Streaming é o futuro de "tudo" o que consumimos na internet? - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Streaming é o futuro de "tudo" o que consumimos na internet?

Será que o futuro da tecnologia de consumo, entretenimento e aprendizado está no streaming?

segunda-feira, 22 de julho de 2019

/ por Dionatan Simioni
Desde que nos acostumamos com a facilidade do streaming, o mercado tem se mostrado maleável para se adaptar às novas formas de consumo de conteúdo em vídeo. A transmissão de dados em áudio e vídeo não é, contudo, uma tecnologia recente, mas foi popularizada com o desenvolvimento da velocidade da internet e, hoje, é o meio mais acessado para vídeos.

Portais como Amazon Prime e Netflix tiveram seu papel crucial na popularização deste tipo de serviço, que dispensa o download para acesso ao conteúdo. No entanto, devemos lembrar que, se o processo de popularização começou com o streaming para entretenimento, o cenário atual é bem mais expansivo.

Streaming de conteúdo







O conteúdo audiovisual é mais atrativo que o conteúdo escrito, ao menos o que as tendências indicam, basta observar as redes sociais mais famosas e os conteúdos mais acessados dentro delas. A exploração dos benefícios trazidos pelo streaming colhe bons frutos também em ações institucionais, webinars e treinamentos. Nesse contexto, o recurso de streaming é facilmente adaptado para objetivos de entretenimento, educação e negócios.

Não é que os eventos presenciais tenham perdido seu encanto, mas fato é que o alcance por streaming traz volumes consideráveis quando se fala em resultados. De acordo com a plataforma de soluções em educação DTCom, marcas gigantes estão investindo em suas próprias webTvs, ou mesmo realizando grandes espetáculos com transmissão ao vivo. Exemplo disso foi o anúncio de retirada dos títulos da Disney da Netflix, em razão da estratégia de uma plataforma própria do ratinho mais famoso do mundo.

Acesso a Streaming

Interatividade posta à prova


A transmissão audiovisual já é, por si só, uma ferramenta valiosa e uma estratégia assertiva na disseminação de conteúdo. Porém, há uma forma de fazê-la ainda mais eficiente.

A valorização da interação nestas relações é a nova máxima da comunicação de massa. A participação da audiência em tempo real enriquece o conteúdo e fomenta ainda mais uma relação de maior proximidade entre o comunicador e seu público.

Empresas especializadas em educação estão trabalhando no lançamento de plataformas de streaming com o viés de ministrar aulas em vídeo.

Mercado promissor para o iGaming


Além de impactos positivos nos setores de entretenimento e educação, um segmento específico tem observado que o caminho do streaming é uma grande aposta para obter melhores resultados.

É engraçado pensar nisso, mas geralmente o mercado de streaming de games vai muito além do que imaginar que os games tiple A de consoles passarão a rodar para nos nossos browser. Existem muitos serviços de games mais simples, de cartas, estratégia em turnos, que já geram muito valor na indústria e basicamente dependem de streaming de conteúdo. Além de streamings em plataformas como o Twitch e o YouTube, onde somos apenas espectadores, existe os famosos "jogos de browser", como onde você pode participar de um ambiente interativo, como o Betway cassino online. 

A rentabilidade é alta o suficiente para motivar, inclusive, que gigantes do mundo da tecnologia adotassem essa tendência que revolucionou a forma como as pessoas jogam atualmente. A própia Google anunciou que essa possibilidade existiria com serviços como o Stadia, integrado ao YouTube, ou outros games no estilo como, que já são clássicos, como Adventure Quest World, Dragon Awaken e muitos outros.

Streaming de conteúdo


Em razão disso, a Microsoft e a Sony anunciaram recentemente uma parceria em prol do desenvolvimento de novos serviços de games, sendo que o streaming será suportado pela plataforma na nuvem da Microsoft, o Azure. A Google já conta com um serviço similar à disposição. Também voltado exclusivamente para jogos, o Stadia distribui e dissemina conteúdo denso sobre jogos em formato streaming que chegará por completo em Novembro e que custará cerca de 180 a 240 Dólares por ano.

O futuro do streaming nesse setor é promissor, embora seja difícil fazer previsões mais concretas em razão dos constantes lançamentos relacionados à tecnologia. Mas uma coisa é certa: os investimentos estão criando um universo cada vez mais completo e rentável.

O streaming vai dominar a forma como nos entretemos e aprendemos?


O crescimento do streaming em diversos setores está acelerado e o público tem à disposição conteúdos on demand ou na modalidade live streaming nos mais diversos setores. Seja em plataformas de conteúdo com viés educativo, como a Edx Courses, ou em nichos de divertimento, como Spotify ou Hulu, Netflix ou Amazon Prime, é certo que não há previsão de contingência deste mercado tão cedo.

Em linhas gerais, é possível esperar da transmissão via streaming a liderança no que diz respeito ao acesso e interatividade com determinado tipo de conteúdo, dando maior independência entre público alvo e interlocutores em conectar-se de forma imediata e dispensando compatibilidade de agendas em alguns casos.

Por ser uma alternativa descomplicada e mais barata, a grande vantagem trazida com a tecnologia do streaming é a forma inovadora como lapidou o consumo de conteúdos pela internet, driblando o fator da disponibilidade dos seus consumidores face ao local em que se encontram, seja na hora da transmissão do conteúdo ou posteriormente.

O que você acha, será que o streaming vai tomar conta de praticamente todos os serviços? Continue a discussão no nosso fórum.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo