Supercomputador brasileiro deixa de operar pela falta de dinheiro para a conta de luz - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Supercomputador brasileiro deixa de operar pela falta de dinheiro para a conta de luz

Mais um golpe na ciência brasileira. O supercomputador "Santos Dumont" , no Rio de Janeiro (Petrópolis), deixou de operar neste mês por conta da falta de verba para o pagamento da conta de energia elétrica que o mesmo gerava.

quinta-feira, 23 de junho de 2016

/ por Dionatan Simioni
Mais um golpe na ciência brasileira. O supercomputador "Santos Dumont" , no Rio de Janeiro (Petrópolis), deixou de operar neste mês por conta da falta de verba para o pagamento da fatura de energia elétrica que o mesmo gerava.

Supercomputador Santos Dumont




A notícia entristece todos os amantes de ciência, o "Santos Dumont" era o supercomputador mais poderoso da América Latina, com processamento de 1,1 petaflops, ele foi desligado porque a conta de luz é cara demais.

Segundo as informações, o custo para manter o equipamento funcionando era de 500 mil reais por mês, o que representava cerca de 80% do valor disponibilizado para toda a pesquisa realizada no local onde o mesmo estava instalado.
Leia também: 99% dos supercomputadores do mundo rodam Linux
O supercomputador começou a funcionar no último ano no Laboratório Nacional de Computação Científica, à partir de então, este laboratório tem sido capaz de receber e processar pesquisas que exijam um grande poder computacional, o que inclui pesquisas sobre o vírus zika, mal de Alzheimer e camada pré-sal.

Há algum tempo atrás nós fizemos uma entrevista com um pesquisador brasileiro para falar sobre ciência e tecnologia e como o Linux e o open source é utilizado neste segmento, neste mesmo vídeo o nosso convidado, Hugo Araújo, já relatava o descaso do governo com a aplicação de verba na ciência.





Augusto Gadelha, diretor do LNCC, comentou: “No mês de maio, vimos que não havia a possibilidade de manter o computador ligado e tivemos a decisão de desligá-lo, diante da imprevisibilidade de chegada dos recursos para a energia elétrica”.

Por conta desta parada, mais de 70 pesquisas estão impossibilitadas de continuar ou na lista de espera para iniciar.

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) teve seu orçamento reduzido em quase 25% para R$ 3,3 bilhões, o menor valor dos últimos 12 anos se corrigirmos os valores pela inflação.

Apesar desta perda, o MCTI está tentando conseguir mais verba para não deixar o supercomputador parado.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo