Intel prepara drivers Linux para Multi-GPU - Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Intel prepara drivers Linux para Multi-GPU

Novos drivers Intel apresentação intenção de suportar multi-gpu

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

/ por Dionatan Simioni
Antes de qualquer lançamento de hardware, é importante garantir que os seus clientes terão suporte via software (driver), e isso acaba gerando certos "vazamentos" de informações e gerando expectativas, especialmente quando os drivers são de código aberto e podemos ler especificações.

Intel Drivers Multi-GPU





Até o momento, nenhum dos drivers Intel para Linux possuia especificações para suportar multi-GPUs simultaneamente. Isso é tanto quanto óbvio, porque até então a Intel não possuia nem sequer a possibilidade de que os consumidores sonhassem com placas de vídeo dedicadas por parte da empresa.

Com a chegada da primeira linha Intel Xe GPU, esperada no próximo ano, o driver "i915" do Kernel Linux começou a ser estruturado para o suporte a setups multi-GPU, ou o que provavelmente deve acontecer, é o paralelismo entre os gráficos integrados dos CPUs da Intel, trabalhando em conjunto com a chamada Xe GPU. Não devemos entender isso como suporte para tecnolocias como CrossFire e SLI, estas são de responsabilidade de AMD e Nvidia, respectivamente, e já existem.

Até a primeira ou segunda geração das Xe GPUs, o driver "i915" continuará sendo usado, este driver DRM recebeu implementações no último ano para trabalhar corretamente com o suporte das novas GPUs da Intel, introduzindo o conceito de "device local memory", fazendo com que ele seja capaz de trabalhar em conjunto com gráficos integrados, essa constatação fica evidente analisando alguns patches recentemente introduzidos. 

Não é descartado que o driver sofra reformulação no futuro, ou mesmos seja substituído, entretanto, há indícios de que ele será mesma o driver para, pelo menos, as duas primeiras regações de GPUs dedicada da Intel.

Com melhorias no Vulkan, OpenCL, essas placas deverão estar funcionando de forma eficiente no Linux em pouco tempo, entretanto, não será surpresa se vermos mais novidades relacionadas a essa nova linha de GPUs em produtos lançados em 2020, como o Clear Linux, da própria Intel, e por consequência, outras distros Linux, como o Ubuntu, Fedora, entre outras.

Você gosta de de falar sobre Hardware? Participe do nosso fórum!

Ancioso para testar as novos GPUs da Intel?

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo