SuperTuxKart 1.0 lançado com modo online e novidades! - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

SuperTuxKart 1.0 lançado com modo online e novidades!

O game de corrida mais famoso do mundo do pinguim, chega em sua versão 1.0 com modo online e muito mais.

segunda-feira, 22 de abril de 2019

/ por Henrique AD
A versão estável “1.0” do SuperTuxKart é lançada! E repleto de novidades, como o tão aguardado modo multiplayer online. Para quem já é jogador assíduo do game, e está se “remoendo” e dizendo: “Eu já jogava online!”, porém esse modo na época estava em beta, e não vinha em nenhuma versão stable do jogo, agora vem…

supertuxkart-tux-mario-kart-jogo-corrida-linux-gratuiro-opensource-software-livre

Conhecido por muitos como “O Mario Kart do Pinguim”, o SuperTuxKart é fortemente inspirado no game de kart do encanador bigodudo, com diferenciais e personagens marcantes do mundo Open Source/Livre. Como o Tux, mascote do Linux, Wilber, mascote do GIMP, Daemon, o famoso “diabinho” do BSD entre outras figuras icônicas.


Corridas no multiplayer online


Além do multiplayer local, já conhecido do game, o modo online proporciona uma jogatina tanto em salas públicas quanto em privadas, caso você ou algum amigo seja o host da partida.

A quantidade de jogadores num mesmo servidor são de 10 players. Uma conexão estável e ping baixo é requerido para o host, caso contrário não será incomum ver karts sumindo e aparecendo do nada (👻👻👻).

Novas pistas e aprimoramento dos karts


Particularmente sou um jogador (quase que compulsivo) de Mario Kart, indiferente da versão (😁💓🚘), e para quem curte o jogo da Nintendo, perceberá que mesmo sendo “inspirado” no game mais famoso de corrida de kart, o SuperTuxKart não é uma cópia genérica, possuindo vários diferenciais.

Começando por seus modos de jogo. Você poderá se divertir com o modo clássico de corrida, praticar correndo contra o tempo, batalhar com seus amigos capturando bandeiras ou até mesmo jogando um “Rocket League” com mascotes do mundo Livre.

Os itens durante a corrida também possuem mecânicas únicas, por exemplo um que sempre me atrapalha é o “chiclete”. Oh! Itenzinho chato viu (😠😠😡).

Algo que me incomoda em SuperTuxKart, é o balanceamento dos karts no jogo e controle da gameplay, entretanto a equipe de desenvolvimento atentou-se a esses detalhes e aprimorou os mesmos, tornando-os mais equilibrados. Novas pistas também foram adicionadas e outras pequenas mudanças foram feitas.

SuperTuxKart ou Mario Kart?


A comparação não é a melhor possível, visto que a proposta é diferente. Por ser software livre o SuperTuxKart é acessível a todos que possuem um computador e que queiram se divertir sem gastar um tostão com seus amigos. Lembrando que existe uma versão Android, então a jogatina pode ser portátil. Outro ponto são os modos diferentes de jogos, como o de futebol e caça bandeiras, isso tudo sem levar em consideração os personagens como o próprio Tux.

Não me entenda mal , de forma alguma quero falar que o Mario Kart é inferior, longe de mim tal besteira, no entanto mesmo sendo um jogador mais hardcore de Mario Kart, indico o SuperTuxKart para jogadores casuais (não espere o mesmo nível de gráficos e tudo mais, comparado ao Mario Kart, o game visa outro público). Seja para jogar com seu filho, irmão, amigos ou cônjuge. Vários momentos engraçados irão surgir, experimente. 

Baixando o SuperTuxKart


Você pode adquirir o game de algumas maneiras, para quem usa Arch ou Manjaro, basta pesquisar por “supertuxkart” no AUR.

No caso de Ubuntu, Mint e derivados. Existe um PPA, com versões estáveis e candidates do jogo.

Para instalar via PPA, abra o terminal e digite os seguinte comandos:

sudo add-apt-repository ppa:stk/dev

sudo apt update

sudo apt install supertuxkart

Para adicionar o PPA via interface gráfica, eis um artigo com um bom exemplo.

Outros meios é via Snap ou Flatpak, entretanto até o momento, em que escrevo este artigo, a versão do game não foi atualizada.



Aprenda como configurar o Snap neste post, e Flatpak neste outro.

No entanto a forma que mais indico é a distribuída pela própria equipe de desenvolvimento do SuperTuxKart. Basta efetuar o download diretamente do SourceForge.

 Download SuperTuxKart 1.0

Depois de baixar o game, extraia o conteúdo do arquivo, no diretório que desejar, e execute o script “run_game.sh” para iniciar o jogo.

Se desejar executar o SuperTuxKart sem a necessidade do terminal, clique com o botão direito do mouse em cima do “run_game.sh”, vá em “Propriedades, depois na aba “Permissões” e marque a opção “Permitir execução do arquivo como um programa”. 

supertuxkart-tux-mario-kart-jogo-corrida-linux-gratuiro-opensource-software-livre-marcar-execução-programa

A seguir instale o programa “Menu Editor”.

Você pode fazer via terminal com o comando:

sudo apt install menulibre

Ou pesquisar na loja por “Menu Editor

menulibre-editor-menu-linux

Abra o Menu Editor, selecione alguma categoria (a de jogos é a indicada). Clique no primeiro símbolo/botão, no meu caso é um “+”, em seguida na opção “Adicionar Lançador”.

Preencha como na imagem abaixo, e na opção “Comando”, clique no ícone de pasta e vá até o arquivo “run_game.script”, selecione o mesmo. Escolha um ícone ao seu gosto.

menulibre-editor-menu-linux

Se existir alguma dúvida com o procedimento, veja o vídeo sobre o “Menu Editor”. O procedimento foi realizado no Deepin, entretanto é indiferente a distribuição.



A versão Android pode ser baixada diretamente da Google Play Store.

E você, já testou o modo online do SuperTuxKart? Se ainda não baixou, não perca tempo…

Acesse nosso fórum Diolinux Plus e encontre outros jogadores, para quem sabe marcar uma jogatina (😁😁😁).

Até o próximo post, SISTEMATICAMENTE! 😎

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo