Correção em falha de processadores Intel pode acabar reduzindo o desempenho do CPU em até 30% - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Correção em falha de processadores Intel pode acabar reduzindo o desempenho do CPU em até 30%

Falha nos processadores afeta todos os sistemas operações e correção pode acabar reduzindo o desempenho dos processadores

quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

/ por Dionatan Simioni
O ano mal começou e a Intel já está tendo problemas de segurança com seus processadores. Os processadores Intel, tanto x86 quanto x64, fabricados nos últimos 10 anos podem ter seu desempenho fortemente afetado devido a necessidade de uma atualização a nível de kernel dos sistemas operacionais, sejam eles Windows, macOS ou Linux.

CPU Intel problemas de segurança










Geralmente esse tipo de problema é corrigido via update de firmware, mas desta vez isso não será o suficiente. Os desenvolvedores de sistemas operacionais terão de fazer alterações do Kernel para evitar a falha e isso pode acabar reduzindo a performance dos processadores da Intel em até 30%, variando de acordo com o modelo.
O problema não está completamente claro pois até o momento em que eu escrevo este artigo a Intel não se manifestou claramente sobre o caso. O que se sabe, até então, é que esse erro afeta a forma com que o Kernel dos sistemas operacionais  lidam com instruções do CPU, isso acaba fazendo com que o Kernel não consiga gerenciar corretamente as permissões de acesso, dando margem para que atacantes pudessem ter acesso ao user space do sistemas operacionais e conseguir acesso a senhas e informações sigilosas em muitos casos.

Além dos processadores convencionais de desktop, a falha também afeta processadores de servidores e ambientes em nuvem, como Amazon EC, Google Compute Engine e Microsoft Azure.

No Linux a atualização para corrigir a falha já está disponível, então apenas mantenha os seu sistema atualizado, logo a atualização deve chegar até você (se já não chegou), para Windows, a Microsoft deve lançar na próxima semana a atualização para a correção, a Apple parece estar trabalhando no caso também, mas  ainda não há previsão de quando a correção estará disponível para os usuários da "maçã".

Com a atualização, a ideal é que o Kernel não possa ser mais acessado por nenhum processo em execução, o que consequentemente irá aumentar o esforço do processador para executar os seus processos, impactando a performance, o que pode ter efeitos diferentes de CPU para CPU.

Para conseguir isso os desenvolvedores precisam separar completamente a memória do kernel do KPTI (Isolamento da Tabela de Página do Kernel). Esta atualização leva o Kernel a um endereço completamente separado, então, ele fica invisível para um processo em execução, evitando os ataques.

A AMD não perdeu a viagem e aproveitou, claro, para ressaltar que seus processadores estão livres dessa falha.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo