Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador aco. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador aco. Mostrar todas as postagens

Versão 19.3 do Mesa Driver é lançada com o ACO da Valve, e muitas outras novidades

Nenhum comentário

sexta-feira, 20 de dezembro de 2019

Recentemente foi lançada a versão 19.3 do Mesa Driver, contando com um número massivo de correções de bugs, mudanças e novas funcionalidades. Confira agora os principais destaques desta nova versão.

mesa-driver-19.3-lancado-valve.ACO-muitas-novidades

O Mesa Driver é responsável por fazer a comunicação entre as GPUs e APUs Intel e AMD com as APIs gráficas OpenGL e Vulkan. Caso você não esteja familiarizado com os diferentes drivers de vídeo disponíveis para Linux, este artigo sobre os Drivers AMD é certamente um bom lugar para começar a aprender sobre isso.

Um número extremamente grande de novidades estão presentes na nova versão do Mesa Driver, e entre essas novidades também estão presentes muitas correções para grandes jogos, rodando de forma nativa ou via Wine/DXVK/Proton. Confira abaixo os destaques:

• Corrigido o bug que fazia com que o jogo Dead Rising 4 apresentasse instabilidades em momentos aleatórios durante a gameplay;
• Resolvido o problema que ocasionava em uma renderização bugada dos cabelos no jogo Star Wars: Jedi Fallen Order;
• Sombras escuras apareciam aleatoriamente no rosto do personagem Talion, no jogo Middle Earth: Shadow of Mordor;
• Corrigido o problema que fazia com que as sombras “flickassem” nos jogos Tropico 6 e SuperTuxKart;
• Melhorada a performance do jogo Heroes of the Storm, que havia sofrido uma queda com o Mesa 19.1.1 em GPUs Polaris;
• Corrigidos “glitches” gráficos ao utilizar o driver RADV na versão em Vulkan do jogo Middle Earth: Shadow of Mordor;
• Em alguns casos o chão aparecia sem textura/preto no jogo Dirt 4;
• O minimapa não aparece mais de forma “bugada” no jogo Nier: Automata.

Além do que foi citado acima, um dos principais destaques desta nova versão do Mesa Driver é a presença do Mesa ACO, um compilador de shaders desenvolvido pela Valve, sobre o qual já falamos neste artigo.

Outro destaque importante é que agora os usuários da versão 19.3 poderão utilizar o Vulkan Overlay Layer de forma “out of the box”, já que o mesmo também é uma das novas implementações da nova versão. O Vulkan Overlay Layer é um software que permite aos usuários, através de um HUD, fazer o monitoramento do seu hardware durante jogos e outras aplicações em tela cheia que façam uso da API Vulkan.

mesa-vulkan-overlay
Mesa Vulkan Overlay
Caso você esteja ouvindo falar do Vulkan Overlay Layer pela primeira vez, queira saber mais sobre ele, e também sobre outras formas de monitoramento de hardware em jogos no Linux, confira esse artigo que fizemos sobre o assunto.

O post original citando todas as implementações presentes na versão 19.3 do Mesa Driver pode ser encontrado aqui.

Nos próximos dias publicaremos um artigo sobre como instalar as versões mais novas do Mesa Driver em várias distribuições, então fique ligado! 😉

O quê você achou das novidades que estão chegando na versão 19.3 do Mesa? Você já testou o ACO, ou o Vulkan Overlay Layer? Conte-nos nos comentários!

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus

Isso é tudo pessoal! 😁



Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Mesa ACO recebe implementações para melhorar o desempenho de jogos

Nenhum comentário

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Recentemente o compilador de shaders ACO recebeu melhorias com o objetivo de reduzir em grande parte o número de operações de memória utilizadas pelo software, o que deve melhorar o desempenho de jogos e outras aplicações 3D.

mesa-aco-recebe-implementacoes-para-melhorar-o-desempenho-de-jogos

O ACO é um compilador de shaders desenvolvido pela Valve, com o objetivo de substituir o “LLVM Shader Compiler”, que atualmente é o padrão na versão atual do Mesa Driver na maioria das distros. Para tirar um melhor proveito do conteúdo deste artigo, é muito importante que você saiba o que é um compilador de shader, e por sua vez o ACO. Caso você não saiba do que se trata, fortemente recomendo que leia o artigo que escrevemos sobre o assunto.

Agora que você já sabe do que estamos falando, vamos às novidades.

Na última segunda-feira (25), a equipe de desenvolvimento do Mesa Driver incluiu no código do mesmo uma implementação que já estava sob revisão há quatro meses. Se formos analisar o tempo que foi necessário manter tal implementação em revisão, não é preciso ser um profissional de T.I. para perceber que trata-se de algo bastante complexo. Seguindo a lógica, uma implementação com um nível relativamente alto de complexidade também trará grandes benefícios.

Tal implementação, que entre os desenvolvedores está sendo chamada de “load/store vectorizer”, é uma contribuição do desenvolvedor Rhys Perry. O que ela faz é, de forma simplificada, diminuir a quantidade de código com que o compilador de shaders precisa trabalhar para executar determinadas tarefas. Esse comportamento faz com que o número de operações de memória simultâneas também seja reduzido, e quanto menor for este número, menor serão os tempos de carregamento, e mais alta será a taxa de FPS.

Até o presente momento, foram realizados testes com dois jogos, sendo eles Nier: Automata e GTA V. Nesses testes foi notada uma diminuição no número de operações de memória de 13% e 15%, respectivamente. Vale ressaltar que os benefícios devem ser visíveis em outros jogos além dos dois que foram testados, bem como outras aplicações 3D. 

Essas implementações deverão estar disponíveis para os usuários na versão 20.0 do Mesa Driver, que deverá ser lançado como estável no final de Fevereiro.

Já dissemos isso várias vezes aqui no Diolinux, e volto a dizer como cada vez mais fico surpreso, e animado com a velocidade com que “o Linux” vem evoluindo como uma plataforma para jogos, especialmente nos últimos dois ou três anos. É realmente impressionante!

Agora diga-nos qual é a sua opinião sobre o assunto. Será mesmo que algum dia “o Linux” chegará a ser uma plataforma de jogos considerada “mainstream”?

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus

Isso é tudo pessoal! 😉



Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


ACO: Implementação para o Mesa Driver desenvolvida pela Valve

Nenhum comentário

sexta-feira, 27 de setembro de 2019


Em Julho deste ano, a Valve anunciou estar trabalhando no projeto ACO (AMD Compiler). Um novo compilador de shaders projetado para melhorar o desempenho de jogos em GPUs AMD no Linux. 

aco-implementacao-para-mesa-driver-desenvolvida-pela-valve

Falando em termos muito leigos e de forma extremamente resumida: o compilador de shaders é o software utilizado pela sua GPU para produzir efeitos, pós processamento, e os níveis de cor apropriados para uma imagem a ser exibida na sua tela.

O compilador de shaders incluso no Mesa Driver atualmente, e que todos nós utilizamos, é apenas uma pequena parte de um grande projeto chamado LLVM (Low Level Virtual Machine). Justamente por ser apenas uma parte em um projeto maior, os mantenedores do LLVM tem foco em manter o software funcional e estável, mas não em otimização para jogos.

O motivo para isso é que o projeto LLVM é massivo, e um compilador de shaders veloz não faz muita diferença na maioria dos casos. Em jogos, por outro lado, a velocidade com que o compilador de shaders consegue trabalhar pode ser a diferença entre você conseguir ou não jogar um jogo.

Com isso em mente, a Valve começa a criar do zero, o seu próprio compilador de shaders. Tendo como principal objetivo criar um software desde o início pensado e projetado para aprimorar o desempenho de jogos no Linux. Eis que o dia chegou, e no dia 19 de Setembro deste ano (2019) todas as mais de 25.000 linhas de código do ACO foram incluídas no Mesa Driver 19.3.

À princípio o compilador da Valve funcionará apenas com o driver RADV (Driver Vulkan incluso no AMDGPU) em jogos e aplicações que utilizam a API Vulkan. Ao que tudo indica, o ACO também será compatibilizado com OpenGL, mas não por agora.

Apesar de já estar incluso no Mesa 19.3, por ainda estar em fase experimental, o ACO não vem ativado por padrão. Para ativá-lo é necessário utilizar a variável “RADV_PERFTEST=aco” em cada aplicação que você deseja executar utilizando o compilador.

Confira abaixo resultados de testes da própria Valve comparando o desempenho do ACO com o LLVM, no final de Março, quando o desenvolvimento ainda estava muito menos avançado do que agora:

teste-comparativo-entre-o-mesa-driver-com-aco-llvm

O teste retratado na imagem abaixo foi feito pelo Renato do blog FastOS, no dia 5 de Setembro, no jogo Rise of the Tomb Raider.

teste-comparativo-aco-vs-llvm-fastos

Confira o artigo completo no blog FastOS.

Embora a versão atual do ACO tenha sido incluída no Mesa Driver, o desenvolvimento de novas funcionalidades continuará acontecendo em paralelo com esta versão, por fora do Mesa Driver, até estarem estáveis o suficiente para serem incluídas no Mesa.

Por ainda estar em fase de testes, o ACO pode apresentar bugs e ainda não é recomendado ao usuário comum. Porém, se você quer ajudar no desenvolvimento do software, testando e reportando bugs, com certeza será de grande ajuda para os desenvolvedores. Quanto mais testes forem feitos em jogos e hardwares diferentes, mais informações os desenvolvedores terão para aprimorar o software.

Para reportar bugs ou fazer sugestões acesse este link.

O quê você acha sobre o ACO? Eu não penso que uma empresa como a Valve desenvolveria um software dessa proporção sem a certeza de um bom resultado. Quanto a se o ACO realmente será melhor que o LLVM, só o tempo e os testes dirão.

Você gosta de Linux e tecnologia? Tem alguma dúvida ou problema que não consegue resolver? Venha fazer parte da nossa comunidade no Diolinux Plus

Por hoje é tudo pessoal! 😉

Fontes: Phoronix, Steam.

_____________________________________________________________________________

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo