Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador conversor. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador conversor. Mostrar todas as postagens

Convertendo vídeos para trabalhar no Davinci Resolve no Linux

Nenhum comentário

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

O Davinci Resolve vem ganhando os corações dos profissionais audiovisuais, uma das melhores soluções para o tratamento de cores em vídeo, e agora vem tornando-se um concorrente de peso ao Adobe Premiere. 

conversor-codec-davinci-resolve-mp4-mov-h264

Como uma alternativa nativa no Linux, a Blackmagic vem implementando novas funcionalidades ao seu software de edição/pós produção de vídeos, um exemplo que a “senhorita” Adobe deveria seguir. Confira o post de como instalar o Davinci Resolve no Linux, e comece a editar nessa poderosa ferramenta.

Nem tudo são flores


Existe uma limitação na versão gratuita do Davinci resolve que pode irritar alguns, ele não possui suporte aos formatos de codecs MP3 e H264. Isso é um pouco estranho já que as patentes destes formatos expiraram e não seria complicada adição no programa.

Para contornar esse problema, enquanto a Blackmagic não adiciona o suporte nativo, iremos converter os arquivos de vídeo para um formato que a aplicação suporta, MPEG4 ou Apple ProRes via QuickTime.

O MPEG4 gera um arquivo de tamanho menor, ótimo para edições voltadas à internet, o ProRes é voltado para uma edição profissional, consecutivamente de maior tamanho.

Convertendo de forma prática


Você pode fazer de duas maneiras, usando o terminal ou a interface gráfica, tudo de forma prática.

Converter via interface


Efetue o download da aplicação “WinFF”, pesquise na central de software da sua distribuição como na imagem abaixo ou instale com o comando em distros como Ubuntu, Linux Mint e derivados:

sudo apt install winff

winff-conversor-video-linux

Com esta aplicação será simples converter os vídeos e economizar seu tempo ao configurar codecs e formatos, basta importar o preset que disponibilizamos para download. 

Baixe o preset do WinFF

Para adicionar o preset no WinFF, clique em “Ficheiro>>Importar pré-ajuste”, selecione o arquivo “winff_resolve_diolinux_.xml” caso apareça uma janela de diálogo informando que o pré-ajuste já existe, clique em “Yes to All” para substituir.

importar-preset-winff

Na aba “Detalhes de saída” em “Converter para:” selecione “Resolve” e em “Pré-ajuste” selecione “mpeg4”, conforme imagem a seguir. 

ajuste-codec-winff

Para converter seus vídeos, basta adicioná-los ao WinFF, clicar em “Converter” e esperar o processo. 

Após finalizar você poderá trabalhar no Davinci Resolve sem nenhum problema.

Converter via terminal


Agora se prefere utilizar o terminal, fiz um script que basicamente converte como o WinFF.

 Baixe o Script conversor de vídeos

Será necessário ter o FFmpeg instalado em seu sistema, se instalou o WinFF ele provavelmente foi “puxado” como dependência, caso não, use o comando:

sudo apt install ffmpeg

O script funciona da seguinte maneira, você deverá manter os arquivos para conversão e script no mesmo diretório, dê a permissão de execução (via terminal ou por interface gráfica) e execute. Todos vídeos em “MP4” serão convertidos para “MOV” e movidos para uma pasta chamada “convertidos”. 

sudo chmod a+x convert-lote-davince-v0.1.sh
./convert-lote-davince-v0.1.sh

script-conversor-codec-davinciresolve

Para alterar o codec do vídeo que deseja converter (se não for um .mp4), abra o script com algum editor de texto e faça a modificação. Não será uma tarefa complicada, pois comentei cada parâmetro, então fique a vontade para implementar novas funções. 

script-conversor-codecs

Para eventuais dúvidas, acesse o vídeo do Elias do canal Araras Studio, todo processo com o WinFF foi detalhado, e se pretende aprender edição de vídeo no Davinci Resolve inscreva-se no canal, ele está produzindo um conteúdo muito bom sobre o software. 

Te aguardo no próximo post, até lá compartilhe o blog Diolinux, SISTEMATICAMENTE! 😎

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Como instalar o conversor de imagens Converseen no Linux

Nenhum comentário

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Uma hora ou outra nos deparamos na situação em que precisamos mandar uma imagem para alguém, pode ser via e-mail, Telegram, WhatsApp ou qualquer outro meio que possibilite o envio de imagens.


Como instalar o conversor de imagens Converseen no Linux







Mas como "nem tudo são flores”, esses serviços têm um limite do que podemos anexar neles, quando isso acontece sempre recorremos a outras ferramentas, como sites e softwares.

Hoje vamos mostrar um aplicativo que pode tornar essa rotina um pouco menos trabalhosa.

O aplicativo Converseen é um projeto open source escrito em C++ usando as bibliotecas Qt5. Você consegue converter para mais de 100 tipos de formatos de imagens, dentre eles: DPX, EXR, GIF, JPEG, JPEG-2000, PDF, PhotoCD,PNG, Postscript,SVG e TIFF. Outro ponto positivo é que ele tem tradução para o Português do Brasil.

Como instalar o conversor de imagens Converseen no Linux


Para instalar Converseen, você pode escolher entre duas formas, instalando via repositórios da sua distro preferida ou compilando o código fonte, vamos mostrar as duas formas.

Instalando via repositórios:


Ubuntu: 

sudo apt-get update

sudo apt-get install converseen

Se quiser instalar via repositórios do pessoal do site UbuntuHandbook, segue esse post de como adicionar ppa no Ubuntu e derivados:

O ppa a ser adicionado é o ppa:ubuntuhandbook1/apps e depois rodar os seguintes comandos no terminal:

sudo apt-get update

sudo apt-get install converseen

Se preferir pode instalar via synaptic também, basta procurar por “converseen”.

Fedora:

yum install converseen

openSUSE:

Pode utilizar o 1-Click install ou a linha de comando zypper install converseen

A segunda forma é procurando na loja da sua distro favorita por "Converseen" e instalar.

Para maiores informações de instalação em outras distros, acesse o site oficial neste link

Conte-nos ai nos comentários, o que você achou do programa. =)

Espero até uma próxima e um forte abraço.

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Curlew e Selene - Duas ótimas alternativas ao Format Factory para Linux

Nenhum comentário

sábado, 7 de janeiro de 2017

Está procurando um programa para converter arquivos multimídia no Linux? Então eu tenho duas ótimas sugestões de programas para você, o Curlew e o Selene Media Encoder.

Conversores de Mídia





Estava conversando com um dos leitores do blog nesta semana e ele me pediu algumas sugestões de programas para converter mídia que tivessem uma funcionalidade semelhante ao Format Factory para Windows (o Format Factory funciona pelo Wine se você quiser), eu comentei sobre alguns e disse que iria fazer este post para mostrar os dois que eu considero melhores.

Curlew


Curlew conversor de mídia do Ubuntu

O Curlew é um aplicativo simples de conversão, ele permite que você converta áudio e vídeo em diversos formatos diferentes, são mais de 80 formatos suportados.

A instalação no Ubuntu ou no Linux Mint é feita através de um PPA, ou você pode baixar os arquivos do programa diretamente do Source Forge.

PPA: ppa:noobslab/apps


Se você preferir fazer pelo terminal:
sudo add-apt-repository ppa:noobslab/apps 
sudo apt-get update
sudo apt install curlew
Depois de instalado, independente do método que você tenha escolhido, você vai encontrar o ícone do programa no menu do sistema. 

Selene Media Encoder


Outra boa opção é o Selene Media Encoder, ele é tão simples de se utilizar quanto o Curlew, porém, ele tem suporte a menos formatos do que o Curlew.

Selene Media Encoder

Ao todo são 11 formatos suportados, o número pode não ser tão grande mas você encontra no Selene os principais, então ele deve servir para a maior parte das pessoas.

O processo de instalação é o mesmo do Curlew, aliás, eles estão no mesmo PPA. Então caso você não tenha instalado ele antes, adicione ele agora: ppa:noobslab/apps


Se você preferir fazer pelo terminal:
sudo add-apt-repository ppa:noobslab/apps 
sudo apt-get update
sudo apt install selene
E mais uma vez, independente do método que você escolher, basta pesquisar por "Selene" no menu do seu sistema para encontrar o programa.

Outra sugestões de conversores que você pode usar são:

- Handbrake

- Format Junkie 

E claro, a verdade é que quem manja consegue fazer até sem interface, só usando o terminal, mas isso fica para outro capítulo do nosso blog.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.




Selene Media Encoder - Um conversor de mídias para Ubuntu e Linux Mint baseado no FFMPEG

Nenhum comentário

terça-feira, 2 de julho de 2013

Converta várias tipos de arquivos com uma interface super leve

O Selene Media Encoder é um programas muito simples e útil para converter facilmente arquivos de vídeo e áudio para os formatos mais populares através de uma interface gráfica escrita em GTK muito simples e leve.

Selene Media Converter

O aplicativo é apenas uma interface gráfica para o FFMPEG, popular conversor em modo texto, apesar de ser apenas uma camada de abstração ele funciona muito bem e é desenvolvido pelas mesmas pessoas que desenvolvem o Conky Manager, o gestor de temas Conky que postamos recentemente.
A lista de formatos que o Selene trabalho é extensa é satisfatória confira:
  • OGG
  • OGV
  • MKV
  • MP4
  • WebM
  • OPUS
  • AAC
  • FLAC
  • MP3
  • WAV

Instalação no Ubuntu e no Linux Mint

Vamos adicionar um repositório PPA e como sempre recomendamos, se você ainda não aquela intimidade com o terminal e fica com dúvidas em relação a isso leia o nosso artigo:



Agora que você está pronto para instalar, abra o seu terminal e cole os seguintes comandos:
sudo apt-add-repository -y ppa:teejee2008 
sudo apt-get update
sudo apt-get install selene
E se mesmo com todos os predicamos do Selene você ainda achar ele incompleto para as suas necessidades sugerimos Curlew Media Converter e o Format Junkie que são ferramentas excelentes também.

Até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Como converter qualquer arquivo para qualquer formato no Linux sem baixar nenhum programa

4 comentários

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Parece milagre, mas é o poder do Linux!

Hoje tive um problema, queria rodar um sistema no VirtualBox, o Mac OS SnowLeopard, mas a imagem do sistema era no formato IMG, formato esse que o VirtualBox não aceita, precisava mudar o formato dela para ISO.
Pesquisei muito, programas para Windows inclusive mas nada... nem o badalado Format Factory faz tal milagre. 
Para a minha surpresa, descobri pesquisando o Ubuntu ( O Linux de maneira geral ) Poderia fazer isso por mim sem que eu precisasse instalar absolutamente nada!

Como converter IMG para ISO

O recurso milagroso é na verdade um implementação de sistemas Unix, e o Linux sendo um derivado herdou essa ferramenta chamada singelamente de DD.
O DD é um conversor/copiador em modo texto para o Linux e pode, segundo os testes que eu fiz, converter IMG para ISO, RMVB para AVI, FLV, MP4, MP3, WMA... e por aí vai, estes foram os formatos que eu testei e comprovei que funcionam.

converter-img-em-iso


Mas como ele funciona?

O que faz dele melhor ainda é que são comandos muito simples, veja bem, no exemplo vou converter o tal arquivo Mac.img em Mac.iso.

dd if=/home/usuario/Downloads/mac.img of=/home/usuario/Documents/mac.iso
Repare que eu destaquei 3 trechos do comando simples, vou explicar como funciona, a primeira parte "dd if=" serve para iniciar o comando, daí para frente a parte azul é a localização do arquivo com a sua extensão, a segunda parte começa com "of=", que é o comando de saída, a parte azul é o diretório onde você deseja salvar o arquivo convertido/copiado com a extensão que você deseja que ele tenha, repare no final que eu coloquei ".iso".
A imagem do Mac era de 4,9 GB, e foi convertida em 5 min aproximadamente, fiz o texto com outros arquivos de mídia, vídeos, audios e a conversão foi instantânea.

Vou te dizer, parece mágica é incrível!

Faça o teste, nunca mais você vai precisar de um programa para converter formatos!
Essa é a melhor dica do mês com toda a certeza!

Até a próxima!

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Curlew Multimedia Converter - Novo conversor de Mídias para Ubuntu

3 comentários

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Converta mais  de 100 formatos com este software

Curlew Multimedia Converter é mais uma ótima opção que se apresenta para convertermos arquivos no Ubuntu, a pouco tempo este segmento era carente no Linux, mas a coisa mudou e hoje temos boas opções.

conversor para ubuntu

São muitas as opções de formatos para utilizarmos, como:
  • MP3 - M4A - 3G2 - WAV - OGG
  • AVI - MP4 - FLV - MOV - MKV - 3GP
  • WMV - Google WebM, etc.
 
curlew

Instalação via PPA

O Curlew Multimedia Converter pode ser instalado no Linux Mint 13 e 14 e no Ubuntu 12.04/12.10/13.04 adicionando-se um simples PPA:
  • sudo add-apt-repository ppa:upubuntu-com/multimedia
  • sudo apt-get update
  • sudo apt-get install curlew

Depois da instalação basta procurar o software pela Dash do Ubuntu.



Caso não tenha gostado do programa você pode desinstalar facilmente usando os comandos a seguir:


  • sudo add-apt-repository --remove ppa:upubuntu-com/multimedia
  • sudo apt-get remove curlew
  • sudo apt-get update
É isso aí pessoal, até a próxima.

Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Mobile Media Converter: Baixe e converta vídeos do YouTube

Um comentário

sexta-feira, 9 de novembro de 2012


Mobile Media Converter é um utilitário de download e conversão muito eficiente

O Mobile Media Converter é um programa muito interessante que pode servir tanto como um programa de download como um programa de conversão e escrito em GTK.
Os formatos mais populares são suportados MP3, MP4, WMA, OGG, AVI, WMV, FLV, etc...

Instalação no Ubuntu e no Linux Mint

O Mobile Media Converter necessita da instalação de outros pacotes antes de instalar o programa propriamente dito, por isso abra o terminal e mão a obra, primeiro vamos instalar o mencoder do repositório Medibuntu:

sudo -E wget --output-document=/etc/apt/sources.list.d/medibuntu.list http://www.medibuntu.org/sources.list.d/$(lsb_release -cs).list
sudo apt-get update
sudo apt-get -y --allow-unauthenticated install medibuntu-keyring
sudo apt-get update
sudo apt-get install mencoder libavcodec-extra-53
Agora precisamos instalar o FFMPEG:
sudo apt-get install ffmpeg
O processo de instalação é diferente para sistemas 32 e 64 bits, caso você não saiba como ver a arquitetura do seu sistema dê uma olhada neste post.

32 Bits

cd /tmp
wget -c http://goo.gl/noJT4 -O mmc_1.7.5_i386.deb
sudo dpkg -i mmc_1.7.5_i386.deb

64 Bits 

cd /tmp
wget -c http://goo.gl/1zYf8 -O mmc_1.7.5_amd64.deb
sudo dpkg -i mmc_1.7.5_amd64.deb

mobile media converter


Enjoy


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 


Format Junkie - Converta tudo no Ubuntu

2 comentários

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Um dos melhores programas para converter arquivos no Linux

Conversão de arquivos, imagens, vídeos, músicas no Linux a algum tempo atrás era um certo problema, não existiam bons softwares, não com interface gráfica pelo menos, para fazer este tipo de trabalho, aos poucos foram surgindo alguns, como o Arista Transcoder para vídeo e o FF Multi Converter.

Conheça o Format Junkie

Format-Junkie

Programas como o Format Factory para Windows são referência no segmento sendo multi-funcionais, o Format Junkie segue este mesmo conceito, servido para converter diferentes tipos de arquivos, este programa foi criado na ultima Ubuntu app Showdown um evento patrocinado pela Canonical para atrair programador a desenvolver aplicações novas e boas que podem vir a integrar a central de programas no Ubuntu e foi aí que surgiu o Format Junkie.

format_01

O Format Junkie é uma excelente e simples ferramenta de conversão de formatos audio e video. Apresenta uma interface bastante bem organizada e intuitiva, sendo assim muito simples aos utilizadores converterem para os formatos que pretendem.


Funcionalidades


  • Conversão entre os seguintes formatos se imagem:
                 jpg, png, ico, bmp, svg, tif, pcx, pdf, tga, pnm
  • Conversão entre os seguintes formatos de audio
                 mp3, mp2, wav, ogg, wma, flac, m4r, m4a and aac
  • Conversão entre os seguintes formatos de video
                 avi, ogv, vob, mp4, vob, flv, 3gp, mpg, mkv, wmv
  • Codificação de legendas no próprio .avi
  • Criação de imagens .iso, selecionando apenas os ficheiros a incluir

Como instalar

Infelizmente o Format Junkie ainda não está nos repositórios oficiais do Ubuntu, mas pode ser instalado facilmente adicionando-se um PPA, abra o terminal e digite os seguintes comandos pressionando enter após cada um:

sudo add-apt-repository ppa:hakermania/format-junkie
sudo apt-get update
sudo apt-get install formatjunkie

E isso aí pessoal, e você conhece algum programa melhor para fazer conversões de arquivos na sua Distro?


Fique por dentro de tudo o que acontece no Diolinux...

              Twitter Diolinux@blogdiolinux   Facebook  blogdiolinux  Twitter Diolinux@dionatanvs   Google Plus Circule do Google +

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo