Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador diolinux. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador diolinux. Mostrar todas as postagens

Uma carta Open Source: Precisamos de VOCÊ! Saiba onde e por quê.

Nenhum comentário

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Atualmente as pessoas sempre estão super ocupadas, sempre correndo, de forma que é até um privilégio escrever para alguém que ainda lê, o que é uma raridade por esses dias. Não quero perder o seu tempo, por isso vamos direto ao assunto. 👊

dionatan-simioni-diolinux






Nós fazemos muita coisa, provavelmente muito mais do que você tenha noção, especialmente se você se limita a acessar um ou dois canais de conteúdo que produzimos. Apesar do trabalho massivo, isso é bom, quanto mais locais diferentes a nossa presença for percebida, melhor para o projeto, melhor para as ideias e informações que divulgamos. Mais pessoas diferentes poderemos alcançar.

Por conta disso, nunca são suficientes os momentos reservados para agradecer as pessoas que nos apoiam financeiramente com R$1,00 por mês através do Padrim e mais recentemente, aos nossos apoiadores que fazem parte do Clube dos canais no YouTube.

Ser pioneiro


Eu sei que falar do seu próprio projeto, enaltecendo-o, soa bizarramente egocêntrico, mas eu vou tentar me conter ao falar da minha paixão, você pode simplesmente olhar os números e ver por si. Se eu passar um pouco do ponto, já peço desculpas adiantado, realmente não é a minha intenção, ainda que seja inevitável ao falar de algo que você tanto ama.

O blog Diolinux está ficando "velhinho", estamos chegando em 2019 ao nosso oitavo ano de existência, uma jornada longa, com altos e baixos como qualquer jornada, mas felizmente com muito mais altos do que baixos.

Olhar para trás hoje é motivo de orgulho, pois podemos dizer que fomos pioneiros em algumas coisas dentro do nosso país, dentro do nicho de pessoas que fala Português nessa "pequena bola azul" que chamamos de "casa".

Uma abordagem mais branda, evitando radicalismos que existiam aos montes da comunidade Linux, atraindo pessoas de bom coração e boa vontade para criar uma comunidade saudável, que ajuda mutuamente a desenvolver-se em prol da simples possibilidade de ter opções viáveis e acessíveis, sem desmerecer quem pensa diferente, sem ofender. 

Nunca existiram perguntas estúpidas, por mais simples que elas fossem, nós sempre procuramos respondê-las, e quando elas se repetiam, nós respondíamos novamente como se fosse a primeira vez. Estúpido, dentro do nosso conceito, sempre foi não responder essas dúvidas.

Através desse perfil de atuação o blog se desenvolveu, depois veio o canal no YouTube, que hoje, salvo engano, pode ser considerado o maior canal do mundo com Linux e Open Source como pauta recorrente, ou ao menos o maior em língua Portuguesa. O canal Diolinux hoje é maior do que canais oficias de grandes empresas e até mesmo da própria Linux Foundation, mesmo falando Português e não Inglês. 


E eis aqui um grande e importante fato que por ventura passa despercebido: 

Você tornou isso realidade! Eu não tenho certeza se você consegue entender o tamanho disso... pra falar a verdade, não sei se eu mesmo consigo.

Um dos maiores veículos de propagação de conteúdo Linux é nosso, é brasileiro, foi criado e incentivado por você!

Depois do canal Diolinux ficar um pouco mais popular, e ao longo desse processo também, vimos vários canais de excelente qualidade serem criados e crescerem no YouTube aqui no Brasil falando de assunto simulares. São tantos que é até difícil listar todos, correndo o risco de deixar alguém de fora, vou me abster da lista. Mas eu percebi que realmente aquela ideia que plantamos lá atrás, em 2011, germinou e deu belos frutos.

Precisamos de você!


Sem você que está lendo este artigo agora, nada disso seria possível! Nada! Eu, Dionatan, humildemente em nome de todas as pessoas que se envolvem com o projeto Diolinux (contando os eventuais, são mais de 10), agradeço a você com toda a sinceridade possível!

Eu quero muito que você, que consome sempre o nosso conteúdo, se sinta parte integrante do nosso time, consumir conteúdo e compartilhar conhecimento está no DNA da nossa empresa e é o nosso jeito de ser, o nosso estilo de vida.

Ok, mas você precisa de mim para quê exatamente?

Na verdade nós precisamos da sua boa vontade apenas. Eu explico. 😊

Precisamos de você


Eu tenho certeza de que você gosta do conteúdo que nós produzimos, ou pelo menos, de parte dele, nós precisamos da sua ajuda para mostrar Linux e softwares de código aberto para mais pessoas aqui no Brasil, pois isso nós nunca conseguiremos fazer sozinhos.

Mas como eu posso ajudar?

Obrigado por perguntar! 😀

Interaja com o nosso conteúdo, no fim das contas é simples assim. 

Uma briga contante que todos os produtores de conteúdo possuem é com os mecanismos de busca, não basta existir, tem de ser encontrado também, certo?

  • Quantas vezes você já deixou um comentário e um artigo como este aqui no blog?
  • Quantas vezes você já assistiu um vídeo, gostou do conteúdo, mas não deu like, compartilhou e comentou o vídeo?
  • Você nos segue no Twitter? Quantas vezes você dá like e retuíta os nossos conteúdos?
  • Já está me seguindo no Instagram?

Essas pequenas ações mostram para os mecanismos de buscas e para as plataformas que o nosso conteúdo é relevante. Duvida que a sua interação pode mudar muito as coisas?

Esse pequeno gráfico abaixo é do nosso canal no YouTube. Em Dezembro de 2018 nós tivemos quase 6 milhões de minutos assistidos, porém, mais da metade (57%) são de pessoas que não estão inscritas no canal! 😲

Ou seja, tem muita gente interessada no assunto, muita gente que assiste o nosso conteúdo regularmente mas não se inscreveu no canal.

Estatísticas de visualizações de Dezembro/2018 canal Diolinux

Fazendo essas coisas você ajuda mais do que você imagina, traga mais pessoas para conhecer o nosso conteúdo, essa pode ser a sua corrente do bem. 😍

Mas isso é tão importante assim?

Provavelmente mais do que você imagina. Uma das coisas que eu sempre tive clareza, é que nós não precisamos mostrar Linux para quem já usa e gosta de Linux, se eu quero que a comunidade cresça, se eu quero que mais pessoas tirem o preconceito com tecnologias abertas de suas mentes, eu preciso buscá-las fora do nosso círculo habitual de amizades e seguidores e por isso você compartilhar e interagir com o nosso conteúdo é tão importante.

Twitter vs Instagram


Redes sociais como o Twitter e o Instagram tem muito valor agregado. O Twitter é muitas vezes o meio mais simples de atingir desenvolvedores, marcas e levar o conteúdo, através de hashtags por exemplo, para pessoas que não fazem parte do nosso núcleo.

O Instagram é a rede social do momento, lá existem muitas pessoas que nunca ouviram falar do nosso trabalho. Ambas também são uma ótima forma de avisar quando novos conteúdos saem do canal, no blog ou qualquer outro projeto.

Por isso, eu lhe convido a seguir os nossos perfis nessas redes:


Por ali você também vai receber muito conteúdo adicional extra. Inclusive, falando do Instagram, quero propor uma campanha:

- Tire uma foto do seu SETUP ou Desktop Linux e me marque por lá, vou criar uma pasta de Stories com os prints mais bonitos da galera para divulgar a utilização desses softwares e o seu perfil pela minha conta pessoal. 😉

Um projeto novo e MUITO importante


Eu resolvi dedicar um parágrafo inteiro para esse assunto, pois ele é muito importante mesmo, uma vez que a indústria dos games influencia tanto o mercado a ponto de até quem não joga sentir os seus impactos, como melhor suporte de hardware e maior disponibilidade de softwares.

O nosso canal na Twitch.tv estreou há alguns meses com uma proposta muito audaciosa, criar conteúdo voltado a games para Linux, usando Linux em tudo. Os últimos anos tem sido fantásticos para o mercado de jogos no Linux por diversos motivos e nós precisamos mostrar isso para as pessoas.

Twitch.tv/Diolinux


Quantas vezes você já ouviu falar de alguém que disse que achava Linux "até legal" mas não testava  a plataforma porque "não rodava jogos", ou algum game mais específico? É exatamente esse tipo de mito que queremos quebrar.

Para conseguir isso nós estamos fazendo lives TODOS OS DIAS, acreditamos no projeto e estamos nos dedicando MUITO a ele.

O que é a Twitch mesmo?

Para você que não conhece muito bem, a Twitch.tv pertence a Amazon e é a líder no mercado de Streaming de jogos (hoje não só jogos até), maior até do que o YouTube, tanto que vários recursos recentes incorporados ao YouTube foram inspirados em recursos que já existiam na Twitch. Lá vários jogadores de todos os estilos compartilham a sua paixão por jogos, incontáveis vezes novas pessoas chegaram ao nosso canal da Twitch e conheceram Linux por lá, pela primeira vez, através de jogos! Pasmem!

"Nossa, não sabia que Linux rodava jogo", "achava que Linux era só para estudo e trabalho", mas "Linux não é ruim?", são frases bem comuns de novatos por lá. Toda vez que acontece eu fico muito feliz em ver a recepção calorosa que os membros do canal dão a estas pessoas, explicando a elas direitinho como as coisas realmente são, quebrando mitos e preconceitos. Temos até um nome e um servidor do Discord dedicado a isso a #L2G (Linux Gamers Generation).

Hoje são quase 3 mil pessoas acompanhando as lives que a gente faz todos os dias, geralmente elas começam um pouco depois do vídeo que sai no YouTube. Os nossos vídeos do YouTube saem todos os dias às 19:00 horas, a live na Twitch.tv começa geralmente às 19:40 horas.

Como é um projeto novo, audacioso, e mais uma vez, um projeto que não faz o conteúdo em inglês, precisamos muito da sua ajuda para crescer o canal lá também. 

Participe das lives diárias, faça desse o nosso encontro ao vivo todos os dias, onde você pode interagir em tempo real com a gente e com o restante da comunidade, onde você pode se divertir, fazer novos amigos e aprender coisas novas! Eu me divirto muito fazendo essas lives e já fiz várias novas amizades por lá, já que várias vezes a galera joga junto! :)

Siga o nosso canal na Twitch e ajude a compartilhar quando as lives estiverem acontecendo, quem sabe podemos nos tornar a maior comunidade gamer de Linux do mundo também, e vou te dizer, não estamos muito longe disso! 😎

Para concluir...


Eu tenho certeza de que você é uma pessoa ocupada, mas eu também tenho certeza que você gostaria de ver, não necessariamente o Diolinux, mas o Linux e o Open Source crescendo e sendo mais divulgado sem um monte de mitos que mal eram verdade há 15 anos, o que dirá nos dias de hoje.

Nos ajude a fazer isso, o seu compartilhamento tem mais poder do que você imagina. Siga-nos nas redes sociais e ajude a espalhar o conhecimento.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Você ainda pode participar do Padrim Diolinux e concorrer a prêmios!

Nenhum comentário

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

O final do mês está chegando, mas ainda há tempo para quem quer entrar para o Padrim Diolinux de Dezembro, que está pra lá de especial!

Padrim Diolinux






O Padrim do Diolinux é onde os nossos grandes amigos se reúnem para tornar a nossa comunidade mais sólida e fazer grandes amigos. Os nossos padrinhos e madrinhas se reúnem um grupo VIP e privado no Telegram para discutir de tudo, onde é possível ter acesso antecipado aos nossos conteúdos, participar de pesquisas e enquetes e sugerir novas pautas para o blog Diolinux e também para o canal.

Padrim Diolinux

Entrar no Padrim requer o investimento de apenas 1 Real por mês, exatamente! Não consigo imaginar qualquer um fazer muita coisa com apenas 1 real ao mês, mas além de participar do nosso grupo VIP você ainda pode participar de sorteios e doações que são feitas mensalmente, que vão desde cursos, produtos da nossa loja, até outros prêmios diferentes.

Para comemorar o Natal nós vamos enviar para um dos nossos Padrinhos um Smartphone Vernee X, com 6GB de RAM, 64 GB de armazenamento e processador Octa Core MediaTek Helio P23, fizemos uma review dele recente no canal, caso você queira assistir.

Se o projeto Diolinux já te ajudou em algum momento, considere ser um dos nossos padrinhos e nos ajudar a espalhar o Linux pelo Brasil e pelo mundo.

É só acessar Padrim.com.br/Diolinux e conhecer o nosso projeto!

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Linux para Games: Acompanhe as lives do Diolinux!

Nenhum comentário

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Nós estamos produzindo muito conteúdo ao vivo ultimamente e se você acompanha apenas o blog e o YouTube é bem provável que você tenha perdido muita coisa!

Canal de Lives Diolinux







Para nos acompanhar ao vivo basta clicar no botão abaixo:
Clique passa acessar o nosso canal de Lives na Twitch.tv
Recentemente nós demos mais um passo na direção de mostrar o quanto Linux pode ser utilizado por qualquer um que deseje, o blog com seus milhares de tutoriais e o canal com o seu "milhar" de vídeos já não são o suficiente!

Muitas pessoas ainda não aproveitam as distros Linux porque são apegadas a jogos que muitas vezes acreditam que só rodam no Windows, ou por acreditarem que Linux não serve para games, então a nossa investida é ir até os gamers na maior plataforma de streamers de jogos do mundo, a Twitch.tv e mostrar na prática que sim, é possível jogar e se divertir muito no Linux!

Já testamos diversos jogos nativos e via Steam Play e a lista vai seguindo, como GTA V, PES2019, Rocket League, Team Fortress 2, Dota 2, CS:GO, Ballistic Overkill, Mortal Kombat X, etc.

Atualmente estamos fazendo lives todos os dias, jogando, conversando, dando boas risadas e, acima de tudo, nos divertindo!

Calendário de Lives


Fique ligado no calendário para não perder nenhuma live novamente:

  • Segunda: Live começa às 19:40 hrs
  • Terça: Live começa às 19:40 hrs
  • Quarta: Live começa às 19:40 hrs
  • Quinta: Live começa às 21:00 hrs
  • Sexta: Temos live no YouTube (Diolinux Friday Show) às 19 horas e depois, continuamo na Twitch à partir das 19:40 também.
  • Sábado: Não temos lives todos os Sábados, mas não quando há, elas geralmente começam por volta das 15:00 hrs.
  • Domingo: Não há lives (por enquanto ao menos).
Sobre a divulgação:

Geralmente nós avisamos que a live está começando nas nossas redes sociais, Facebook, Twitter, Instagram, etc. Então basta ficar ligado para não perder.

Facebook
Twitter
Instagram

Outra forma é seguir o nosso canal no Telegram, você também recebe notificações por lá.

Uma vez que você acesse o nosso canal da Twitch e crie uma conta, você também receberá notificações de quando a Live estiver começando (lá esse negócio de notificações funciona bem).

Aguardo você na live de hoje! :)

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Participe do sorteio de um Smartphone Doogee Mix 2 no Padrim do Diolinux

Nenhum comentário

terça-feira, 31 de julho de 2018

Todos os meses nós presenteamos aqueles que nos apoiam através do Padrim e no próximo mês, teremos um prêmio especial, um Smartphone Doogee Mix 2!

DOOGEE MIX 2 SOrteio no Pádrim






Há alguns dias eu fiz a review do Doogee Mix 2 no canal, ele se mostra um Smartphone competente para as atividades de várias pessoas, para mais informações sobre ele, recomendo conferir o vídeo logo abaixo:


Como eu mencionei no vídeo, o Doogee Mix 2 não ficará mais comigo, ele será sorteado para um dos nossos queridos amigos do Padrim.

Desde que eu reformulei o Padrim do Diolinux, não tinha feito nenhum artigo aqui no blog para explicar como ele funciona e qual é a proposta.

Ao acessar padrim.com.br/Diolinux você verá a estrutura do projeto e as nossas propostas, assim como as recompensas que os apoiadores recebem, dentre elas, acesso ao nosso grupo privado no Telegram, onde os padrinhos podem interagir diretamente com as pessoas que fazem o blog e o canal, além dos outros padrinhos, é claro. 

Neste grupo os padrinhos e madrinhas geralmente tem acesso a conteúdos exclusivos dos bastidores do Diolinux, participam de enquetes e de sorteios, como é o caso do Doogee Mix 2.

Para participar do sorteio do Smartphone no próximo mês você deve se tornar padrinho ou madrinha ainda neste mês, pois as recompensas sempre são entregues no mês seguinte, quando o apadrinhamento é confirmado.

Quanto custa?


Provavelmente menos do que você pensa. Apenas 1 Real. Sim, você não leu errado, realmente é apenas R$ 1,00. Muitos padrinhos escolhem apadrinhar com valores maiores, mas isso é completamente opcional e não traz nenhum outro benefício prático, a não ser a nossa gratidão àqueles que nos ajudam a manter tudo por aqui funcionando.

Você pode deixar de apadrinhar o projeto quando quiser também sem complicação. :)

Em caso de dúvidas, entre em contato conosco por e-mail, mas certifique-se de ler antes a nossa proposta no Padrim, especialmente a sessão de FAQ, muito provavelmente você encontrar a resposta para sua pergunta por lá.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


32 ou 64 bits: Qual usar no meu PC?

Nenhum comentário

sábado, 21 de julho de 2018

Há um tempo fizemos um vídeo falando sobre a utilização de sistemas de 64 e 32 bits, tanto no Linux, quanto no Windows. No post de hoje vamos retomar um pouco dessa ideia e discutir quando cada um deles pode ser utilizado.







Sistemas operacionais podem ser projetados para serem utilizados em cima de processadores de 32 ou de 64 bits, sendo que um sistema de 64 bits, não consegue rodar em um processador de 32 bits, porém um sistema operacional de 32 bits, consegue rodar em um processador de 64. Isso quer dizer que você pode utilizar um sistema operacional de 32 bits, tanto em processadores de 32 quanto de 64 bits. 

No entanto, caso utilize Windows, um sistema de 32bits não conseguirá reconhecer mais do que 4gb de memória RAM (Exceto em versões especiais para servidores), isso quer dizer que você pode estar desperdiçando memória caso tenha mais memória do que isso. Já para isso no Linux, temos um recurso acessível a praticamente todas as distros chamado "Kernel PAE", sendo que "PAE" é uma sigla para “physical address extension”. O kernel PAE possibilita que sejam reconhecidos mais de 4 gigas de memoria RAM, mas ainda assim fica a dúvida: quando devemos utilizar um sistema de 32 bits e quando devemos usar um de 64 bits?

Bom, a resposta prática é: Quando seu processador FOR de 32 bits.

E para isso, talvez tenha que voltar muito no tempo para encontrar facilmente um processador que não seja 64 bits. Caso tenha um processador de 64 bits, opte por rodar um sistema de 64 bits, pois caso rode um sistema de 32 em um de 64 bits, além de desperdiçar um pouco do desempenho do seu processador, você pode estar jogando um pouco de memória RAM fora.

Existem pessoas que preferem colocar sistema de 32 bits em máquinas com pouca memória como netbooks por exemplo, pois os sistemas de 64 bits acabam usando um pouco mais de memória RAM que os de 32 bits, apesar de ainda não ser a melhor coisa a ser feita pois você acaba deixando de aproveitar melhor o processamento do CPU e o impacto na memória RAM, acaba nem sendo assim, tão grande.

Caso você não tenha entendido o que os processadores tem a ver com a escolha de um sistema 32 ou 64 bits, assista o vídeo abaixo, assim você pode entender melhor a relação entre eles. Esse conteúdo foi feito para leigos no assunto, então caso tenha um maior conhecimento e deseja estudar ainda mais, confira esse post com informações mais completas sobre o assunto.


Espero que esse post tenha ajudado você :)
Até mais!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


O que é um programa "pesado"

Nenhum comentário

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Uma das perguntas mais frequentes encontradas no canal, ou até mesmo aqui no blog, é “tal interface do Linux é pesada?”. Quando perguntamos se uma interface é ou não pesada, o que devemos levar em consideração? Ou melhor, o que é um programa pesado afinal de contas?


Podemos definir um programa pesado, tanto no linux, Windows ou macOS, como um programa que usa muitos “recursos da máquina”. Basicamente podemos incluir quatro itens em nossa lista na hora de verificar se um programa é ou não pesado para nosso computador. Estes itens são: processador, memória RAM, armazenamento e GPU.

Tendo em mente que esses são os recursos que você irá avaliar, fica muito mais fácil de escolher, por exemplo, a interface adequada para a sua máquina, se o intuito é escolhê-la por ser mais “leve”. 

Também é importante lembrar que um programa pode ser considerado pesado, mas não necessariamente nesses quatro itens, pois depende do que você está avaliando no seu computador. Podemos usar como exemplo o Cinnamon, a interface mais popular do Linux Mint.

O Cinnamon, por exemplo, pode ser considerado tanto pesado, quanto leve, dependendo do que você levar em consideração na hora de avaliar. Em comparação com outras interfaces disponíveis, se formos avaliar o uso do processador, ele é um ambiente gráfico leve, se estiver falando de memória, ele é um ambiente gráfico leve, se você está falando de disco rígido de armazenamento, ele também é ambiente leve, agora, se você estiver falando de gráficos, aí você poderá considerá-lo um ambiente mais pesado. Mas então Linux Mint é um sistema leve ou pesado? Depende do que você for avaliar.

Apesar de através de comparativos entre sistemas conseguirmos dizer quais são um pouco mais pesados que outros, devemos considerar também a potência do hardware que você tem disponível no seu computador, pois isso fará grande diferença na hora de considerar um sistema “leve ou pesado”. Confira o vídeo na canal, em que discutimos em detalhes o que podemos analisar em um programa para considerá-lo “pesado”.



Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Uma entrevista inusitada com Dionatan Simioni

Nenhum comentário

domingo, 27 de maio de 2018

Fazer um título de mim mesmo na terceira pessoa soa mais esquisito para mim do que para você, acredite! Mesmo assim, temos aqui uma oportunidade única de você conhecer um pouco mais sobre mim, sobre a minha trajetória, curiosidades sobre o blog e o canal Diolinux. Vai mudar a sua vida ouvir isso? Provavelmente não... mas ouve aí que é bacana! ;)

Dionatan Simioni Entrevista






O bate-papo descontraído foi feito no canal gNewlinux, onde eu, que geralmente entrevisto as outras pessoas, acabei dando uma entrevista bem bacana falando sobre muito mais coisas do que você imagina.

Agradeço ao Diego, dono do canal, por essa bela oportunidade.

O nosso bate-papo ficou tão longo que mesmo editando ainda ficou incrivelmente grande, e o Diego o dividiu em duas partes, então eu recomendo ouvir enquanto você desenvolve alguma outra atividade, assim, além de aprender mais sobre a minha história, você também não perde a produtividade, certo?

São dois vídeos de aproximadamente 40 minutos cada, confira logo abaixo:




Por fim, fica o convite para você conhecer o canal no qual eu concedi esta entrevista, o Diego é um cara muito gente boa e merece a sua visita com certeza. 


Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


5 passos para você iniciar sua jornada na área de Data Science

Nenhum comentário

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Você já deve ter ouvido falar sobre Data Science, Big Data e monte de termos aí relacionados com Inteligência Artificial.  Diante disso, cada vez mais pessoas estão interessadas em se tornar profissionais dessas áreas. Mas como começar?

Data Science





Comece com o básico


Se você ainda não conhece nada de Data Science provavelmente vai ficar confuso com tantos termos e conceitos novos.

O ideal é começar se inteirar do assunto para saber por qual caminho seguir. De preferência comece procurando conteúdo português, assim você vai minimizar a curva de aprendizado, uma das boas opções para encontrar conteúdo no nosso idioma é o blog Minerando Dados. Lá você irá encontrar artigos técnicos sobre Machine Learning, Manipulação de Dados, Análise de Dados, Conceitos e tarefas do dia a dia de um Cientista de Dados, é bacana pra quem está começando do zero.

Obviamente você vai encontrar muito material em inglês, isso não deve ser um empecílio

Disciplinas fundamentais


Como tudo que é novo requer estudo para ser feito de forma mais eficaz, estudar disciplinas que são a base para essas tecnologias é fundamental. 

Por exemplo, saber o básico sobre Matemática e Estatística já vai ser muito importante na hora de entender como os algoritmos funcionam. Em seguida, pesquise sobre linguagens de programação mais usadas, quais as melhores ferramentas utilizadas pelos profissionais e principalmente como instalar em sua distribuição Linux predileta, a maior parte desses projetos que podem ter um alto fator de escalonamento roda em Linux.

Linguagens Python ou R


R vs Python

Pesquise quais são as linguagens de programação e plataformas mais utilizadas em projetos nessa área. 

Por exemplo, se você gosta de Python já está um passo a frente, pois, uma grande parcela dos projetos de Data Science utilizam essa linguagem como principal.

O Python além de ser uma linguagem conhecida entre os desenvolvedores, também é muito bem aceita na comunidade acadêmica. Além de robusta e muito amigável, existem diversas bibliotecas prontas para trabalhar com Data Science. Veja aqui um exemplo de manipulação de dados utilizando uma biblioteca poderosa e perceba o poder dessa linguagem.

Essa linguagem por ser bastante difundida, se tornou um sucesso nessa área tanto pela sua capacidade, tanto pela sua simplicidade.

Outra linguagem que de grande peso nessa área é o R. O R é uma linguagem estatística muito usada na comunidade acadêmica, além disso, o R contém muitas bibliotecas e pacotes prontos para utilização. Bibliotecas para cálculos matemáticos, visualização de dados, processamento entre outras.

Por ser uma linguagem muito simples, tem se tornado uma linguagem bastante utilizada em projetos de Data Science. Isso levou o R a não ser mais uma linguagem somente utilizada na academia.

Então qual escolher? Python ou R?

Eu sugiro que você escolha a que mais lhe agradar. Realmente vai depender do projeto. Não tente estudar as duas linguagens de uma vez, você vai acabar perdido com tanta informação.

Recomendo fortemente que você escolha a linguagem que mais lhe interessa e estude ela.

Aprenda Machine Learning


Machine Learning

Não dá pra falar de Data Science sem falar de Machine Learning.

Machine Learning ou "Aprendizado de Máquina" é uma área que vem crescendo muito e está cada vez mais presente no nosso dia a dia. Um exemplo interessante é: 

Como o Google consegue classificar e-mails com “spam” para milhares de contas de e-mail? E vamos combinar que raramente ele erra né ? 

Conhecer sobre Machine learning é fundamental para qualquer Cientista de Dados, mas você não precisa conhecer e saber utilizar todos os algoritmos logo de cara. 

Para começar, escolha alguns algoritmos mais utilizados e procure aprender como eles funcionam e já está de ótimo tamanho.

Abaixo temos exemplos de tarefas que utilizam Machine Learning e que existem diversos artigos, tutoriais e livros disponíveis para você aprender sobre os algoritmos gratuitamente:

- Análise de Sentimentos: Essa tarefa é muito utilizada aplicando Machine Learning em textos, onde se quer que o algoritmo aprenda a classificar em positivo, negativo ou neutros dados de teste.

- Predição de Valores: Essa tarefa normalmente utiliza algoritmos de Machine Learning que utilizam regressão para aprender padrões e predizer valores. Um exemplo muito conhecido seria predizer preços de imóveis de uma região.

- Agrupamento de Dados: Algoritmos que fazem agrupamento de dados utilizam Machine Learning para descobrir informações semelhantes nos dados as quais permitem criar grupos similares. Uma aplicação desse tipo de algoritmo é um banco que quer agrupar clientes em categorias sem ter que definir critérios muito bem estabelecidos para isso.

- Reconhecimento de Imagens: Esta é uma tarefa muito bem utilizada pelo Facebook. A rede social utiliza algoritmos de Machine Learning para identificar rostos das pessoas através das fotos.

Os exemplos mencionados acima são muito utilizados hoje em dia, isso mostra que Machine Learning veio para ficar e a tendência é que teremos cada vez mais soluções utilizando essa tecnologia. 

Colocando a "mão da massa"!


A melhor forma de aprender algo é colocando em prática. Mas como começar ? 

Bom, uma ótima forma de começar a aprender sobre essas tecnologias é buscando bases de dados gratuitas e praticando em projetos pequenos. Um site muito interessante é o Kaggle, neste você pode fazer download de diversas bases de dados gratuitamente e começar a brincar com os dados.

Como mencionei no início, para quem quiser baixar material em português e encontrar bases de dados para download, juntamente com códigos gratuitos, pode encontrar no Minerando Dados.

Além do blog que citei acima, segue outras fontes de estudo para você conferir, aprecie sem moderação :)

  1. Blogs sobre Data Science:
  2. Python: Python Brasil
  3. Estatística: Statitics.org

Espero que esse artigo tenha te ajudado na caminhada para iniciar na área de Data Science!

Agradeço ao Rodrigo Santana Ferreira pela colaboração com o texto.

Até a próxima!

_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Confira a minha palestra na íntegra!

Nenhum comentário

quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

Em Outubro deste ano eu apresentei na Campus Party de Pato Branco-PR e na Latinoware a palestra "Dossiê dioLINUX", nela eu relevei o resultado de uma grande pesquisa feita entre usuários Linux leitores do blog nos últimos dois anos.

Dossiê dioLINUX






A ideia era mostrar alguns dados estatísticos à respeito de curiosidades e "padrões" dentro do "mundo Linux", ou pelo menos, mostrar um pouco das preferências dos nossos leitores.

Na palestra foram abordados temas como: Qual a interface gráfica mais utilizada? Qual a distribuição Linux que as pessoas mais gostam? Onde as pessoas mais usam Linux? Em casa, no trabalho? Em servidores? Dual Boot? 

Prepare as pipocas e confira, e ahh! Não esqueça de se inscrever no canal caso ainda não for inscrito, assim você pode acompanhar os próximos vídeos :)



Gostaria de agradecer aos organizadores do evento, as pessoas que participaram da palestra no dia e claro, as pessoas que participaram da pesquisa! 

Foi muito bom conhecer as pessoas que acompanham o blog e o canal pessoalmente, uma troca de experiências sem descrição, inclusive, eu até fiz um outro evento à respeito das minhas atrações favoritas na Campus Party, você pode ver clicando aqui.

Você pode deixar a sua opinião sobre a palestra e os resultados nos campos de comentários logo abaixo, até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Adobe Creative Cloud no Linux - Um Script "Mágico" que automatiza a instalação no PlayOnLinux

Nenhum comentário

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Para algumas pessoas a migração para a plataforma Linux ainda é complicada pela falta das ferramentas da Adobe nativas, especialmente para aqueles que trabalham já há muitos anos com elas, qualquer mudança é complicada e isso é compreensível, ainda que em linhas gerais existam ferramentas alternativas e eficientes, você ainda assim pode querer utilizar a suíte da Adobe. Neste caso, ou você utiliza um sistema em Dual Boot (Windows ou macOS) ou apela para virtualização e para o Wine.

Adobe Creative Suite






Caso você opte pelo Wine, existem várias possibilidades, porém, antes de prosseguirmos eu gostaria de deixar clara a minha posição quanto ao Wine: Ele é um paliativo, ou seja, não encare ele como a solução padrão para o seu problema, muitos podem o chamar até de "gambiarra", mas eu vejo o Wine como um projeto de grande valor de engenharia, que quando funciona, pode ser utilizado sem problemas, afinal, no fim das contas é isso que importa, certo?

O ideal, é claro, é sempre usar as ferramentas nativas da plataforma que você for usar, mas em muitos casos o Wine se mostra eficiente o suficiente para você trabalhar. Se você ainda tem uma dependência do Photoshop, por exemplo, mas gostaria de utilizar o GIMP, considere conferir o projeto PhotoGIMP que mantemos aqui no Diolinux, eu utilizo ele diariamente e acaba sendo muito confortável para quem aprendeu a editar imagens com o Adobe Photoshop, ele funciona inclusive no Windows, caso você prefira usar o GIMP no sistema da Microsoft.

Falando nele, se você só tem a intenção de instalar o Photoshop pelo Wine (no caso, pelo PlayOnLinux), temos aqui um vídeo só para isso.




Se você quiser ver um pouco mais sobre o assunto da Adobe e o Linux, este outro vídeo também será interessante.

Um script "milagroso"


Vamos ao tópico do artigo em si. No vídeo anterior eu mostrei como instalar somente o Adobe Photoshop, contudo, a suíte da Adobe é composta de vários outros softwares que podem ser úteis para você. Para realizar este experimento nós vamos utilizar um software chamado PlayOnLinux.

Muita gente pensa que o Wine e o PlayOnLinux (e o CrossOver) são coisas diferentes, mas na verdade os dois últimos são apenas interfaces para o primeiro (para o Wine).

O PlayOnLinux é grátis e é encontrado nos repositórios de todas as distros, possuindo até uma versão para macOS, chamada de PlayOnMac, que permite que os usuários "da maçã" possam rodar jogos e aplicações que só existem no Windows em seus sistemas. A intenção do PlayOnLinux (ou PlayOnMac) tem um propósito único: Fornecer ao usuário uma interface repleta de recursos para trabalhar com o Wine, gerenciar suas versões e, o que vem ao caso agora, utilizar scripts prontos para automatizar a instalação de determinados programas.

Se você quer aprender mais sobre o PlayOnLinux é necessário ter um pouco de paciência, ele é um software com muitas opções de configuração, mas para a sua sorte nós temos um vídeo no canal (bem longo) que detalha praticamente tudo o que é necessário saber sobre essa ferramenta, é grátis, então aproveite:


1 - O primeiro passo para usar este Script que instala a Adobe Creative Suite Manager no Linux é baixar o PlayOnLinux, então faça como preferir, geralmente você o encontra na Central de Aplicativos da sua distribuição.

2 - O segundo passo é baixar o Script que instala a Creative Suite, você pode baixar ele daqui. 

Dica: Acesse a página no GitHub onde o Script está hospedado, pressione Ctrl+S e escolha onde você quer salva-lo.

Depois de baixado o Script, basta rodá-lo através do PlayOnLinux. Com o software aberto, vá até o menu "Ferramentas" e selecione a opção "Executar um Script local".

Rodando o Script

Uma janela vai se abrir para você navegar pelos seus arquivos e escolher o Script que você baixou do GitHub, basta selecionar e avançar. Depois disso teremos uma grande sessão de "Next, Next, Finish", como a maior parte dos programas do Windows.

Rodando o Adobe Script no PlayOnLinux

Adobe Creative Suite Linux

Eventualmente o PlayOnLinux vai pedir a sua permissão para baixar algumas coisas, como o Mono, o Gecko e alguns outros componentes que serão úteis para rodar o Manager da suíte da Adobe. Apenas clique em instalar.

Adobe Creative Suite Linux

Ao finalizar a instalação, uma janela com o gerenciador de softwares da Adobe vai se abrir, você deve se logar com a sua conta da Adobe normalmente, assim como faria no Windows ou no macOS, se você já tem as licenças para usar os softwares compradas para a sua conta, eles vão estar disponíveis automaticamente em suas versões completas.

Adobe Creative Suite Linux

Caso você não tenha os programas comprados, é possível usar a "versão de avaliação" de cada um deles por 30 dias.

Gerenciador da Adobe no Linux

Basta selecionar os softwares que você quer instalar, depois do "Adobe Application Manager" baixar os softwares você poderá iniciá-los.


Ao abrir qualquer um deles, você poderá usar a versão trial ou entrar com os seus dados para usar a versão completa também. As atualizações também funcionam corretamente, eu instalei o Photoshop e atualizei ele para uma versão mais recente pelo próprio aplicativo.


Atualização de programas da Adobe


Photoshop no Linux

Photoshop no Linux

Photoshop no Linux

Adobe Photoshop no Linux

Não cheguei a testar todos os programas, mas dentre os que eu testei tive resultados diferentes. O Photoshop funciona perfeitamente, sem tirar e nem pôr. Já o Illustrator abre e funciona também, mas percebo glitches na interface.

Adobe Illustrator

Repare em como as ferramentas ficam distorcidas do lado esquerdo.  Curiosamente, eu já consegui rodar o Adobe Illustrator sem estes problemas usando o mesmo prefixo do Photoshop que eu mostrei no primeiro vídeo deste artigo, então se você precisa dele, usar aquele método pode ser uma alternativa.

Adobe Ilustrator Linux


O Audition, que foi o outro que eu testei, nem abriu, contudo, é muito possível que com ajustes finos no PlayOnLinux você tenha resultados melhores. Depurando o Audition, percebi que ele precisa de uma DLL chamada "AuUI.dll", talvez instalado ela, funcione.

Outro que funciona perfeitamente é o Fireworks. Já vi muitos desenvolvedores Web reclamarem que recebem imagens do feitas no Adobe Fireworks com várias camadas para templates de páginas e terem dificuldade de lidar com isso no Linux eventualmente.

Fireworks no Linux

Outro "queridão" dos fotógrafos que funciona perfeitamente é o Adobe Lightroom:

No Linux, rodando um software de Windows pra editar o wallpaper do macOS xD 

Uma dica legal é criar atalhos para os programas, assim você pode iniciar eles individualmente sem precisar abrir o programa de gerenciar softwares da Adobe.

Você encontra a opção de criar atalhos na guia "Geral" nas configurações do prefixo do PlayOnLinux, em caso de dúvidas, consulte o vídeo manual que eu coloquei anteriormente no artigo.

Criando atalhos

Minha opinião sobre o Script


Como comentei a principio, isto aqui nada mais é do que um paliativo. Caso funcione, ótimo! Use e seja feliz! Mas não ponha todas as suas esperanças aqui, alguns programas como o Photoshop realmente funcionam muito bem, quase como se fossem nativos, não fosse a não integração com o gestor de arquivos original da distro, usando o do Wine, mas isso é um detalhe pouco relevante para o contexto geral.

Falando do Script, ele promete instalar o gerenciador de softwares da Adobe e da fato, isso ele faz, mas os programas que compõem a suíte não utilizam todos os mesmos recursos do seu computador e do sistema, de modo que alguns ou não funcionaram (pra mim pelo menos), ou funcionaram com bugs, caso do Illustrator, entretanto, felizmente alguns dos mais famosos rodaram sem problemas aparentes.

Trabalhando com alternativas mais viáveis


É bom deixar claro que existem ferramentas que são multiplataforma, ou seja, que você pode usar não somente no Linux, mas no Windows e no macOS também, e que são extremamente poderosas. Se você costuma acompanhar os nosso DioCasts, já deve ter visto a quantidade de convidados que nós já trouxemos que usam Linux para trabalhar com artes gráficas e audiovisuais. Vou deixar alguns episódios como sugestão aqui para você conferir, mas se você der uma vasculhada vai encontrar muitos mais:





Estes 4 episódios acima somados dão cerca de 4 horas de conteúdo relacionado ao tema com vários profissionais de cada uma das áreas, vale a pena conferir se você ainda está relutante e tem dúvidas sobre essas profissões utilizando softwares que rodam no Linux. Você pode simplesmente deixar eles rolando no seu navegador enquanto faz outras atividades e curte o conteúdo, tenho certeza que será muito proveitoso.

Eu vou ficando por aqui, espero que o artigo tenha sido útil e que te ajude de alguma forma! :)

Se você achou o conteúdo bacana, uma forma de você pagar este esforço sem gastar nada é compartilhar nas suas redes sociais, marcar os seus amigos e mostrar este conteúdo para eles também, assim você nos incentiva a continuar criando este tipo de material.

Até a próxima!
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo