Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador destaque. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador destaque. Mostrar todas as postagens

Mumble: Uma alternativa grátis ao RaidCall para Linux, Windows e Mac

Nenhum comentário

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Software de conversação Mumble pode ser uma boa alternativa ao RC



Quem gosta de games online, especialmente que vem do Windows, costuma usar o software que de baixa latência de rede, como o RaidCall (RC) e o Team Speak, para conversar com os amigos durante as partidas.

Mumble, substituto ao RC e ao Team Speak

O aplicativo é grátis e está disponível em todas as plataformas, você pode baixá-lo para o seu Windows ou Mac neste link, se você usa Ubuntu as coisas são mais simples, o Mumble está na Central de Programas, você pode instalar clicando neste link.

Se você preferir pode adicionar um repositório PPA ao invés de instalar pela Central de Programas, assim você sempre terá a última versão do Software.

sudo apt-add-repository ppa:mumble/release 
sudo apt-get update 
sudo apt-get install mumble

Se você usa Fedora é possível instalar com este comando:

sudo yum install mumble mumble-plugins

Bom jogo!

Fonte.

O vídeo que todo leitor deste blog deve ver

Nenhum comentário

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Se você gosta do nosso trabalho não deixe de ver este novo vídeo


Recentemente fizemos uma pesquisa com vocês onde vários dos leitores deixaram suas opiniões sobre vários coisas que envolvem o Diolinux, então produzi este vídeo onde comento as principais sugestões, e nele também faço alguns agradecimentos e mostro alguns dos rumos que o blog e o canal devem tomar.



Obrigado a você que está lendo isto agora, é muito importante que você esteja aqui e que sempre participe dessa comunidade, bom, sem mais confira o vídeo e também veja os links que estão na descrição logo abaixo no youtube, se você não quiser ir até lá para vê-los não se preocupe, transcreverei a descrição do vídeo aqui neste post.


Publicado em 01/08/2014
Muito Obrigado a Todos! Por favor verifique todos links abaixo:

Link da Pesquisa: http://goo.gl/s6AX6i

SEJA MEU PATRÃO: http://www.patreon.com/Diolinux


AMIGOS E PARCEIROS:


Kewer




Jean Hanusch




Gabriel da Costa (Toca do Tux)





Vida de Programador





Ubuntu Dicas





Ubuntero





Aprígio Simões




Eliane Domingos




Gustavo




Links comentados no vídeo:


Tutoriais para iniciantes: http://goo.gl/PnAQo1


Sessão Dicas do blog: http://goo.gl/sNcm73



Extensão para Chrome e Firefox:http://goo.gl/bZu8jJ


Anuncie no Diolinux: http://goo.gl/BWsafD


- Acesse o site: http://www.diolinux.com.br
- DioCast/Grooveshark:http://goo.gl/f6SW4r
- Android App: http://goo.gl/DTVt7I
- Assine o nosso Feed:http://goo.gl/w6418F



Contato: blogdiolinux@gmail.com

Alpha 2 do Ubuntu 14.10 disponível para Download

Nenhum comentário

Segunda ISO de testes do novo Ubuntu está pronta para os curiosos


A Canonical anunciou o release de mais uma versão Alpha do Ubuntu 14.10 Utopic Unicorn, apesar de eu achar esse nome "meio bambi demais" é uma ótimo oportunidade para você observar algumas mudanças do sistema.

Ubuntu Utopic Unicorn Download Alpha 2


Apesar de eu ter comentados as mudanças se você está esperando algo mais impactando como o Unity 8 essa ainda não é a sua hora meu amigo!

Pelas informações que temos ele ainda está sendo adaptado e não está na ISO principal, mas se tem uma coisa que você pode esperar é atualizações de interfaces, como o Gnome 3.12 e KDE 4.14, e se você achava que o KDE 5 iria dar as caras nestes Alphas se enganou, mesmo assim se você está muito curioso veja este vídeo que fizemos a respeito dele, no post você também encontra um link para baixar uma versão específica do Kubuntu 14.04 que traz o KDE 5.

Você pode baixar o novo Alpha do Ubuntu neste link, mas lembre que está é uma ISO para quem quer testar, ver o que há de novo e ajudar a reportar bugs, não é aconselhado usar distros Alphas como sistemas de produção.

Confira neste link o calendário de lançamentos do Ubuntu 14.10 Utopic Unicorn.

USB tem uma falha grave de segurança desde seu lançamento

Nenhum comentário

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Falha que dificilmente pode ser detectada deixa dispositivos USBs vulneráveis


Você provavelmente usa o USB todo o dia, seja para conectar o seu pen drive, mouse ou até mesmo o seu Smartphone.


O primeiro pen drive foi lançado no ano 2000 e aparentemente o problema que foi descoberto pelos pesquisadores de segurança Karsten Nohl e Jakob Lell existe desde o primeiro lançamento.

Segundo a Wired os pesquisadores fizeram engenharia reversa no firmware do chip que faz a intercomunicação entre os USBs e os computadores, e descobriram que graças a uma falha de segurança é possível colocar um vírus de computador, que eles mesmos criaram para o teste, chamado BadUSB que poderia permitir que um invasor pudesse controlar o computador da vítima, desviar sua banda de internet e alterar os dados que estão armazenados em um pen drive de maneira sorrateira.

Ainda, segundo a dupla, este serial um tipo de malware muito complicado de se eliminar e passaria despercebido para a maioria das pessoas, visto que uma simples formatação não eliminaria o vírus, uma vez que o mesmo se encontra no firmware do USB.

Eles apontam que esta falha é muito preocupante pois poderia afetar qualquer aparelho que tivesse uma entrada USB, a falha de segurança poderia funcionar nas duas vias, tanto um Pen Drive infectando um PC quando o inverso, a falha poderia ser explorada por órgãos com interesses em espionagem como a NSA.

“Você pode dar [o dispositivo] para sua equipe de TI, eles escaneiam, apagam alguns arquivos, e devolvem para você dizendo que ele está ‘limpo’… [Mas] esses problemas não podem ser corrigidos. Nós estamos explorando uma falha na própria forma em que o USB foi concebido.”

Aprenda a usar o PlayOnLinux e o Wine para rodar jogos de Windows no Linux

Nenhum comentário

quarta-feira, 30 de julho de 2014

Um tutorial completo com tudo o que você precisa saber sobre essas ferramentas


Procurei por muito tempo um tutorial que me ensinasse a mexer no Wine com o maior número de detalhes possível mas o que encontrei sempre foram fragmentos, então depois de muito estudar e testar, errar e acertar tentei juntar todo este conhecimento em um vídeo.

Como rodar jogos de Windows no Linux

Foi um dos maiores vídeos que já produzi para o canal (se não foi o maior!) e espero que realmente seja útil para você, lhe garanto que se eu tivesse acesso a um material como este quando estava começando as coisas teriam sido mais fáceis para o meu lado, pelo menos agora tenho essa oportunidade de proporcionar o que me faltou aos demais, sem mais, confira o vídeo logo abaixo.


E se você gostou do vídeo, se ele lhe foi útil dê um like nele para fazer ele ganhar mais notoriedade, se você ainda não conhecia o canal do Diolinux seja muito bem-vindo, inscreva-se para receber os próximos vídeos e dê uma olhada no material produzido, e se não for pedir muito, compartilhe este post e/ou o vídeo também, pode ser que você acabe ajudando mais pessoas a migrar para o Linux.

Até a próxima!

Instale o DraftSight no seu Linux, uma boa alternativa ao AutoCad

Nenhum comentário

terça-feira, 29 de julho de 2014

Veja como você pode instalar o DraftSight no Linux


Para os que procuram uma boa alternativa ao programa Autocad da Autodesk hoje vamos apresentar uma boa solução multiplataforma chamada DriftSight.

Draftsight é uma boa alternativa ao Autocad

O DraftSight é um software capaz de trabalhar com arquivos DWG e possui também um formato próprio, é desenvolvido pela mesma empresa que desenvolve o 3D Studio Max, um programa muito popular para modelagem 3D concorrente do Maya e do Blender.

O software não é Open Source mas é gratuito, apesar de possui uma versão paga com suporte, você pode conhecer mais alguns detalhes do programa acessando o site, se quiser ir direto para a sessão de downloads clique neste link.

Nele você encontrará os downloads para a versão de Windows e Mac também, há a versão para Linux em pacotes DEB (para Debian, Ubuntu e derivados) e em RPM (para openSUSE, Fedora e derivados), a versão Debian/Ubuntu requer a prévia instalação de algumas bibliotecas para o melhor funcionamento, isso é muito simples de resolver, abra o seu terminal e copie e cole o comando abaixo, pressione Enter, digite a sua senha e aguarde a instalação.

sudo apt-get install libuuid1:i386 libice6:i386 libsm6:i386 libxt6:i386 libaudio2:i386 libgtk2.0-0:i386 libcanberra-gtk-module:i386 libcanberra-gtk0:i386 libglu1-mesa:i386

Se você tem interesse em trabalhar com Cad usando Linux, além do DriftSight conheça mais algumas alternativas que apresentamos neste artigo.

Até a próxima! Compartilhe!

Drivers Intel HD Graphics para Ubuntu 14.04 LTS e Fedora 20

Nenhum comentário

segunda-feira, 28 de julho de 2014

Instale os Drivers Intel no seu Ubuntu ou Fedora


Se você tem um notebook ou um computador sem uma placa de vídeo dedicada com apenas um processador Intel pode ser muito interessante instalar os drivers proprietários para tentar melhorar um pouco o desempenho do seu PC.

Intel HD Graphics Ubuntu


Antes de prosseguirmos gostaria de comentar que a Intel tem o ótimo hábito de compartilhar o código fonte de seus drivers com a comunidade Linux, o "problema" é que por questões de estabilidade o Kernel normalmente não traz a última versão do drivers dessa forma se você usar este instalador você terá a última versão dos mesmos.

Instalação


Esclarecimentos feitos, para instalar basta você acessar esta página, nela você encontrará as versões em 32 e 64 de pacotes em DEB (para Ubuntu) e RPM (para Fedora), basta baixar e instalar, depois procure no menu da sua distribuição o "Intel Graphics Intaller for LInux", ele é um instalador muito simples seguindo o padrão Windows, "Next, Next, Finish".

Teste e nos diga que se você percebeu alguma diferença com estes drivers, deixe a sua opinião nos comentários.

Diocast #8 - Especial, Vida de Programador

Nenhum comentário

sexta-feira, 25 de julho de 2014

Confira o novo episódio do Diocast com participação de André Noel do site "Vida de Programador"


Fala galera, tudo certo? Mais um episódio, o oitavo, do Diocast está no ar você vai poder se informar e se divertir ao mesmo tempo.


Neste episódio, a pedido de alguns ouvintes tentamos diminuir o tempo pela metade, é muito importante que você deixe a sua opinião sobre isso!


Links do Episódio:

E respondemos as seguintes perguntas:


Você pode ouvir o oitavo episódio do Diocast na lateral do site, na nossa página do Grooveshark ( uma boa opção se você quer um player completo para controlar o áudio), ou ainda no player abaixo:



Lançado Ubuntu 14.04.1 LTS - Atualize ou baixe o seu agora!

Nenhum comentário

Faça o download do Ubuntu 14.04.1 LTS


Os usuários do Ubuntu e seus derivados acabam de receber uma importante atualização para o sistema, hoje aconteceu a primeira atualização de longo suporte para o Ubuntu 14.04 LTS.

Ubuntu Trusty Tahr logo

As versões LTS do Ubuntu (LTS quer dizer "Long Term Support") são versões que recebem atualização por 5 anos após o seu lançamento, são ideais para o uso empresarial e para usuários que não querem se preocupar com grandes atualizações por muito tempo.

O que acontece é que depois que o Ubuntu é lançado (neste caso foi em Abril de 2014) nos meses que se seguem várias atualizações ocorrem, dessa forma uma pessoa que for baixar o Ubuntu 14.04 LTS vai precisar baixar mais de 500 MB de atualização, com esse lançamento todas essas atualizações já foram incluídas na nova ISO que passa a se chamar Ubuntu 14.04.1 LTS.

Se você já tem o Ubuntu 14.04 LTS essas atualizações devem vir automaticamente pelo sistema, caso você vá baixar o Ubuntu pela primeira vez opte por essa versão que já vem com as atualizações.

GOG começa a vender games para Linux!

Nenhum comentário

quinta-feira, 24 de julho de 2014

Agora você tem mais uma loja para comprar games para Linux e aproveite para pegar alguns de graça!


Mais uma ótima notícia a todos os amantes de games e de Linux, agora o conhecido site GOG.com está vendendo games para o Pinguim também como havia sido prometido por eles a alguns meses.

GOG.com começa a vender games para Linux

Para quem não conhece, Good Old Games ou simplesmente GOG é um site especializado na venda de games mais antigos porém muito bons!

Até então suas vendas se concentravam em jogos para principalmente Windows e jogos também para Mac OSX, mas a partir de agora usuários de Linux, especialmente Ubuntu e Linux Mint (segundo o site) poderão desfrutar da biblioteca de games da GOG, que como o Steam para Linux também deve ir recebendo mais e mais títulos com o passar do tempo.

Como podemos ver na imagem acima existem alguns games muito legais disponíveis para Linux como o clássico FlatOut 2, tudo o que você precisa fazer para aceder a esta biblioteca de games é acessar este endereço e criar a sua conta, escolhendo Nome, E-mail e senha.

Comprando os Games no GOG


Depois disso você pode navegar por plataforma e ver por qual game você se interessa, vale ressaltar também que os preços são ótimos, o supracitado FlatOut 2 sai por apenas $ 2,49, isso mesmo, em dólares, mas mesmo assim é um bom valor, o site é todo em inglês também mas nada que um pouco de paciência para ler com calma ou o bom e velho Google Tradutor não deem um jeito.

Neste link você consegue acessar a lista de games disponíveis para Linux e o anúncio oficial de suporte ao Linux por parte do GOG e neste você encontra a lista dentro da loja.

Vendas no GOG


Para comprar um game basta você adicionar ele ao seu carrinho e ir na opção CheckOut, os games podem ser pagos com cartão de crédito ou Paypal.

Jogos Grátis


Quando você cria uma conta no GOG ele vai lhe oferecer alguns games que podem ser baixados gratuitamente, entretanto destes, apenas um tem suporte a Linux e não é o Warsow (que tem suporte ao Linux!)

Jogos Gratis no GOG

Para baixar esses jogos, depois de criar a sua conta clique neste link e depois clique em My Games, ali você poderá baixá-los!


É ótimo ver que a cada dia mais opções surgem e certamente haverão muitos mais, atualmente no GOG são pouco mais de 50 games disponíveis para o Pinguim.

Até a próxima!




Como instalar o VMWare Player no Linux

Um comentário

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Tutorial de instalação do VMWare Player no Ubuntu


VMWare é uma das melhores soluções do mercado para fazer virtualização de sistemas, o programa suporta tanto Linux, quanto Mac e Windows e hoje vamos aprender como fazemos para instalar essa ferramenta no nosso sistema Linux, a versão utilizada no exemplo é o Ubuntu 14.04 LTS.

VMWare no Linux

Existem duas versões do mesmo produto, a VMWare Player que é grátis e destinada ao público doméstico e a VMWare Workstation que como o nome faz referência tem eu foco em empresas e servidores.

Hoje aprenderemos a instalar a versão grátis desta poderosa ferramenta, para inicio de conversa precisamos baixar o arquivo instalador, clique neste link e baixe o arquivo do VMWare.

O arquivo que você vai baixar tem uma extensão um pouco diferente do convencional, .bundle, mas não se preocupe, a instalação é igual a de um arquivo com extensão SH que é bem comum no mundo Linux.

Depois de baixado o arquivo...


Você precisa dar permissões de execução a ele, para isso clique com o botão direito no mesmo e vá até a opção propriedades, na aba Permissões marque a caixa que permite execução do arquivo como programa, como está na imagem abaixo.


Depois disso você precisará abrir o seu terminal pois a instalação só pode ser feita em modo Root, no terminal você tem duas opções:

sudo nautilus

Este comando vai abrir o gerenciador de arquivos em modo Root, dessa forma basta você ir até o local onde está o seu arquivo, no meu caso era a Área de Trabalho, dar dois cliques e na mensagem que aparecer clicar em "Executar num terminal".

Alternativamente você pode navegar pelo terminal até a pasta onde está o seu arquivo instalador do VMWare Player e executá-lo assim:

sudo ./nome_do_arquivo.bundle

no caso:

sudo ./VMware-Player-6.0.3-1895310.x86_64.bundle

Seja qual for a maneira que você escolher a próxima tela será como esta imagem abaixo:


Apenas aceite os termos

Aceite os termos de licença, fique à vontade para lê-los, na próxima temos mais uma questão pedindo se você deseja que o programa envie informações anônima para a VMWare Software afim de melhor o programa, mais uma vez escolha SIM (Yes) ou NÃO (No) e clique em Next.


Na próxima tela é possível inserir um serial caso você tenha um licença paga do produto, assim ocorrerá uma atualização para o VMWare Workstation, entretanto, isso é opcional e você pode seguir clicando Next sem problemas.


Tudo certo para a instalação, apenas clique em Install.


Aguarde alguns momentos... e pronto, você pode abrir ela pelo menu de aplicativos da sua distro.


Você pode se perguntar qual a vantagem de utilizar o VMWare Player ao invés do VirtualBox e eu te digo, se você pretendo apenas testar os sistemas não haverá muita diferença, e claro o VMWare Player apesar de grátis não é Open Source como o VirtualBox, em termos mais práticos dá para perceber uma grande diferença em performance 3D no VMWare, sendo possível rodar vários games de Windows por ele, e para ser sincero essa foi a grande vantagem que encontrei, alguns jogos que não rodavam pelo Wine e um ambiente para poder treinar com o After Effects pois preciso dele no meu trabalho.

Lifeless Planet

É isso aí pessoal, até a próxima!

Edições complexas com Kdenlive

Nenhum comentário

Veja um exemplo de uma edição complexa com o Kdenlive


Editar vídeos no Linux, pelo menos para mim, tem se tornando uma tarefa mais fácil a cada dia por conta do Kdenlive.

Edição de vídeo no Linux com Kdenlive

Gostaria demonstrar a vocês a complexidade de se fazer um vídeo como este "Especial Dia do Rock" que eu fiz.

Foram aproximadamente 2 horas para a gravação das cenas e posteriormente 6 horas de edição mais ou menos, o Kdenlive possui muito recursos, mais do que você possa imaginar, várias pessoas já me pediram tutoriais sobre o Kdenlive e eu pretendo fazer alguns, ou pelo menos um para mostrar o básico dele, ensinar a editar vídeo é uma coisa complicada pois envolve a criatividade e isso parte de cada pessoa. Abaixo você consegue ver uma progressão da edição do vídeo que comentei.

edicao-video-kdenlive


Editado usando Kdenlive


E agora o vídeo finalizado

Como o Kdenlive não permite a sobreposição de determinados efeitos a maneira mais eficaz foi sobrepor trilhas, no caso foram usadas 11 trilhas de vídeo e mais umas 4 de audio, o resultado final você vê logo abaixo:




Fala aí, o que você achou da edição, deixe a sua opinião nos comentários, e claro não esqueça de se inscrever no nosso canal, até a próxima!
Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo