Chromebooks vendidos em 2019, vão vir com suporte a aplicativos de Linux - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Chromebooks vendidos em 2019, vão vir com suporte a aplicativos de Linux

Na Google I/O 2019, a gigante das buscas ratificou o que tinha anunciando na I/O 2018.

quinta-feira, 9 de maio de 2019

/ por Ricardo
A Google I/O 2019 veio com grandes anúncios e novidades para os devs e usuários de Android. Umas dessas novidades é utilizar os apps de Linux no ChromeOS.


 Chromebooks vendidos em 2019, vão vir com suporte a aplicativos de Linux





O suporte para apps Linux foi lançado de forma “formal”  no ano passado (2018) na versão 69 do ChromeOS através de uma ferramenta de containers chamada “Crostini”, desde então, vem contando com melhorias e correções.
Na versão 75 do ChromeOS, o recurso ainda se encontra como Beta, mas já está se tornando popular entre os usuários, principalmente entre os desenvolvedores.

Para funcionar os aplicativos de Linux dentro do ChromeOS, os usuários vão precisar habilitar a função, assim liberando todas as funcionalidades do Linux Desktop que conhecemos, como as ferramentas de linha de comando, utilitários de user-space de forma nativa, tudo isso graças a tecnologia de containers. 

Há uma melhoria de recursos como, aceleração de hardware, suporte a gráficos e som, que já estão em fase de conclusão. Foi adicionado também o suporte aos apps de Linux, a possibilidade de utilizarem as portas USBs dos Chromebooks.

E o melhor de tudo, os aplicativos de Linux serão integrados ao ChromeOS e não como se fossem rodados em uma máquina virtual.

Por enquanto os Chromebooks recomendados para uma experiência satisfatória, são os high-end, como os Acer Chromebook Spin 13, Samsung Chromebook Pro, ou Google Pixelbook 2R. Para rodar “um sistema dentro do outro”, esses Chromebooks oferecem um processador potente (família Core da Intel), memória ram e armazenamentos “fartos”, assim podendo executar os apps de uma forma tranquila. E como falaram que os todos os Chromebooks vendidos em 2019 terão este suporte, é de se esperar que os mais modestos também venham com essa facilidade, rodando os Apps melhor ou pior, dependendo das suas capacidades, como já ocorre hoje em qualquer computador.
Esse recurso também torna possível a utilização de pacotes “universais” no Chromebook, como os Flatpak.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá  no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo