Cuidados no uso do Dual Boot - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Cuidados no uso do Dual Boot

O nosso leitor Bernardo Ramos nos enviou um texto contando um pouco da sua experiência com o uso do Dual Boot, para que não sabe, Dual Boot é uma técnica que consiste em colocar dois sistemas operacionais no mesmo computador, podendo ser dois Linux, Dois Windows, e qualquer variação envolvendo uma combinação entre Windows, Linux e Mac, vamos conhecer a história dele?

sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

/ por Dionatan Simioni
O nosso leitor Bernardo Ramos nos enviou um texto contando um pouco da sua experiência com o uso do Dual Boot, para que não sabe, Dual Boot é uma técnica que consiste em colocar dois sistemas operacionais no mesmo computador, podendo ser dois Linux, Dois Windows, e qualquer variação envolvendo uma combinação entre Windows, Linux e Mac, vamos conhecer a história dele?

Cuidados com o DualBoot

Muitos usuários de Linux começam o uso deste sistema em dual boot com alguma versão do Windows (muito embora a Microsoft esteja se esforçando cada vez mais para que isso não aconteça, via EFI ou com acordo com fabricantes para chips suportarem apenas Windows 10, e para BIOS só usem EFI com Secure Boot e sem modo legado. etc).

Pois bem, não sou um usuário iniciante no Linux e mesmo assim tive problemas com uma partição de dados NTFS para uso conjunto do Windows 7 e um Linux. Nem lembro qual distribuição. Não importa. O problema NÃO está no Linux, mas na sincronização com o Windows da administração dessa área com NTFS.

Precisava do Windows por motivos profissionais, mas no passado usei Linux também profissionalmente 100% do tempo. Ainda assim, naquele momento estava acostumado a quase só usar o Windows. Linux era apenas um desejo, em meados de 2014, de uso eventual.

O fato aconteceu por 2 motivos. Parei de necessitar do Windows e algo que normalmente nunca faço: hibernei o Windows. Entretanto, quando liguei uns dias depois, esqueci daquele fato, e por um motivo qualquer continuei usando Linux. Gostei, e assim foi por SEMANAS sem usar Windows.

O problema foi quando deixei o Linux e pensei em atualizar o Windows, antivírus, antimalware... Então, logo ao ligar a máquina e fazer login, ele não gostou muito e reverteu vários arquivos ao estado que ele tinha em seus próprios registros de controle, aqueles que pensei o Linux estar atualizando!!!!

Até deu uma mensagem de erro, arquivos "corrompidos", mas em se tratando de Windows... Não dei muita importância e mandei corrigir. Quando percebi, já era tarde.

Nenhum dos dois sistemas ficou comprometido, obviamente, mas perdi vários arquivos de dados. E isto me ensinou várias coisas, as quais aprendi a duras penas. 

O que soube depois ou analisando "superficialmente" o caso (não sou estudioso de Windows, embora trabalhe com ele há déc... "Há algum tempo"), o Windows talvez trave a participação DELE, a do sistema, enquanto hiberna (ou assim me disseram), mas tudo indica que não fez o mesmo noutras partições com NTFS. No caso, a dos meus dados compartilhados entre os dois sistemas, e que tem de ser NTFS, uma vez que a Microsoft nunca liberou suporte a sistemas de arquivos diversos, que não os dela. Isto é, AINDA não, talvez o faça em breve, e apostaria no ZFS, mas isso é outro assunto. 

Não testei o que aconteceria se tivesse hibernado o Windows com arquivos abertos e tentado alterar algum DESSES arquivos. Este não foi o meu caso.

Igualmente, não testei hibernar o Linux e abrir esses arquivos no Windows. 

O que aconteceu, supostamente, quando o Windows voltou, percebeu ESTADOS DIFERENTES em seu journaling e reverteu-os para onde estava, semanas atrás, eeee... Babau alterações. 

PORTANTO, amiguinhos... Aconselho ao usar boot compartilhado de uma mesma máquina, com QUALQUER COMBINAÇÃO de sistemas :

... JAMAIS HIBERNE sistemas em dual boot, a menos que sejam 100% independentes (DADOS E SWAP inclusive!!!!!).

... Isso vale ainda para dados compartilhados entre uma Máquina Virtual e o sistema host. NUNCA hiberne essas VMs.

... Faça backups no dobro da frequência que você acharia interessante. Quem só tem um backup não tem nenhum, lembrando que ter essas cópias num único volume (um mesmo disco externo, por exemplo), não resolve. Se for algo mais sério DE VERDADE, essas cópias não devem nem estar no mesmo prédio, às vezes nem na mesma cidade (mas se for esse o caso, não será em dual boot, né? rsrs).

E depois daquilo tudo, demorei um pouco para tomar uma nova ação na estratégia de uso da máquina.  Continuei com Windows nela por um tempo, mas hoje só tenho EXT4.



Quer participar do blog Diolinux como o Bernardo e tantos outros já fizeram? Então envie a sua história, dica ou tutorial para o nosso contato de escritores.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo