Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador console. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador console. Mostrar todas as postagens

Imposto sobre eletrônicos e jogos pode ser reduzido em votação do Senado Federal

Nenhum comentário

quarta-feira, 3 de julho de 2019

O Senado Federal vai pôr em pauta de votação novamente a redução de impostos sobre eletrônicos e jogos eletrônicos (consoles e games) produzidos no Brasil. Vale ressaltar que a carga tributária atualmente é de (inacreditáveis) 72%.


Imposto sobre eletrônicos e jogos pode ser reduzido em votação do Senado Federal






A indústria dos games é uma das mais rentáveis do mundo, movimentando bilhões e bilhões de Dólares ao ano. O Brasil é uns dos mercados que mais consome dessa indústria, mesmo tendo uma carga tributária “cruel” para esse setor.

Esse cenário pode mudar com base em uma sugestão feita no portal e-Cidadania (SUG), foi elaborada uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição) para que se fosse zerado os impostos sobre games e consoles. Itens importados ainda não terão a redução.


O anúncio da votação, que foi realizada hoje (3), feita pelo Twitter oficial do Senado Federal, deu uma movimentada na comunidade gamer do Brasil, tento praticamente 99% de apoio.



A PEC 51/2017, em resumo, vai ter como objetivo, facilitar a produção dos games e consoles em território brasileiro, assim como já acontece com os CDs e DVDs. Com isso, segundo a PEC e a SUG, fomentaria-se o consumo e o crescimento (mais ainda) do mercado brasileiro de games.

Por questão de agenda, a pauta dos games (como já está sendo chamada na internet), foi adiada, mais uma vez, para semana que vem, mantendo todos os que se importam com a causa apreensivos novamente, mas pelos indícios, muito provavelmente será aprovada e assim seguirá para o plenário do Senado para votação e posteriormente para sanção presidencial.



PEC 51/2017 e o relatório sobre.

Este artigo não acaba aqui, continue trocando uma ideia lá no nosso fórum.

Espero você até a próxima, um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Emulador de Nintendo 3DS no Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 4 de janeiro de 2019

Que tal poder jogar numa resolução maior os games do seu console portátil no Linux e ter uma nova experiência. Hoje iremos conhecer o poderoso Citra, emulador de Nintendo 3DS.

citra-emulador-3ds-linux
 O Citra é um emulador de Nintendo 3DS multiplataforma (Linux, Mac e Windows) escrito em C++ que utiliza o framework QT em seu desenvolvimento, de código aberto sobre a licença GPLv2, vem há alguns anos ganhando destaque por suas implementações aceleradas e alta compatibilidade com os títulos de Nintendo 3DS, console este que é campeão de vendas na categoria de portáteis, chegando até desbancar seu concorrente direto, o PS Vita da empresa japonesa Sony.

Durante estes pouquíssimos anos de existência, desde 2014 (comparado a outros emuladores famosos como PPSSPP, Dolphin, PCSX2, ZNES, etc.) o Citra vem amadurecendo com diversas funcionalidades e performance, por exemplo com atrativos que o próprio console não possui como: possibilidade de utilização de resoluções até 10 vezes maiores que a nativa (400x240). 

Funcionalidades que tornam o Citra incrível


Possibilidade de jogar online em servidores não oficiais Nintendo, em salas públicas ou privados, de até 16 players simultâneos (dependendo do jogo).

citra-emulador-3ds-linux-online

Multiplayer local, caso tenha algum outro computador na mesma rede, sendo possível partidas em games como Pokémon Omega Ruby.

citra-emulador-3ds-linux-multiplayer-local

Aceleração de jogos via GPU, caso possua uma  placa de vídeo dedicada a performance melhora drasticamente, dando uma melhor experiência.

citra-emulador-3ds-linux-performance-gpu

Configuração de uma webcam, ou até mesmo a utilização de um arquivo (imagem)  simulando as câmeras do console N3DS, para jogos que façam uso da função (particularmente nunca usei).

citra-emulador-3ds-linux-camera-webcam

Configuração nativa de joysticks, inclusive simulando o toque da tela do portátil da Nintendo (anteriormente esta função era por meio de arquivo de configuração).

citra-emulador-3ds-linux-joystick

Importação de Amiibos, para desbloqueio de funcionalidades ou objetivos em determinados jogos.

citra-emulador-3ds-linux-amiibo

Estilos de visualização de tela durante o game (duas telas, uma apenas ou uma menor e outra maior).

citra-emulador-3ds-linux-screenview

Lista de compatibilidade dos games locais e tema dark.

citra-emulador-3ds-linux-compatibilidade-tema

A compatibilidade de jogos é documentada na Wiki oficial do emulador, nela você  pode ver separado por categorias com cores que representam se o game tem emulação perfeita, jogável, ruim etc.

Baixe o Citra para sua distro Linux


Distribuído oficialmente de duas formas no Linux (ou três se contar a compilação pelo Github deles), executável com versões diárias direto do site e em Flatpak (existia uma opção de um instalador criada por eles, mas parece que foi substituído pelo Flatpak), o emulador possui duas versões, a Nightly, que contém os mais recentes recursos testados e estáveis e a Canary, versão de teste com códigos incompletos para quem gosta de testar. 

Se você quer evitar problemas com dependências ou versão do QT em seu sistema, além de receber atualizações, é recomendável a instalação da versão em Flatpak, caso não saiba o que é Flatpak e como habilitar em seu sistema, temos uma matéria de como proceder (Como Instalar e Gerenciar Flatpaks no Linux).

Você pode simplesmente baixar o arquivo Flatpakref e dar dois cliques caso a central de aplicativos de sua distro tenha tal suporte (segue como habilitar essa função na gnome software, loja do Ubuntu) e instalar.

Versão Nightly (estável)
citra-emulador-3ds-linux-download- estable-nightly


Versão Canary (teste)
citra-emulador-3ds-linux-download-beta-canary

Ou utilizar via terminal os seguintes comandos,  para instalação de respectivas versões.

Versão Nightly (estável):
flatpak --user install https://flatpak.citra-emu.org/citra-nightly.flatpakref

Versão Canary (teste):
flatpak --user install https://flatpak.citra-emu.org/citra-canary.flatpakref

O modo manual de instalar o Citra


Caso queira o download manual da versão “não-flatpak”, basta acessar este link e clicar na opção “Manual Download”, como no exemplo abaixo.

citra-emulador-3ds-linux-download


Depois disso extraia  o arquivo  “.targz”, navegue até o diretório, localize o arquivo citra-qt, e no terminal abra com o comando:
./citra

Lembre-se,desta maneira você terá de baixar toda vez que sair uma versão nova do Citra manualmente e poderá ter problemas com o versionamento do QT em seu sistema. Por experiência, não recomendo esta forma, pois o Citra atualiza com muita frequência (em torno de 15 - 20 versões por semana).

Fazendo backup dos seus Saves


Caso queira fazer backup dos seus saves no Citra, basta navegar até sua pasta pessoal, exiba os arquivos ocultos e navegue até o diretório:
.local/share/citra-emu/sdmc/Nintendo 3DS
Basta copiar o conteúdo da pasta em um local seguro para salvar o conteúdo.

Já a configuração do seu joystick fica na sua home também, na pasta oculta: 
.config/citra-emu
salve o arquivo “qt-config.ini”.

Outra forma de obter o emulador é via Snap, para isso acesse essa postagem para mais informações.

Para eventuais dúvidas acesse a Wiki oficial do Citra e veja a resposta de seus desenvolvedores para assuntos como: “shared fonts” (arquivos necessários  para alguns games funcionarem, como Pokémon). Como obter jogos e Amiibos para funcionamento dentro do emulador e muito mais.

Já conhecia o Citra? Quais seus games favoritos? Deixe nos comentários se já usava o emulador ou se gostou da novidade de ser distribuído em Flatpak e Snap.

Te espero no próximo post, SISTEMATICAMENTE! 😎

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Atari anuncia o seu novo console com base no Ubuntu

Nenhum comentário

quinta-feira, 31 de maio de 2018

Depois de um longo tempo de desenvolvimento a Atari anunciou a pré-venda de seu novo "Retro console",  o Atari VCS, saiba mais detalhes agora:

Atari + Ubuntu






A Atari anunciou ontem (Quarta-feira, 30 de Maio de 2018) a disponibilidade de pré-venda de seu console baseado em Linux, o chamado "Atari VCS" foi financiado através do IndieGOGO, arrecadando até o momento mais de 1 milhão e meio de dólares. Segundo as informações, o console da empresa carrega uma versão modificada do Ubuntu (muito provavelmente o 16.04 LTS), ao menos atualmente, como o lançamento da versão final do console será apenas em 2019, muito provavelmente o upgrade para a base 18.04 LTS ocorrerá.

Observando o hardware temos uma combinação curiosa: AMD+Linux.

O console carregará uma APU A10 Bristol Ridge com chip gráfico Radeon R7x, com versão com até 4GB de memória RAM DDR4 e armazenamento eMMC de 32 GB, suportando também cartões SD e dispositivos externos, como SSDs ou HDs. Além disso, a nível de periféricos, será possível conectar dispositivos via bluetooth e USB, como joysticks, mouses, teclados e webcam. Quem desejar poderá comprar também os joysticks clássicos do Atari ou comprar uma versão moderna, ambos vendidos separadamente por 30 e 50 dólares cada, respectivamente.


O console trará mais de 100 jogos clássicos do Atari carregados na biblioteca interna, mas os jogadores também poderão comprar mais títulos através da "Atari VCS Store', outra especulação que se faz é uma parceria com a Valve e com a GOG, ambas empresas que possuem games para Linux em seu catálogo para expandir ainda mais a biblioteca de jogos nativos do console.

Outro fator interessante deste console da Atari é que os usuários poderão customizá-lo como quiserem, instalando outros sistemas operacionais nele inclusive, há também um rumor de que os novos portes dos jogos da Atari serão exclusivos de Linux. O console será vendido em edições diferentes, possuindo caixas com e sem os controles com o valor começando em torno de 200 dólares.
Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Ataribox com APU da AMD e Linux como sistema operacional

Nenhum comentário

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Um novo console da Atari deve pintar no mercado em 2018, o Ataribox, como está sendo chamado, procura fazer um redesign dos clássicos Ataris e trazer, além de um retro console (assim como fez a Nintendo), trazer também um sistema de entretenimento baseado em Linux.

Ataribox Linux e AMD






2018 deverá trazer o Ataribox para o mercado, ele usará  uma APU da AMD com um sistema operacional baseado em Linux, na intenção de trazer entretenimento e saudosismo para os consumidores. A ideia é que ele funcione como um TV Box Android, semelhante ao que temos hoje, com um sistema de código aberto para as pessoas possam fazer o que bem entenderem com ele.

Em declaração o general manager da Atari, Feargal Mac Conuladh comentou:

"As pessoas estão habituadas à flexibilidade de um PC, mas a maior parte dos dispositivos que conectamos à TV atualmente possuem sistemas fechados e lojas de conteúdos próprias. O Ataribox é um sistema aberto, e, apesar da nossa interface de usuário ser simples de usar, as pessoas terão a liberdade de personalizar o sistema operativo."

Teoricamente, teremos um chip da AMD feito sob medida para ele, assim como seus drivers para o Linux. O design que lembra um "retrô moderno" deve agradar muitas pessoas que vão querer ele nas suas salas de estar.

Você pode saber mais no site oficial e inclusive, entrar para a lista de espera.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Nvidia Shield: O novo Console/TV com Android

Nenhum comentário

segunda-feira, 1 de junho de 2015

A Nvidia, popular empresa de chips gráficos, anunciou um novo projeto que aposta no Android como a plataforma para os games do futuro.

Nvidia Shield com Android

Shield é o console com Android da Nvidia


Olha só meus amigos, que coisa magnífica e interessante eu acabo de encontrar navegando pela fossa abissal da internet!

A Nvidia parece estar mirando um novo mercado para os games, na verdade está mais do que claro que a empresa reconhecida por suas placas de vídeo para computadores convencionais  está enxergando no mundo mobile a grande oportunidade de colocar um pário em gigantes do setor dos consoles como Sony e Microsoft.

Tudo bem que faltam recursos ainda para que se consiga desbancar Xbox e PlayStation mas mesmo assim é algo a se pensar.

Nvidia Console Shield

Essa caixinha simpática com um controle semelhante ao do Xbox (to de olho nessa zueira Nvidia!) carrega um chip Tegra X1, muito potente, segundo eles, seriam o suficiente para rodar Crysis... bom, certas coisas eu só acredito vendo.

Ele teria um preço estimado em 200 dólares, o que não tanto, é mais ou menos metade do que custa um console tradicional no EUA, mas não vamos converter em reais e pensar em juros para comprar algo assim aqui no Brasil porque hoje é só segunda-feira e eu não quero te deixar triste...

O Android é o astro principal do "brinquedinho", com o Nvidia Shield ligado à sua TV você terá acesso aos conteúdos multimídia da Google Play, como os seus filmes e músicas e especialmente os games que a cada dia que passa melhoram em qualidade. Suportando aplicativos como NetFlix e Google Play Music.


Confira agora um exemplo das opções que temos no aparelho:


A Nvidia, assim como a Valve fez com o Linux de maneira geral, tem força no mercado de games e parcerias boas o suficiente para trabalhar em um novo projeto como este, a Google também ganharia bastante com isso, então parece ser uma opção interessante para o futuro.

Assim como qualquer console ou plataforma nova o que falta para o Nvidia Shield são games famosos e com uma qualidade que possa competir com os consoles atuais.

Logo depois de analisar o projeto eu pensei "Bom, é como se fosse um Smartphonezão que eu ligo na minha TV e eu posso jogar com um controle, ótimo!", sério, achei muito interessante, mas enquanto um console assim tiver "apenas" jogos com a qualidade que temos hoje para Android, apesar de alguns bons títulos, a coisa não deve alavancar.

O que você pensa sobre o assunto, será que um console destes tem futuro?

Fonte: Gizmodo

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

QCMA - Utilizando o PS Vita no Ubuntu

Nenhum comentário

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Veja como conectar o seu PSVita no Ubuntu com este tutorial simples e jogar os seus games preferidos.

QCMA - Usando o PSVITA No Ubuntu

Veja como conectar o seu PSVita ao Ubuntu


O PSVita é o console portátil da Sony que acabou suplantando o PSP, que você ainda pode jogar no Ubuntu usando o emulador PPSSPP, de qualquer forma, se você usa o Ubuntu e depois de comprar o seu lindo PSVita foi ao site do fabricante com a intenção de baixar o cliente de gestão de dados para o seu sistema afim de passar os games e dados do seu computador para o console e vice-e-versa e acabou se decepcionando ao saber que só existem versões oficiais para Mac e Windows a sua moléstia acaba agora mesmo!

QCMA e vitaMTP

Estes são os nomes dos dois pacotes mágicos que vão permitir que você acesse o seu PSVita de dentro do Ubuntu, para instalá-los faça o seguinte:

1- Abra o menu e procure pelo aplicativo "Programas e Atualizações"

Programas e Atualizações

2 - Vá até a aba "Outros Programas" clique no botão "Adicionar..." e cole a seguinte linha:

ppa:codestation404/qcma

Adicionando uma nova fonte

3 - Clique em "Adicionar Fonte"

4 - Clique em "Fechar" e quando for solicitado clique em "Recarregar" para fazer a leitura do novo repositório, caso isso não acontece você pode fazer isso manualmente abrindo o aplicativo "Atualizador de Programas" no menu do Ubuntu.

5 - Abra o Synaptic, caso você não o tenha instalado ele pode ser obtido facilmente pela Central de Programas do Ubuntu ou se preferir usar um comando:

sudo apt-get install synaptic
6 - Você deve selecionar o PPA na lateral esquerda do Synaptic filtrando os pacotes por origem na parte inferior, assim fica fácil de ver tudo o que há dentro do PPA, caso você tenha dificuldades nesta parte você pode ver o vídeo que fizemos mostrando como o Synaptic funciona. 

7 - Instale os 3 pacotes marcados na imagem abaixo, basta dar dois cliques no primeiro que o último pedira para ser marcado, então você deve confirmar, e por final marque o segundo depois clique no botão "Aplicar" logo acima, será necessário digitar a sua senha para tal, basta aguardar a instalação.

Instalação dos pacotes


Tudo pelo terminal

Se você é V1D4L0K4 e está pouco se lixando para interface gráfica dá pra fazer tudo isso ai com um comando só, é só abrir o terminal copiar todo o conteúdo aqui de baixo, colar e pressionar a tecla "Enter", depois disso será necessário digitar a sua senha, digite-a e pressione "Enter" uma vez mais e então é só aguardar a instalação:

sudo apt-add-repository ppa:codestation404/qcma -y && sudo apt-get update && sudo apt-get install qcma qcma-appindicator vitamtp4 
E é isso, agora é só conectar o seu PSVita ao computador e abrir o aplicativo QCMA pelo menu do Ubuntu, aproveite! =D

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Veja uma demonstração do Steam Controller

Nenhum comentário

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Demonstração do controle das Steam Machines

A Valve se move rápido em seus projetos e pouco tempo depois de anunciar as Steam Machines e as suas especificações de hardware o controle do console já deus as caras na internet.

Steam Controller

A Valve tenta inovar em uma parte do console que nunca foge muito do padrão, além do visual anatômico o controle das Steam Machines é praticamente sem botões, contendo dois trackpads ou TouchPads como queiram, semelhantes aos que existem em notebooks mas muito mais sensíveis e precisos segundo eles.

Para matar a curiosidade de quem quer ver como o controle funciona a Valve liberou um vídeo em seu canal no YouTube demonstrando 3 games sendo jogados através deles, confira:


Me pareceu uma evolução especialmente para controlar games FPS ou que requerem que você mire, quem joga nos consoles sabe que isso é praticamente impossível, tanto que jogos de tiro tem mira automática nos consoles em praticamente dos as suas versões, para jogos desse tipo na minha opinião o melhor é o bom e velho mouse mesmo.

O controle será compatível com Ubuntu, Mac e Windows também, ou seja, você poderá usar o Steam Controller no seu computador comum também.

O que você achou do novo controle da Steam?


Compartilhe para mostrar aos seus amigos



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Google está desenvolvendo um novo console de videogame baseado no Android

Nenhum comentário

sábado, 29 de junho de 2013

Novos projetos do Google com a nova versão do Android incluem no novo Console

Segundo fontes do The Wall Street Journal a Google estaria desenvolvendo novos hardwares que iriam portar o sistema operacional Android, que hoje é extremamente popular nos mais diversos segmentos e altamente portátil por conta de ser baseado no código fonte do Linux.

Google-Console


Segundo a notícia, um funcionário do Google que preferiu se manter no anonimato, gerou estes "boatos" que segundo o famoso jornal, são reais e de fonte confiável.
Os projetos envolveriam o desenvolvimento de um novo relógio de pulso com Android, assim como um novo aparelho multimídia da linha Nexus Q - que é uma coisa muito louca ( talvez não tão louca quanto o Google Glass ) - e o então console de videogame baseado no Android para concorrer com as marcas que dominam o mercado de games hoje em dia, Sony Playstation, Nintendo Wii, Microsoft Xbox. 

A Google tem crédito de sobra para criar qualquer coisa que desejar, e o fato do Android ser grátis pode baratear o preço dos consoles, apoiado por um empresa deste porte certamente bons games seriam lançados para a plataforma, mas calma, por enquanto é tudo especulação e sonho... ou será que não?

Muitas empresas estão vendo no Android um alternativa viável a sistemas proprietários, como o Windows, a própria Acer lançou uma versão de All in One que roda o sistema do robô verde da Google; são bons presságios para devices futuros, afinal sabemos de todo o potencial do Android e muito se fala mas incríveis novas funções que o novo Android 5 terá, essa versão deverá ser lançada ainda este ano.

Se a Google realmente entrar no mercado de consoles a concorrência que se cuide, não acha?

Fonte.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Valve quer criar seu próprio console de Games

Nenhum comentário

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Logo da Valve

A produtora Valve, de jogos como "Half-Life", "Portal" e "Left for Dead", pode lançar um videogame próprio e já trabalharia no desenvolvimento do novo aparelho. De acordo com o site "IGN", a empresa anunciou uma vaga para um engenheiro de hardware para trabalhar na plataforma.
No início de 2012, rumores apontavam que a Valve, que tem a loja virtual de games por download, o Steam, estaria desenvolvendo um console chamado de "Steam Box", o que foi negado pela empresa.
Agora, na própria descrição da vaga, a companhia diz que é "tradicionalmente uma empresa de software" e que as plataformas abertas como PC e Mac "são importantes". "Estamos frustrados com a falta de inovação no setor de computadores e por isso vamos entrar nele",(talvez por isso o interesse no Linux ultimamente) diz o texto divulgado na área de empregos da Valve. A companhia ainda cita que conceitos básicos como teclado e o mouse não mudaram significativamente ao longo dos anos.
Mais informações sobre aparelho que pode estar em desenvolvimento não foram revelados e a Valve não se manifestou sobre a notícia.
Se você estiver a fim de trabalhar na Valve, você pode se candidatar por aqui.


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...


Xbox 720 e PS4 serão lançados em 2013, diz executivo

Nenhum comentário

segunda-feira, 3 de setembro de 2012

PS4 e Xbox 720
próximo ano deve marcar o lançamento de dois consoles revolucionários no mercado de games. Em entrevista à Bloomberg TV, o presidente da EA Labels, Frank Gibeau, disse que PlayStation 4 e um novo Xbox serão apresentados em 2013.  

Ao comentar sobre o período fraco que a indústria atravessa, Gibeau deixou escapar que "o novo hardware vai sair em cerca de um ano". Ele fez o comentário para explicar que a desaceleração é normal nesse período. "Então há uma virada de mesa, uma nova mudança nos games está vindo, com novas tecnologias, novos hardwares, e um novo período de crescimento."

Ele ainda disse não saber como serão chamados os consoles de Sony e Microsoft, e que não poderia comentar sobre os produtos, apesar de já tê-los visto pessoalmente. Não ha indícios de preços para a venda dos consoles.


Fonte

Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Diga adeus aos Vídeo Games, os consoles que nos deixaram esse ano (Sétima Geração)

Um comentário

terça-feira, 31 de julho de 2012



Consoles
Na história dos consoles de videogame, a sétima geração iniciou em 22 de novembro de 2005 com o lançamento do Xbox 360, da Microsoft, e continuou um ano depois, com o lançamento do PlayStation 3, desenvolvido pela Sony, em 22 de novembro de 2006, e o Wii da Nintendo em 19 de novembro de 2006.
 A venda do PlayStation 3, na Europa e na Austrália, entretanto, iniciaram apenas em 23 de março de 2007.
Em 2008 foi anunciado aquele que seria a quarta plataforma dessa geração, o "Zeebo", apesar deste não concorrer diretamente com os outros três. 
Zeebo é um console de videogame brasileiro que envolveu ajuda de empresas de sete diferentes países: Brasil, Estados Unidos, Argentina, China, Israel, Japão e França.
 O console é fabricado na Zona Franca de Manaus, a novidade do console é que ele não utiliza mídia externa  para os jogos: eles são armazenados na memória interna do videogame e são disponibilizados por download através da rede ZeeboNet 3G.
 Essa rede é própria do console, o jogador não precisa utilizar modem, acesso a banda larga ou mesmo pagar qualquer mensalidade para utilizar o serviço. 
Basta ligar o console e ele automaticamente se conecta a rede wireless ZeeboNet 3G, que é gratuita e disponível em todos os locais onde houver cobertura da rede 3G, a Tecnologia ZeeboNet 3G permite que o videogame receba atualizações gratuitas, que são enviadas ao jogador através de download. Além disso, possui tocadores de música e vídeo, além do Boomerang, um controle com acelerômetro, que reconhece os movimentos do jogador. O aparelho possui três entradas USB 2.0 e para cartão SD.
O Wii foi lançado prometendo-se "revolucionar a forma de jogar" com seus controles sensíveis ao movimento, mesmo tendo tecnologia gráfica considerada da geração passada. 
Já no lançamento do PlayStation 3, se prometia gráficos foto-realísticos e jogos cinematográficos com sua nova tecnologia de mídia, embora seja o console mais caro desta geração e também equiparável ao Xbox 360 em termos gráficos. 
O Xbox 360 também prometia ótimos gráficos e uma experiência "online" inigualável, contudo sendo o único nesta geração que cobra por este serviço.
O sistema de mídia usado pela Nintendo no Wii e pela Microsoft no Xbox 360 é o DVD, embora a Microsoft já tenha patrocinado o HD DVD, capaz de armazenar até 30 GigaBytes de dados em camada dupla, onde poderia ter seu leitor comprado como "add-on" para o Xbox 360. 
O sistema utilizado e patrocinado pela Sony em seu PlayStation 3 é o Blu-Ray, capaz de armazenar 50 Giga Bytes em camada dupla. O HD-DVD era patrocinado também por empresas como a Toshiba, Sanyo, RCA e Intel mas foi descontinuado por motivos de mercado.
 O Blu-ray é patrocinado também pela Philips, TDK, Sun Microsystems, Dell, Pioneer e Apple Inc.
Na área dos videogames portáteis destaca-se o Nintendo DSi, lançado em 1 de novembro de 2008 pela Nintendo no Japão e em 5 de abril de 2009 nos Estados Unidos, e possui 2 camêras VGAde 0.3 megapixel e acesso wireless a internet.
                                                      

                                                                   Linha Playstation


Playstation                                                                 Playstation 2

Playstation 3PSP



Linha Xbox

Xbox
Xbox 360



Linha Wii
Wii U











Wii                                             


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo