Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador [Dica de Game]. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador [Dica de Game]. Mostrar todas as postagens

CoreOnline: Games em HD rodando direto no navegador

Nenhum comentário

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Hitman Blood Money e Tomb Raider sem precisar instalar nenhum bit

Estes são só alguns exemplos dos games disponibilizados pelo serviço Core Online. Com ele você poderá jogar grandes games diretamente pelo Google Chrome ( não exclusivamente, mas preferencialmente) com todo o poder que a computação em nuvem tem a oferecer.

Tomb Raider - Core Online


Como funciona?

Simples, a tarefa de processar as informações dos games, grandes quantidades de processamento de dados e vídeo e repassado ao servidor, sendo assim o único requisito que você precisa para jogar é um bom navegador e uma boa conexão com a Internet.

Quais os games disponíveis?

O serviço ainda é um beta e tem poucos games, mas a tendência é aumentar, dentre os títulos disponíveis estão:

  • Tomb Raider Underworld
  • Hitmam Blood Money
  • Mini Ninjas
  • Gyromancer ( RPG )
  • Heroes and Generals
mini-ninjas

Dentre esses acredito que o mais mereça destaque, por ser o que eu mais gosto e ser o que tem o melhor gráfico, Hitman Blood Money.

Gráficos

Os gráficos são realmente excelentes, ficam claro, um pouco abaixo do nível se você rodasse na sua própria máquina mas não deixa nenhum um pouco a desejar.

Veja um vídeo de Hitman jogado pelo Core Online, comprove a jogabilidade e a qualidade gráfica:


Se você acessar usando o navegador Google Chrome, quando for jogar alguns dos jogos do site, primeiro ele vai te redirecionar para o Chrome Web Store para que você instale um aplicativo para o jogo que nada mais é do que um simples atalho.
Testei o Mini Ninjas e Tomb Raider no meu Chrome no Ubuntu e funcionou legal, não testei o Hitman porque como vocês verão ao começar jogar algum deles é preciso que o navegador faço o download de alguns arquivos para que fique em Cache e rode o game sem travamentos, como o Hitman tem um melhor gráfico o tempo de download é maior do que a minha paciência no momento.
Se a sua internet for de 3 MB ou mais provavelmente você não precisará fazer café para esperar o game carregar.
Esta é uma tendência que eu acredito que cresça nos próximos anos, a computação em nuvem cada vez mais e mais substituindo o processamento local.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Secret Maryo Crhonicles: Um Clássico remodelado com Software Livre

Nenhum comentário

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Um Clássico remodelado com Software Livre

Todo munda já jogou ou pelo menos ouvir falar de Mario, o encanador da Nintendo que conquistou gerações, em Secret Maryo Chronicles você tem o que parece ser um Super Mario mais jovem, com um lenço na cabeça ao invés do consagrado boné.


Direto da Central de Programas do Ubuntu

O Gráfico do game é superior ao do Super Mario original com uma melhor qualidade nos detalhes, o objetivo do game é semelhando ao original, existem muitas ilhas e fases para você passar e ele suporta o uso de JoySticks também.
Você pode obtê-lo gratuitamente direto da central de programas do Ubuntu.

Abra a Central de Programas e procure por Maryo

Maryo na Central de Programas do Ubuntu

Repare na marcação em vermelho, marque essa opção nos complementos para ter SOM no jogo.
Clique em instalar, aguarde o download.
Antes de abri-lo pela Dash Normalmente você precisa dar um comando no terminal para que o jogo funcione corretamente no Ubuntu 12.04, no 12.10 este bug não existe mais, o problema parte do principio que o jogo não consegue criar uma pasta para armazenar os dados da campanha durante a instalação, então vamos fazer isso manualmente. Abra o terminal e dê o seguinte comando:

sudo mkdir /usr/share/games/smc/campaign
Pronto agora você pode pesquisa-lo pela Dash do Ubuntu:


Enjoy!

Pra finalizar fiquem com um gameplay:




OBS: Vale lembrar que ele está disponível na Central de Programas do Linux Mint também.



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Poker no Ubuntu

Nenhum comentário

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

Hora da jogatina pessoal

Definição

é um jogo de cartas jogado por duas ou mais pessoas muito comum em casinos. É considerado o jogo de cartas mais popular do mundo, e o mais popular de uma classe de jogos nos quais os jogadores com as cartas total ou parcialmente escondidas fazem apostas para um montecentral, após o que o resultante das apostas é atribuído ao jogador ou jogadores que possuir(em) o melhor conjunto de cartas dentre os que permaneceram na mão, ou ao jogador restante caso os outros tenham desistido. 
Fonte: Wikipédia 

OK, nem era preciso apresentar o jogo tanto assim, afinal ele é bem famoso, e graças a um game chamado PokerTH nós podemos agora nos entregarmos ao vício sem sair do nosso querido Linux.

pokerth no ubuntu

Para quem já conhece as regras do jogo ele deve se desenrolar sem maiores segredos, para quem não conhece vale conferir as regras do poker e depois é só diversão.

Para instalar no Ubuntu utilizaremos um PPA:

  • sudo add-apt-repository ppa:pkg-games/ppa
  • sudo apt-get update
  • sudo apt-get install pokerth

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Novo tema GTK 3 Faience para Ubuntu

2 comentários

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Deixe seu Ubuntu mais bonito com este tema

Faience Theme

O time de desenvolvimento do ícones Faience, um dos mais belos do mundo Linux por sinal, anunciou uma atualização para os ícones e de quebra agora temos novidades quanto ao tema GTK de mesmo nome. Agora mais suave e com linhas mais arredondadas ele se mostra uma boa opção para deixar o Ubuntu com uma cara mais moderna e metálica.

Instalação

Você pode instalar o conjunto de ícones e o tema GTK com os comandos abaixo:

sudo add-apt-repository ppa:tiheum/equinox
sudo apt-get update
sudo apt-get install faience-theme faience-icon-theme
Enjoy!


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Minecraft: Conhece Herobrine?

Um comentário

quarta-feira, 12 de setembro de 2012



Para quem não sabe, o Herobrine seria o irmão fantasma de de Notch (o criador de Minecraft). O Herobrine seria apenas um mod para o game? No mod, ele aparece sem muitas intenções que poderiam variar em ficar vigiando, assustar ou apenas matar seu personagem no jogo mas em suas várias aparições ele deixa mensagens no chat do jogo, por exemplo: Argh I'll come back! - Argh eu vou voltar, nevaeh ot yawriats - Stairway to Heaven música famosa de Led Zeppelin (sem muitas explicações).

Herobrine Aparção



Como fazer o bloco de Herobrine
Nesse mod, é necessário um certo "totem" para invocar-lo feito de dois blocos de ouro, um bloco de Herobrine e um bloco de rocha do Nether, e depois para ativarmos o totem é preciso colocar fogo com o esqueiro em cima do totem. Depois de invocado Herobrine pode "spawnar" monstros ou animais com olhos brancos que seriam possuídos por ele, mas nada comparável quando estamos dormindo no jogo e derrepente surgimos em outro lugar como se fosse um sonho. Alguns dizem que ele quer se vingar porque quando estava em uma caverna em busca de minérios alguém o deu um "hit" que logo o matou, mas já outras pessoas acreditam que ele teria sido afogado em alguma lagoa ou rio o que explicaria aquele sonho de estar em um lugar com água e não ter saída, entre outras histórias.



Em todas as atualizações de Minecraft apareceria "removing the herobrine", isso seria verdade?
Colabore com o Diolinux e deixe seu comentário logo abaixo.

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Valve quer criar seu próprio console de Games

Nenhum comentário

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Logo da Valve

A produtora Valve, de jogos como "Half-Life", "Portal" e "Left for Dead", pode lançar um videogame próprio e já trabalharia no desenvolvimento do novo aparelho. De acordo com o site "IGN", a empresa anunciou uma vaga para um engenheiro de hardware para trabalhar na plataforma.
No início de 2012, rumores apontavam que a Valve, que tem a loja virtual de games por download, o Steam, estaria desenvolvendo um console chamado de "Steam Box", o que foi negado pela empresa.
Agora, na própria descrição da vaga, a companhia diz que é "tradicionalmente uma empresa de software" e que as plataformas abertas como PC e Mac "são importantes". "Estamos frustrados com a falta de inovação no setor de computadores e por isso vamos entrar nele",(talvez por isso o interesse no Linux ultimamente) diz o texto divulgado na área de empregos da Valve. A companhia ainda cita que conceitos básicos como teclado e o mouse não mudaram significativamente ao longo dos anos.
Mais informações sobre aparelho que pode estar em desenvolvimento não foram revelados e a Valve não se manifestou sobre a notícia.
Se você estiver a fim de trabalhar na Valve, você pode se candidatar por aqui.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


25 anos de Street Fighter

Nenhum comentário

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Após mais de 60 títulos para diversos consoles de videogame e mais de 25 milhões de cópias vendidas em todo o mundo, a série de jogos de luta "Street Fighter" completou 25 anos.

O primeiro jogo da série da produtora japonesa Capcom foi lançado em 30 de agosto de 1987 para os fliperamas. No título, lutadores conhecidos até hoje pelos fãs, Ryu e Ken, fizeram a sua estreia como personagens jogáveis. Entre os inimigos, Sagat, o grande rival de Ryu, era o chefe final do game.
Brasil em 'Street Fighter'
Blanka (Foto: Reprodução)Blanka (Foto: Reprodução)
Blanka
Sobrevivente de uma queda de avião, ele viveu na Amazônia, onde se transformou em um monstro verde.
Sean (Foto: Reprodução)Sean (Foto: Reprodução)
SeanImpressionado pelas lutas de Ken, o menino brasileiro se torna seu discípulo que quer vencer as batalhas sem aparentar medo.
Oro (Foto: Reprodução)Oro (Foto: Reprodução)
OroO eremita de 140 anos é japonês, mas vive em uma caverna na Amazônia, onde aprendeu habilidades extraordinárias.
Nos arcades, os jogadores podiam usar um joystick para controlar o lutador e dois botões para socos e chutes. A força dos golpes - fraco, médio e forte - era medida pela força com que os jogadores pressionavam estes botões.

Como o sistema não funcionou, uma vez que os gamers sempre pressionavam os botões com muita força, a Capcom optou por usar uma configuração de seis botões para os golpes, que é usada até hoje.

Golpes famosos que Ryu e Ken aplicam contra seus inimigos também apareceram pela primeira vez há 25 anos.

O Hadouken, uma bola de energia azul que causa danos à barra de vida do adversário; o Shoryuken, um poderoso gancho aplicado com um salto; e o Tatsumaki Senpukyaku, um chute giratório em que o personagem voa pelo cenário, podiam ser utilizados nas batalhas.

Popularização
Foi com "Street Fighter II", lançado em 1991 para os fliperamas e 1992 para os videogames da época, contudo, que a franquia se popularizou.

O jogo trazia de volta Ryu, Ken, Sagat e Balrog (o boxeador era chamado de Mike no primeiro título), e mais os lutadores E.Honda, Chun-li, Dhalsim, Guile, Zangief e o brasileiro Blanka para serem escolhidos nos confrontos. M.Bison era o chefe com Vega, Balrog e Sagat como subchefes.

'Street Fighter II' brasileiro
Capa do game para o Master System (Foto: Reprodução)
Apenas para o Brasil, a Tectoy, que detém os direitos de venda do Master System, da Sega, até hoje, criou uma versão de "Street Fighter II" para o antigo videogame de 8-bits. Lançado em 1997, o jogo trazia um esquema de jogo mais simples, voltado para o controle com apenas dois botões de ação do videogame, e vinha com 8 lutadores. (Assista ao vídeo do game)
O sucesso do game fez com que, apenas para o Super Nintendo, console 16-bits da criadora de "Super Mario", 6,3 milhões de cópias fossem vendidas em todo o mundo. Para se ter uma ideia do tamanho do sucesso, "Street Fighter IV", a versão mais recente da série, vendeu 2,04 milhões de cópias no PlayStation 3 e 1,64 milhão para o Xbox 360.
No game, o jogador viajava para diversos lugares do mundo, inclusive na Floresta Amazônica, no Brasil, para enfrentar lutadores de diferentes habilidades. Todos eles possuíam golpes especiais que podiam ser usados ao realizar uma combinação de comandos no joystick e nos botões de ação.
A Capcom ainda lançou versões diferentes do jogo: "Super Street Figher II" trazia novos personagens (Cammy, Dee Jay, T. Hawk, Fei Long e Akuma) e cenários; "Street Fighter II Turbo" trouxe novos golpes e cores de roupas dos personagens, além de partidas com maior velocidade; e "Super Street Fighter II Turbo", com partidas mais velozes, menos bugs e o personagem secreto Akuma. Ele só podia ser enfrentado caso o jogador conseguisse vencer todas as lutas sem perder nenhum round.
Após o sucesso de "Street Fighter II", a Capcom lançou "Street Fighter III: New Generation" nos fliperamas em 1997. O game não trouxe os lutadores conhecidos do game anterior, o que, aliado a um esquema de jogo totalmente diferente, fez com que o título não fizesse tanto sucesso. 
Apenas nas duas versões seguintes, "Street Fighter III: Double Impact" e "Street Fighter III: Third Strike", a Capcom colocou Chun-Li e Akuma de volta.
Imagem divulgada pela Capcom para comemorar os 25 anos da série 'Street Fighter' (Foto: Divulgação/Capcom)Imagem divulgada pela Capcom para comemorar os 25 anos da série 'Street Fighter' (Foto: Divulgação/Capcom)
A versão mais recente da franquia, "Street Fighter IV" foi lançada em 2008 para fliperamas, PlayStation 3, PC e Xbox 360 e traz gráficos 3D com esquema de jogo em 2D, padrão que foi adotado por outros jogos de luta. A versão com mais personagens, "Super Street Fighter IV" foi lançada em 2010. Outro diferencial do game é a possibilidade de confrontar outros jogadores em partidas on-line.
A Capcom ainda não anunciou se há planos para o lançamento de "Street Fighter V" ou outro título da série.
Uma edição especial comemorativa dos 25 anos da série será lançada nos Estados Unidos no dia 18 de setembro. O pacote, chamado de "Street Fighter 25th Anniversary Collector's Set" custará US$ 150.
Edição de colecionador comemora os 25 anos da franquia 'Street Fighter' (Foto: Divulgação)Edição de colecionador comemora os 25 anos da franquia 'Street Fighter' (Foto: Divulgação)
A caixa traz 15 discos com os games "Super Street Fighter 2 Turbo HD Remix", "Street Fighter III Third Strike Online Edition", "Super Street Fighter IV Arcade Edition" e "Street Fighter X Tekken". Além dos jogos, há um documentário, dois filmes de animação, a série animada completa da franquia e 11 discos com a trilha sonora da série. Haverá uma estatueta do lutador Ryu, a faixa do personagem e um livro com artes.
O filme de 'Street Fighter' foi um fracasso para a crítica, mas faturou quase US$ 100 milhões em todo o mundo (Foto: Divulgação)
O filme de 'Street Fighter' foi um fracasso para a
crítica, mas faturou quase US$ 100 milhões em todo
o mundo (Foto: Divulgação)
Filmes e animações
O sucesso da franquia levou "Street Fighter" para os cinemas e 1994. O filme que levou o mesmo nome do game trazia Jean-Claude Van Damme como o lutador Guile e Raúl Juliá como M.Bison.

Embora trouxesse quase todos os personagens da série, o filme não foi bem recebido pela crítica, que alegou baixa qualidade da produção e poucas cenas de ação. Mesmo assim, o filme arrecadou US$ 3,1 milhões em sua estreia e um total de US$ 99 milhões em todo o mundo.
Em 2009, uma nova tentativa de levar a franquia de luta para os cinemas não deu muito certo. "Street Fighter: The Legend of Chun-Li" focava na lutadora chinesa, interpretada por Kristin Kreuk (a Lana Lang de "Smallville"), mostrando a vida da personagem. No site "Rotten Tomatos", a produção ficou em 44º lugar entre os 100 piores filmes da década de 2000.
"Street Fighter" também teve desenhos animados. Em 1994, "Street Fighter II: The Animated Movie" foi lançado no Japão, recebendo uma versão para os Estados Unidos em 1996.
Uma série animada "Street Fighter II V" foi lançada em 1995 no Japão e filme para a TV, Street Fighter Alpha: The Movie" chegou em 1999. Em 2009, "Street Fighter IV: The Ties That Bind" foi lançado e distribuído na edição de colecionador do game para o PS3 e X360.
Na feira San Diego Comic Con 2012, os produtores Joey Ansah e Christian Howard anunciaram que a franquia voltará em uma nova série para a TV em 2013 com o nome de "Street Fighter: Assassin's Fist".
Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...




Confira as novidades do novo Call of Duty

Nenhum comentário

A edição de colecionador do game 'Call of Duty: Black Ops II' virá com 'drone' (Foto: Divulgação)
A edição de colecionador do game 'Call of Duty: Black Ops II' virá com 'drone' 


A Activision divulgou os itens que acompanharão o game "Call of Duty: Black Ops II" na edição de colecionador do título que será lançado no dia 13 de novembro dos Estados Unidos. Um helicóptero "drone" controlado por controle remoto, chamado de MQ-27 Dragonfire Drone.
Além do helicóptero, o pacote "Care Package" traz a trilha sonora, livro com artes, moedas comemorativas, mapas para o modo on-line, temas do game para os consoles e acesso para novos conteúdos por download - tudo em uma caixa especial. Ela será vendida por US$ 180.
Há a versão "Hardened", mais simples, que traz o game e os extras em uma caixa metálica que traz alguns dos itens da versão "Care". O preço deste pacote é de US$ 80. O game normal nos Estados Unidos é vendido por US$ 60.
No Brasil, "Call of Duty: Black Ops II" já está sendo vendido em sistema de pré-venda por R$ 200 e, de acordo com a distribuidora NeoPlay, ele chega ao país no dia 13 de novembro, mesmo dia do que nos EUA. A compra antecipada dá o mapa Nuketown 2025 para download.
A história do jogo acontece entre dois períodos diferentes, na década de 1980 e em 2025, ano que robôs estão nas ruas para proteger a população, segundo a desenvolvedora do game da Activision, a Treyarch. Mas uma ameaça terrorista conseguiu controlar estas máquinas e atacar os Estados Unidos. Após um ataque em massa, o país está em guerra e as grandes cidades são evacuadas. O game terá armas futuristas, com balas que atravessam paredes e haverá um modo para controlar um esquadrão inteiro.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


PES 2013 terá todos os times da série A do Brasileirão

Nenhum comentário

terça-feira, 28 de agosto de 2012


A Konami anunciou que o jogo de futebol "Pro Evolution Soccer 2013" terá todos os 20 times da série A do campeonato brasileiro de 2012 quando for lançado no país no dia 5 de outubro. Em evento realizado em São Paulo nesta terça-feira , a companhia japonesa anunciou também que, ao lado da Vila Belmiro, o estádio do Morumbi estará no game final.
A empresa também garantiu os direitos da música "Ai, Se Eu Te Pego", de Michel Teló e, ao fazer gols, Neymar, atacante do Santos, e outros atletas farão os passos de dança da canção.
Capa brasileira de 'Pro Evolution Soccer 2013' com Neymar e Cristiano Ronaldo (Foto: Divulgação)
Neymar ainda estará na capa brasileira do game ao lado de Cristiano Ronaldo, do Real Madrid. O jogo chega em versões para PC, PlayStation 3, Xbox 360, Nintendo 3DS, PSP, PS2 e Wii. Em toda a América Latina, a versão anterior do jogo vendeu mais de 1,4 milhão de cópias, segundo dados da Konami.
Desse modo, o game terá um campeonato nacional em forma de liga, chamado de "Brazilian League", mas os times poderão ser usados em amistosos contra equipes da Europa.
Além do campeonato brasileiro, o game tem as licenças oficiais da Copa Libertadores e da Champions League, a liga dos campeões da Europa. O título chega em português com narração de Silvio Luiz e comentários de Mauro Beting.
Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...



              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

PainTown no Ubuntu/Mint: Que tal uma boa pancadaria na tela do seu PC?

Nenhum comentário

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

PaintTown é um game em 2D que lembra muito os clássicos Street Fighter e Double Dragon, onde o objetivo é simplesmente cair na pancadaria contra os adiversários e ir galgando níveis.
O que torna o Game Curioso é o fato dele incluir personagens de séries diferentes do mundos dos games, você pode detonar seus adversários usando o Goku, Wolverine ou o Ryu por exemplo.

paintown for linux
 Felizmente se você usa o Ubuntu 12.04 ou o Mint 13 a instalação via PPA é a mais prática possível, vamos instalar então?

Abra o terminal e adicione o PPA, depois atualize e finalmente instale:

sudo add-apt-repository ppa:upubuntu-com/games
sudo apt-get update
sudo apt-get install paintown

Após, abra o game pela Dash do Unity ou pelo MintMenu.

Abra o programa pela Dash do Unity

Confira o Gameplay:




Você ainda pode executá-lo digitando "paintown" no terminal sem aspas.

Fonte

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo