Anthares - Conheça a distro brasileira feita através do Linux From Scratch - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Anthares - Conheça a distro brasileira feita através do Linux From Scratch

Um novo projeto nacional está surgindo, conheça a distro Linux Anthares

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

/ por Dionatan Simioni
Há alguns dias eu tomei conhecimento de um novo projeto nacional, ele ainda está em fase inicial e precisa de apoio para continuar, tanto de pessoas, quanto de apoio financeiro, por isso, nada mais justo do que apresentar ele para você, assim, se você se interessar, será possível ajudar no desenvolvimento da distro Linux Anthares.

Anthares Linux






Eu pedi para que o idealizador do projeto, Bruno Santos, nos explicasse quais os diferenciais, propósitos e metas para o projeto Anthares, confira:

A distribuição Anthares foi desenvolvida do zero, tendo como base o livro Linux from scratch (LFS) 8.2, sendo todos os pacotes compilados um a um, desde a base, até a interface gráfica. 

O Sistema Operacional Anthares visa ter apenas o essencial para seu funcionamento, ou seja, qualquer outro programa será acrescentado no sistema conforme a necessidade ou vontade do usuário. Durante a instalação, o sistema será instalado com uma base genérica que oferece suporte aos principais hardwares no mercado. Após instalado, o usuário terá uma opção para remover o suporte para esses hardwares que a máquina não tem para deixar o sistema mais adaptado possível à máquina, esse suporte será removido desinstalando os drivers deles e removendo os módulos do kernel.

O objetivo do projeto é fazer um sistema operacional que seja moldado conforme as necessidades do usuário e adaptado especialmente a sua máquina, para que seja extraído o máximo de desempenho do computador, e aproveitado o máximo de espaço tanto do HD como da memoria RAM. 

Nem sempre é uma boa ideia ter um conjunto de ferramentas já instalados no sistema, com isso, o sistema Anthares será acompanhado de um software denominado "Ponto Inicial" do qual, após a instalação do S.O no computador, o usuário escolherá os principais programas que deseja instalar em seu sistema. Um exemplo é que o usuário poderá escolher se programas como Gimp, Inkscape, Firefox, entre outros, serão instalados no sistema ou não (esse processo ainda é considerado uma etapa de instalação do S.O). Depois que todos os programas desejados forem instalados pelo "Ponto Inicial" e e aplicação for fechada, os excedentes serão automaticamente removidos do sistema Anthares. O programa “Ponto Inicial” já está incluso no protótipo do sistema.

Protótipo do ponto inicial do Anthares

Existe também um site, no qual o usuário poderá criar uma conta e à partir dela, montar uma ISO personalizada do sistema, escolhendo quais programas deseja que o sistema Anthares tenha, podendo ajustar até mesmo a aparência do sistema. Nessa conta o usuário terá também uma nuvem onde armazenará, programas, pastas, scripts, etc. Os usuários poderão optar para que os arquivos que estiverem na nuvem estejam disponíveis somente para ele, compartilhar os arquivos com outras pessoas ou até mesmo cobrar quando outra pessoa baixar um programa ou arquivo compartilhado. Essa nuvem também tem a função de loja, onde desenvolvedores fazem programas e comercializam-nos para outras pessoas. Para utilizar a loja, o sistema Anthares possuirá um programa similar ao da Google Play, onde um usuário normal digita o nome do programa compartilhado que deseja, encontra-o, clica em "instalar" e o sistema irá baixar e instalar os softwares.
O sistema Anthares conterá uma assistente virtual que é comandada por voz chamada Élise, a qual já virá instalada no sistema, é importante entender que a Élise não será uma inteligência artificial e sim uma assistente virtual. A Élise abrirá programas e interagirá com o sistema operacional conforme o usuário ordenar. Um exemplo é que ela verificará o estado do computador, irá matar processos ou fechar programas caso o usuário ordene, ela não se limitará apenas a isso, pretende-se que a Élise também tenha a função de controlar o computador a distancia por voz, passando slides durante uma apresentação por exemplo. Um protótipo da Élise já foi desenvolvido e está incluso no sistema Anthares.

Aplicativos Anthares

Atualmente o projeto se encontra em fase inicial, onde está passando por testes rígidos e correções para um melhor desempenho. Atualmente o protótipo inicial só está acessível aos desenvolvedores do projeto, nesse protótipo estão sendo feitos os testes e configurações necessárias para obter uma maior estabilidade e desempenho, as melhores configurações serão acrescentadas no sistema final posteriormente.

O protótipo contém dois programas que fazem parte do projeto Anthares, são eles o "Ponto Inicial" e a "Élise" já citados acima, por hora, esses programas foram desenvolvidos apenas com as funções básicas, mas estão sendo implementadas atualizações para ficarem mais completos.

O grupo UnicodeTec (Nome dado ao grupo de desenvolvedores que trabalham no projeto) faz um convite para desenvolvedores que queiram participar do projeto, contribuindo com o desenvolvimento do sistema e/ou dos programas do projeto do qual podem-se tornar tanto um desenvolvedor presencial,  na cidade de Marília - SP,  como um desenvolvedor via web. Haverá uma conta no site onde será possível ter acesso as informações de desenvolvimento e a uma lista de trabalhos a serem feitos no sistema, como funções ou processos que ainda precisam ser implantados. Em cada item da lista o desenvolvedor pode escolher se irá trabalhar ou não, e para cada trabalho da lista há uma quantia registrada que será paga para o desenvolvedor que concluir o trabalho com sucesso. Todas as demais formas de trabalhos e pagamento serão registradas na conta do desenvolvedor.

Para saber mais detalhes de como se tornar um desenvolvedor, acesse: sistemaanthares.com/contato

Para quem não deseja ser um desenvolvedor mas deseja ver o projeto finalizado, poderá apoiar o projeto com doações, seu apoio irá fazer o projeto progredir mais rápido e fará com que tenhamos uma base para manter nosso ambiente de trabalho ativo, para fazer a sua doação acesse o link: sistemaanthares.com/apoie

As contribuições serão bem aproveitadas, pode-se acompanhar em qual parte do projeto ela está sendo investida. Para fazer esse acompanhamento, verifique no final da página do site onde falamos sobre nosso projeto. sistemaanthares.com/anthares

Alguns comentários sobre o projeto Anthares


Nossa função do Diolinux é sempre incentivar projetos novos, nossa função não é frear o entusiasmo de quem está tentando criar coisas novas e boas, por isso, desejamos toda a sorte do mundo no projeto.

Nem todas as propostas que a distro tem são completamente originais, como criar um sistema à partir do site, o SUSE fez isso por muitos anos, o Portheus também, entretanto, existem certas particularidades interessantes:

- Uma assistente por voz é algo que muita gente gostaria de ter nos desktops Linux, desconsiderando o Google Assistent.

- Remover componentes desnecessário realmente pode enxugar o sistema, semelhante ao que você faria numa distro compilada para o seu hardware, o que não é exatamente o caso, mas se assemelha;

- A criação de um modelo sustentável, onde os desenvolvedores podem ganhar dinheiro produzindo e compartilhando softwares, o que acabou me lembrando do AppCenter do elementary OS, etc.

Alguns desafios, no entanto, aguardam a distro, e por isso ela precisa da sua ajuda, caso tenha gostado da iniciativa. Vários elementos descritos realmente não são novidade, mas isso não quer dizer que sejam menos interessantes, o "ponto inicial", é uma forma, talvez mais gráfica, de se utilizar um recurso que existe no Ubuntu Minimal, Debian Net Install e até o Arch Linux, onde você só instala o que deseja. 

Ser feito à partir do LFS também um diferencial interessante, mas isso implica no fato de que todos os softwares precisam ser empacotados para a distro, um trabalho monstruoso que literalmente pode levar anos, vejamos o exemplo da distro Solus, do Solus Project, que também tem um premissa parecida e ainda sofre com a falta de alguns programas em seu repositório.

É claro, não ser fácil, não é motivo para não se fazer algo, conte pra gente o que você achou da proposta do Anthares logo abaixo, o que você acha de trazermos os desenvolvedores para um DioCast para conhecermos ainda mais a distro?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo