Fortnite: Battle Royale, chegará ao Android muito em breve - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo.

Responsive Ad Slot

Fortnite: Battle Royale, chegará ao Android muito em breve

O game famoso da Epic Games deverá chegar em breve ao Android

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

/ por Dionatan Simioni
Ótima notícia para todos os fãs de um dos videogames mais eletrizantes da atualidade! Informações reveladas há pouco confirmam que Fortnite está chegando mais perto de ser lançado para Android ainda neste verão.

Fortnite para Android







A Epic Games, a empresa por trás do Fortnite está finalmente trabalhando em uma versão Android do game, após seu sucesso com o lançamento em dispositivos iOS. As primeiras menções da empresa para o lançamento final da versão do jogo para Android, o sistema operacional do Google baseado em Linux, afirmaram que poderia estar pronto até este verão, sem explicitamente falar sobre uma data. A grande notícia para os fanáticos do jogo, é que os mineradores de dados no Fortnite Tracker, encontraram arquivos .ini na mais nova atualização do jogo, que estão diretamente conectados a uma versão Android do Fortnite: Android_Engine, Android_Game e Android_RuntimeOptions. 

Por que o Fortnite estar disponível no Android é uma boa nova?


O que faz a grande diferença no lançamento do Fortnite para Android é que ele se transforma em um dos poucos jogos cross-platform que existem, e que usam a mesma conta de usuário, mesmos servidores, as mesmas informações e status do jogo, ao mudar de um dispositivo ou sistema operacional para outro. 

Exemplos dessas plataformas podem ser vistos com o Netflix, onde os usuários podem começar a assistir a um filme em seu tablet, e continuar vendo exatamente onde eles saíram em sua Smart TV. A Betway Casino é outro exemplo dessa abordagem, já que seus usuários podem estar jogando nos seus laptops em casa e, em seguida, usar as mesmas informações de conta para continuar jogos como Blackjack ou Roleta em seus smartphones. No contexto musical, o Spotify oferece a mesma facilidade de ouvir música em um iPhone e continuar tocando a música em outro dispositivo, como um computador Linux, quando o login no aplicativo é detectado. Ao se tornar cross-platform, o Fortnite: Battle Royale, se une a outros poucos videogames desse tipo, como o Hearthstone, da Blizzard Entertainment, o famoso Minecraft, da Mojang, e o Rocket League, da Psyonix.

Falta ainda a versão de Linux no Desktop? Falta, mas quem sabe, né? Ao menos um dos Linux vai receber o porte.

Netflix


Por que a Epic Games escolheu este verão como ideal para o lançamento?


A empresa uniu forças com o gigante chinês, Tencent, para lançar uma versão Windows do jogo para o mercado chinês, e sendo a China o país com o maior número de usuários de smartphones por uma muito grande diferença, (775 milhões, versus 386 milhões da Índia), a versão Android do Fortnite pode ser um recurso muito lucrativo para a Epic Games e a Tencent. O game para computador foi lançado na China há poucos dias, e apesar de atrair a atenção dos jogadores de PC no extremo oriente do mundo durante esta semana, a versão para o Android pode ser exatamente o que o jogo precisa para decolar na China, que é um dos maiores mercados do Android e do Linux no mundo.

Após seu lançamento, o Fortnite ainda terá que competir com o PlayerUnknown's Battlegrounds, da PUBG, que é um dos poucos jogos que já estão entre os favoritos dos jogadores chineses, e também tem a capacidade multiplataforma que permite aos seus jogadores alternar entre Android, iOS, Xbox One e Windows.

Um Beta já foi disponibilizado para alguns aparelhos da Samsung, o que significa que em breve teremos novidades.

O Google é pioneiro em ser multiplataforma


Uma das principais estratégias do Google é oferecer aos usuários a facilidade de usar a mesma conta e continuar trabalhando ou se divertir facilmente em diferentes dispositivos, com o Gmail, o Google Drive ou o próprio Google Docs, que tenta substituir ao Microsoft Office, sendo exemplos de como o Google trabalhou na integração online. O princípio por trás dessa tecnologia é atualizar constantemente as alterações do usuário ou trabalhar online para que todas essas informações estejam sempre atualizadas usando uma conexão com a Internet. O exemplo mais claro desse esforço é o lançamento do Google de seus Chromebooks e seu sistema operacional Chrome OS, feito por diferentes fabricantes de computadores com o objetivo de reduzir os custos de hardware e basear o uso dos mesmos e o espaço de armazenamento na internet.

Multiplataforma

O uso dos mesmos detalhes da conta em vários dispositivos para fazer uma transição perfeita e oferecer a mesma experiência exige esforços muito difíceis por parte dos desenvolvedores, e é uma tarefa muito agradável quando o resultado final é tão uniforme quanto nos exemplos anteriores.

E aí, vai jogar Fortnite no Android?

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo