Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador bateria. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador bateria. Mostrar todas as postagens

Google Chrome ganhará melhor gerenciamento de energia

Nenhum comentário

terça-feira, 20 de agosto de 2019

Um projeto em pleno desenvolvimento sempre tende a obter melhores resultados, seja com refatorações de código, adições ou até mesmo mudanças. Algo “na ativa” dificilmente regride em sua performance e demais aspectos, a não ser por alguma situação muito específica ou por mudanças de liderança.

google-chromium-chrome-edge-microsoft-browser-navegador-web-app-linux-windows

Há pouco tempo abordamos a possibilidade da chegada do Microsoft Edge para Linux, o browser da Microsoft agora compartilha a mesma base de outros. O Chromium é um projeto open source e que serve de alicerce para diversos navegadores, e a Google sem dúvidas é a mais famosa de todos. Possuindo a mesma base, inevitavelmente uma hora ou outra ambas empresas, Microsoft e Google, seriam beneficiadas com código e modificações, mesmo concorrendo com seus produtos.

Recentemente a Microsoft indicou que os navegadores baseados em Chromium poderiam ser mais eficientes, e nas últimas semanas passou a pôr na prática e aperfeiçoar alguns aspectos do Edge. Obviamente, que essas mudanças são para benefício próprio, entretanto, o Google Chrome também sai ganhando com isso.

Com toda descrição sobre como obter maior economia de bateria, a MS revelou os passos necessários para esse maior gerenciamento em sua página do Github. Então, a Google passa a testar essas implementações em seu navegador na versão Canary. As modificações sugeridas pela Microsoft prometem menor consumo de energia.

"Como o consumo de mídia é um cenário de alto uso, esse uso extra de energia tem um impacto negativo na vida útil da bateria. Essa alteração impedirá o armazenamento em cache de determinado conteúdo de mídia em disco com a finalidade de melhorar a vida útil da bateria dos usuários", declarou Shawn Pickett, engenheiro sênior de software da Microsoft. 

Basicamente durante atividades, como o consumo de streaming multimídia, os dados escritos em disco serão reduzidos e alocados para memória do dispositivo. Além de ser mais eficiente, o recurso permite menor consumo energético, exigindo menos do hardware. Algo simples, mas que pode fazer toda diferença. Agora nos resta esperar a versão final do Google Chrome, com tais melhorias.

É curioso pensar que a Microsoft, depois de ser veterana na “Guerra dos Browsers” iria auxiliar uma empresa rival, mesmo que direta ou indiretamente. Isso só evidencia a mudança de postura da empresa nos últimos anos. Ponto para o CEO da empresa, Satya Nadella, que vem desempenhando um ótimo trabalho na gigante do Vale do Silício.

E você, utiliza o Google Chrome em notebooks? Economia de bateria nunca é demais (😁️😁️😁️).

Faça parte de nosso fórum Diolinux Plus, e fique por dentro das novidades.

Até o próximo post, SISTEMATICAMENTE! 😎

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Slimbook Battery 3 uma alternativa para gerenciar a energia da bateria do seu notebook com Ubuntu e Linux Mint

Nenhum comentário

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Muitos usuários de Linux, muito provavelmente usam notebooks, buscando mobilidade e comodidade em poder fazer o seu trabalho onde for. E bateria é um item de extrema importância, pois um sistema que balanceia consumo de energia com performance é extremamente útil. O Slimbook Battery 3 vem para ajudar.

 Slimbook Battery 3 uma alternativa para gerenciar a energia da bateria do seu notebook com Ubuntu e Linux Mint






A empresa espanhola Slimbook vende notebooks com Linux instalados neles, podendo ser com Kde Neon, Mint, Ubuntu além de venderem com Windows também.

E um dos apps deles que se destacam, é o que faz o gerenciamento da bateria dos seus notebooks, mas que pode ser usado em qualquer hardware de outro fabricante. Dentro da aba informações da aplicação, eles deixam bem um agradecimento ao pessoal do TLP, NVIDIA, AMD e Intel, a mensagem é:

“Agradecimentos especiais para TLP (© 2019, linrunner), Nvidia, AMD e Intel por nos oferecer as ferramentas necessárias para tornar isso possível!”.



Mas vamos para o que interessa, que é a instalação do Slimbook Battery 3. Por hora ele só está disponível via ppa, então somente Ubuntu, Linux Mint e afins vão conseguir instalar ele. Para adicionar o ppa, você tem duas formas, uma de forma gráfica e a outra via terminal. Da forma gráfica ensinamos neste artigo bem completo. No terminal, basta copiar e colar os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:slimbook/slimbook

sudo apt-get update

sudo apt-get install slimbookbattery -y

Feito o procedimento acima, basta esperar e reiniciar o sistema para que as configurações sejam aplicadas.
Eles recomendam não utilizar junto com o Slimbook Baterry 3 nenhum outro app que faz o mesmo gerenciamento, pois podem entrar em conflito e não funcionar.




Eles ainda disponibilizam um manual (em inglês) mostrando “tim-por-tim” cada função do app. Vale a pena conferir. O código fonte do app é disponibilizado via GitHub e Launchpad.

Falando em gerenciamento, também fizemos um artigo de como instalar uma interface gráfica para o TLP, que você pode conferir aqui

Muito útil ter mais de uma ferramenta para essa finalidade, ainda mais de quem vende notebooks com Linux e ainda disponibiliza para uso em outros equipamentos, isso ajuda e muito quem precisa “esticar” a bateria. Uma “mão na roda”.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá  no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Não usar o App do Facebook economiza até 20% da bateria do seu Android

Nenhum comentário

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

O famoso site "The Guardian" noticiou algo muito interessante, parece que o Facebook é o grande vilão da bateria do seu Smartphone Android.

Facebook é vilão da bateria do seu Celular

Segundo as informações os testes foram feitos em vários aparelhos e o simples fato de remover o aplicativo padrão do Facebook do Android fez com que a vida da bateria fosse aumentada em até 20% em média. Além disso, os demais aplicativos passaram a abrir 15% mais rápidos.

O App do Facebook é realmente pesado, tanto em tamanho, consumo de RAM e por consequência, consumo de bateria. A recomendação do site é remover a aplicação e usar uma versão alternativa como a versão Lite por exemplo, que é muito mais simples porém funcional e econômica. Além disso ainda vale a pena considerar a utilização do navegador do Android mesmo, o Chrome, para acessar o Facebook de maneira simples.

Experimente passar uma semana sem utilizar o App do Facebook e depois nos conte se você percebeu alguma diferença, eu estou começando a minha semana de testes agora mesmo, se você já deixou de utilizar o App do Facebook há algum tempo, conte pra gente como é acessar a rede social sem o App oficial.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Ubuntu Phone faz bateria de Smartphone durar quase 40 horas

Nenhum comentário

quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Canonical escuta usuários e melhora o desempenho da bateria dos sistema operacional para os Smartphones atingindo mais de 30 hora de atividade.

Ubuntu Phone

Ubuntu Phone tem maior capacidade de bateria que muitos Smatphones top de linha


Nesta semana vários usuários de Ubuntu Phone relataram que os Smartphones passaram a manter a bateria por muito mas tempo do que apenas um dia anterior, isso se deve a uma atualização para que o sistema que a Canonical promoveu no Ubuntu.

A imagem que você vê acima vem do Meizu MX4 - saiba mais sobre este aparelho aqui - e mostra que ainda restando 15% da bateria o Smartphone foi carregado pela última vez há 37 horas atrás. Aparentemente alguns usuários aviam reclamado do desempenho do sistema na manutenção da bateria por um bom tempo, atendendo aos pedidos dos usuários uma atualização chegou para melhorar e muito a situação, como pudemos ver.

A imagem acima vem do usuário Popescu Sorin, ele comentou que o uso do aparelho foi convencional, navegação na internet, ligações e alguns jogos, ou seja, resultado excelente, provando que nem só um boa bateria basta para manter a longevidade dos aparelhos.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




iPhone poderá ter bateria de hidrogênio que dura uma semana

Nenhum comentário

terça-feira, 25 de agosto de 2015

Um dos pontos mais fracos da telefonia moderna, a duração da bateria, esta prestes a dar um passo e tanto neste sentido, uma empresa britânica está desenvolvendo uma tecnologia capaz de fazer a carga do iPhone durar por uma semana.

iPhone com bateria de Hidrogênio

Movida a Hidrogênio, nova bateria prometo aumentar drasticamente  o tempo de carga do Smartphone da Apple


A empresa britânica Intelligent Energy é responsável por um projeto que despertou muito interesse, a empresa teria conseguido a façanha de criar uma bateria para o iPhone 6 da Apple que consegue durar até uma semana. De acordo com informações a bateria usa Hidrogênio para criar a energia e o mais interessante, ela não altera o tamanho do aparelho para isso.

A única diferença física seria que na tampa da parte de trás do iPhone são inseridos pequenos sulcos que permitem a eliminação do vapor d'água.

O executivo da Intelligent Energy afirmou que este é um feito importantíssimo para o mundo dos Smartphones pois é a primeira vez que foi conseguido criar uma bateria com uma longevidade tão grande e fina o suficiente para caber nas carcaças de Smartphone existentes ainda sendo recarregável como a bateria original.

Apesar de não disponibilizarem muitas informações sobre o assunto, a empresa alegou que está trabalhando junto a Apple para trazer essa tecnologia para os iPhones, algo que pode dar uma grande vantagem ao aparelho da Apple contra a concorrência se soluções semelhantes não forem desenvolvidas por outras empresas.

E aí, vai querer um iPhone destes?

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Como aumentar o tempo de duração da bateria do seu Notebook no Ubuntu

Nenhum comentário

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Hoje vamos conhecer uma forma de melhorar o desempenho da bateria do nosso computador portátil usado o Ubuntu, quem sabe assim você ganha mais alguns minutos antes de ter que colocar o computador em uma fonte de energia.

Como aumentar o tempo de vida da sua bateria

Aumentando o tempo de duração da sua bateria


Normalmente as distros Linux são econômicas em termos de gastos de energia em computadores portáteis como Notebook e afins, salvo algumas exceções onde há algum tipo de problema de hardware, seja alguma incompatibilidade com o Kernel, seja defeito do equipamento.

Estou utilizando um notebook agora que possui um pequeno problema de bateria, além de não carregar completamente  (chega no máximo a 80%) com o percentual reduzido que resta eu tenho cerca de 40 a 50 minutos de uso, obviamente que isso pode variar de acordo com a utilização do aparelho.

Enquanto a bateria nova não chega pensei se não haveria uma forma de otimizar um pouco o tempo de vida da bateria para que eu tivesse pelo menos um hora ou quem sabe um pouco mais, lembrei-me de um post que fiz aqui no blog falando sobre o laptop-mode-tools que permitia uma aumento bacana do tempo de vida da bateria, entretanto, pesquisando um pouco mais (sempre vale a pena!) acabei encontrando uma variação deste mesmo programa que aparentemente traz um melhor gerenciamento de energia, lembro que com o "laptop mode tools" eu tive alguns inconvenientes como por exemplo, depois tem um tempo ele desligava as entras USB para poupar energia e eu que usava um mouse usb ficava sem poder usar ele, algo um pouco chato, algo que o TPL não faz, este é o nome do programa.

Instalando o TLP no Ubuntu


Para instalar é bem simples, você simplesmente irá copiar e colar algumas comandos, para isso abra o terminal e vamos ao que interessa:

1- Antes de mais nada vamos garantir que não haja resquício do Laptop Mode Tools no computador para que não haja conflito:

sudo apt-get remove laptop-mode-tools

2 - Agora vamos instalar o TLP com um comando só, copie todo o conteúdo abaixo e cole no terminal, pressione a tecla "Enter" depois de colar e digite a sua senha, não se preocupe, ela não aparece mesmo, depois de digitar a senha pressione "Enter" mais uma vez:
sudo add-apt-repository ppa:linrunner/tlp -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install tlp tlp-rdw -y
3 - Depois de instalado para iniciar o serviço rode o comando:

sudo tlp start

Complementando...

Em tese era para o TLP iniciar junto com o sistema automaticamente mas para mim isso não aconteceu, logo vou dar uma dica para colocar ele para iniciar juntamente com o resto do sistema, para isso você deverá abrir o menu e procurar o programa "aplicativos de sessão" e lá adicionar o TLP, assim como nesta imagem logo abaixo:

Iniciando o TLP automaticamente

Ao chegar até esta tela basta clicar no botão adicionar na direita na parte superior e então esta janela menor irá se abrir e no campo Nome coloque TLP, no campo Comando coloque tlp start e no comentário vamos identificar o que o comando faz inicia o tlp.

Com isso ganhei uns 20 minutos de bateria o que para quem tinha tão pouco já é uma grande coisa não é não?

Até a próxima!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Uma atitude que você deve tomar para economizar bateria no seu Android

Nenhum comentário

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Modifique seus hábitos ao usar o Smartphone e aumente a vida útil da sua bateria

Olá pessoal!
Já fazia um certo tempo que eu não postava algum artigo com dicas para Android mas dessa vez voltamos com um conteúdo bem bacana e que todo mundo já deve ter pesquisado.

Como economizar bateria do Android

Como fazer a bateria do Smartphone com Android durar mais

Esse é um tema recorrente em grupos e fóruns internet à fora e aqui no Diolinux você encontra um artigo explicando direitinho algumas dicas para você economizar bateria. ( Video )

E agora estamos trazendo mais um vídeo com dicas ímpares, coisas que você não lê por ai e não fica na mesma lorota de BlueTooth, GPS, Wi-fi etc.
Graças ao nosso parceiro DroidWhey temos estas excelentes dicas para passar para vocês, confiram o vídeo:



Particularmente eu testei as dicas e realmente é notável não só a duração da bateria que aumentou em pelo menos 3 horas no meu uso normal do Smartphone além de evitar alguns travamentos que por vezes aconteciam.

Espero que tenham gostado e até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Como aumentar a vida útil da bateria do seu notebook no Ubuntu

4 comentários

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Falando em economia

Este assunto está sendo recorrente, ontem publicamos um artigo sobre como aumentar a vida útil da sua bateria  no Android e agora vamos mostrar uma maneira de fazer isso no Ubuntu, e pode acreditar, não é tão difícil quanto possa parecer não.

bateria-ícone

Problemas com energia e dicas

Antes de apresentar a possível solução cabe salientar que existem casos e casos... Notebooks com processadores de baixo desempenho tendem a usar menos recursos da bateria do dispositivo do que processadores de última geração, caso da família de processadores Core i da Intel por exemplo, antes de mais nada manter a bateria por mais tempo tem mais a ver com a maneira com que você usa o computador, assim como no Smartphone, quanto mais processos e aplicativos estiverem correndo ao mesmo tempo mais energia o seu notebook vai precisar, por conta disso, procurar deixar os programas que você não está usando mais fechados pode ajudar a conseguir alguns minutos de carga a mais.
Se e o consumo de bateria está muito crítico é possível que o seu computador tenha um hardware que não é plenamente suportado pelo Kernel Linux ( o que é muito difícil mas pode acontecer ), nesse caso é interessante procurar usar as últimas versões do Kernel - a mais a atual no momento que estou escrevendo este artigo é a 3.8 e você pode aprender a instalar no seu Ubuntu clicando neste link - outro recurso que pode consumir bateria sem ser utilizado é o bluetooth, se o seu notebook dispõe dessa ferramenta mas você não o utiliza, ele pode ser desligado.

Laptop-mode-tools, a carta na manga

Eis o motivo do artigo em si, o Kernel Linux é uma das 7 maravilhas do mundo tecnológico e tem muitas e muitas linhas de código, com muitos módulos ( algo semelhante aos drivers do Windows ) um desses módulos chama-se laptop-mode-tools e serve para gerenciar melhor a energia de computadores móveis, notebooks, netbooks e afins, ele não vem instalado diretamente no Kernel mas está nos repositórios da maioria das distribuições Linux, e com o Ubuntu não seria diferente.

Você pode baixar pela central de programas:



Ou instalar via terminal com o comando:

sudo apt-get install laptop-mode-tools

Depois de instalado é preciso dar um comando para por o serviço em execução:

sudo laptop_mode 
Com underline mesmo.

Com isso, meu conselho é você carregar bem a bateria e depois usar para realmente perceber a diferença, meu notebookk é um HP Pavilion g4 com um Core i5 e 4 Gb de memória, depois de instalar este módulo a bateria passou de 2 horas para 3 horas e meia, quase quatro. Claro, quanto menos atividade eu fizer mais ele vai durar, no fim, quando ele estava com 15% de bateria deixei ele sem executar nenhuma tarefa, ele escureceu a tela e quando voltei ainda tinha 45 min de bateria, que foram reduzidos para 20 assim que eu comecei a executar muitos programas.
Posso dizer que este módulo está longe de ser um santo milagreiro, mas melhora o desempenho da bateria com certeza, uma outro dica que é útil e eu havia esquecido de comentar anteriormente é a diminuição do brilho da tela.

É isso aí pessoal, até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Como economizar a bateria do seu Smartphone com Android [Vídeo]

Nenhum comentário

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Aprenda a amenizar o problema de consumo excessivo de bateria

Se você está aqui é provavelmente é porque está chateado com o fato do seu novo Smartphone ( ou velho) com Android estar consumindo muita bateria e você está precisando muitas vezes recarregá-lo por mais de uma vez ao dia.

android-bateria


Esse tipo de problema pode ser amenizado tomando alguns cuidados especiais, é bom saber que um smartphone não é um celular comum, portanto, o maior consumo de bateria é absolutamente normal e ele não vai manter a carga por muitos dias como acontecia com os celulares antigos, mas é possível tentar estender a vida da bateria ao máximo.
Confira no vídeo abaixo as melhores dicas para economizar a bateria do seu Smartphone com Android feito pelo nosso novo parceiro Ralf Mamzkei no seu Canal Nave A19 Android, confira:


Uma boa dica é procurar modelos de Smartphones que já tenham uma boa capacidade de bateria, infelizmente, hoje em dia poucos modelos de Smartphones mantem a carga da bateria por mais de um dia inteiro com uso normal, para manter a bateria você pode usá-lo como um celular normal, mas qual seria a vantagem não é verdade?

Gostou das dicas? Tem alguma outra dica que gostaria de compartilhar? Use a sessão de comentários e até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Junior Formagini 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Economize bateria no Android sem instalar nenhum programa

Nenhum comentário

quinta-feira, 23 de agosto de 2012


Os smartphones que rodam Android são consumidores ávidos de bateria. No entanto, é possível diminuir o consumo de recursos e garantir algumas horas extras de utilização sem precisar instalar aplicativos de gerenciamento. Sabendo disso, o TechTudo preparou uma lista com 15 passos simples, mas que, no fim das contas, vão gerar economia no consumo de bateria do seu smartphone. Veja abaixo:
Só ative WI-FI, GPS e Bluetooth quando precisar (Foto: Reprodução/Rafael Jandre)Só ative Wi-Fi, GPS e Bluetooth quando precisar
Passo 1. Desative Wi-Fi, GPS e Bluetooth de seus aparelhos. Quando não está conectado a uma rede Wi-Fi, o celular realiza buscas por novas redes o tempo todo, gerando consumo desnecessário de bateria. O mesmo vale para o Bluetooth. Já o GPS só deve ser ativado quando for útil para algum aplicativo, como o Google Maps.
Passo 2. Desative o “Fast dormancy” do seu aparelho. A tecnologia mantem o seu smartphone Android em um estado intermediário entre atividade e inatividade na rede 3G, despertando de forma mais rápida e enviando menos sinais de conexão na rede. Entretanto, o 3G do Brasil não está preparado para esta tecnologia ainda. Para desativar, digite o seguinte código no discador de seu telefone: *#*#9900#*#* e clique em “Disable fast dormancy”.
Só ative WI-FI, GPS e Bluetooth quando precisar (Foto: Reprodução/Rafael Jandre)Só ative WI-FI, GPS e Bluetooth quando precisar
Passo 3. Desative a sincronização automática da sua conta Google ou contas de outros serviços. Você também pode controlar manualmente quando e o que será sincronizado, economizando o consumo de bateria e de plano de dados.
Passo 4. Desative as atualizações e sincronizações automáticas de aplicativos como Facebook, Twitter, Google+, etc. Você pode atualizá-los manualmente de acordo com as suas necessidades. Isso gera não somente economia de bateria, mas também de plano de dados.
Passo 5. Desligue a sensor de movimento para recursos do launcher. O sensor de movimento será utilizado com muita frequência, tornando o sistema até bonito de usar e mostrar para os amigos, mas consumindo bastante bateria. Para isso, entre em Opções e acesse a opção Movimento.
Sincronizações automáticas desligadas, economizam muita bateria (Foto: Reprodução/Rafael Jandre)Sincronizações desligadas economizam bateria
Passo 6. Altere a sincronização do Gmail para modo manual e reduza a quantidade de dias para sincronização.
Imagine o Gmail se conectando à rede 3G de uma em uma hora e fazendo download de 30 dias de e-mails? Sua bateria vai embora.
Passo 7. Não utilize programas do tipo “Task Killers”. Na verdade, estes aplicativos podem se tornar grandes vilões do seu smartphone. Eles limpam a memória RAM do seu aparelho de tempos em tempos, eliminando os programas que o próprio sistema mantém abertos para agilizar o acesso. Porém, manter esses softwares rodando de forma programada pode fazer o consumo de bateria aumentar.
Manter o sensor de movimento sempre ativado também consome muita bateria (Foto: Reprodução/Rafael Jandre)Sensor de movimento ativado também consome
bateria (Foto: Reprodução/Rafael Jandre)
Passo 8. Altere as opções do seu navegador de Internet para que ele reduza o brilho automaticamente quando um site for aberto;
Quando passamos bastante tempo com navegador aberto em nossos Androids, o brilho da tela no máximo pode sobreaquecer o aparelho e consumir muita bateria. Mantenha-o sempre em níveis baixos.
Passo 9. Não utilize aplicativos que tornam o flash da câmera uma lanterna; Utilizar esse tipo de programa pode reduzir a vida útil do LED, além de consumir mais os recursos de bateria.
Opções de retorno do sistema, retornam com consumo de bateria (Foto: Reprodução/Rafael Jandre)Opções de retorno do sistema, aumentam o
consumo de bateria 
Passo 10. Desative as opções de feedback do sistema, como toques e seleção audíveis, sons de bloqueio de tela, etc.
Passo 11. Reduza a intensidade das vibrações, volume de sons, mídias e campainhas.
Passo 12. Não utilize papéis de parede animados. Eles podem até ser bonitos e divertidos, mas exigem o tempo todo do processador, da GPU (gráfica) e, por consequência, da bateria. Prefira papéis de parede estáticos, como fotos ou imagens da Internet.
Passo 13. Desative as opções de atualização automática e localização por satélite do seu aplicativo de clima, caso utilize. O motivo é o mesmo da sincronização de qualquer aplicativo: seu smartphone se conectará ao 3G de tempos em tempos para baixar dados, consumindo desnecessariamente a bateria.
Passo 14. Somente deixe na sua tela inicial os widgets que você realmente precisa e tome cuidado com aqueles que se conectam à Internet. Cada widget na sua homescreen demanda uso de processador e da GPU para ser exibido. Soma-se a isso, ainda, os que consomem dados do seu pacote.
Reduza a intensidade do brilho de sua tela (Foto: Reprodução/Rafael Jandre)Reduza a intensidade do brilho de sua tela
Passo 15. Reduza o tempo de duração da luz de fundo e a intensidade do brilho da tela. Quanto menos tempo a tela permanecer acesa sem que o aparelho esteja sendo usado, melhor.
Reduza o tempo para 30 segundos, que já é suficiente para economizar bastante bateria. Além disso, o display com regulagem de brilho baixa evita também que o telefone esquente demais na sua mão.


Pronto! Estas são boas práticas de uso que economizam bastante a bateria do seu smartphone, sem que seja necessário comprar ou instalar um aplicativo.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

8 truques para economizar bateria no Android

Nenhum comentário

terça-feira, 12 de junho de 2012







Sem dúvida, um dos grandes problemas dos tablets e smartphones é a questão da bateria. Os pesquisadores envolvidos no desenvolvimento de novos aparelhos ainda não implementaram nenhuma novidade realmente significativa para que a carga que você faz no dispositivo dure um longo tempo.


Entretanto, se você não pode aproveitar ao máximo o seu aparelho o tempo todo, pode reduzir algumas das funções que não utiliza para que a bateria se torne mais durável. O Tecmundo reuniu aqui oito truques bem simples, mas que fazem grande diferença no final do dia. Então, pegue seu Android e preste atenção.


1. Diminua brilho da tela





Se você costuma utilizar seu dispositivo em locais fechados, deixar a tela com o mínimo de brilho possível não vai fazer muita diferença na hora de usar o Android. Além disso, quando você for usar de fato o aparelho e reparar que o pouco brilho atrapalha sua visão, é só aumentá-lo. Mas manter o smartphone ou tablet com nível baixo de brilho vai reduzir consideravelmente o consumo de energia.


Para acessar essa opção, vá até as configurações do Android e, lá, acesse o menu de definições de tela.
2. Sem tela ligada por muito tempo


Outra função ligada ao display que ajuda a poupar bateria é o tempo de desligamento de tela. Reduzir para o mínimo possível esse tempo ou, no máximo, apenas 1 minuto é uma opção saudável para prolongar o uso da carga da bateria. Essa opção também pode ser acessada nas configurações de tela do sistema.
3. Sem papéis de parede dinâmicos


Os famosos “Live Wallpapers” do Android podem ser muito bonitos, mas são grandes inimigos da bateria do aparelho no qual estão instalados. Isso significa que, apesar de belos, são desnecessários; ao não escolhê-los, você opta por um maior tempo de duração da sua bateria.
4. Wi-Fi, 3G, Bluetooth e GPS desligados


Mais uma dica importante é em relação às redes. Seu aparelho suporta Bluetooth, Wi-Fi e, muito provavelmente, GPS e redes 3G, mas também é provável que você não use todos eles o tempo todo. Se isso não ocorre, não há porque deixar tudo ligado. Desative as redes não utilizadas e torne a ligá-las apenas quando necessário.
5. Sem notificações nem sincronização automática


Facebook, Orkut, Google Reader, Twitter e Gmail. Esses são apenas alguns dos itens que contam com função de notificação, ou seja, eles sempre baixam dados da web para o seu aparelho para avisar sobre novidades ou sincronizar informações, exigindo recursos de hardware e, consequentemente, gastando mais energia. Desativar notificação ou sincronização nos menus de configurações de cada aplicativo é a melhor saída. Assim, você faz isso apenas quando desejar.
6. Envio automático de dados? Jamais!


Alguns aplicativos de serviços de armazenamento, como Dropbox, Box ou Ubuntu One, podem permitir o upload automático de arquivos, como fotos. Essa função, de modo semelhante às de notificação e sincronização, também consome bastante energia e não é imprescindível. Você pode desativá-la sem o menor problema.
7. Encerre ou desinstale aplicativos não usados


Se você não está mais usando um aplicativo, não deixe que ele permaneça ligado. Nas configurações de aplicativos do Android, é possível encerrar qualquer um que esteja na ativa, ajudando a poupar bateria. Além disso, programas que você não usa podem ser removidos do sistema. Aplicações como o Easy Uninstaller ou o Apps Uninstall são ótimas auxiliares para desinstalar itens inutilizados.
8. Use um gerenciador de bateria


O Android, assim como qualquer outro sistema operacional, conta com uma série de programas para gerenciamento do sistema. Desde opções focadas em poupar a bateria, como o One-Touch Battery Saver e o BatteryXL, até outras com atuação mais ampla, como o ZDBox (que é um gerenciador completo do sistema), você tem várias alternativas úteis para criar perfis que consomem menos bateria.




Fonte
Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo