesma função. Para os que preferem o terminal para fazer as instalações o comando é bastante simples também:
sudo apt-get install namebench
Depois de instalado, vamos rodar o NameBench, você pode fazer isso pelo terminal ou não, isso é opcional, o modo que eu vou mostrar não envolve o terminal.

Pressione as teclas de atalho Alt+F2 e digite "namebench", tudo junto e sem aspas.

Namebench

Abra o programa clicando nele e você verá a tela abaixo:

NameBench

O programa tem muitas opções, mas para o nosso teste vamos nos focar nestas 3 que estão marcadas acima.

1 - Na opção "1" o programa traz o número 127.0.0.1, ou seja, o seu Localhost, apague este valor para podermos continuar, esse campo também serve para você testar um endereço de DNS específico caso você queira.

2 - Nesta parte é opcional, marcando a primeira "checkbox" você diz ao software para testar apenas servidores DNS Globais, como o do Google, OpenDNS, UltraDNS, como é visto entre parenteses; marcando a opção abaixo, você também permite que sejam pesquisados servidores DNS locais, potencialmente mais perto de você, como por exemplo de alguma empresa que tem serviços de fornecimento de internet ou hospedagem na sua cidade, pode ser bom em alguns casos mas marcar esta opção fará com que a pesquisa pelo melhor DNS leve bastante tempo de acordo com quantos estiverem ao seu alcance.

3 - Por último, este é o botão "Start", clique nele e o NameBench vai começar a avaliar os servidores DNS para descobrir quais os melhores ao seu alcance. Vá tomar um café, essa parte demora um pouco.

Melhor DNS para mim

Na parte inferior do programa ele vai te informar qual é melhor DNS para você, no meu caso o resultado foi o "DynGuide" com endereço "216.146.35.35", lembrando que este foi o melhor PARA MIM, para você o resultado poderá ser diferente.

O NameBench ainda abre no seu navegador um arquivo temporário com uma análise mais detalhada de todos os testes que ele fez, como este abaixo:

Eficiencia DNS
Clique na imagem para ampliar

Na imagem acima você vê, no lado direito superior, uma sugestão de melhor configuração de DNS para onde você está no momento por ordem de velocidade.

Como colocar este DNS no seu computador


Agora que você descobriu qual é o melhor DNS para você é hora de começar a utilizá-lo, esse passo pode variar um pouco de acordo com o método que você esteja conectado à internet, se você tem configuração de conexão local, ou seja, você configura no seu PC mesmo o IP que você utilizar, juntamente com a máscara de sub-rede, Gateway Padrão  e o nosso querido amigo DNS, tudo o que você tem a fazer é editar o DNS da sua configuração.

No Ubuntu, clique no ícone da internet na barra superior, clique em editar, selecione a sua conexão, clique em editar novamente e na aba de configuração de IPV4 você pode adicionar o DNS.

DNS

Porém, muita gente usa o bom e velho roteador para se conectar a internet, bom, configurar ele não chega a ser mais trabalho, mas é diferente. Você vai precisar logar-se no seu router e configurar o DNS que ele está usando, o interessante disso é que a configuração que você fizer vai afetar qualquer dispositivo que se conecte a ele usando DHCP, uma conexão normal.

Para configurar o seu roteador você precisa estar na mesma rede que ele, a configuração pode ser feita tanto via Wi-Fi como por cabo. Se você for fazer por cabo, ligue um cabo de rede em qualquer conexão da parte traseira do seu roteador (que não seja a WAN) e a outra ponto no seu computador/notebook, se for fazer por Wi-Fi, basta estar conectado na rede do roteador.

Você vai precisar abrir um navegador de internet de sua preferencia, e no campo onde você digitaria a URL de algum site será necessário colocar o IP do roteador, normalmente o IP padrão dele (se ninguém alterou) está impresso na parte de baixo do roteador, dê uma olhada nele, caso você esteja conectado na rede via Wi-Fi pelo Linux, basta dar o comando:
route -n
IP de Roteador

Como podemos ver na imagem, o IP do roteador é 192.168.0.1. Coloque o endereço de IP do seu roteador na barra de URL do seu navegador e de um bom e velho "enter".

Será necessário digitar o seu login e senha (é o login e senha do roteador, não tem nada a ver com o seu usuário no sistema), o padrão da maioria dos dispositivos é admin:admin, mas se você foi esperto deve ter trocado a senha de acesso, caso você não tenha essas informações ficará mais complicado continuar.

Existem duas opções, ou você chama a pessoa que configurou o roteador para você ou você reseta o aparelho para os padrões de fábrica, mas tenha a certeza que você vai saber configurá-lo de volta depois se for preciso. Em alguns provedores, e necessário fazer uma configuração especial com o IP destinado a você para que a sua internet funcione, por isso se não souber o que está fazendo, peça ajuda para quem lhe dá assistência técnica.

Configurando roteador

Na imagem acima você vê um SETUP de um firmware de roteador da marca Link One, a maneira com que esta tela se apresenta varia de marca para marca, mas praticamente todas tem as mesmas configurações, o que você precisa fazer é achar a configuração de DNS do aparelho, e como você vê na imagem acima, inserir o DNS que você encontrou como melhor opção através do NameBench.

Depois disse será necessário reiniciar o Router para ter certeza que a configuração foi aplicada com sucesso, procure pelo menu "sair" ou "ferramentas" e haverá uma opção de reiniciar o roteador, a sua conexão com a internet deverá cair por uns 15 segundos enquanto o aparelho reinicia, mas depois que ela voltar você vai sentir a diferença.

O resultado


Algumas páginas carregam perceptivelmente mais rápidas do que antes, outras páginas, muito provavelmente porque já estavam em Cache no meu browser (ou até mesmo no servidor DNS) carregam na mesma velocidade de sempre. Para quem tem uma internet um pouco instável ou lenta para carregar as páginas, qualquer segundo ganho já é lucro.

Vale lembrar que mesmo um bom DNS não faz milagres absolutos, uma boa estrutura de conexão e um prevedor que não pratique (não muito) traffic shaping já ajuda bastante.

Até mais galera, compartilhem o conhecimento! Valeu!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo