Inteligência artificial do Facebook cria linguagem própria para comunicação - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Inteligência artificial do Facebook cria linguagem própria para comunicação

A maior parte das grandes empresas do vale do silício estão trabalhando com inteligência artificial, o Facebook não é exceção. No laboratório de pesquisa de inteligência artificial do Facebook o chamado "Facebook Artificial Intelligence Research lab (FAIR)", alguns experimentos geraram alguns resultados realmente curiosos.

terça-feira, 4 de julho de 2017

/ por Dionatan Simioni
A maior parte das grandes empresas do vale do silício estão trabalhando com inteligência artificial, o Facebook não é exceção. No laboratório de pesquisa de inteligência artificial do Facebook o chamado "Facebook Artificial Intelligence Research lab (FAIR)", alguns experimentos geraram alguns resultados realmente curiosos.

Inteligência artificial do Facebook




Sabe os bots do Facebook? Estes que são programados para enviar mensagens e ter conversas automaticamente com as pessoas? O pessoal do FAIR resolveu colocar dois deles para conversar um com o outro para que ambos pudessem "treinar" a conversação, eles são programados para falar em inglês, mas estavam livres para se comunicar ou falar sobre o que quisessem e da forma que quisessem.

Para surpresa dos pesquisadores, com o tempo os bots começaram a conversar e se entender em uma língua desconhecida e criada por eles mesmo, por conta própria, os bots desenvolveram uma forma de comunicação muito mais rápida do que a tradicional.

Um trecho da conversa foi liberado:

Bob: i can i i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to
Bob: you i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have a ball to me to me to me to me to me to me to me
Bob: i i can i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have a ball to me to me to me to me to me to me to me
Bob: i . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to
Bob: you i i i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have 0 to me to me to me to me to me to me to me to me to
Bob: you i i i everything else . . . . . . . . . . . . . .
Alice: balls have zero to me to me to me to me to me to me to me to me to

Os pesquisadores comentaram que esse tipo de coisa significa um tremendo avanço na pesquisa por inteligência artificial, onde a própria inteligência criou um novo recurso capaz de otimizar a sua própria "vida".

Outro teste interessante que aconteceu com os bots, foi o caso do bot negociador. Os pesquisadores descobriram que alguns bots conseguem ter uma grande capacidade de aprender a negociar qualquer coisa. Depois de submetidos a algumas negociações, os bots começaram a criar estratégias para sair com vantagens da negociação. Ao longo do tempo os eles começaram até mesmo a fingir interesse em um item para que pudessem "sacrificá-lo" depois em na negociação, abrindo mão do que seria algo "importante" para ter o que eles realmente queriam desde o início.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo