Diolinux - O modo Linux e Open Source de ver o Mundo

Responsive Ad Slot

Mostrando postagens com marcador dolphin-emu. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador dolphin-emu. Mostrar todas as postagens

Sistematicamente, até mais…

Nenhum comentário

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

Infelizmente estou me afastando da equipe de redatores do Diolinux, agradeço a todos os leitores que acompanharam e leram minhas postagens no decorrer do ano de 2019. Todo ciclo tem seu início, meio e fim, talvez para um novo processo, aquela reviravolta na história ou uma mudança temporária.

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade

É curioso pensar no Diolinux, sem todas as situações e problemas resolvidos por este blog em minha vida, além do conhecimento e amadurecimento de ideias e pontos de vista, claro. Tudo isso antes mesmo de compor a equipe de redatores e escrever sobre uma das coisas que mais amo na vida, tecnologia.

Para quem não acompanha meu trabalho no canal OSistemático, saiba que durante muito tempo venho lutando contra alguns problemas de saúde que vêm tirando minha paz e sono. Aliás, não era incomum me encontrar altas horas da madrugada estudando ou bolando algo para um próximo post, ou vídeo. Às vezes a forma que ludibriei as intensas dores, foram justamente incontáveis horas de buscas por assuntos voltados à tecnologia. Digamos que por um tempo, ocupando a mente, o corpo “dava uma folga”. Contudo, o ano de 2019 vem sendo um misto de dor e prazer. O engraçado que muitos afirmam que ambos andam lado a lado, digamos que existe um fundo de verdade nisso (😁️😉️😈️).

Retrospectiva 2019 (faz de conta)


Você recorda qual foi a minha primeira postagem aqui no blog Diolinux? Uma de minhas paixões, games! Especificamente uma matéria sobre o emulador de Nintendo 3DS, o Citra. Falando um pouco dos bastidores, a imagem da capa “fugia um pouco do padrão do site”, mas a imagem final foi se encaixando à proposta do Diolinux. Aquele tipo de ideia que só surge dentro de uma mente sistemática (😁️😁️😁️).

Abaixo você pode conferir a capa que foi reprovada, ainda bem o resultado ficou muito superior, e para ver a capa final acesse a postagem sobre o Citra.

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade-capa-citra

E não parou por aí, a capa utilizada em minha quarta postagem acabou tendo um de seus elementos utilizados em um projeto bem conhecido. Estou falando da matéria que escrevi sobre o AppImageHub, um site que concentra aplicações Linux neste formato de empacotamento. O ícone que criei, inspirado na logo do software da Snap Store, está sendo utilizado no site appimagehub.com, como bem pode ser visto na print logo abaixo (pena não terem atribuído a imagem a minha pessoa 😂️😂️😂️).

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade-icone-appimagehub.com

Também houve diversas postagens capciosas, assim digamos, que tive o prazer de escrever e a participação de vocês nos comentários foi excepcional. Abordei variados temas, obviamente a maioria com foco em tecnologias Open Source, mas o Windows e postagens relacionadas tiveram boa recepção. Matérias, como: “Microsoft revela o futuro do Windows”, “Windows 7 com data para morrer, e agora, o que fazer?” e “Você realmente precisa do Windows?”, são exemplos que posso destacar. Inclusive uma das minhas capas preferidas, estava inspirado no dia, foi sobre o Windows Phone/Mobile e seu fim oficial.

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade-windows-phone-mobile-capa

Matérias sobre jogos é o que não falta, tive a oportunidade de transmitir parte dos conhecimentos que tenho com emuladores e opinar, em temas e notícias sobre games. Lá vai uma listinha rápida de tutoriais e verdadeiros guias-rápidos de alguns emuladores disponíveis para Linux.


Games são uma paixão, e mesmo não jogando a quantidade que gostaria, me empolgo sempre que abordo o tema. Quem se recorda do “Projeto de lei que quer proibir jogos violentos no Brasil”, algo que em meu ponto de vista é uma tremenda bizarrice. Um assunto que rendeu bastante, foi “Linux e a pirataria nos jogos”. Sabemos que uma das maiores barreiras na inserção de Linux no mundo dos jogos, são os anti-cheats. Outro tema amplamente discutido ao decorrer do ano de 2019 aqui no blog Diolinux.

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade-steam-jogos

Entre notícias, tutoriais, dicas de apps (sejam eles para Android ou alguma distro Linux desktop) minha jornada no Diolinux foi repleta de opiniões, erros e muitos acertos. Sempre tive a liberdade de expor meu pensamento e escrever sobre temas que julgava ser interessantes. Falei sobre o Ubuntu Touch, se tinha morrido ou não. Testei inúmeros aplicativos e pequenas séries, além das de emuladores, se concretizaram. Posso citar a relacionada aos vários players de música que testei e passei a gostar. Se ainda vale a pena usar o Ubuntu 18.04 LTS ou até mesmo o Deepin. Falando em Deepin, apostei alto especulando uma possível parceria com a gigante chinesa Huawei. O palpite foi certeiro, pouco tempo depois a empresa começou a oferecer equipamentos com a distro Linux, e quem sabe mais o que poderá ocorrer com a nova versão do sistema.

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade-huawei-deepin

Escrever é algo que surpreende, quantas vezes fiz postagens que fizeram grande sucesso, enquanto outras que me empolgaram não tiveram a mesma quantidade de views. Uma que me lembro até hoje é esta: “Em dúvida ao escolher um nome para seu app, marca ou projeto?”. É uma de minhas favoritas, na qual mesclei a original com minha pitada pessoal. No entanto, ela não caiu no gosto das massas (😁️😁️😁️). E olha que tem até easter eggs sobre OSistemático. “10 Dicas para novos usuários de Linux/Ubuntu” é outra postagem que indico a leitura, como “O que leva um novo usuário desistir do Linux?”.

A criatividade foi uma das características que mais desenvolvi, aprender a controlar os processos criativos e burlar os bloqueios, acabou somando em minhas perícias.

Me diz se você algum dia imaginou o Dio chinês? Ou quem sabe sem sua barba e criança?

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade-avatar-criança--sem-barba-chinês-bebê

Toda equipe Diolinux sempre foi muito solicita e compreensiva em momentos de dificuldade, uma verdadeira família. E como toda família, passamos por altos e baixos. Discussões, alegrias, reuniões, treinamentos, brincadeiras, trabalho e muito mais.

Contribuir com um dos maiores sites de tecnologia, Open Source e Linux, no Brasil foi e é uma realização profissional. Ter a oportunidade de somar com projetos, como o PhotoGIMP, criando a logo é algo que sempre ficará marcado em meu coração. 

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade-logo-photogimp

OSistemático me trouxe até aqui!


Focar no trabalho e fazer o que gosta sem esperar nada das pessoas, pode lhe levar a lugares nunca imaginados. O Diolinux sempre foi o “pontapé inicial” para o surgimento do meu projeto OSistemático. Não faz muitos anos em que passei a utilizar Linux conscientemente, por ironia do destino me deparei algumas vezes com este blog durante seu nascimento. Confesso que nunca fui de acompanhar sites e blogs, apenas consumia quando necessário ou me convinha. Contudo, um canal no Youtube de mesmo nome me chamou a atenção. Não tinha muitos vídeos, uns dois ou três. Neste período nem conta no Youtube tinha, mas passei a acompanhá-lo mesmo assim. Linux e jogos, algo que gostava e já no primeiro dia me fez sentir uma vontade de criar um canal parecido.

Anos se passaram, aprendi a gostar do blog e canal Diolinux e também me inspirar, concordar e discordar de suas opiniões. O projeto OSistemático foi criado e quando menos esperava, estava participando de lives (ou conversando) no Diolinux e canais no cenário Linux que admiro muito, como: Madrugueds, Fast OS, Tuxter Games, Livre Software, Toca do Tux, Araras Studio (outrora Fosloks), entre outros. Sempre sendo verdadeiro e expondo minhas opiniões, ideias e jeito de ser. 

despedida-diolinux-osistematico-sistematico-henriquead-redator-linux-comunidade-canal-youtube

Se hoje estou me despedindo, talvez mesmo que temporariamente, do Diolinux é graças ao OSistemático que me trouxe até aqui. Como, também, as pessoas que conheci através dele e passei a mais que admirar, poder chamar de amigos.

Obrigado a todos os leitores, estou me afastando para dar foco em meu tratamento no ano de 2020, porém, continuarei a participar de lives no Diolinux e postar vídeos em meu canal (devagar, devagarinho vídeos serão produzidos, o foco é minha saúde). Então, convido a se inscreverem nos canais que mencionei anteriormente e também no OSistemático. Se não conhecia meu trabalho lá, aposto que vai gostar. 

Muito obrigado à família Diolinux, e a você Dionatan Simioni por permitir compor essa equipe incrível e por ser um líder notório, cativante, compreensivo, forte, profissional e amigo. Nunca trabalhei em um lugar que, mesmo com as diversidades e atritos, poderia chamar de família.

Participem da comunidade Diolinux Plus, e fiquem ligados no blog Diolinux.

Só ao nível de curiosidade, comecei com uma postagem sobre emulador e terminei com outra. Inconscientemente sendo sistematicamente sistemático (🤔️😉️😋️).

Até o próximo post, te espero aqui no blog Diolinux e em meu canal, SISTEMATICAMENTE! 😎️


Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Emuladores que utilizam OpenGL ganham aumento de performance graças ao multithreading

Nenhum comentário

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Emuladores que utilizam OpenGL agora poderão ter desempenho melhorado, graças a utilização de mais núcleos do processador. A mudança beneficiará jogadores que possuam processadores com vários núcleos e threads.

opengl-emulador-dolphin-citra-yuzu-nintendo-3ds-processador-multithreading-multiprocessador

Emulação de jogos é uma paixão que nutro por muitos anos, e não é atoa que minha primeira postagem no Diolinux foi justamente sobre um emulador. Além de ter possuído diversos títulos e consoles, vejo na emulação uma forma de manter vivo, clássicos que se assim não fosse, jamais poderiam ser apreciados no momento. Por vezes é mais prático jogar diretamente em meu computador, ao invés de ligar meu console. No entanto, em alguns casos a emulação não entrega uma performance digna ou semelhante ao hardware real na qual o jogo foi pensado.

OpenGL é uma API gráfica livre utilizada por diversos softwares mundo afora, e justamente vários emuladores o utilizam para encarregar-se da parte gráfica do jogo. Obviamente, que soluções alternativas existem no mercado, e por muitas vezes mais de uma API gráfica é utilizada. Posso citar o Vulkan, como uma das que vêm sendo implementadas em diversos programas deste segmento, e proporcionando um ótimo desempenho.

Não é incomum encontrar usuários com computadores poderosos tendo alguma dificuldade no ato da emulação, pois, mesmo possuindo um processador com diversos núcleos e uma GPU dedicada, o emulador não consegue fazer todo proveito deste hardware. O OpenGL era um destes elementos que impossibilitava a extração de máximo poder do processamento durante uma emulação. Há dois anos o suporte a distribuição de múltiplos processos de forma simultânea através de diversos núcleos de CPUs, foi implementado graças ao engenheiro de software Marek Olsák da AMD. Contudo, apenas jogos (nativos e via Wine/Proton e afins) estavam recebendo essa implementação, sendo que emuladores que usavam OpenGL não vinham se beneficiando deste método. Na época da implementação, jogos foram tiveram um ganho considerável em seu desempenho. Alguns, como Alien Isolation, Border Lands 2 e BioShock Infinite tiveram um acréscimo de mais de 50% em performance durante a jogatina.

opengl-emulador-dolphin-citra-yuzu-nintendo-3ds-processador-multithreading-multiprocessador

Agora os emuladores começam a receber o tão cobiçado recurso multithreading do OpenGL e aumentarem a eficiência durante a emulação utilizando a API livre.

Testes foram realizados com um processador Intel Core i7-8550U de quatro núcleos e quatro threads (núcleos virtuais), com gráficos UHD 620 integrados. Utilizando o driver i965 Mesa que a pouco tempo recebeu suporte ao multiprocessamento.

O Dolphin (emulador de Nintendo GameCube e Wii) obteve um aumento de 17%, passando de 75 para 88 fps no jogo Super Mario Galaxy, já o Citra (emulador de Nintendo 3DS) recebeu um ganho de 12%, passando de 81 para 91 fps no game The Legend of Zelda: A Link Between Worlds. Até emuladores mais novos, como o Yuzu (emulador de Nintendo Switch) teve um maior desempenho, atingindo um aumento de 29%. É claro que o desempenho não é apenas uma responsabilidade do OpenGL ou processador. Existe todo um conjunto para um bom funcionamento, sendo que uma GPU inferior ao processador pode muitas vezes impedir uma jogatina mais satisfatória (o famoso gargalo). 

opengl-emulador-dolphin-citra-yuzu-nintendo-3ds-processador-multithreading-multiprocessador

Para acessar os dados dos testes, basta clicar neste link.

Você curte jogos? Tem algum título de paixão que jogava no console e também joga via emulador? Deixe nos comentários a sua opinião sobre a melhora no desempenho em emuladores que fazem uso do OpenGL.

Faça parte de nosso fórum Diolinux Plus, compartilhe este conteúdo, SISTEMATICAMENTE! 😎



Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.

Emulador de Nintendo Wii e GameCube, Dolphin Emu no Linux

Nenhum comentário

segunda-feira, 26 de agosto de 2019

A comunidade de gamers no Linux vem crescendo a cada ano, sejam games via Steam, Wine ou quaisquer que sejam os meios. O cenário “retro gamer” é bem presente e forte na plataforma do pinguim. Existem até distribuições com foco em emulação de consoles antigos. Hoje apresento um dos melhores emuladores disponíveis no Linux, o Dolphin Emu.

dolphinemu-dolphin-emulador-nintendo-gamecube-wii-linux-mint-ubuntu-ppa-flatpak

O Dolphin Emu é capaz de emular duas gerações distintas de consoles, o Nintendo GameCube e o Nintendo Wii. Não confunda o Dolphin Emu com o gerenciador de arquivos do projeto KDE, já vi algumas pessoas se confundirem por conta disso.

O emulador é software livre e sempre está em constante desenvolvimento, sendo que a cada nova versão sua performance melhora drasticamente. Os games podem ter sua resolução escalonada (em até 5K), melhorando muito seu visual. A compatibilidade com diversos joysticks é um ponto a se destacar e em todos os anos que venho utilizando o Dolphin Emu, nunca vi um que não tenha sido reconhecido. Outras características interessantes, como: contador de fps, modo multiplayer online e local, presets de joysticks, suporte aos joysticks originais de cada console, resolução Full HD (indo além da resolução original dos jogos), e muito mais.

dolphinemu-dolphin-emulador-nintendo-gamecube-wii-linux-mint-ubuntu-ppa-flatpak

Caso esteja interessado, o emulador é multiplataforma e existem versões para Linux, Windows, macOS e Android (para plataformas mobiles). Acesse seu site oficial, para mais detalhes.

dolphinemu-dolphin-emulador-nintendo-gamecube-wii-linux-mint-ubuntu-ppa-flatpak

Dolphin Emu diretamente do repositório oficial (da distro)


Você pode encontrar o emulador diretamente da loja de sua distribuição, no Ubuntu o programa encontra-se na versão 5.0 e pode ser instalado tanto pela interface gráfica ou terminal. Essa opção não é a mais atual, caso não se importe com versionamento ou possíveis melhorias de performance dos mais recentes lançamentos, basta pesquisar por: “Dolphin Emu” e instalar pelo Ubuntu Software (Gnome Software) ou loja de sua distro.

dolphinemu-dolphin-emulador-nintendo-gamecube-wii-linux-mint-ubuntu

No terminal é muito simples também.

Instale o Dolphin Emu via terminal:

sudo apt install dolphin-emu

Removendo o Dolphin Emu:

sudo apt remove dolphin-emu

Dolphin Emu via PPA


Existem várias formas de se obter o Dolphin Emu em sua distribuição Linux, o emulador encontra-se na maioria dos repositórios, porém, nem sempre a versão será a mais recente. Alguns preferem compilar diretamente do GitHub (não tão prático para um iniciante), enquanto outros via PPA.

Para instalar o Dolphin Emu no Ubuntu, Mint ou derivados. Segue abaixo todos os comandos necessários.

Adicione o PPA do Dolphin Emu:

sudo add-apt-repository ppa:dolphin-emu/ppa

Atualize a lista de pacotes:

sudo apt update

Instale o Dolphin Emu via PPA:

sudo apt install dolphin-emu

Agora se deseja remover de seu sistema, prossiga desta maneira.

Removendo o Dolphin Emu:

sudo apt remove dolphin-emu

Removendo o PPA do seu sistema:

sudo add-apt-repository -r ppa:dolphin-emu/ppa

Não se preocupe com todos estes comandos de terminal, seu intuito é ser bem simples e direto ao ponto. No entanto, você poderá fazer todo esse procedimento sem abrir o terminal. Ensinamos como instalar programas via PPA por interface gráfica nesta postagem, acesse e faça sem digitar uma linha na famigerada telinha preta (se é o que deseja).

Mesmo o PPA sendo mantido pela equipe do Dolphin Emu, suas atualizações não são tão constantes, como a terceira opção que irei demonstrar. Particularmente não creio que a adição de um PPA seja necessário em pleno 2019, salve poucos casos, ficando a seu cargo. Curiosamente, mesmo tendo um dos membros do projeto Dolphin Emu mantendo o PPA e no site oficial existir a indicação do mesmo. No Launchepad do Ubuntu, é descrito que as builds não são oficiais (vai entender 😵😵😵).

Dolphin Emu via Flatpak


O Dolphin Emu está disponível no repositório Flathub, curiosamente, sua versão em Flatapk recebe mais atualizações e na maioria das vezes está em versões superiores a do PPA (sempre venho observando, até o momento nunca vi a versão do PPA na frente ou equiparada com os lançamentos do Dolphin Emu Flatpak). O motivo disso? “Mistérios da meia noite” (😁️😁️😁️).

Antes será necessário adicionar o suporte a Flatpak em seu Ubuntu, por sorte essa postagem demonstra todo procedimento.

Outras distros podem ser configuradas conforme descrevemos aqui (o repositório Flathub deve ser adicionado ao sistema, logo abaixo demonstrarei). Com tudo pronto, pesquise na loja por: “Dolphin Emu” e escolha a opção em Flatpak (usuários de Linux Mint não precisam configurar nada previamente).

dolphinemu-dolphin-emulador-nintendo-gamecube-wii-linux-mint-ubuntu-ppa-flatpak-flathub

Obviamente que o procedimento pode ser feito com auxílio do terminal.

Adicionando o repositório Flathub via terminal:

flatpak remote-add --if-not-exists flathub https://flathub.org/repo/flathub.flatpakrepo

Instalando o Dolphin Emu Flatpak via terminal:

flatpak install flathub org.DolphinEmu.dolphin-emu

Removendo o Dolphin Emu Flatpak via terminal:

flatpak remove org.DolphinEmu.dolphin-emu

Instalando o Dolphin Emu, você poderá jogar seus títulos do Nintendo Wii e GameCube com vantagens e facilidades que só a versão emulada traz. Outro ponto interessante é que instalando o emulador via PPA ou Flatpak, a opção gráfica de utilizar o Vulkan, além do OpenGL estará disponível. Algo não presente no emulador instalado diretamente do repositório do Ubuntu.

Faça parte de nosso fórum Diolinux Plus, e fique por dentro das novidades.

Até o próximo post, te espero aqui no blog Diolinux, SISTEMATICAMENTE! 😎
_____________________________________________________________________________
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, clique aqui.


Lançado Dolphin Emulator 4 - Como instalar no Ubuntu e no Linux Mint

Nenhum comentário

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Nova versão do Dolphin Emulator lançada para Linux, Windows e Mac

O meu mais querido emulador de videogame para Linux acaba de ganhar uma nova versão com mais de 2500 bugs corrigidos e com suporte ainda melhor para jogos de Nintendo Wii e Game Cube.
A nova versão traz também novos ícones à interface do programa e um novo ícone no menu também.

Dolphin Emu 4


Instalação

No terminal:
sudo add-apt-repository ppa:glennric/dolphin-emu 
sudo apt-get update 
sudo apt-get install dolphin-emu-master


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Jogando no Linux - Contra ReBirth

Nenhum comentário

domingo, 28 de julho de 2013

O Run and Gun que fez história está de volta!

Olá pessoal! Que belo dia para reviver um clássico dos fliperamas e Vídeo Games! Hoje fizemos um gameplay de Contra ReBirth usando o Ubuntu, um game que nasceu para reviver a série. Confira, deixe seu Like e se ainda não é inscrito no Canal Inscreva-se!



Se alguém quiser instalar o Dolphin Emu para rodar esse game no Linux veja este artigo.

Até a próxima!


Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Como configurar os controles do Dolphin para jogar com o mouse e o teclado

Nenhum comentário

terça-feira, 2 de julho de 2013

Aprenda a configurar o Emulador Dolphin para jogar no seu computador

Controles de Nintendo Wii e GameCube


Olá pessoal, a dica de hoje o emulador que eu mais gosto no mundo Linux vai ajudar a outros gamers a conseguir jogar os seus games favoritos diretamente no PC.




Configurando as teclas do Dolphin

Configurar as teclas do Dolphin é simples, o problema é que os controles do Nintendo Wii são no mínimo excêntricos, com o Wii Remote e o Nunchuck o que torna a configuração um pouco confusa e necessária pois alguns games exigem por exemplo que você "sacuda" o controle para efetuar determinada ação, e não adiante chacoalhar o mouse e muito menos o teclado.

Configurando as teclas para jogar games de Nintendo Wii

Vá em opções>>configuração de Wiimote nesta sessão você pode configurar mais de um controle, mas vamos configurar apenas um, selecione a opção Emular Wiimote e clique em configurar.
Agora basta você deixar a configuração como na imagem abaixo, clique nela para ampliar, ou baixe para o seu computador:

Configuração do Wiimote para jogar com teclado e mouse
Onde aparece "Click" corresponde aos botões direito ( 2 ) e esquerdo ( 1 ) do mouse
Para alterar as teclas bastas você clicar no campo que você quer alterar e em seguida pressionar a tecla que você deseja que seja atribuída ao botão.
Deixe exatamente como na imagem acima e você conseguirá jogar qualquer game de Wii, repare que alguns campos ficaram em branco, mas não se preocupe eles não são necessários, saia clicando em OK.

Configurando para jogar Gamecube

O GameCube é um videogame às vezes subestimado e não teve tanto sucesso quando o seu concorrente da época, o Play Station 1, mas possui muitos games e títulos de peso, como os primeiros Resident Evils.
Para configurar os controles desse você deve ir até a o menu Opções e ir em Configurações do controle de gamecube e nesse caso você pode configurar como quiser por o controle de GameCube é um controle normal, sem sensores de gravidade, então basta você clicar na tecla que quer editar e depois pressionar a tecla que deseja.
Para games de GameCube recomendo o uso de um JoyStick.
E quais games podem ser jogados com este emulador?
Bom sempre estamos postando alguns games e com uma análise super completa, confira:
Até a próxima!




Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Jogando no Linux - Power Rangers Samurai - Análise da Saga e do Game

Nenhum comentário

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Muita nostalgia neste artigo que vai trazer a tona as memórias do sua Infância

Hoje vamos dar continuidade a série que dá mais trabalho para ser feita mas é um das mais legais também =).
Em "Jogando no Linux" de hoje vamos falar sobre o game Power Rangers Samurai para Nintendo Wii que pode ser jogado perfeitamente através do emulador Dolphin, em breve traremos algumas dicas de como configurar o Dolphin para obter um melhor desempenho gráfico assim como os seus controles.



E como de costume, assim como em "Jogando no Linux - Need For Speed: The Run" e "Jogando no Linux: Alone in The Dark: The New Death Investigations" este artigo será mais longo do que o normal e vai trazer muitas curiosidades sobre toda a Saga Power Rangers, uma série que marcou época nos anos 90 e início dos 2000.

Cuidado, este artigo é altamente nostálgico e pode de fazer voltar a querer ser criança, leia com moderação =D

Como não poderia de ser vamos ter que falar da série que deu origem a todos os games, o primeiro de todos os Power Rangers foi lançado em 1993, com o Mighty Morph Power Rangers, e no dia 28 de Agosto de 2013 a série completará 20 anos de existência.

Mighty Morphin Power Rangers

História

Tudo começou com Haim Saban, nascido em Alexandria, Egito, empresário e compositor de diversos temas de séries e desenhos animados de muito sucesso nos EUA e na França, ele é o responsável pela criação dos Power Rangers.
Na década de 1990, Saban fundou seu próprio estúdio e adquiriu com a produtora Toei os direitos do Sentai Kyoryu Sentai Zyuranger (1992 – 1993) para os EUA, aproveitando o tema de dinossauros da série, que estava em alta por conta do filme Jurassic Park. O elenco que personificava os heróis em roupas civis foi trocado por atores norte-americanos e o seriado, rebatizado para Mighty Morphin Power Rangers que é talvez a temporada mais conhecida de todas, ao lado de Power Rangers Turbo e Power Rangers Zeo.

Power Rangers Zeo

A série é realmente muito grande e perdura até hoje, lá se vão 18 temporadas, e muito se questiona, especialmente pelos fãs, sobre a renovação da série, que apesar de mudar a temática em toda a série, diferente da maioria dos seriados. Veja a lista de características de Cada uma das 20 temporadas:

1. Power Rangers Mighty Morphin 

Primeira temporada
Tema: Animais pré-históricos
Total de episódios: 60

Power Rangers


Segunda temporada
Tema: Animais místicos; artes marciais
Total de episódios: 52

Terceira Temporada
Tema: Artes marciais
Total de episódios: 33

3. Alien Rangers
Tema: Artes marciais
Total de episódios: 10

Alien Rangers


4. Power Rangers Zeo
Tema: Cristais encantados
Total de episódios: 50

Power Rangers Zeo


5. Power Rangers Turbo
Tema: Carros
Total de episódios: 45

Power Rangers Turbo


6. Power Rangers no espaço
Tema: Espaço; tecnologia
Total de episódios: 43

Power Rangers Space


7. Power Rangers na Galáxia perdida
Tema: Viagem Espacial
Total de episódios: 45

Power Rangers da Galaxia Perdida


8. Power Rangers O Resgate
Tema: Resgates
Total de episódios: 40

POwer Rangers O Resgate



9. Power Rangers: Força do tempo
Tema: Futuro; Viagem no tempo
Total de episódios: 4

Power Rangers Força do tempo

10. Power Rangers: Força Animal
Tema: Animais selvagens
Total de episódios: 40

 Power Rangers: Força Animal


11. Power Rangers: Tempestade Ninja
Tema: Ninjas; Elementos
Total de episódios: 38

Power Rangers: Tempestade Ninja


12. Power Rangers: Dino Trovão
Tema: Dinossauros
Total de episódios: 38

Power Rangers: Dino Trovão


13. Power Rangers: SPD
Tema: Alienígenas; Polícia espacial
Total de episódios: 38

Power Rangers: SPD

14. Power Rangers: Força Mística
Tema: Magia
Total de episódios: 32

Power Rangers: Força Mística

15. Power Rangers: Operação Ultraveloz
Tema: Exploração
Total de episódios: 32

Power Rangers: Operação Ultraveloz

16. Power Rangers: Fúria da Selva
Tema: Animais selvagens
Total de episódios: 32

Power Rangers: Fúria da Selva


17. Power Rangers: RPM
Tema: Automobilismo e futuro

Power Rangers: Fúria da Selva

18. Power Rangers Samurai
Tema: Samurais e artes marciais
Total de episódios: 20

Power Rangers Samurai

19. Power Rangers Super Samurai
Tema: Samurais e artes marciais
Total de episódios: 20

Power Rangers Super Samurai

20. Power Rangers Megaforça

Tema: Ainda não divulgado
Total de episódios: 20

 Power Rangers Megaforça

Ufa! Essa lista foi grande... confesso que depois de pesquisar muito acabei descobrindo que eu assisti mais temporadas de Power Rangers do que eu pensava. =P

O que é ser um Power Ranger

Fiquem pensando nisso, e pesquisei um pouco sobre o assunto, refleti... se você quiser dar uma risadas procure por essa resposta no Yahoo. 
De maneira genérica são sempre jovens que são escolhidos por alguém, alguma entidade ou instituição, tradição milenar ou qualquer outra coisa do gênero para defender a terra contra as forças do mal e normalmente elas vem do espaço.
Na maioria das vezes são 5 Rangers, cada um com uma cor, tradicionalmente Rangers Vermelhos seriam os líderes, mas em algumas temporadas isso foi diferente, e o Ranger Branco sempre o "o especial", não posso deixar de recordar de que quando criança eu brincava de Power Rangers com os meus amigos e sempre foi uma briga para definir quem ia ser quem. =P

Power Rangers no Cinema

Com tamanho sucesso no TV não demorou muito para os Power Ranger virarem filme, se viraram dois, "Power Rangers - O filme" de 1995 e "Turbo Power Rangers 2" de 1997, ambos foram um sucesso de bilheteria numa época em que as crianças, e até mesmo os adultos tinham uma inocência infinitamente maior do que as de hoje, mostre Power Rangers para uma criança que assiste Supernatural e ela vai achar um tédio.


Confira o Trailer dos Filmes:







Trilha sonora

A trilha sonora sempre foi excelente, ainda mais para o meu gosto, sempre teve "Rock do bom" em Power Rangers, minha trilha favorita é do Power Rangers Turbo, você pode ouvir todas as músicas de todas as temporadas através deste link.

Bonecos

Power Rangers se tornou uma franquia tão grande que se expandia para todos os lados, e uma das  coisas que marcaram a minha infância, foram os bonecos dos Power Rangers, eu tinha o Ranger Vermelho da Galaxia Perdida e brincava horas e horas com ele quando tinha uns 10 anos.

Bonecos dos Power Rangers

O mais legal deles era que dava "para morfar", a cabeça do boneco virava e você poderia ter ele com ou sem capacete, muitos deles eram muito frágeis, o que faria muitos perderem a cabeça, literalmente.
Hoje isso é artefato de colecionador, se você tem algum ainda guarde! (muito bem!)

É hora de Morfar!

"Morfar" significa trocar de forma, e em Power Rangers, era a hora em que as pessoas normais fazia um gesto estranho, muitas vezes mexendo com alguma coisa parecida de um relógio. Isso acontecia quando a situação ficava crítica, a cena era seguida dos atores fazendo algumas poses extremamente ridículas mas que na época eu achava "fodapacarai".
Encontrei um vídeo que mostra todas as morfadas ( !?!? ) desde a primeira temporada, veja:



E como poderíamos esquecer do momento épico de "Power Rangers - Força Animal" onde se reuniram todos os Rangers Vermelhos no Episódio " Eternamente Vermelho", épico demais, veja:



Os MegaZords

Megazord

MegaZord virou um termo Pop praticamente, e até pessoas que não conhecem a série ( são poucas ) já ouviram falar em MegaZord. Olha mãe um transformer!
Eles estão presentes em todas as séries e são, uma espécie de máquina, na maioria das vezes em forma de alguma animal e cada Ranger Controla o seu Zord de acordo com o seu poder, eles tem a capacidade de unirem-se e formarem o que se chama de MegaZord, muito mais forte e com formas "mais humanas".
Os Power Rangers sempre chamam os Zords quando o mostro que eles estavam enfrentando cresce, por mil e um motivos, sem tem uma maneira de fazer o monstro crescer e ele fica lá "monstrando" no melhor estilo Godzilla... ah e tem também os bonecos veja:


Bonecos dos Zords

Bonecos dos Zords

Cidades de Maquetes feitas com Isopor 

 É um detalhe curioso e que se manteve por muito tempo antes da computação gráfica mandar, quando os monstros cresciam era preciso criar uma cidade menor, fictícia, para que o combate pudesse acontecer, e por muitos e muitos anos, inclusive no filme de 1995, mas maquetes foram usadas, um trabalho tão minucioso e bem feito que se você não prestar muita atenção passa por realidade.

Cidade Maquete Power Rangers


Power Rangers nos Video Games

Power Rangers tem vários games, mas talvez o que mereça mais destaque seja o Mighty Morphin Power Rangers - The Movie para Super Nintendo, que você pode jogar usando o Emulador ZSNES.

Mighty Morphin Power Rangers - The Movie

O Game podia ser jogado tanto no modo single player como o Multi Player escolhendo os personagens que faziam parte da série na época.

Mighty Morphin Power Rangers - The Movie

No jogo você começava como pessoa normal, ao derrotar os inimigos você iria pegar " Powers" que serviriam para você morfar mais adiante, game tinha uma ótima jogabilidade e gráficos incríveis, além da trilha sonora que era a mesma do seriado. 
O nível de dificuldade era imenso e é  realmente difícil de zerar o jogo sozinho.
E finalmente chegamos ao game que motivou toda essa releitura.

Jogando no Linux Power Rangers Samurai

Power Rangers Samurai Linux

Power Rangers Samurai e uma das últimas edições da franquia, teve seu lançamento em 2011 para Nintendo Wii e ganhou uma versão de Power Rangers Super Samurai para Xbox 360 no ano passado.
PRS, é um game no estilo Hack And Slash de jogabilidade extremamente simples, basicamente você precisa de 2 botões além dos direcionais para controlar o seu personagem.

Power Rangers Samurai Linux

No game você pode escolher dentre os cinco personagens com diferentes cores, amarelo e rosa são mulheres, os demais são homens, cada um com um poder de ataque e defesa diferenciado.
As CutCenes fazem uso dos vídeos da serie, então são realmente os atores que fazem, mais real impossível é claro.

Power Rangers Samurai Linux

Já outras CutCenes que aparecem são feitas em animação, quase num estilo gibi ou manga, sempre com legendas para facilitar o entendimento da história.

Power Rangers Samurai Linux

Power Rangers Samurai segue um estilo vitorioso da série, você enfrenta muitos monstros e no final sempre tem um chefe de fase, o popular "Chefão", durante o game você pode ir coletando PowerUps que te dão mais poder e vida.

Power Rangers Samurai Linux

No game você deve derrorar Nighlok e seus subchefes para proteger a terra mais uma vez.

Power Rangers Samurai Linux

O game é muito divertido e dinâmico e eu consegui rodá-lo com 60 FPS, uma ótima marca.

Curiosidades sobre os Power Rangers

Toda grande franquia tem muitas histórias para contar e com Power Rangers não iria ser diferente, confira uma lista de coisas que provavelmente você não sabia sobre eles:

  • Os modelos e distribuição de cores dos uniformes dos Power Rangers foram inspirados no Homem Aranha.
  • O Seriado foi censurado na Nova Zelândia e na Malásia por ser violento demais para as crianças que começavam a imitar os golpes da TV  na escola.
  • Billy, o Power Rangers Azul das primeiras temporadas saiu do show na quarta por sofrer preconceito por ser homossexual, dizem que a produção o chamava de "bicha" e isso o faria ter saído da série.
  • Por conta da saída de Billy, em Power Rangers Turbo o Ranger azul foi interpretado por uma criança.
  • A primeira Ranger amarela, Trini, quando estava em combate na verdade era um homem.
  • Nunca uma mulher usou a cor Verde em todos os Power Rangers
  • Tommy Oliver, ranger vermelho, branco e preto que participou de várias temporadas da série virou lutador de MMA.
  • A pior temporada de Power Rangers em termos de lucro foi,  O Resgate.
  • Amarelo e Azul foram as cores que mais aparecerem em todas as temporadas.
Nossa! Você leu até aqui? Fala a verdade, dá uma saudade não dá?

Em relação ao game, segundo algumas pesquisas que fiz ele está por volta de 19 dólares na Amazon, e em lojas brasileiras ele não saium por menos de R$140,00 !!!!
O game é ótimo e muito divertido, mas comprar meu amigo...
Você pode baixar a ROM da internet se preferir, não vou postar nenhum link por motivos legais, saiba mais aqui.
E claro, se você perdeu o link de como instalar o Emulador Dolphin para jogar esse super game no seu Ubuntu ou Linux Mint não se preocupe, é só clicar aqui.

Se você gostou desse artigo, ajude na divulgação, compartilhe nas suas redes sociais pois artigos deste tipo dão um trabalho dobrado, apesar de serem muito prazerosos! =)


E para finalizar aquela frase sabia:

"Espertos sãos os Power Rangers, puxam briga e no final chama o MegaZord!!!"



Quer continuar por dentro de tudo o que acontece por aqui?

Então curta nossa página no FACEBOOK, siga o blog no TWITTER  - Siga também nossos escritores 
@dionatanvs - +Dionatan Simioni - + Elian Medeiros 

Baixe o APP do Diolinux para o seu Smartphone

Se você tiver alguma dúvida procure um de nossos grupos de discussão no Facebook:

Blog Diolinux © all rights reserved
made with by templateszoo