Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador benchmark. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador benchmark. Mostrar todas as postagens

GeekBench: Faça benchmarks de processador e memória no Ubuntu

Nenhum comentário

terça-feira, 14 de julho de 2015

Conheça uma maneira interessante de você fazer benchmarks de processador e memória no Ubuntu com o GeekBench.

GeekBench 3 no Ubuntu

Como fazer BenchMarks no Ubuntu com  o GeekBench


O GeekBench é um software para Linux, Windows e Mac OSX para fazer Benchmarks do seu processador e da sua memória RAM.

Como funciona


O programa funciona de uma maneira bem simples, você roda ele no seu computador e ao final ele lhe entregará um link com os resultados do Benchmark para que você abra no seu Browser.

Como fazer o Benchmark com o GeekBench no Ubuntu


Apesar do programa ser apenas um binário e é muito fácil usá-lo, o primeiro passo é baixar o programa, para isso vá até o site através deste link e clique no botão de download, salve o arquivo onde você achar melhor.

Obs: Apesar do arquivos ser um binário o site informa que o mínimo requirido é o Ubuntu 12.04 LTS ou superior. Aparentemente esta é a única distro suportada oficialmente.

O segundo passo é extrair o conteúdo do arquivo para um lugar de sua preferência para que posteriormente você possa usá-los.

No terceiro passo você deve abrir o seu terminal no Ubuntu e navegar por ele até a pasta onde estão os arquivos que você extraiu, por exemplo:

GeekBench 3 Ubuntu

Uma vez dentro da pasta para rodar o programa basta dar um comando:

./geekbench
GeekBench Ubuntu

A partir de então o teste estará rodando, é interessante que você deixe apenas o teste rodando para não influenciar no resultado, ao final do teste você verá uma tela semelhante a esta:

Resultado do Bench

Essa é parte final, repare que existe ali um link que eu tratei de destacar na imagem acima, você deve clicar nele ou copiar e colar ele em um navegador de sua preferência como o Google Chrome ou o Firefox, é lá que os gráficos com os resultados aparecerão.

Como ler os resultados do Benchmark


O resultado do Benchmark pode ser lido pelo navegador como eu comentei anteriormente, neste link você encontra o detalhamento de cada uma das características do Benchmark

Veja aqui um exemplo dos resultados feitos no meu Notebook.

GeekBench 3 Ubuntu

GeekBench 3 Ubuntu

GeekBench 3 Ubuntu

GeekBench 3 Ubuntu

Se você quiser acessar o Benchmark completo basta acessar esta URL.

E aí curtiu a dica? Agora você pode fazer comparativos de hardware no Linux também de uma maneira muito simples e bem completa.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Ubuntu 14.10 vence Mac OS 10.10 Yosemite em testes de benchmark

Nenhum comentário

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Essa é uma daquelas coisa que faz você pensar, "quem diria hein?"; claro, não que eu não acreditasse no potencial do Ubuntu mas o Mac OSX foi feito para o hardware em que está rodando e mesmo assim se mostrou inferior em testes realizados pela Phoronix.

Benchmarks Mac OSX e Ubuntu 14.10
Foto: Phoronix

Ubuntu 14.10 deixou o Mac OSX Yosemite comendo poeira


O Ubuntu 14.10 é o mais recente lançamento do Ubuntu, é uma de suas versões intermediárias com menor tempo de suporte, e apesar das poucas mudanças relevantes que mostramos na nossa análise alguns aprimoramentos, como atualização do Kernel e dos drivers assim como a interface Unity ajudaram a trazer uma experiência melhor para o sistema.

O Mac OS 10.10 Yosemite é a mais recente versão do sistema operacional da Apple que alimenta os Macbooks e iMacs por aí a fora, o sistema está muito belo como sempre e segundo a Apple ele está mais veloz que a versão anterior.

Mac OSX
Imagem: Phoronix

Para testar qual sistema tem um melhor desempenho foram realizados testes de benchmarks entre Ubuntu 14.10 e Mac OS 10.10 (e 10.9 para ver se havia uma grande variação de uma versão para outra) em um Macbook 2013 com um processador intel Core i5 (i5-4250U) Haswell com frequência base de 1.3GHz e em modo turbo 2.6GHz, 4GB de memória RAM DDR3-1600MHz, SSD de 120GB desenvolvido pela Apple e chip gráfico Intel HD Graphics 5000 Haswell-ULT graphics; sem dúvidas um excelente equipamento.

Os testes

Os testes foram realizados com o auxílio da "Phoronix Test Suite" e avaliaram várias categorias, eu vou trazer aqui em baixo os gráficos mostrando algumas das principais entretanto você pode ver o teste completo com todas as observações de Michael Larabel neste link.

Benchmarks entre Ubuntu e Mac OS

Benchmarks entre Ubuntu e Mac OS

Benchmarks entre Ubuntu e Mac OS

Benchmarks entre Ubuntu e Mac OS

Para mim o mais curioso é a performance aumentar tanto por apenas instalar o Ubuntu no Macbook, aparentemente o Kernel Linux consegue extrair mais desempenho do computador que o próprio sistema que foi projetado para rodar nele.

Mais do que isso vale salientar que o Ubuntu é grátis, apesar de que se comparado ao Windows o Mac OSX é um sistema baratíssimo, o que é caro é hardware específico que ele roda.

É de se parabenizar a Intel também e seus drivers open source que permitem tal façanha também, esperamos sinceramente que as outras empresas que produzem chips gráficos sigam o exemplo, especialmente a AMD.

Mostre para os seus amigos esta matéria, compartilhe e comente, é sempre bom ouvir o seu feedback.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Benchmarks entre Fedora 21 e Ubuntu 14.10

Nenhum comentário

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

O que será que aconteceu quando duas das distros Linux mais populares se enfrentaram num embate usando mais novo processador da Intel?

Fedora 21 versus Ubuntu 14.10


No embate do novo Fedora e do novo Ubuntu, que se sai melhor?


Dois dos melhores sistemas operacionais baseados em Linux foram postos frente à frente num teste de benchmarks através da Phoronix Test Suit com um processador Intel i7 5960X, o novo modelo da família Core i da Intel com multiplicador de clock desbloqueado.

Configurações dos sistemas


Fedora 21 vs Ubuntu 14.10
Imagem: Phoronix

Uma série de testes foi realizada, abaixo você vê o resumo da obra, os números em verde indicam melhor desempenho.

Fedora 21 vs Ubuntu 14.10

Como podemos ver pela imagem acima o Ubuntu 14.10 Beta teve uma ligeira vantagem sobre o Fedora 21 Alpha e se sagrou vencedor desta disputa apertada.

Isso significa que o Ubuntu é melhor para games que o Fedora?


Realmente, não. As diferenças de desempenho entre distros Linux são muito pouco relevantes, e podem variar de acordo com o hardware, se você tem um máquina parruda não vai sentir muita diferença de um sistema para o outro, talvez faça mais diferença em máquinas modestas, mas como estamos falando de máquinas gamers acho que não é bem esse o caso.

No mais, ambas as distros ainda estão em desenvolvimento, o Ubuntu deverá ser lançado em poucos dias, a sua versão Beta já saiu sem muitas novidades, já o Fedora deve enfrentar ainda mais de uma mês de desenvolvimento, entretanto a versão Alpha já está disponível para testes.

32 ou 64 bits, qual Ubuntu tem melhor desempenho?

5 comentários

segunda-feira, 12 de maio de 2014

Confira os benchmarks que mostram qual arquitetura do Ubuntu tem melhor desempenho


Essa é uma pergunta que permeia a mente de vários usuários do Ubuntu, qual é a melhor versão, qual arquitetura é mais recomendada.

Ubuntu 32 ou 64 bits, qual é o melhor?

Alguns usuários inda se perguntam qual seria a melhor versão do Ubuntu para seus computadores, como regra genérica podemos aplicar, computadores mais antigos e/ou que tenham apenas 2 GB de memória ou menos, para computadores mais novos e/ou que tenham mais de 3 GB de memória a versão de 64 bits é mais indicada, entre outros motivos por prometer entregar mais desempenho, mas quanto é realmente esse desempenho que a versão de 64 bits tem a mais?

Testes de Benchmark


Para acabar com o mito o pessoal da Phoronix fez mais um de seus testes onde podemos ver em um gráfico a diferença de desempenho entre o Ubuntu 32 e 64 bits:





Como podemos ver pelos gráficos o Ubuntu 14.04 LTS de 64 bits na maioria dos testes mostra um desempenho muito superior em realizar tarefas simples como renderização de vídeo e execução de games. Caso a sua dúvida seja quanto ao desempenho acho que agora ficou claro que a versão que você deve escolher é a de 64 bits.

Até a próxima!







Benchmarks com todas as interfaces gráficas no Ubuntu 14.04 LTS

Nenhum comentário

sexta-feira, 14 de março de 2014

Qual será o ambiente mais rápido na nova versão do Ubuntu?

Galera trouxe uma informação que achei muito interessante e achei que deveria compartilhar com os leitores do blog.

ubuntu-14-04-lts


A Phoronix fez mais um de seus testes de Benchmarks e testou todas as interfaces gráficas mais famosas no Ubuntu 14.04 LTS, versão que ainda está em desenvolvimento e que deve ser liberada em poucas semanas.

Estou trazendo essa informação justamente porque me surpreendi com ela, antes de mostrar os resultados para vocês vamos ter a noção de qual hardware o Ubuntu estava rodando:

  • ASUS Zenbook Prime UX32VDA 
  •  Intel Core i7-3517U quad core da 1.9 / 3.0 Ghz 
  • Intel HD Graphics 4000, 
  • 4 GB de memoria RAM   
  • SSD de 128 Gb 
Ubuntu 14.04 Trusty com Kernel Linux 3.13, xf86-video-intel 2.99.910 e Mesa 10.1-rc3.
No Ubuntu 14.04 Trusty foram rodados Unity 7.1.2, XFCE 4.10, KDE 4.12.3, LXDE 0.6.1 (com Openbox 3.5.2) e GNOME Shell 3.10.4.

Foram testados dois games tradicionais do Linux, ambos FPS, Nexuiz e OpenArena.

ubuntu-14-04-benchmarks

Como podemos ver pela imagem acima, as interfaces gráfica, inclusive o Unity que ganhou uma fama errônea de ser "pesado" tem um desempenho praticamente idêntico, exceto o KDE que obteve um resultado insatisfatório se comparado com os outros.

Não sei o que me deixou mais surpreso, se foi ambientes tidos como pesados como Unity e Gnome obterem uma mesma performance quando comparados a ambientes mais leves ou se foi o KDE ficar tão atrás assim...

Tudo bem que todos estes pacotes ainda estão em desenvolvimento mas a diferença entre o popular KDE e os outros realmente me surpreendeu, e você o que achou, deixa a sua opinião e vamos discutir! =)

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Evolução de desempenho gráfico com placas Intel do Kernel Linux 3.8 ao 3.14

Nenhum comentário

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Benchmarks com o Kernel Linux mostram uma evolução considerável

Olá pessoal, aí vai mais uma daquelas coisas interessantes que os usuários gostam de saber, a Phoronix, responsável por inúmeros benchmarks usando o Linux fez mais alguns testes e descobriu uma escala evolutiva de desempenho para placas Intel com diferentes versões do Kernel, ora venhamos então:

Doom 3 benchmark Linux

Como primeiro exemplo temos o game Doom 3, rodando com gráfico no "High" à uma resolução de 1920x1080.

Pelo gráfico podemos perceber uma evolução considerável do Kernel 3.8 que vinha como padrão no Ubuntu 13.04 até o Kernel 3.14 que atualmente está no ainda em desenvolvimento, Ubuntu 14.04 LTS; o Ubuntu 13.10 usa o Kernel 3.11 por padrão e tem um desempenho ligeiramente inferior ao Kernel 3.14.

Vamos olhar mais um gráfico, desta vez com o clássico OpenArena.

BenchMarks com o OpenArena

Neste caso podemos ver uma crescente considerável, mesmo do Kernel 3.11 para o 3.14 que no teste com o Doom 3 está equivalente, no OpenArena a diferença entre os dois ficou em praticamente 10 FPS.

Este tipo de comparação nos ajuda a configurar a nossa máquina para um melhor desempenho, preferir distros mais novas às LTS mais antigas como o Ubuntu 12.04 possivelmente trará mais desempenho para os seus jogos ( Em se tratando de placas Intel).

É possível também instalar novas versões de Kernel no sistema, porém como podemos observar no gráfico nem sempre fazer um upgrade é um opção boa, veja o exemplo acima onde o Kernel 3.12 tem uma queda de rendimento em relação ao Kernel 3.11.

Se você quiser aumentar o desempenho gráfico do seu computador com placa Intel não deixe de instalar os Drivers proprietários, se você acha essa tarefa complicada conheça um software chamado
Device Driver Manager, ele vai facilitar a sua vida.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Comparativo de desempenho entre Ubuntu 12.04 e Ubuntu 14.04

Nenhum comentário

segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Uma comparação de performance entre as duas últimas LTS, qual será que levou a melhor?

Logo o Ubuntu 14.04 LTS estará disponível, faltam aproximadamente 3 meses para o seu lançamento e ele gera muita expectativa por ser uma versão com longo tempo de suporte e com um Unity mais maduro.

Ubuntu 12.04 LTS vs Ubuntu 14.04 LTS


Já o Ubuntu 12.04 LTS ainda está aí firme e forte com suporte até 2017 porém com uma tecnologia um pouco mais antiga; por curiosidade a equipe da Phoronix que costuma fazer benchmarks de sistemas Linux decidiu comparar a performance de ambos os sistemas para descobrir quais das duas LTS tem melhor desempenho.

Quem será que se deu melhor?

Minha ideia inicial é que a nova versão seja melhor, afinal o desenvolvimento da tecnologia tende a melhorar o projeto, porém eu sei que o Ubuntu 14.04 LTS ainda é um Alpha em fase 2 como publicamos recentemente, e poderia ainda estar devendo em algum sentido, mas ao contrário disso o Ubuntu Trusty se mostrou muito eficiente, veja:

ubuntu-1204-vs-ubuntu-1404

Como podemos ver pelo gráfico o Ubuntu 14.04 LTS está com um desempenho superior, nos testes mostrados acima o hardware usado foi:
  • Intel Core i7 Ivy Bridge
  • 8GB RAM
  • Intel HD Graphics 4000
  • HD 500GB
Nos testes o Ubuntu 14.04 está com o Kernel 3.13, Mesa 10 e X.org 1.14.5, que talvez ainda recebam atualizações até o lançamento.
E aí, deu vontade de testar a versão nova?



Fonte

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Intel Bay Trail: O processador mais potente da atualidade para dispositivos móveis

Nenhum comentário

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Fazendo inveja a muito PC por aí

Benchmark recente do novo SoC da Intel alcançou uma pontuação surpreendente, superando o sistema mais rápido da Qualcomm enquanto rodava a apenas 1,1 GHz.

O novo SoC (Sistem on a Chip) da Intel acaba de ganhar o seu primeiro benchmark. Um teste particularmente impressionante, vale dizer. De fato, o Bay Trail mostrou um desempenho 30% maior do que o Snapdragon 800, da Qualcomm — atualmente o chip ARM mais rápido do mercado.
O Intel Bay Trail alcançou o resultado mencionado rodando a apenas 1,1 GHz — em vez dos 2,3 GHz utilizados nos testes do Snapdragon 800.

Intel Bay Trail


O teste foi feito pelo AnTuTu Benchmark, no qual aparece um aparelho com o nome byt_t_ffrd10 — Bay Trail-T Form Factor Reference Device. A pontuação obtida é igualmente impressionante: 43.416. O teste foi feito com o Android 4.2.2 Jelly Bean, levando a crer que se trata do tablet referência levado pela Intel à última edição da feira Computex.

Bail Trail-T é o vindouro SoC de 22 nanômetros desenvolvido pela Intel para rechear tablets, e o sistema possui núcleos Silvermont. Agora é esperar pelo resultado dos testes quando o Bail Trail estiver rodando nos 2,1 GHz previstos pela Intel.

De uma coisa podemos ter certeza, a Intel não entrou no mercado móvel só fazer graça!

Matéria enviada por +Lucas Borghetti Araldi 

Quer fazer como o Lucas  publicar o seu artigo aqui no Diolinux? Clique aqui e participe.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Teste de desempenho do Ubuntu 13.10 Saucy Salamander com 7 ambientes gráficos diferentes

Nenhum comentário

segunda-feira, 24 de junho de 2013

"Vamos ver do que esta lagartixa é capaz"

O Ubuntu Saucy Salamander está em pleno desenvolvimento e já está sendo alvo de testes da Phoronix, desta vez o pessoal do popular site de benchmarks analisou o poder de processamento gráfico da nova versão do Ubuntu com 7 ambientes desktop diferentes.

Ubuntu 13.10 Saucy Salamander Logo


Os testes foram feitos com o novíssimo Core i7 da quarta geração de processadores da Intel, o Kernel Linux utilizado segundo o artigo é o 3.10, ainda em desenvolvimento, com os novos drivers da Nvidia e da AMD.

Hardware com computador no qual foram feitos os testes

  • Intel Core i7 4770K ( 8 cores de 3.5 Ghz)  com Placa Gráfica integrada Intel HD Graphics 460
  • 16 GB de RAM
  • SSD 256 GB
Os ambientes gráficos testados foram:

  • Unity 7.0.0
  • Xfce 4.10,
  • KDE 4.10.4
  • GNOME Shell 3.8.3
  • LXDE 0.5.12
  • Openbox 3.5.0
  • Razor-Qt 0.5.2
Como podemos ver o computador é um pra lá de excelente, para fazer os testes foram rodados alguns games populares no mundo Linux como o Open Arena, Nexuiz entre outros, na imagem abaixo vemos o benchmark do Open Arena.

Benchmark Ubuntu 13.10

Como podemos ver, o Unity, interface padrão do Ubuntu, que vem sendo acusado de estar ficando "mais pesado" nas últimas versões do sistema não ficou muito atrás de ambientes tidos como "leves" como o XFCE.
Para ter mais informações sobre os testes acesse este site.

O Ubuntu 13.10 é motivo de muita expectativa, especialmente pela possibilidade anunciada de se instalar aplicativos do Ubuntu Touch nele.
O que achou você dos testes? O que você espera da próxima versão do Ubuntu?


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo