Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador 4g. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador 4g. Mostrar todas as postagens

Economize internet com a extensão Bandwidth Hero

Nenhum comentário

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Nem todas as regiões do Brasil possuem conexão de internet com alta velocidade, e às vezes é comum a adesão em alguma banda larga 4G LTE, e nestes casos economizar o limite de tráfego de banda de internet é algo super importante, pois caso o limite da franquia seja alcançada, a internet pode diminuir drasticamente sua velocidade, ou até mesmo ficar temporariamente indisponível.

extensão-bandwidth-hero-economizar-internet-firefox-google-chrome

É aí que o Bandwidth Hero (“Herói da Banda Larga”) entra em ação, com essa extensão de código aberto e disponível para Google Chrome e Firefox, o fluxo dos dados podem diminuir, economizando sua franquia de internet

Seu funcionamento é bem simples, comprimindo as imagens dos sites que são acessados pelo usuário nos formatos WebP e JPEG. Ao navegar na web o Bandwidth Hero endereça as imagens dos sites visitados para seu servidor proxy, que compacta cada uma e envia em baixa resolução diretamente para você, essa técnica visa diminuir a qualidade da imagem e evitar o máximo do uso da sua banda larga, uma maneira interessante para quem sofre com essas limitações de internet.

funcionamento-extensão-bandwidth-hero-economizar-internet-firefox-google-chrome

Comprimindo as imagens em até 50 - 70% de seus tamanhos originais, no entanto, em alguns casos sua compressão é tão agressiva que imagens podem ficar em preto e branco, entre outras coisas, mas com as diversas configurações da extensão você pode resolver tais problemas facilmente, apenas desabilitando alguns recursos.

Outro ponto a ser observado é que o proxy não garante seu anonimato, ele faz o download de imagens em nome do usuário, passando os cookies e o endereço IP para o host de origem. 

Configurando o Bandwidth Hero no seu navegador


O serviço de proxy do Bandwidth Hero faz uso do Node.js, então vamos instalá-lo em nosso sistema (Ubuntu, Linux Mint e derivados):

sudo apt install nodejs

sudo apt install build-essential

Você pode utilizar a interface gráfica, caso não queira usar o terminal, basta fazer todo procedimento via Synaptic, pesquise e instale os pacotes: “node.js” e “build-essential”, aprenda a utilizar o Gerenciador de pacotes Synaptic, com esse vídeo super especial.

instalar-node.js-ubuntu-synaptic

Por se tratar de uma aplicação em Node.js, devemos hospedá-lo para correto funcionamento do servidor proxy, no entanto acalme-se, iremos usar o serviço gratuito Heroku (mesmo possuindo planos pagos, utilizaremos o free).

Efetue seu cadastro normalmente no serviço, e na opção “Primary development language”, selecione “Node.js”. Um link de confirmação será enviado para seu email.

hospedar-node.js-heroku-app

Configure sua senha de acesso ao Heroku, e acesse o serviço.

senha-heroku-cadastro-free-app-node

Adicione a extensão, conforme seu navegador:

Google Chrome

 Baixe a extensão para Google Chrome

Mozilla Firefox

 Baixe a extensão para Mozilla Firefox

Em seu navegador na parte superior direita irá aparecer o ícone do Bandwith Hero, clique nele, um pequeno pop-up surgirá, clique na opção “Compressions settings”, logo após em “Configure data compression service”, abrindo assim a janela de configuração.

config-extensão-bandwidth-hero-economizar-internet-firefox-google-chrome

Clique na opção “Heroku”, aparecerá um botão de nome “Deploy to Heroku”, clique nele e ao ser redirecionado para página do Heroku, efetue o login.

extensão-bandwidth-hero-economizar-internet-firefox-google-chrome

Configure seu app Node.js, preenchendo todos os campos, em “App name” tente uma combinação até ter um nome disponível, em “Choose a region” escolha “United States”, logo abaixo crie um LOGIN e PASSWORD para aplicação, ao finalizar clique em “Deploy app” e aguarde a conclusão do processo (pode demorar uns minutinhos).

extensão-bandwidth-hero-economizar-internet-firefox-google-chrome

Ao finalizar a compilação do app, aparecerá dois botões no final da página, clique em “View”, um pop-up solicitando LOGIN e PASSWORD aparecerá, digite ambos que acabou de criar.

deploy-app-heroku-nodejs

Uma nova página se abrirá, copie a URL.

url-node.js-heroku-app

Cole a URL no campo “Data Compression Service” na página de configuração do Bandwidth Hero, aquela que abrimos anteriormente após instalar a extensão.

extensão-bandwidth-hero-economizar-internet-firefox-google-chrome

Por fim veja a mágica acontecer, e a quantidade de MBs que serão “salvos” na sua franquia de internet. Por exemplo, aqui no blog Diolinux passamos a utilizar o formato Webp (indicado para imagens na web), e mesmo assim o Bandwidth Hero, comprimiu e conseguiu economizar 78% no resultado final .

resultado-compressão-imagens-extensão-bandwidth-hero-economizar-internet-firefox-google-chrome

Com essa extensão muitos poderão se beneficiar e prolongar sua franquia, seja ela 4G, ou como já fiz há alguns anos atrás, uma internet 3G por meio de um adaptador USB (Época que não tinha internet cabeada, recorrendo a boa e velha gambiarra com o 3G do meu celular  😂😂😂).

Gostou da dica? Deixe nos comentários se já conhecia essa solução.

Te espero como sempre, aqui no blog Diolinux, SISTEMATICAMENTE! 😎

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Reino Unido agora 4G

Nenhum comentário

terça-feira, 11 de setembro de 2012

Novo padrão de internet já está operante no Reino Unido


4G




Sinais 4GA novidade agora é no Reino unido, pois o país receberá a primeira rede 4G do mundo até o final do ano. Essa rede será operada pela Everything Everywhere que no país comanda a Orange e T-Mobile.

É esperado que até 2014 98% do Reino Unido estejam com a tecnologia de quarta geração, mas, por enquanto as prioridades são cobrir 16 cidades incluindo a capital do país.

Já alguns aparelhos como o Nokia 920, Samsung Galaxy SIII, HTC One XL e o Huawei Ascend P1 terão suporte para a tecnologia 4G.




Fonte

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

A disputa não vai acabar tão cedo: "Se o iPhone 5 tiver 4G a Apple será processada!" diz Samsung

Um comentário

Apple pode se preparar: se o novo iPhone realmente tiver conexão 4G, pouco depois do anúncio do dispositivo a Samsung vai entrar com uma ação contra a empresa por violação de patentes.

samsung
A informação é do jornal Korea Times, que afirma que a fabricante sul-coreana decidiu preparar uma ação judicial após rumores de que o novo iPhone se conectará a redes LTE.

Diversas patentes relacionadas à quarta geração de redes de internet sem fio pertencem à Samsung, que já ameaçou processar a Apple por violação dos registros relacionados à essa tecnologia no passado.

Agora, a sul-coreana vai ficar de olho no anúncio do novo iPhone, que deve acontecer na quarta-feira, 12, e, se os recursos LTE forem realemente uma das novidades do dispositivo, o processo contra a Apple será imediato.


Fonte

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


O sinal analógico de TV pode ser desligado em 2013

Nenhum comentário

quarta-feira, 5 de setembro de 2012


Sinal

O desligamento da TV analógica na frequência de 700 MHz poderá começar ainda em 2013. O anúncio foi feito pelo ministro das Comunicações, Paulo Benardo, nesta terça-feira (04/09). Ele disse que o processo deverá acontecer “em duas ou três cidades”, de acordo com a Agência Estado.

TV analógicaOs testes deverão ser feitos em cidades menores para facilitar possíveis reversões caso falhas aconteçam. Bernardo ainda ressaltou que, se todo o desligamento do sinal fosse feito simultaneamente, o processo para reverter os pormenores seria mais complicado.

Além disso, o ministro também afirmou que não pretende fazer o desligamento completo do sinal analógico enquanto boa parte da população não tiver conversores digitais.

O cronograma original previa o fim do sinal analógico para 2016.  "Nossa ideia é flexibilizar este prazo, antecipá-lo em algumas regiões e cidades e até postergar em outras", defendeu Bernardo. A intenção do governo é utilizar a faixa de 700 MHz (atualmente dedicada ao sinal analógico) para 4G.



Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Suposto App da Anatel é usado para Golpe, cuidado.

Nenhum comentário

quarta-feira, 22 de agosto de 2012


 Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) divulgou nesta terça-feira (21) que mensagens falsas usando o nome do órgão estão circulando na internet. De acordo com a Anatel, o golpe se aproveita da implementação do nono dígito nos telefones celulares com DDD 11 para  tentar roubar dados de usuários. 
Anatel
O e-mail falso leva o logotipo da Agência e das quatro maiores operadoras de celular do país (TIM, Vivo, Oi e Claro). A mensagem fala sobre a disponibilização de um suposto aplicativo oficial que adiciona automaticamente o dígito nove à frente dos números de telefone que estão na lista de contatos do usuário. A mensagem do e-mail é a seguinte:

“Caro Consumidor.
A Anatel (Agência nacional de telecomunicações) informa a disponibilidade para download do aplicativo para atualizar a sua lista de contatos que tiveram adicionados +1 dígito, veja abaixo as operadoras que estão disponíveis.
Para atualizar a sua agenda de contatos do seu celular basta baixar o aplicativo e efetuar o cadastro no seu computador.”
O maior risco do e-mail está no anexo com o suposto aplicativo. De acordo com a Anatel, o arquivo em anexo não deve ser baixado em hipótese alguma. Ele pode causar danos ao computador e ser usado para roubo de informações confidenciais (como senhas de e-mail e contas de internet banking).

O que fazer ao receber um e-mail que diz ser da Anatel

A Agência Nacional de Telecomunicações afirma que não envia e-mails não solicitados ao usuário. Sendo assim, todas as mensagens enviadas em nome da Anatel devem ser apagadas imediatamente da caixa de mensagens.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Qualcomm vai fabricar chips 700 MHz no Brasil

Nenhum comentário

A empresa norte-americana Qualcomm vai produzir chips para as diferentes tecnologias da quarta geração de celular (4G) que forem adotadas no Brasil. O compromisso foi assumido pelo diretor-executivo da Qualcomm, Paul Jacobs, durante audiência com a presidente Dilma Rousseff e o ministro das Comunicações Paulo Bernardo.
Qualcomm Sede

Em junho, foram leiloadas as faixas de 2,5 GHz e 450 MHz. O governo também tem intenção de licitar a faixa de 700 MHz no ano que vem, mas o espectro é utilizado pelas emissoras de televisão aberta. O ministro Bernardo disse que os estudos sobre a utilização da faixa de 700 MHz serão concluídos pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) ainda neste semestre.
O governo federal quer ainda utilizar tablets e smartphones para monitorar a qualidade do serviço público, especialmente nas áreas de saúde, educação e Previdência Social. “Discutimos com a Casa Civil a possibilidade de incrementar essa rede de monitoramento, de controle, baseado em dispositivos móveis. O pessoal da Qualcomm se dispôs a nos ajudar nisso”, disse o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, que também participou da reunião.
Telemedicina
No encontro, Jacobs destacou a parceria da Qualcomm com o Comitê Olímpico Brasileiro em Londres, quando foi testado o uso intensivo de telemedicina para verificar o desempenho dos atletas brasileiros nas Olimpíadas, experiência que, ressaltou, espera ver repetida nas Olimpíadas do Rio em 2016.
Segundo Jacobs, a Qualcomm está promovendo um concurso mundial com prêmio de 10 milhões de dólares que será concedido a quem apresentar o melhor projeto de dispositivo móvel para o diagnóstico de doenças, ampliando o uso da telemedicina.
Em abril, o Ministério das Comunicações e a Qualcomm assinaram um memorando de entendimentos que prevê a instalação de um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento focado para tablets e a criação de um laboratório para apoiar desenvolvedores brasileiros de aplicativos para smartphones e tablets, ambos no Estado de São Paulo.
A Qualcomm está construindo o centro de pesquisa que deve começar a funcionar no primeiro trimestre do próximo ano. Segundo o presidente da empresa, o centro terá cerca de cem funcionários e a previsão de investimento inicial de aproximadamente 1 milhão de dólares.
A empresa americana também planeja cooperar com a indústria nacional de eletroeletrônicos e com os centros de educação e tecnologia brasileiros no campo de comunicação sem fio, bem como está prevista a alocação de parcela do fundo de investimento da empresa com o objetivo de fomentarstartups de várias tecnologias no país.
A contrapartida do governo brasileiro na parceria é a criação de incentivos para a produção local de smartphones, com a inclusão do aparelho na Lei do Bem, por meio da medida provisória nº 563, que aguarda sanção presidencial. “A medida deverá reduzir significativamente o preço final dos aparelhos, aumentando a presença dos telefones inteligentes para quatro em cada cinco telefones celulares vendidos; atualmente, a cada 5 celulares comercializados, apenas um é smartphone”, afirma o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo.
Banda Larga 0800
O primeiro projeto realizado em parceria entre o MiniCom e a Qualcomm foi o da tarifação inversa de conexão, a chamada Banda Larga 0800. A ideia foi proposta pela empresa norte-americana e consiste na adaptação do serviço telefônico 0800 para conexões a determinados serviços, a partir de dispositivos móveis (celulares, tablets ou modems 3G).
O projeto-piloto foi realizado na cidade de São Sebastião, a 25 quilômetros de Brasília. Oitenta moradores da cidade foram selecionados para receberem smartphones e usarem, durante algumas semanas, um site preparado para não cobrar pela conexão.
A Qualcomm está entrevistando os participantes do projeto-piloto e vai preparar um relatório sobre a utilização do sistema e os serviços mais procurados pelos participantes.
(*) Com informações da Agência Brasil e do Ministério das Comunicações


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Como vai ser o 4G no Brasil

Um comentário

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

A quarta geração da telefonia móvel 4G vai começar a operar no próximo ano, mas os preparativos já começaram. A internet móvel mais rápida vai exigir, pelo menos, o dobro do número de antenas utilizadas hoje pela tecnologia 3G. Será preciso modernizar 60% das linhas de transmissão do país, uma vez que o 3G pode usar o cabo da 2G, mas o 4G não, pois demanda mais capacidade. Ou seja, o investimento das teles será alto.

Para se ter ideia, no leilão dos primeiros lotes das faixas de frequência que vão suportar a nova tecnologia, os quatro principais lotes totalizaram R$ 2,56 bilhões com Claro, Oi, TIM e Vivo apresentando os melhores lances para operar na frequência. Os lotes foram vendidos de acordo com as propostas financeiras de cada uma das operadoras participantes. E venceu quem ofereceu o menor preço para o usuário final.

No total, segundo a Agência Nacional de Telecomunicações, foram arrecadados R$ 2,9 bilhões, o que vai garantir investimentos de R$ 3 bilhões por ano em redes, ao longo dos 30 anos de contrato – valor bastante próximo dos fundos de telecom que, de janeiro a abril deste ano, já somaram R$ 3,7 bilhões e não estão sendo usados para os fins para os quais foram criados, segundo Carlos Duprat, diretor da SindiTelebrasil – Associação Brasileira de Telecomunicações.

O problema com esta arrecadação é que, devido ao alto investimento feito pelas operadoras, o consumidor final deve receber um preço elevado para ter uma conexão 4G. De acordo com estimativas do SindiTelebrasil, será, no mínimo, o dobro do valor cobrado pelo 3G atualmente. Sendo assim, se o governo mantiver sua rotina de não investir integralmente o dinheiro arrecadado na infraestrutura de telecom, os consumidores não receberão qualidade em troca. 

Por outro lado, se as operadoras continuarem a repassar seus gastos para as contas de celular, o valor do 4G pode ser bem alto para os usuários finais. Segundo o presidente da Anatel, João Rezende, o faturamento das operadoras cresceu 237% nos últimos 10 anos no Brasil, mas os investimentos em infraestrutura subiram apenas 67% desse crescimento. 

Compartilhamento de infraestrutura

Para o 4G, o governo previa uso conjunto de bases, torres e antenas pelas operadoras, mas os investimentos para implantar a internet móvel de quarta geração devem começar sem o compartilhamento de infraestrutura. Em entrevista para a Agência Estado, Francisco Valim, presidente da Oi, afirmou que as companhias estão longe de um entendimento. Com isso, os investimentos se tornam ainda maiores e, consequentemente, o custo do 4G será ainda maior. Principalmente porque, pelas regras do leilão, as empresas que venceram a licitação das faixas deverão cumprir uma série de exigências.



operadoras


Até abril de 2013, por exemplo, elas precisam ter conexões 4G nas cidades-sede dos jogos da Copa das Confederações: Fortaleza, Recife, Salvador, Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Já as sedes e sub-sedes da Copa do Mundo – São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Manaus, Cuiabá, Natal – deverão ter a internet mais rápida até o fim de 2014. A Anatel ainda determina que todos os municípios com mais de 100 mil habitantes deverão ter sinal de 4G até 31 de dezembro de 2016.

Outras metas também deverão ser cumpridas, como o uso de equipamentos fabricados no Brasil. As empresas que venceram a licitação das faixas destinadas à telefonia 4G deverão usar pelo menos 60% dos equipamentos fabricados no país em suas redes entre 2012 e 2014. Nos dois anos seguintes, o percentual dos investimentos em aquisição de bens e produtos com tecnologia nacional passa para 65% e, entre 2017 e 2022, para 70%.

Quer opinar? Diga abaixo o que acha que vai acontecer com os R$ 3 bilhões arrecadados? E aproveite para comentar sobre o não-compartilhamento de infraestrutura entre as operadoras.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo