Como resetar o Ubuntu (com GNOME Shell) para o "padrão de fábrica" - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Como resetar o Ubuntu (com GNOME Shell) para o "padrão de fábrica"

Aprenda a voltar as configurações do Ubuntu de volta para o padrão

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

/ por Dionatan Simioni
As distros Linux costumam nos dar muita liberdade para personalizar o sistema operacional, com o Ubuntu não seria diferente, e agora que ele usa GNOME Shell como interface padrão, existem muitas modificações disponíveis através de extensões e temas, afinal, o GNOME é uma das maiores comunidades open source que existem e naturalmente existe muito material sobre customização para ele. Hoje você vai aprender a deixar o seu Ubuntu com a aparência de recém instalado em caso de você alterar muitas coisas e não saber mais como voltar.

Como resetar o Ubuntu






Graças a centralização de configurações do GNOME Shell, nós podemos usar uma função de um utilitário chamado dconf para poder restaurar o sistema e voltar para as configurações padrão.

Para fazer uma demonstração para você eu personalizei completamente os temas do Ubuntu (para um jeito não tão bonito), assim você pode ter uma noção da mudança:

Ubuntu modificado para ser resetado

Para voltar todo o GNOME para as configurações padrões, não só o tema, mas os aplicativos como Evince, Rhytmbox, Nautilus (deixando a área de trabalho sem ícones), extensões e "tudo mais", rode o seguinte comando no terminal:
dconf reset -f /
Depois de alguns segundos apenas (e algumas piscadas na tela)  o seu desktop volta a exatamente o seu padrão, incluindo os ícones dos apps que estão fixados na sua barra lateral:

Ubuntu de volta ao padrão

Existe também uma outra forma de fazer "resets" em aplicativos específicos, eu expliquei como fazer isso neste vídeo:



Simples assim! :)
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo