5 Softwares para manipulação de imagens para Ubuntu e Linux Mint - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

5 Softwares para manipulação de imagens para Ubuntu e Linux Mint

Vamos mostrar 5 programas para quem quer fazer manipulação e edição de imagens de forma profissional no Ubuntu e Mint.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

/ por Ricardo
Muitos que vem chegando ao mundo Linux sempre procuram por ferramentas que podem facilitar o seu dia a dia e os editores e manipuladores de imagens são uma parte importante do trabalho de muitas pessoas. Vamos mostrar 5 softwares para essa funcionalidade e que vão suprir a demanda de pequenos ajustes e montagens até produções profissionais.


5 Softwares para manipulação de imagens para Ubuntu e Linux Mint






Ainda se tem o mito entre algumas “muitas” pessoas, que no mundo Linux não se tem programas que possam dar conta de trabalhos profissionais de edição/manipulação de imagens ou simples montagens daquela festa de fim de ano, mas isso não é verdade. Como tem muita gente que não tem tempo para ficar “caçando” esses programas, reunimos 5 aplicativos que vão lhe atender. Alguns são pagos, outros são grátis, outros são grátis e Open Source.

1 - GIMP

 Esse carinha é o primeiro que vem a mente quando pensamos em programas para manipulação e edição de imagens no mundo Linux. Antes renegado e posto de lado pela grande maioria das pessoas da área, hoje em dia ele vem ganhando espaço e muito destaque de profissionais que estão trocando a plataforma da Adobe para uma alternativa realmente viável. Com a possibilidade de ser instalado no Windows e macOS, as pessoas conseguem experimentar ele e assim quando precisarem migrarem para alguma distro Linux não vão sentir muito a tal “curva de aprendizado”. Pode acontecer de ter que aprender uma forma diferente de se fazer um efeito, correção ou algo do tipo, mas nada que uma boa olhada no manual do GIMP não resolva 😁. Para baixar ele basta acessar esse link.


Nos vídeos abaixo, dois produtores profissionais de audiovisual que estão migrando do Adobe Premiere para o DaVinci Resolve, recomendam o GIMP como uma alternativa ao Adobe Photoshop:



2 - Photopea

Já o nosso próximo candidato é um editor online para quem está procurando uma solução que não precise instalar nada além do navegador de internet. Nesse caso o Photopea tem integração com o Google Chrome e assim ele pode virar um “app” e ser aberto como um. Ele importa arquivos nos formatos PSD, XCF, SKETCH, XD e CDR (Adobe Photoshop, GIMP, Sketch App, Adobe XD e CorelDRAW respectivamente). Na versão free tem algumas limitações e propagandas, mas na versão paga não. Você pode conferir melhor no site deles, clicando na opção conta.


Fizemos um vídeo lá no canal sobre ele, ta bem bacana por sinal corre lá para conferir. 

3 -  PIXELUVO

Esse já passou aqui pelo blog e pelo canal se mostrando uma ferramenta surpreendentemente para a tarefa de edição e manipulação de imagem. Mas como nem tudo são flores, ele tem algumas restrições na versão free, como só conseguir exportar as imagens em 800x600. Mas a versão paga não é tão cara, custando US$34 (mais ou menos R$100) e assim dando possibilidade de updates até a versão 1.99, podendo ser comprada até através da Steam, onde ele custa pouco mais de 60 reais. Para maiores informações basta acessar o site deles.


Fizemos um vídeo lá no canal sobre ele, ta bem bacana por sinal corre lá para conferir.

4 - Polarr 

Se você estiver procurando por um programa versátil e multiplataforma de fato, pois ele roda online, Linux (via snap), macOS e Windows, e que vai lhe proporcionar ferramentas para edição e manipulações de fotos com uma qualidade muito boa, o Polarr é um grande candidato. Ele é um aplicativo que tem a versão free e a paga, que custa os incríveis US$23,99 por ano ou US$2.49 por mês (algo como R$80 por ano ou R$10 por mês aproximadamente). Para mais detalhes consulte o site deles.


5 - Bloom

Já o nosso quinto e último programa dessa lista é uma novidade e vem prometendo muitas ferramentas e funcionalidades que vão facilitar o dia a dia de quem trabalha com edição de imagens. Segundo a mensagem no site deles, “Bloom é o primeiro editor gráfico verdadeiramente não-destrutivo. Isto significa que qualquer ação que você fizer durante a edição é armazenada separadamente e pode ser ajustada posteriormente ..

O aplicativo é free e você precisa fazer um cadastro com nome e e-mail para que eles gerem uma licença do produto, por isso pode demorar um pouco. Na versão paga você tem acesso imediato às correções de bugs, recursos novos e aprimoramentos no desempenho do aplicativo. A versão paga possui atrelado a sua licença vitalícia  e ao direito de receber os updates do software, entre outros benefícios. Tudo isso vem com um valor anual de US$49,99. Se você quiser renovar esse suporte “Premium”, será necessário desembolsar US$24,99. Mas se você não quiser pagar nenhum valor, sem problemas, o programa está disponível para testes pelo período de um mês. Site deles.


Esses são alguns dos programas que podem lhe ajudar na tarefa para edição e/ou manipulação de imagens e ainda lhe ajudar a economizar uma graninha boa com licenças caras, além da licença do Windows 😜. Ainda vai ter outras listas com aplicativos para designers, fique ligado aqui no blog!
Deixe aí nos comentários quais outras listas de aplicativos você gostaria que nós podemos elaborar.

Espero você no próximo post, forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo