Como comprar um bom computador para rodar Linux - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Como comprar um bom computador para rodar Linux

Aprenda a escolher uma boa máquina para sua distro Linux

quarta-feira, 10 de abril de 2019

/ por Dionatan Simioni
A compra de um novo computador é um processo muito interessante para quem gosta de tecnologia e acompanha o setor. Mas, para qualquer outra pessoa, este é um momento de tensão, afinal de contas, é uma boa parte do orçamento que será investido e o objetivo é sempre empregar o recurso financeiro da melhor maneira possível.

Se você está planejando comprar um novo computador e não sabe por onde começar sua avaliação, leia este artigo e descubra o que você não pode ignorar.

Computador com Linux








Comprar um computador para usar com Linux não é tão diferente de comprar um computador para usar com Windows, mas existem algumas particularidades interessantes e que vamos discutir ao longo do artigo.

Vamos começar com uma visão geral.

O que será feito no computador


Essa é a primeira pergunta que deve ser feita no processo de compra de um novo computador. Se o dispositivo for para edições leves de texto, navegação nas redes sociais e seções básicas de Netflix nos fins de semana, então um dispositivo de entrada muito provavelmente entrega tudo que você precisa.

Se você busca jogar, executar programas de edição de vídeo e fotos e modelagem 3D, ou seja, fazer tarefas que exigem muito do computador, então é melhor optar por um modelo com processador e placa de vídeo mais avançados. Mas também, não precisa exagerar: saiba que atualmente, o mais poderoso computador executa 93 quatrilhões de dados por segundo. Não é para tanto! (E ele roda Linux inclusive).

É importante citar que nem todos os jogos exigem tanto do computador. Jogos online, por exemplo, costumam rodar bem em modelos mais básicos, esses joguinhos de cartas e  cassinos, que também disponibilizam bônus de boas- vindas, então será possível usar sua nova máquina para jogar sem se preocupar tanto com a questão financeira. 

O grande segredo é entender a finalidade do computador que você está buscando, isso vai proporcionar situações onde você fará melhores escolhas.

O importante mesmo é escolher bem o computador, vamos ver então, os elementos mais críticos de um PC.

Conheça os elementos básicos que compõem seu PC


Saber o que vai dentro do seu computador pode ser exatamente o que falta para garantir que seu dinheiro será bem investido. Assim, você evita cair em truques de marketing e no “papo do vendedor”. Para muita gente, um computador não é tão diferente de um Smartphone, onde você compra um "pacote fechado" sem muita possibilidade de alterações, e para falar a verdade, dependendo do modelo que você escolher isso infelizmente pode ocorrer também, porém, no mundo dos PCs você pode escolher com maiores detalhes o que vai fazer parte da sua máquina.

Vamos entender o básico:

Processador


Este é o cérebro da sua máquina e, por este motivo, a escolha correta do componente é essencial para que se obtenha o desempenho esperado. Se o computador é para tarefas mais simples, como processamento de textos, edição de pequenas planilhas e streaming de filmes, então opte por um processador da linha i3 da Intel ou o Ryzen 3 da AMD. São poderosos o suficiente para isso e provavelmente irão até mesmo um pouco além do esperado. Recomendo ir abaixo disso somente se você souber que a sua necessidade será atendida mesmo abrindo mão de algumas coisas.

Se você se classifica como um “power user” ou seja, você irá trabalhar com vários programas ao mesmo tempo e, eventualmente considera jogar ou trabalhar com algo um pouco mais pesado, então fique com processadores da linha i5 da Intel ou Ryzen 5 da AMD.

Core i7, i9 e Ryzen 7 são adequados, em geral, para quem tem certeza que precisará de toda a potência oferecida pelos chips. O investimento é mais alto nestes casos, mas o desempenho também não deixará o usuário na mão. Atualmente eu uso um Ryzen 7 1700 (primeira geração) no computador de edição do canal, ele é muito bom e na maior parte das tarefas ele sobra, mas quando é exigido, responde muito bem. Inclusive, arrisco a dizer que a menos que você realmente precise, o que é raro de se ver, um i9 ou um Threadripper da AMD são completamente desnecessários.

Memória RAM


Este item é simples: opte por pelo menos 8GB de memória DDR4. Se seu computador for realmente para tarefas muito básicas e seu orçamento está muito apertado, 4GB pode ser adequado, só não espere um desempenho nas nuvens destas máquinas. Se você tem dinheiro para investir e pretende abrir dezenas de abas no Chrome, então pode ir para 16GB de RAM, certamente seu dinheiro estará sendo bem utilizado, além disso, sempre observe os requisitos mínimos do software mais pesado em RAM que você pretende rodar na máquina e tente acrescentar o consumo extra baseado nos demais softwares que você vai rodar no seu computador, isso vai te fazer ter uma escolha mais segura


Armazenamento



Agora a escolha depende muito dos seus hábitos, antigamente ter um HD de vários terabytes era importante para armazenamento de filmes e séries. Mas com o advento da Netflix e outros sites de streaming isso é cada vez menos relevante.

A dica é: opte pelo desempenho, ou seja, se possível adquira um SSD, Solid Slate Drive, e, embora a capacidade seja reduzida (em comparação com um HD de mesmo valor), o tempo para ligar o computador e abrir programas será infinitamente menor. Se você realmente não abre mão de uma série de jogos, filmes e programas no PC, então vá de um combo SSD + HD. Instale o sistema operacional no SSD e deixe o HD para armazenamento.

Se realmente ter espaço de armazenamento for muito mais importante do que desempenho, então considere apenas os HDDs tradicionais.

Placa de vídeo


Este item é importante para quem pretende rodar jogos no PC e também para aqueles que visam utilizar o PC com programas específicos de edição de vídeo ou modelagem 3D. No geral, a escolha depende muito mais do desempenho esperado e, para a grande maioria dos gamers casuais, uma placa de vídeo como a Nvidia GTX 1060 é o suficiente. Mas existem opções um pouco menos potentes que podem atender, dependendo do tipo de game e da resolução. Assim como existem placas muito mais potentes (e caras) que podem ser o desejo de gamers mais exigentes.

E com isso finalizamos um resumo dos quatro componentes mais importantes para o desempenho do computador. Claro, se você for comprar peça por peça é essencial se atentar aos detalhes da sua configuração. Sua placa-mãe, por exemplo, precisará ser compatível com seu processador. Sua fonte deve fornecer energia suficiente para os diversos equipamentos conectados nela. E é importante pensar na questão da refrigeração também. Mas se você está animado para montar o PC todo, peça por peça, então essa pesquisa será apenas mais uma etapa prazerosa do processo.

Se você estiver procurando por Notebooks/Laptops especificamente, este vídeo vai cobrir todas as informações que você precisa:


Particularidades de se usar um computador com Linux


Em termos de um desktop tradicional praticamente não existem restrições, fica até difícil citar alguma coisa, em termos de Notebooks, por exemplo, existem algumas observações.

Para o caso de Laptops, ou Notebooks (como chamamos aqui no Brasil), computadores que tem placas de vídeo dedicadas e híbridas, possuindo por exemplo a combinação de Intel+Nvidia, costumam ser problemáticos no sentido de permutação entre esses gráficos. 

Você pode usar sim, toda a potência das suas placas Nvidia nessas configurações híbridas, porém, geralmente a otimização de bateria não é tão eficiente e, ao contrário do Windows, geralmente não a opção de alterar o uso de uma placa ou de outra de uma forma tão integrada, ainda assim, algumas distros como o Pop!_OS, Ubuntu e Linux Mint, costumam trazer um suporte minimamente descente para tal.

Você pode obsevar que existem também algumas marcas que já vendem os computadores com Linux, como a Dell, isso garantirá ainda mais um melhor suporte. Nós temos aqui no blog uma sessão de ofertas e produtos com Linux, além de encontrar descontos você pode ajudar a manter o site, dê uma olhada.

Cabe observar que existem distrso que tem interfaces ultra leves e pode ajudar em comptuadores com hardware mais modesto, como XFCE (Xubuntu, Mint XFCE, Manjaro XFCE, etc.) e, cabe observar que quando você comprar um computador com Windows, teoricamente você pode pedir o reembolso se não for usá-lo, recuperando de R$200,00 a R$500,00 geralmente, apenas fique atende de não aceitar os termos de licença.

Até a próxima e boas compras!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo