System76 explica porque está fazendo o Pop!_OS baseado no Ubuntu - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

System76 explica porque está fazendo o Pop!_OS baseado no Ubuntu

Por enquanto apenas uma customização, o sistema deverá receber maiores upgrades com o tempo e criar sua própria identidade

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

/ por Dionatan Simioni
Há algum tempo atrás eu comentei aqui no blog sobre o Pop!_OS, o sistema operacional baseado no Ubuntu customizado pela System76, um das maiores empresas de venda de hardware com Linux embarcado. No artigo em questão eu comentei sobre as minhas perspectivas à respeito do sucesso do Pop!_OS, hoje vamos falar das razões da System76 para tal.

Pop!_OS System76






Com o lançamento do Ubuntu 17.10 com GNOME e tudo mais, nós também tivemos o lançamento da primeira versão do Pop!_OS da System76, por enquanto são poucos os detalhes que diferenciam o sistema da empresa do Ubuntu da Canonical. Nominalmente podemos colocar o tema GTK e de ícones e o instalador diferenciado, construído em conjunto com a equipe do elementary OS como maiores diferenças. Falando neles, nesta semana eu li no blog do elementary que o pessoal do Pop!_OS vai utilizar a central de aplicativos no elementary OS no seu sistema no lugar da GNOME Software, onde incluirá softwares próprios e repositórios adicionais, como drivers.

Outra modificação que eu percebi é que as ISOs (apenas de 64 bits) que a System76 está liberando já vem com os melhores drivers open source Intel e AMD e ainda proprietários da Nvidia para que você simplesmente instale o sistema e saia utilizando. O que é um toque interessante, sem dúvida. O recurso ainda não funciona em Notebooks com drivers gráficos híbridos, mas em linhas gerais é um passo a menos depois de instalar o sistema.

A existência do Pop!_OS


Em um post em seu blog, a equipe da System76 explica o porque de manter o seu próprio sistema operacional. Eu achei as justificativas plausíveis. Segundo eles, a empresa trabalhava com o Ubuntu com Unity desde 2011, possuindo vários parceiros e clientes. Com a mudança de foco do Ubuntu, deixando Unity de lado e voltando a usar o GNOME, cerca de 91% dos clientes da System76 seriam afetados.

Segundo o artigo, isso os "deixou em choque", pois muita coisa iria mudar e a decisão simplesmente saiu de um dia para o outro, ou seja, a decisão de uma empresa parceira, porém alheia, acabou afetando drasticamente o trabalho da System76. Para evitar que isso aconteça, eles decidiram que era importante deter o seu próprio sistema operacional, usando a base Ubuntu que já é extremamente popular e a qual os desenvolvedores deles também estavam acostumados a trabalhar, porém, sem depender tanto do que a Canonical decidir.

Além disso, a identificação do perfil de usuário e cliente da System76 ser um pouco diferente do que a Canonical vem trabalhando agora, aparentemente ajudou ainda mais a justificar a criação de um novo sistema, que inicialmente é mais uma customização do que qualquer outra coisa, mas que deve ganhar maiores individualidades com o tempo. Vale a pena conferir o post completo aqui.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo