O Windows 10 ter mais desempenho do que o SteamOS é uma preocupação para a Valve? - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

O Windows 10 ter mais desempenho do que o SteamOS é uma preocupação para a Valve?

Vamos falar um pouco sobre o teste de desempenho que foi feito pelo pessoal do ARS Technica com um modelo de Steam Machine e que mostrou o Windows 10 trazendo uma maior taxa de FPS para o sistema da Microsoft.

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

/ por Dionatan Simioni
Vamos falar um pouco sobre o teste de desempenho que foi feito pelo pessoal do ARS Technica com um modelo de Steam Machine e que mostrou o Windows 10 trazendo uma maior taxa de FPS para o sistema da Microsoft.

Gabe Newell

Valve ainda tem chão pela frente mas não chega a ser preocupante


Deste o artigo sobre o Windows 10 batendo o SteamOS em FPS em alguns jogos testados o pessoal está em polvorosa, muita gente dizendo que não adianta ter jogos se não tiver bom desempenho, gente dizendo que o Windows erá o melhor sempre em jogos, etc, etc...

Tenho uma palavra para vocês, aliás, duas: Calma Por#@!

Vou explicar direitinho para você o que a vitória no Windows 10 neste teste significa, isso significa que no atual momento, usando aquele hardware específico que foi utilizado o Windows 10 está rodando com alguns FPS a mais, em alguns casos a diferença é mais relevante e em outros nem tanto.

Muita gente sabe que o OpenGL se comporta melhor em hardware mais atual, e muito foi comentado que o teste do ARS Technica teria sido tendencioso por usar um hardware um pouco mais antigo "GTX 660", OK, quanto a ser tendencioso, acabou sendo mesmo, porém não sei se essa foi a intenção, pois o que eles fizeram foi pegar uma Steam Machine com esta configuração e fazer um dual boot nela com o Windows 10, me parece justo até.

Otimização faz a diferença


O que temos visto até hoje nos games foram muitos portes, ou seja, nada mais natural, muitos games que já haviam sido lançados (muitas vezes não otimizados nem no Windows) tiveram seus portes para Linux, alguns tiveram um fracasso extremo em primeira instância (The Witcher 2 é um bom exemplo, ainda trarei um gameplay para vocês verem), outros tiveram um porte melhor, caso de CS:GO e outros games da Valve por exemplo, o Dota 2 Reborn (que virou só Dota 2 de novo) já foi exibido com uma diferença de desempenho em favor do Linux neste artigo.

OK turminha do barulho, agora que já temos mais de 1600 títulos para o pinguim (e crescendo), ótimos títulos diga-se de passagem, é chegado o momento de olhar para Linux com um maior carinho para não simplesmente portar o jogo, e sim otimizá-lo para o sistema, entretanto, a minha aposta é que isso não vai acontecer enquanto a API gráfica for o OpenGL, isso deverá apenas mudar com a utilização do Vulkan.

Como o Vulkan é multiplataforma é um caminho natural a se seguir pelas empresas que desenvolvem games usar ele, afinal, usando uma mesma API será possível criar games para Linux, Windows e Mac OSX. Além disso, o desempenho do Vulkan é algo muito interessante de se ver, a Intel fez uma demonstração mostrando que só o fato de usar o Vulkan no lugar do OpenGL consegue dobrar a taxa de FPS em uma Intel HD Graphics.

Drivers de vídeo


Não bastasse isso, os drivers de vídeo também são um pouco crucial, hoje podemos ver a Nvidia e a Intel dando um suporte que podemos chamar de "decente" para o Linux, mas ainda está longe de ser o ideal e pode melhorar muito, enquanto que os drivers da AMD ainda deixam a desejar na maioria dos casos.

A Valve tem muito chão ainda para virar o mercado, ou pelo menos dar uma sacudida nele, mas alguém aqui duvida que a toda poderosa empresa de Gabe Newell não conseguirá fazer isso? Saber o que precisar ser feito eles já sabem.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo