Maio 2018 - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Desenvolvedores do Linux Mint falam sobre o futuro lançamento da versão 19

Nenhum comentário

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Em uma pequena nota no dia de hoje postada no blog do Mint, os desenvolvedores anunciaram as suas intenções com a versão 19 do sistema e estimaram a data de lançamento, confira:

Linux Mint 19





Todas as 3 versões do Linux Mint 19 (Cinnamon, MATE e XFCE) estão em fase de teste de qualidade, o que significa que os desenvolvedores estão ativamente "caçando" e corrigindo bugs no sistema antes da versão Beta/RC. 

Segundo as informações, existem alguns bugs pontuais que eles querem corrigir antes de passar da fase de Q.A. (o controle de qualidade anteriormente mencionado), isso deve acontecer ainda amanhã.

Segunda-feira, dia 4, provavelmente nos teremos o lançamento da versão Beta do Mint 19, porém, desta vez o ciclo "Beta" irá se estender um pouco mais do que o tradicional, sendo então a versão final do sistema liberada nos últimos dias de Junho.


Muito código do Mint foi portado para Python 3, o GKSU foi removido e substituído pelo PKEXEC e na versão com MATE agora temos suporte nativo e automático para telas HiDPI.

Falando ainda sobre aparência, os desenvolvedores informam que o novo Mint usará o GTK 3.22, dando uma visual um pouco mais polido ao sistema. O tema atual, Mint-X, não será mais utilizado, em seu lugar estará o tema Mint-Y, que já era alternativa há algum tempo e teremos também um novo conjunto de ícones.

Particularmente espero uma melhoria neste sentido (ícones), pois apesar dos ícones Mint-Y serem (discutivelmente) bonitos, eles tem um grande problema comercial: Não respeitam as identidades visuais dos aplicativos de terceiros, o que pra mim é essencial, até para que novos usuários facilmente possam se localizar no sistema.

Temas Mint -Y
Para exemplificar, estes cima são os ícones atuais de Google Chrome, Spotify, Kdenlive e Firefox no tema Mint-Y, como você pode ver, eles são consideravelmente diferentes dos originais, criados pelas marcas destes aplicativos, especialmente os dois últimos.

Eu não sei se a mudança será realmente neste sentido, mas seria uma boa coisa, caso viesse. Não há porque customizar este ícones desta forma, basta deixar os do próprio desenvolvedor, talvez até reduzisse o trabalho, mas, que sabe, né?

Fique ligado aqui no blog para conferir as novidades e até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Atari anuncia o seu novo console com base no Ubuntu

Nenhum comentário
Depois de um longo tempo de desenvolvimento a Atari anunciou a pré-venda de seu novo "Retro console",  o Atari VCS, saiba mais detalhes agora:

Atari + Ubuntu






A Atari anunciou ontem (Quarta-feira, 30 de Maio de 2018) a disponibilidade de pré-venda de seu console baseado em Linux, o chamado "Atari VCS" foi financiado através do IndieGOGO, arrecadando até o momento mais de 1 milhão e meio de dólares. Segundo as informações, o console da empresa carrega uma versão modificada do Ubuntu (muito provavelmente o 16.04 LTS), ao menos atualmente, como o lançamento da versão final do console será apenas em 2019, muito provavelmente o upgrade para a base 18.04 LTS ocorrerá.

Observando o hardware temos uma combinação curiosa: AMD+Linux.

O console carregará uma APU A10 Bristol Ridge com chip gráfico Radeon R7x, com versão com até 4GB de memória RAM DDR4 e armazenamento eMMC de 32 GB, suportando também cartões SD e dispositivos externos, como SSDs ou HDs. Além disso, a nível de periféricos, será possível conectar dispositivos via bluetooth e USB, como joysticks, mouses, teclados e webcam. Quem desejar poderá comprar também os joysticks clássicos do Atari ou comprar uma versão moderna, ambos vendidos separadamente por 30 e 50 dólares cada, respectivamente.


O console trará mais de 100 jogos clássicos do Atari carregados na biblioteca interna, mas os jogadores também poderão comprar mais títulos através da "Atari VCS Store', outra especulação que se faz é uma parceria com a Valve e com a GOG, ambas empresas que possuem games para Linux em seu catálogo para expandir ainda mais a biblioteca de jogos nativos do console.

Outro fator interessante deste console da Atari é que os usuários poderão customizá-lo como quiserem, instalando outros sistemas operacionais nele inclusive, há também um rumor de que os novos portes dos jogos da Atari serão exclusivos de Linux. O console será vendido em edições diferentes, possuindo caixas com e sem os controles com o valor começando em torno de 200 dólares.
Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Analisamos o fone KZ-ZSR, uma opção interessante para quem busca versatilidade

Nenhum comentário

quarta-feira, 30 de maio de 2018

O KZ-ZSR é um fone de ouvido que pode ser considerado modular, até certo ponto, pois você consegue desmontá-lo e usamos de formas diferentes dessa forma, além de possuir em sua estrutura algumas peculiaridades que você não vai encontrar em qualquer modelo por aí. Confira os detalhes:

ZSR Fone de ouvido - Review






Você pode conferir a review do aparelho em vídeo para ter mais detalhes logo abaixo no nosso canal no YouTube.


O KZ-ZSR é um fone de ouvido peculiar, essa aparência de plástico transparente acaba dando a ele uma aparência de "coisa barata e sem valor", mas não se engane, apesar do valor dele estar longe dos mais caros do segmento, ele também não está perto da classe mais baixa da categoria, entregando uma qualidade que surpreende.

KZ-ZSR Fone de ouvido
Detalhes de "Right" e "Left" com fonte estilizada dão um toque especial

O fone de ouvido é todo de plástico e aparenta ser bem resistente, com bons acabamentos, no caso desse modelo em específico temos um preto brilhante ao lado de detalhes em prata.

A embalagem do produto tem uma característica minimalista, usando somente da cor branca em toda a caixa e um desenho ilustrando o fone de ouvido em traços cinzas, assim como as informações em inglês e chinês da embalagem também na cor cinza. 

Ao abrir a embalagem nos deparamos com o fone de ouvido em uma sub embalagem preta coberto por uma proteção transparente, que por sinal é um pouco complicada de retirar. Embaixo da embalagem preta você encontra o manual de instruções completamente em inglês e dois pares de borrachinhas intra auriculares de tamanho pequeno e grande, sendo que o tamanho médio já encontra-se no próprio fone de ouvido.

ZSR Unboxing

O fio deste fone vem separado da parte intra auricular, o que pode ser bem interessante caso você estrague o fio, pode fazer somente a substituição dele, não de todo o fone, pois você pode montá-lo e desmontá-lo. 

Tanto no fio quanto na parte intra auricular você encontra os sinais de "direita" e "esquerda" para não ter dúvida na hora da montagem, no entanto, o real motivo para você poder retirar os fios é que o KZ-ZSR é um fone modular, você encontra para a compra um módulo bluetooth capaz de transformar o seu fone com fio e um sem fio.

O modulo bluetooh não é incluso neste modelo que recebemos para testes, mas pode ser comprado à parte. Convenhamos, isso poderia ter sido melhor pensado, mas felizmente, isso não faz com que a qualidade do fone se torne inferior, ele só não fica tão bom quanto poderia.

Já que estamos falando da versão com fios, vamos falar deles.

O fio aparenta ser bem resistente apesar de ser de espessura mediana, ele possui uma capa protetora emborrachada em um cinza de material transparente, que deixa aparecendo os fios internos do fone, o que acaba sendo um detalhe bem bacana. 

Quanto a plug, ele é um conector P3 com um detalhe em plástico na posição horizontal, o fio é longo, possuindo um tamanho de aproximadamente um metro e trinta, logo, é bom caso você goste de ouvir música com o celular no bolço da calça ou até com o celular na mão com o braço estendido.

 O KZ-ZSR não possui ajuste de distância entre os fones, mas ele ficam bem distantes um do outro, além disso, ele possui uma parte de plástico aramado que acaba fazendo com que você consiga ajustar o fone ao seu ouvido e que ele fique bem firme, dando a possibilidade de você poder praticar esportes também, pois por mais que ele fique preso a sua orelha ele é bem leve, e você quase não sente ele.

A qualidade do som

Uma das partes mais importantes merece uma sessão especial, vamos falar sobre a qualidade do som do dispositivo.

Como o fone se encaixa bem ao ouvido, você consegue isolar bem o ruído externo e a qualidade do som é beneficiada com isso. Não percebi qualquer distorção, podendo ouvir bem cada um dos instrumentos. 

Qualidade do som
O design interno separa a região responsável pelos graves, médios e agudos

Vale observar a construção interna do fone nos mostra uma diferença física entre a região responsável por reproduzir os graves e a região responsável pelos médios e agudos, o que é muito bom para um fone deste valor.

O fone possui somente um botão, e através dele você consegue atender e encerrar suas ligações, ter controle das funções de player de música, sem a possibilidade de aumentar e diminuir o volume, que é um recurso presente em alguns fones atualmente.

O ZSR também possui um microfone que é muito bom pra você poder fazer suas ligações, ou mandar seus áudios no WhatsApp, no entanto, não é o ideal para ser usado como microfone principal em uma gravação de vídeo, porque apesar da voz clara e concisa que ele consegue captar, ao mesmo tempo ele não é muito bom em ignorar ruídos.

Uma desvantagem encontrada em relação a conservação do produto, foi que este modelo não vem com nenhum case ou estojo e o fio acaba ficando exposto por conta disso, permitindo que aqueles nós indesejáveis aconteçam, então é bom encontrar um lugar ou uma boa forma de armanená-los para que eles durem muito tempo.

Se quiser comprar um modelo como este para você, confira os seguintes links:

- Compre o fone aqui: http://bit.ly/KZ-ZSR 
- Versão verde (ainda mais transparente): http://bit.ly/KZ-ZSR-VERDE

Até a uma próxima!
_____________________________________________________________________________

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Esse tipo de coisa só acontece por conta de vocês!

Nenhum comentário

segunda-feira, 28 de maio de 2018

Boas novas meus queridos leitores, graças a vocês várias marcas estão reconhecendo o blog Diolinux com um local de confiança para a divulgação de seus produtos, o interessante disso é que isso acaba gerando várias oportunidades interessantes para todos nós!

Grandes Descontos em produtos BlitzWolf






Dentre as várias empresas que já trabalharam conosco, uma tem me desperta uma apreço especial por ter sido a primeira a ter dado um voto de confiança para um blog com um canal minúsculo no YouTube, ajudando a incentivar o nosso conteúdo e apoiando Linux, a BlitzWolf.

Ao longo dos anos eu já comprei e recebi também vários produtos desta marca que eu aprendi a respeitar pela qualidade, você encontra reviews e unboxings de vários itens vindos da BlitzWolf no canal, mas no artigo de hoje eu venho até vocês para passar uma mensagem em nome deles.

Há dois anos eu fiz o primeiro review de um produto da empresa, de lá pra cá muita coisa bacana aconteceu, neste mês mesmo nós tivemos um sorteio que presenteou a vocês 30 produtos da empresa e agora, para celebrar essa parceria que deu certo, eles ofereceram para o público do Diolinux cupons de descontos para vários produtos que eles estão trabalhando agora, alguns chegam a ter 60% de desconto, confira:

Use o cupom: fcd2a3 para ter 60% de desconto neste itens:

Use este cupom: 95818e para ter 50% de desconto neste itens:


Use este cupom: 918908 para os seguintes itens para ter 40% de desconto:


E temos um cupom exclusivo para um lançamento da BlizWolf, uma Soundbar muito bacana, com este cupom SDBONE20 você pode comprar uma dessas para você com 20% de desconto.

Agradecemos a BlitzWolf pela confiança, agora você tem como comprar os produtos com um desconto especial! Para participar de mais promoções aqui do blog você pode entrar no nosso grupo no Telegram onde todas as nossas promoções são divulgadas.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


5 coisas que você pode fazer ANTES de baixar um App para "otimizar" o seu Android

Nenhum comentário
No meio de tantos Apps que prometem melhorar o desempenho do seu Smartphone existem medidas manuais que podem "salvar o dia" sem que você precise entupir o seu Smartphone de softwares para fazer manutenção.

Confira 5 dicas que pode ser usadas em qualquer Smartphone, especialmente nos que possuem hardware mais modesto.

Como otimizar o seu Android






Antes de colocamos aqui os detalhes, vamos esclarecer a "mística" que envolve o consumo de RAM do Android, temos um vídeo especial no canal sobre o assunto, confira:


Vamos agora ao "TOP 5" coisas que você pode fazer antes de baixar um otimizador para Android. Muitos dos Apps simplesmente vão criar "atalhos" para cada uma destas funções comentadas, fique atento:

1 - MANTENHA O DISPOSITIVO ATUALIZADO


Todo mundo deve estar atualizado a todo momento, seja sobre as notícias ao redor do mundo, sobre o sportingbet código promocional, nas contas a pagar do mês, até o seu time de futebol, etc. 

Com um sistema operacional a lógica não deve ser diferente. 

É importante deixar seu Android sempre atualizado, ainda mais porque a Google renova a plataforma para competir com seus concorrentes e as fabricantes muitas vezes acabam demorando para entregar essas atualizações, é importante ficar atento.

Isso pode variar um pouco de acordo com uma eventual Custom ROM (feita por fabricantes ou pela comunidade) mas no menu de configurações do aparelho e na seção "Sobre o Dispositivo", é possível atualizar o sistema, prevenindo mais erros e deixando o aparelho ainda mais rápido.

A questão é que atualizações costumam trazer correções de bugs, além de novos recursos eventuais, estas correções podem impactar positivamente a vitalidade da bateria e o desempenho do sistema em si. O mesmo vale para os Apps que você instalar, muitas vezes um App desatualizado pode servir de catalizador para problemas, seja de segurança, seja pelo App ter algum bug que faça com que ele consuma mais recursos do aparelho do que o devido, etc.

Então, dica número UNO, mantenha tudo o mais atualizado possível.

2 - IDENTIFIQUE O PROBLEMA


Às vezes, quando um aplicativo "engasga", não é culpa do processador ou do Smartphone, como muitos leigos pensam, mas do próprio software. Por isso é necessário analisar bem e encontrar qual é o problema que está causando a queda de desempenho no Smartphone. 

Há diversos aplicativos que exibem a performance do sistema detalhadamente, em que se torna possível visualizar informações sobre tráfego das redes móveis, uso de memória RAM, entre outras funções; com isso, pode-se combater um mau desempenho "na raiz" do problema.

Eu sei que identificar o problema pode não ser um passo simples para qualquer usuário, é por isso que muita gente paga um técnico para resolver os seus problemas com a tecnologia, mas de fato, entender o que causa o problema pode ajudá-lo a resolver e se o seu Smartphone está tendo um comportamento "estranho", certamente algo está errado.

3 -  LIMPE OS CACHES DOS APPS


O cache pode servir muito bem para os aplicativos abrirem mais rápido, no entanto, caso algum erro ou problema no App acabe ficando em cache também, pode ser que por conta deste recursos, dependendo de como o App tenha sido programado, o cache que era pra ser o "mocinho da história" acabe como "o vilão".

Através do menu de "Configurações" é possível acessar os programas e limpar o cachê na seção de armazenamento do aplicativo. Isso pode fazer com que diminua a incidência de "engasgos" do Smartphone.

Em Smartphones com pouca memória de armazenamento, o cache que muitos Apps somados acabam juntando por acabar preenchendo o espaço livre, e se existe uma coisa que deixa qualquer computador (inclusive os de bolso) mais lento, é falta de espaço, logo, se você está sofrendo com engasgos por conta de falta de armazenamento, apagar alguns arquivos e o cache pode realmente contornar a situação.

4 - DESABILITE AS ANIMAÇÕES


Nas opções de "Desenvolvedor" é possível desabilitar as animações de transição do Android. Como não haverão efeitos nas transições entre aplicativos, o processo fica bem mais rápido. Apesar da falta de animações não ser agradável visualmente para todos os usuários, é uma possibilidade para evitar travamentos, além de que é possível habilitar os efeitos normalmente sempre que for desejado. 

Isso faz que o processamento gráfico do seu Smartphone seja aliviado, em aparelhos mais modestos, isso pode fazer uma grande diferença e causar uma sensação de maior fluidez e velocidade.

5 - REMOVA APLICATIVOS NÃO USADOS


Apesar de muitas vezes haver um apego por um aplicativo que não está sendo mais utilizado, removê-lo pode ser o melhor caminho para uma melhora no desempenho de seu Android. Quanto mais softwares no aparelho, mais o sistema precisará destinar seus recursos a eles. 

Muitos Apps, mesmo que você não os utilize com tanta frequência, acabam rodando em background e consumindo recursos desnecessários, uma vez que você não os utiliza.

Com a memória interna do celular cheia, o dispositivo tende a ficar mais lento. Limpar o Smartphone é como limpar um armário: apesar de difícil se livrar dos excessos, é sempre preciso desapegar.

Outra opção interessante é considerar versões mais leves dos Apps para fazer as mesmas coisas, ou mesmo acessar os serviços de outra forma. 

Em linhas gerais, a menos que você precise de algum recurso específico, acessar o Facebook través do App Facebook Lite ao invés do App tradicional pode ser mais vantajoso, ou mesmo através do próprio navegador do sistema. O mesmo pode-se dizer de quase qualquer rede social que seja possível acessar e interagir através do navegador.

Apps como o navegador Google Chrome, geralmente inclusos em todos os Androids, permitem que você crie atalhos dos sites na home do seu Android para acessá-los diretamente como se fossem aplicativos, essa pode ser uma bela saída para você em caso de precisar de mais espaço ou estar sofrendo com algum App em específico.

Com estas dicas talvez você evite de instalar ainda mais aplicativos no seu Smartphone para fazer manutenção, ainda que muitos deles possam ser úteis em algum nível, de forma geral, todas os ajustes básicos necessários e possíveis para fazer otimizações deste tipo já estão no próprio sistema.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


4 dicas antes de comprar um novo Smartphone

Nenhum comentário
Há alguns anos, talvez você lembre, ter um celular era sinônimo de luxo, artigo presente no bolso de pouquíssimas pessoas. Com o passar do tempo, a evolução tecnológica e a popularização do dispositivo, surgiram modelos com preços bem mais acessíveis e um desempenho satisfatório, muito superiores aos que antes eram tidos como os melhores do mercado de outrora. Até o termo, inclusive, foi mudando com o tempo. O celular evoluiu, ganhou novas funções, teve o desempenho otimizado, e se tornou "Smartphone".

Como escolher um bom Smartphone







Com uma alta capacidade de processamento, tarefas simultâneas e a cultura da portabilidade, os Smartphones ganharam um espaço maior de destaque na vida das pessoas, que agora utilizam o aparelho para trabalhar, ter momentos de lazer e se informar.

Comprar um dispositivo, portanto, requer cada vez mais atenção. É preciso estar atento às necessidades, potencialidades e possibilidades de um Smartphone.

DICA BÔNUS


É, aqui a dica bônus vem antes pois ela é muito importante. Acontece que nossa aposta código de bónus para prestar atenção na hora de adquirir um novo Smartphone é o processador do aparelho. Fator ignorado por muitos, ele é o "cérebro" do Smartphone, responsável por garantir o bom desempenho de todas as tarefas. Atenção com ele!

As pessoas geralmente se preocupam muito com os números da memória RAM e do armazenamento e acabam negligenciando os processadores, vale a pena gastar um pouco de tempo e pesquisar um pouco sobre as opções dentro do seu orçamento.

SISTEMA OPERACIONAL


Há dois sistemas dominantes no mercado atualmente; o iOS, da Apple, e o Android, da Google, presente nas mais diversas marcas. 

Geralmente a indicação quando se trata de sistema operacional e escolher o que lhe forneça os Apps que você necessita e mais gosta, porém, atualmente isso não chega a ser uma fator tão relevante na hora de escolher entre um iPhone e um Smartphone Android, visto que ambos possuem uma ampla compatibilidade.

Eu diria que caímos aqui em uma grande questão de gosto, um bom Smartphone Android pode ser tão eficiente quanto um iPhone e custar um bocado menos, dependendo da marca, caso dos modelos topo de linha da OnePlus por exemplo.


Se dinheiro não for problema, esse fator se torna menos relevante, mas ainda assim, no caso do iPhone, vale a pena considerar uma compra internacional, dado os valores cobrados aqui no Brasil atualmente.

Como opinião pessoal, a menos que você precise do iOS ou do iPhone por qualquer motivo importante ou goste muito (mesmo!) dele, não existem motivos para você comprar um Smartphone tão caro.

No entanto, existe um outro fator de importância pouco considerado, a atualização de software, mais especificamente, do sistema operacional em si. Neste ponto o iOS acaba sendo, em linhas gerais, mais eficiente, iPhones costumam receber atualizações por mais tempo do que aparelhos Android.

Dentro da minha experiência (podem existir outras) empresas como Xiaomi, Motorola e OnePus costumam manter os seus sistemas atualizados, muitas vezes não com a última versão da Google, mas com os últimos patches de segurança, que são o ponto mais crítico.

BATERIA


Antes de comprar um Smartphone, é necessário saber qual é a duração média da bateria para não se frustrar. É preciso também entender que quando o aparelho é muito utilizado em atividades, como execução de jogos, vídeos e acesso ao GPS, por exemplo, a carga vai embora bem mais rápido do que quando é feito um uso moderado. Uma bateria entre 2.600 mAh e 3.3200 mAh está de bom tamanho para quem não vai deixar o aparelho em funcionamento intenso na maior parte do tempo.


Para pessoas com uso mais intenso, vale a pena considerar aparelhos com maior capacidade. Eu exemplo venho utilizando há mais de um ano o Xiaomi Mi Max 2 que possui uma bateria imensa, ideal para viagens longas onde você passa o dia todo fora de casa e não quer ficar procurando tomadas e USBs para carregar o dispositivo.

CÂMERA


As câmeras dos Smartphones estão cada vez mais desenvolvidas, com capturas mais nítidas e diversos recursos digitais para tirar as fotos. Mas muita gente pensa que a qualidade de uma câmera se mede apenas pelos números de megapixels, no entanto, não é bem assim. É necessário também, no momento da compra, analisar o tamanho do sensor, a qualidade da lente e a presença de um estabilizador óptico. A qualidade da filmagem deve ser um critério na hora de optar ou não por um Smartphone.


Inclusive para muitos amantes de fotografia a compra de um iPhone acaba pensando neste quesito, não há como negar que o aparelho da Apple é capaz de tirar belas fotografias, no entanto, definitivamente ele não é a "última bolacha do pacote" neste quesito e existem outros aparelhos que focaram em melhorar consideravelmente o resultado das suas fotos, como a nova linha da Asus e o próprio OnePlus, já mencionado, que em termos de custo benefício (se falando de Brasil) acabando tendo uma certa dianteira.


MEMÓRIA 


Poucas coisas são piores em um Smartphone do que ir à loja de aplicativos para baixar jogos e, de repente, aparecer uma notificação avisando da falta de espaço na memória do aparelho. Essa memória é a interna, responsável por guardar arquivos em geral; nos celulares geralmente vem nas versões de 8GB, 16GB, 32GB, 64GB...


O outro tipo de memória é a RAM; é utilizada pelo próprio sistema para executar aplicativos e tarefas básicas do celular. Quanto maior ela for, menor a possibilidade de o aparelho ficar lento. É recomendado adquirir um dispositivo que apresente bons níveis em ambos os tipos de memória.

Se você entende um pouco de computador é fácil traçar um paralelo entre o HD (ou SSD) e a memória interna do seu Smartphone e os "pentes" de memória RAM com a RAM do seu device.

Muitas pessoas leigas neste assunto acabam cometendo gafes em suas compras por ignorar esse tipo de coisa.

BÔNUS Nº 2


Mais uma consideração para você fazer na hora de comprar o seu Smartphone. A tela.

O tamanho da tela pode fazer com que muitas pessoas cometam enganos. Existem muitas marcas que apostam em telas maiores por menores preços na tentativa de competir com aparelhos mais famosos. Observe que ter uma tela grande não necessariamente significa uma alta densidade de pixels e uma boa resolução, isso pode fazer bastante diferença na hora de assistir aos seus filmes na Netflix ou a vídeos no YouTube.

Acima de tudo, pesquise, faça uma tabela comparativa e observe o que cada marca tem a oferecer para você com cada modelo disponível que você se interessar e fazer parte do seu orçamento.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Uma entrevista inusitada com Dionatan Simioni

Nenhum comentário

domingo, 27 de maio de 2018

Fazer um título de mim mesmo na terceira pessoa soa mais esquisito para mim do que para você, acredite! Mesmo assim, temos aqui uma oportunidade única de você conhecer um pouco mais sobre mim, sobre a minha trajetória, curiosidades sobre o blog e o canal Diolinux. Vai mudar a sua vida ouvir isso? Provavelmente não... mas ouve aí que é bacana! ;)

Dionatan Simioni Entrevista






O bate-papo descontraído foi feito no canal gNewlinux, onde eu, que geralmente entrevisto as outras pessoas, acabei dando uma entrevista bem bacana falando sobre muito mais coisas do que você imagina.

Agradeço ao Diego, dono do canal, por essa bela oportunidade.

O nosso bate-papo ficou tão longo que mesmo editando ainda ficou incrivelmente grande, e o Diego o dividiu em duas partes, então eu recomendo ouvir enquanto você desenvolve alguma outra atividade, assim, além de aprender mais sobre a minha história, você também não perde a produtividade, certo?

São dois vídeos de aproximadamente 40 minutos cada, confira logo abaixo:




Por fim, fica o convite para você conhecer o canal no qual eu concedi esta entrevista, o Diego é um cara muito gente boa e merece a sua visita com certeza. 


Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Conheça os vencedores das Keys do game "Horizon Chase Turbo"

Nenhum comentário

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Eu adoro vir aqui contar essas boas novas para vocês! Hoje vamos conhecer os vencedores da nossa promoção que ofertava keys Steam para o game "Horizon Chase Turbo", jogo este que é desenvolvido pelos nossos amigos brasileiros da Aquiris, aqui de Porto Alegre, no RS.

Sorteio Horizon Chase Turbo






Sem mais delongas, o sorteio foi feito através do sistema do Grem.io, são 4 chaves disponíveis e por isso quatro vencedores, que são:
  • Matheus da Silva de Lima 
  • Bruno Picoloto 
  • Diego Gutemberg Barbosa 
  • Fabricio Moreira 
Os vencedores podem ficar ligados em seus e-mails, por as keys serão enviadas para lá, depois é só ativar na Steam e baixar o jogo. O game funciona no Linux, no Windows e no macOS também, então a diversão está garantida!

Ajude-nos a impulsionar o mercado brasileiro de desenvolvimento de jogos, confira o gameplay do "Horizon Chase Turbo" no canal:


Para participar de futuras promoções e sorteios, fique ligado aqui no blog, no canal e nas nossas redes sociais. Se você usa o Telegram, existe uma forma muito simples de ficar por dentro de todas as nossas promoções, basta entrar neste canal.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Conheça os vencedores do Giveaway Diolinux - BlitzWolf!

Nenhum comentário

quarta-feira, 23 de maio de 2018

Na semana passada nós começamos uma campanha no Diolinux para presentear 10 leitores do blog e inscritos do canal com um kit de produtos BlitzWolf, agora é hora de conhecermos os vencedores!

Vencedores da promoção




Queremos agradecer ao nosso patrocinador BlitzWolf por viabilizar os brindes que serão distribuídos entre os vencedores. O anúncio do sorteio também foi feito no canal Diolinux no YouTube conforme você pode ver logo abaixo:


O sorteio foi feito através do serviço Glem.io e os 10 vencedores são: 
  • hakoyama 
  • Mailson Maia 
  • Renato Guimarães 
  • Leandro Cordeiro 
  • Juarez Lisboa de Souza 
  • Ricardo Bernardi 
  • Edson Carlos da Rocha 
  • Davi Rodrigues Coelho 
  • Danilo Souza 
  • Paulo Vieira 
x

Aos vencedores, fiquem atentos aos seus e-mails para poderem informar o endereço de entrega ao pessoal da BlitzWolf. Nesta semana (amanhã mais precisamente) se encerra outro Giveaway do blog/canal Diolinux que vai sortear algumas keys do game "Horizon Chase Turbo" da desenvolvedora brasileira Aquiris.


Para participar deste sorteio de chaves para o game na Steam clique aqui.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como programar em C/C++ no Ubuntu

Nenhum comentário

terça-feira, 22 de maio de 2018

Olá você! Vamos continuando a nossa série de dicas de como programar utilizando Linux, especialmente o Ubuntu. Esta série está sendo coescrita com o nosso leitor Tiago Funk, que já falou sobre a criação de um ambiente básico para programar em Java e em Python.

Como programar em C++ no Ubuntu





Por mais estranho que pareça, programar nessa linguagem no Ubuntu é relativamente simples, você vai perder mais tempo escolhendo a ferramenta aonde será escrito o código do que instalando o básico para compilar o seu código fonte.
Neste artigo C e C++ serão tratados como sinônimos, ou seja, a instalação das ferramentas de um é igual ao que é necessário à outra, apenas na hora de escrever os códigos que é diferente.

Requisitos:

- Computador com Ubuntu.
- Internet para downloads.
- Paciência (para escolher a ferramenta correta para a edição do código fonte e depois para aprender a linguagem)

Entendendo o C/C++


Esta nova linguagem que você esta prestes a aprender é uma das mais utilizadas no mundo atualmente, ela esta nos sistemas operacionais, drivers, compiladores de várias linguagens, etc. Ela é de baixo nível, assim, você pode mexer em recursos avançados no sistema que o seu programa for rodar, isso que pode ser um grande problema para alguns e uma coisa muito boa para outros.

Como o Kernel Linux (o qual o Ubuntu utiliza) tem partes escritas em C/C++, ele já possui um compilador no sistema, por isso não precisamos instalar nada para rodar códigos dessa linguagem, além dela rodar em linguagem de máquina diretamente (o Java por exemplo é executado dentro de uma máquina virtual).

Escolhendo uma ferramenta de Edição de código


Aqui vamos listar algumas alternativas aonde você pode editar o seu código:

Terminal

É comum que os programadores dessa linguagem utilizarem um editor de texto qualquer para escrevê-la (gedit, vi, nano, bloco de notas, etc) e depois compilarem pelo terminal.  Vou ensinar essa alternativa, porque pode ser que um dia ela seja útil para você trabalhar.
Abra um editor de texto qualquer e digite os seguintes comandos:

#include <iostream>

using namespace std;

int main(){
cout << “Olá mundo” << endl;
return 0;
}

Depois salve como main.cpp (a extensão .cpp é muito importante)

Vai pelo terminal até a pasta que você salvou e digite para compilar:
g++ main.cpp -o meuPrograma
Para executar:
./meuPrograma
No terminal deve haver a seguinte saída:

Compilando programa em C++

Como vimos, qualquer editor de texto pode ser utilizado para a edição, mas existe alguma ferramenta que otimize o trabalho, compilando os arquivos para min? Sim.


Atom

O Atom é uma delas, um editor leve, que suporta outras linguagens também, compila e executa e ainda tem uma interface que eu achei muito bonita.

Atom no Ubuntu

Acesse: https://atom.io/ 

E baixei o pacote .deb

Vai na pasta do download pelo terminal e digíte:
sudo dpkg -i nomePacote.deb
Por enquanto, ele ainda é apenas um editor de texto simples, vamos adicionar uma extensão para executar os códigos C++. Você encontra ele no formato Snap também na própria central de aplicativos do Ubuntu.
Vá na barra superior e clique no menu em packages >> setting views >> open, na janela que se abrir, clique em install e busque por "gpp-compiler", instale essa extensão para poder compilar arquivos.

Atom editor

Digíte o seu código e aperte o F5 para compilar e executar (ele vai abrir um “Terminal” para mostrar a saída para você).

Code::Blocks

Outra alternativa é code::blocks, talvez quem programou em C/C++ no Windows conheça, bastante parecido com o Atom. Única coisa diferente é poder criar um projeto com o código, e não apenas separar em pastas.

No terminal:
sudo add-apt-repository ppa:damien-moore/codeblocks-stable
sudo apt-get update
sudo apt-get install codeblocks codeblocks-contrib
Code Blocks

 Para criar um projeto, clique no primeiro ícone à esquerda no menu (olhar imagens).

Code Blocks Ubuntu

Em categoria, selecione Console, e avance, pode deixar tudo no padrão na próxima, selecione C ou C++ depois, E coloque um nome para o seu projeto, e coloque o projeto em uma pasta. 


O programa já vai ter criado um um arquivo main.cpp para você e já pode executa-lo.

Netbeans

Minha última sugestão é o Netbeans, eu vou recomenda-la porque ela é mais completa (por exemplo, as duas anteriores não mostram erros em sintaxe, se você escreveu um comando errado, o Netbeans mostra), ela permite integrar várias linguagens em um único projeto e tenho bastante experiência com ela.
Atenção: o Netbeans é um software que consome bastante recursos do computador, por conta disso é aconselhável ter um processador da geração mais nova e ter pelo menos 4 GB de RAM, não que você não consiga utilizar o Netbeans em uma máquina que não possua este hardware, mas compromete bastante (experiência própria).
Na página você pode ver várias opções:

Download do NetBeans

Selecione a quinta opção se você for programar apenas C/C++.
Com o download finalizado, vá na pasta que foi feito o download pelo terminal e digite:
sudo sh NomedoArquivo.sh
Quando abrir a janela apenas clique “próximo”, em todas as janelas, além de aceitar o termo de utilização, pode deixar tudo no padrão.
Ah, não se assuste com a demora para a instalação. Bem comum. Além disso, não cancele a instalação, senão a instalação ficara comprometida e arrumar tudo depois vai dar muita dor de cabeça.
Para abrir o Netbeans, basta pesquisar no seu computador (Aperte a tecla do Windows) e abra-o, ele costuma demorar um pouco para abrir pela primeira vez. Clique no segundo ícone e escolha “C/C++” e “Aplicação C/C++”, depois de um nome para o projeto.


Repare que o Netbeans já criou o arquivo e muito do código para fazermos o teste. Basta deixar o código igual à imagem e clicar na flecha verde.

NetBeans Ubuntu

Finalizando

Se ficou com alguma dúvida em como instalar ou utilizar, busque tutoriais na internet, aprenda a pesquisar também, vai ser muito útil para você na sua vida de programador.

That’s all folks, por hoje seria apenas isto. Até mais.

Nota do editor: Gostaríamos de agradecer ao Tiago Funk pela colaboração com o artigo.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.



Kubuntu não terá versão de 32 bits à partir da versão 18.10

Nenhum comentário

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Kubuntu vai aderir ao movimento que as outras distros, assim como o prório Ubuntu vem fazendo, não fornecendo mais imagens para download do sistema com compatibilidade com a arquitetura de 32 bits (i386).







A confirmação que o Kubuntu não traria mais a versão de 32 bits já a partir de Outubro (Kubuntu 18.10), veio através de uma lista de discussão do Kubuntu Developer, aonde falam que não será mais possível prosseguir com a versão i386 (32 bits) já na próxima versão do Kubuntu.

Ainda segundo a lista de e-mail, os esforços da equipe serão concentrado no desenvolvimento para a arquitetura ARM, essa que poderá ser usada em IoT, nos Raspberry Pi ou em pequenos portáteis ARMs/Netbooks.

Continuando essa lista, os esforços para manter as ISO's de 32 bits já não valiam mais a pena, pois para cada versão lançada existem ao menos 5 (cinco) versões diferentes de arquiteturas, como 32 bits (i386); 64 bits (x86_x64); ARM; ARM 64 bits; PPC (Power PC) e etc, sendo que cada vez menos downloads ocorrem em versões de 32 bits.

Além do que, cada versão precisa ser desenvolvida, verificada, construída e também passar por controle de qualidade, testes automáticos e manuais e por ai vai, ou seja, esforço, tempo e dinheiro.

Outro ponto verificado pelo desenvolvedores foi que um percentual baixo dos usuários usam a versão de 32 bits, e que "bizarramente"  a grande maioria que baixa essa versão usam em PC's/Notebooks com processadores compatíveis a arquitetura de 64 bits. Talvez por engano ou ignorância em relação ao assunto.

Os desenvolvedores tentaram acalmar os eventuais usuários que se sentirem desamparados, pois a versão atual do Kubuntu - a 18.04 LTS - vai receber atualizações normalmente.

Se em último caso você realmente precise de um sistema de 32 bits, temos várias opções como o Lubuntu, que ainda mantém o suporte.

Agora nos conte aí nos comentários, se você ainda usa arquitetura de 32 bits ou se conhece alguém que ainda use.

Um forte abraço e até a próxima. =)
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Microsoft bloqueia atualização do Windows 10 em SSDs da Intel

Nenhum comentário

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Semana passada já tínhamos relatado que a Microsoft encerrou o suporte do Windows 10 para as empresas. Se liguem nessa novidade agora.

atualizacao-do-windows-10-bloqueada-parassds-da-intel







Um dos grandes problemas causados pelo fim do suporte a uma versão do Windows 10 é o fato de que quem quiser continuar recebendo atualizações terá que desembolsar uma grana; mas este não foi o único problema. Durante o processo final para a disponibilização, descobriram um bug na atualização que causava tela azul, pessoas começaram a relatar problemas obrigando a empresa a tomar uma decisão mais drástica.

Microsoft está bloqueando atualizações do Windows em SSDs da Intel


Pois é, e o motivo para isso é que SSDs Intel das família 600p e Pro 6000p acabam travando a máquina no momento da inicialização do Windows. Esse é um problema que está relacionado ao firmware e isso pode acabar acontecendo no Windows 10 com qualquer do dispositivo que possua o mesmo firmware. Tanto que nos comentários do próprio site da Microsoft mencionam o mesmo problema com o SSD OCZ Vertex 4, tendo que por fim, formatar a máquina.

O problema ainda não tem solução e por esse motivo a Microsoft bloqueou a atualização para o dispositivo (atitude até sábia). Reza o site Global Mask que o único jeito de reverter a solução é pressionando F8 durante o processo de boot e retomar a ultima configuração válida. Mas de acordo com o comentário no site da Microsoft, a solução foi formatar a máquina.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo